Volkswagen Polo 1.6 automático e Virtus 1.6 automático já estão à venda

Volkswagen Polo 1.6 automático

Volkswagen Polo 1.6 finalmente pode ser comprado com câmbio automático

Finalmente as lacunas foram preenchidas! Volkswagen Polo 1.6 automático e Virtus 1.6 automático começam a chegar às concessionárias da marca, ainda sem alarde, para tornar a dupla dinâmica ainda mais competitiva.

Visitei uma concessionária da marca em Belo Horizonte (MG) que me informou que o Virtus 1.6 automático chegará na semana que vem (já está em trânsito), enquanto o Polo 1.6 automático estará disponível ainda em julho.

Liguei para seis revendas, sendo duas em São Paulo (SP), uma no Rio de Janeiro (RJ), uma em Porto Alegre (RS), uma em Curitiba (PR) e uma em Salvador (BA) e as informações são praticamente as mesmas da situação da capital mineira, com pequenas variações.

Painel do Volkswagen Polo 1.6 MSI 2019 com câmbio automático Tiptronic

Câmbio automático Tiptronic da Volkswagen tem tudo para fazer uma boa dupla com o motor 1.6 16V do Polo e do Virtus

Mas todas as sete concessionárias pesquisas já vendem os dois veículos, com pequenas variações de preço.

Preços do Polo 1.6 e do Virtus 1.6 automáticos

Usando o valor de Belo Horizonte como base, o câmbio automático custará R$ 5.500 a mais no Polo 1.6 e R$ 5.135 extra no Virtus 1.6. Lembrando que, hoje (17/07), esses preços podem variar de cidade para cidade e de concessionária para concessionária.

Dessa forma, as lacunas existentes entre as versões 1.6 manual e 1.0 turbo automáticas finalmente estão sendo preenchidas. Confira os preços públicos sugeridos:

  • Volkswagen Polo 1.0 – R$ 50.670
  • Volkswagen Polo 1.6 manual – R$ 57.190
  • Volkswagen Polo 1.6 automático – R$ 62.690
  • Volkswagen Polo 1.0 TSI (turbo) Comfortline automático – R$ 68.120
  • Volkswagen Polo 1.0 TSI (turbo) Highline automático – R$ 73.250
  • Volkswagen Virtus 1.6 manual – R$ 61.390
  • Volkswagen Virtus 1.6 automático – R$ 66.525
  • Volkswagen Virtus 1.0 TSI (turbo) Comfortline automático – R$ 74.680
  • Volkswagen Virtus 1.0 TSI (turbo) Highline automático – R$ 79.990
Volkswagen Polo 1.6 MSI 2019 com câmbio automático Tiptronic

Volkswagen Polo 1.6 MSI 2019 com câmbio automático Tiptronic

Equipamentos de série do Polo 1.6 automático

De acordo com os vendedores consultados, o Polo 1.6 automático terá os mesmos equipamentos da versão manual.

Os principais itens de série são: freios ABS com EBD, quatro airbags (dois dianteiros e dois laterais); apoios de cabeça e cinto de três pontos para todos os ocupantes; palhetas do limpador de para-brisas com design aerodinâmico; direção elétrica; computador de bordo; banco do motorista com ajuste milimétrico de altura; ar-condicionado; banco traseiro com encosto rebatível; fixação da cadeirinha de criança com sistema ISOFIX / Top tether; iluminação interna; maçanetas das portas e espelhos retrovisores na cor do veículo; para-sóis com espelhos iluminados para motorista e passageiro; sistema de infotainment “Media Plus” com rádio AM/FM, bluetooth, MP3 player e entradas USB, SD-card e auxiliar, com quatro alto-falantes e antena; travamento elétrico e remoto das portas, porta-malas e tampa de combustível; vidros elétricos dianteiros e traseiros com função “one touch” nos dianteiros; volante multifuncional; desembaçador, limpador e lavador do vidro traseiro; rodas de aço aro 15″ com pneus 185/65 R15; entre outros.

Volkswagen Virtus 1.6 automático 2019

Volkswagen Virtus 1.6 automático 2019

Equipamentos de série do Virtus 1.6 automático

O mesmo vale para o Virtus 1.6 automático, que tem os mesmos equipamentos de série da versão manual.

