Alta Roda – Diesel: vantagem ou problema?

Jeep-Renegade-Latitude-Brasil-2015-Pernambuco

Primeiro SUV compacto a diesel produzido no Brasil que pode ser adquirido por menos de R$ 100.000 está no mercado. A partir do Jeep Renegade reabre-se a polêmica proposta de liberar o combustível para todos os veículos. Hoje, mesmo no segmento de utilitários esporte há obrigatoriedade de tração 4×4 e caixa de redução, mas a segunda exigência na prática foi contornada por vários fabricantes sem qualquer reação do Denatran.

Continuar lendo

Alta Roda – Vencedores e vencidos 2014

Fiat-Palio-Fire-Rua-2015

Primeiro ano em que as novas regras de segurança forçaram o fim de linha de veículos superados – Kombi, Mille e Gol Geração 4 – o fechamento de 2014 deixou executivos da Fiat e da Volkswagen de plantão até o dia 31 de dezembro. É que estava em jogo a liderança de 27 anos do Gol, depois do Fusca o mais bem-sucedido modelo já fabricado no País.

Continuar lendo

Alta Roda – Escaramuças não ajudam

Um manto de incertezas cobre o setor de etanol no Brasil depois do resultado da eleição presidencial. O problema maior é que o próprio partido no poder tem posições ambíguas ou mesmo opostas. No governo Lula houve certo deslumbramento e no de Dilma quase uma condenação ao esquecimento. Em meio a isso, a descoberta de petróleo em grande quantidade em águas profundas e bem longe da costa. Parecia o tiro de misericórdia sobre o combustível alternativo, renovável e incomparavelmente neutro em termos de emissão de gás carbônico (CO2), quando se considera o ciclo fechado da produção ao consumo.

Continuar lendo

Alta Roda – Líderes do semestre

Em cenário de comercialização em recuo, marcado pelo fim de produção de modelos como Gol G4 e Uno Mille e chegada do up! e do novo March, os tradicionais dominadores de vendas sofreram abalos. Hatches e sedãs são somados na segmentação da coluna, mas é interessante ver mudanças em curso, quando se analisam os números apenas dos hatches, que são a maioria nas vendas entre os compactos, principal produto do mercado brasileiro.

Continuar lendo

Sem surpresas: preços dos carros zero quilômetro sobem mais que a inflação em 2014

Toyora-Corolla-XEi-Brasil-2015-CVT-Multi-Drive-capa

Toyota Corolla XEi 2015 – “vilão” para a inflação dos carros no Brasil

De janeiro a abril de 2014, os preços de veículos zero quilômetro subiram mais do que a inflação. Analisando os sites das montadoras, vejo essa informação sem surpresas: como os automóveis no Brasil, de maneira geral, estão caros!. O aumento médio foi 3,32% nos preços dos carros novos, enquanto a inflação no mesmo período citado foi de 2,86%, segundo o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

Continuar lendo

Alta Roda – Consumo é coisa séria

consumo-combustível

Depois de anos sem grandes preocupações em investir em economia de combustível, a indústria terá que acelerar bastante o passo para atingir metas – obrigatória e voluntárias incentivadas – do programa Inovar-Auto. Mesmo o objetivo compulsório de diminuir o consumo (ganho de 12% em eficiência energética) até 2017 não parece tão fácil porque refletirá a média da frota de modelos vendidos por cada fabricante. A Fiat que está em processo de fusão com a Chrysler, por exemplo, tem modelos como Jeep que são pesados e empurram a média para cima.

Continuar lendo

Alta Roda – Vencedores e vencidos 2013

bandeira-Brasil

Depois de um primeiro semestre forte, 2013 terminou com números de venda acumulados inferiores a 2012 entre automóveis e veículos comerciais leves. Nos 17 segmentos em que a coluna divide o mercado interno, a liderança só mudou em dois: monovolumes pequenos e médios com ascensão de Spin e C4 Picasso, respectivamente.

Continuar lendo

Montadoras perderam o juízo com os preços dos seus hatches médios no Brasil?

Novo-Ford-Focus-Hatch-2014-Brasil-flex

Nunca tivemos hatches médios tão bons como a atual safra disponível no mercado brasileiro. Mas será que Volkswagen Golf, Ford Focus e Chevrolet Cruze Sport6 precisavam custar tão caro? Parece que as marcas perderam o juízo com os preços! Golf passando dos R$ 130 mil; Focus beijando R$ 90 mil; e Cruze Sport6 ultrapassando R$ 80 mil. Será que eles valem a compra?

Continuar lendo

Peugeot começa a mudar para agradar concessionários e, principalmente, consumidores

Peugeot-Logo

A Peugeot passa por um momento delicado no Brasil. Embora já esteja por aqui há muitos anos, com direito a uma fábrica no Rio de Janeiro e mais de 160 concessionárias espalhadas pelo país, a marca continua em queda na sua participação de mercado, amargando a falta de um veículo de sucesso há muito tempo. A estratégia de preços, de equipamentos e a falta de produtos competitivos em segmentos específicos deixaram até as revendas bastante preocupadas. O alivio é que a Peugeot já começou a praticar mudanças para sair desta situação. Mas será que vai dar tempo?

Continuar lendo

Alta Roda – Líderes do semestre

Fiat-Palio-Weekend-Attractive-2015-Brasil

Ao término do melhor primeiro semestre em vendas da história, houve mudanças significativas em alguns dos 16 segmentos em que esta coluna Alta Roda divide o mercado. Com a dinâmica de lançamentos e o redirecionamento das preferências dos compradores, stations pequenas saíram da classificação porque apenas dois modelos estão disponíveis: Palio Weekend e SpaceFox. Três opções é o mínimo necessário. Peruas médias e grandes, embora vendam menos que as compactas, ainda têm oferta de oito modelos.

Continuar lendo