Os principais são: freios ABS com EBD, quatro airbags (dois dianteiros e dois laterais); apoios de cabeça e cinto de três pontos para todos os ocupantes; palhetas do limpador de para-brisas com design aerodinâmico; direção elétrica; computador de bordo; banco do motorista com ajuste milimétrico de altura; ar-condicionado; banco traseiro com encosto rebatível; fixação da cadeirinha de criança com sistema ISOFIX / Top tether; iluminação interna; maçanetas das portas e espelhos retrovisores na cor do veículo; para-sóis com espelhos iluminados para motorista e passageiro; sistema de infotainment “Media Plus” com rádio AM/FM, bluetooth, MP3 player e entradas USB, SD-card e auxiliar, com quatro alto-falantes e antena; travamento elétrico e remoto das portas, porta-malas e tampa de combustível; vidros elétricos dianteiros e traseiros com função “one touch” nos dianteiros; volante multifuncional, entre outros.

Ausências sentidas e opcionais

A lista de equipamentos é boa, mas não entendo como alguns itens triviais para esse patamar de veículo não são de série. Um deles é o ajuste de altura e profundidade do volante, que não está disponível nem como opcional!

O mesmo vale para controles de tração e estabilidade, além dos retrovisores externos elétricos. Esses, pelo menos, são opcionais:

Safety Pack – R$ 1.381 (Polo) / R$ 1.352 (Virtus)

  • “HHC” (Hill Hold Control) – assistente para partida em aclive/subida
  • Controle eletrônico de estabilidade (ESC), Controle de tração (ASR), Bloqueio eletrônico do diferencial (EDS)

Interatividade Pack – R$ 3.415 (Polo) / R$ 3.355 (Virtus)

  • “Park pilot” – sensores de estacionamento traseiros
  • Espelhos retrovisores externos eletricamente ajustáveis com função tilt down no lado direito
  • Rodas de liga leve 15″ Design Viper com pneus 185/65 R15
  • Sistema de som touchscreen “Composition Touch” com App-connect
Volkswagen Virtus 1.6 MSI com câmbio automático Tiptronic

Volkswagen Virtus 1.6 automático poderá, finalmente, atender o público PCD

Motor 1.6 16V

O propulsor 1.6 16V MSI, que equipa o Polo e o Virtus, desenvolve 110 cv de potência e 15,8 mkgf de torque com gasolina e 117 cv e 16,5 mkgf com etanol.

Quando testei o Fox Highline, que vocês conferem no vídeo logo abaixo, gostei muito do motor 1.6 16V. O desempenho é interessante e o consumo não é exagerado. O Polo deve andar ainda mais e beber menos, pois ele é mais leve do que a “raposa”, ao contrário do Virtus.

  • Volkswagen Polo 1.6 manual – 1.083 kg
  • Volkswagen Fox Highline 1.6 manual – 1.105 kg
  • Volkswagen Virtus 1.6 manual – 1.134 kg

Câmbio automático Tiptronic

O câmbio automático que passa a equipar o Polo 1.6 e o Virtus 1.6 é o bom e “velho” Tiptronic, que tem seis marchas. Seu funcionamento é interessante e, se repetir o mesmo entrosamento apresentado com o motor turbo do Polo Highline 1.0 TSI, Polo e Virtus 1.6 poderão virar referência entre os aspirados.

A transmissão oferece a opção de trocas manuais sequenciais por meio da alavanca de câmbio ou pelas aletas atrás do volante multifuncional (item de série na linha 2019) – e também conta com o modo de acionamento esportivo (posição “S”), que altera os momentos das trocas de marchas para rotações mais elevadas.

Resumo da Obra

A chegada do câmbio automático para as versões 1.6 do Polo e do Virtus fez muito bem à dupla, que agora atendem a uma demanda de clientes que busca uma relação custo/benefício mais atraente associada ao conforto da transmissão automática.

Além disso, finalmente o Virtus consegue atender o público PCD, pois tem, pela primeira vez, uma versão automática custando menos de R$ 70.000.

Junto com as versões Comfortline, Polo 1.6 AT e Virtus 1.6 AT possuem os conjuntos mais atraentes de suas respectivas linhas. Sem dúvida vão ajudar a dupla a vender ainda mais.

E vão jogar ainda mais pressão na Fiat, que insiste em equipar o Argo 1.3 com o inferior (em relação ao automático tradicional e CVT) câmbio manual automatizado GSR.

ACOMPANHE O DE 0 A 100 TAMBÉM PELO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *