Audi A3 Sedan 2017 chega mais bonito e mais caro

Audi A3 Sedan 2017

Nova dianteira é o principal destaque visual do Audi A3 Sedan 2017

O Audi A3 Sedan 2017 já está entre nós e chega mais bonito e mais caro. Nacional, modelo será vendido apenas em duas versões nesse momento.

Continuar lendo

Mesmo com mercado em retração, Audi emplaca quase 8.000 carros em 2016 no Brasil até agora

Audi-A3-Sedan-Flex-2016

Audi A3 Sedan com motor bicombustível

Repetindo o desempenho anterior, a Audi emplacou 7.989 unidades nos oito primeiros meses do ano no Brasil, volume que, segundo a marca, a mantém no topo do ranking de vendas do segmento premium no País no acumulado do ano de 2016. Quem foi o principal responsável? A resposta é fácil!

Continuar lendo

Embalado pelo Q5 de número um milhão, Audi comemora quase sete mil carros emplacados no Brasil em 2016

Foto do Audi A3 Sedan 2017 com motor Flex

Audi A3 Sedan 2017

Embalado com o marco histórico mundial de um milhão de Q5 produzidos na Alemanha, a Audi comemora o expressivo número de 6.980 carros emplacados no Brasil em 2016. Como já acontecia antes, A3 Sedan e Q3 2017 são os destaques da marca de janeiro a julho desse ano.

Continuar lendo

Alta Roda – Líderes do primeiro semestre de 2016

Chevrolet-Onix-2015-LT-LTZ-MyLink-Brasil

Chevrolet Onix: carro mais vendido do primeiro semestre de 2016 no Brasil

As estreias de novos carros levaram ao aumento da competição nas vendas do primeiro semestre. Onix manteve a liderança absoluta (mesmo sem a ajuda do Prisma). Corolla ampliou sua vantagem, pelo menos enquanto os novos Cruze e Civic não começarem a chegar às lojas no segundo semestre. Briga entre os SUVs compactos continua acirrada, mas o HR-V defendeu bem a posição.

Continuar lendo

Audi tem resultados interessantes no primeiro trimestre de 2016

Audi-A3-Sedan-Flex-2017

Audi A3 Sedan flex

O cenário de baixa do mercado de automóveis não é exclusivo do Brasil e afeta vários outros países do mundo. Nesses casos, os carros mais acessíveis são os mais prejudicados, uma vez que a crise atinge primeiro quem tem menor poder aquisitivo.

Mas, como aconteceu no ano passado, apesar do cenário desafiador, as marcas premium continuam bem. A Audi é um exemplo disso e encerrou o primeiro trimestre de 2016 com resultados interessantes, reportando uma receita de €14,511 milhões, com lucro operacional de €1,202 milhões, que inclui despesas com itens extraordinários, que somam valor de €100 milhões. A margem de lucro operacional foi de 8,3%, mantendo-se dentro da meta estratégica de 8 a 10%, apesar dos itens extraordinários.

Continuar lendo

Alta roda – Ciclo de renovação

Ford-Ranger-2017

Ford Ranger 2017

Segmento de picapes médias de cabine dupla é um dos mais rentáveis do mercado por suas dimensões avantajadas, equipamentos oferecidos, motores diesel (muito mais caros) e tração 4×4 com reduzida. Outro “segredo” para esse sucesso é a legislação injusta do IPI. Esses veículos recolhem apenas 8% de imposto simplesmente por terem caçamba, independentemente do motor (diesel ou flex). Um compacto com motor de 1 litro paga 7% de IPI, sem nenhum estímulo por ser flex, como ocorre com motores de 1 a 2 litros (menos 2 p.p.) e acima de 2 litros (menos 5 p.p.).

Continuar lendo

Alta Roda – Vencedores e vencidos

Nissan-Kicks-2017-SUV-Crossover

Em um ano tão depressivo como 2015, com queda geral nas vendas de 26,6% (houve recuos mais expressivos de 41%, em 1981, 33%, em 1987 e 28%, em 1998), todos os 15 segmentos em que esta coluna divide o mercado sofreram bastante com exceção de um, os SUVs compactos. Enquanto os carros esporte e stations mergulharam 48% e 34%, respectivamente, os utilitários esporte pequenos subiram nada menos de 34% sobre os resultados de 2014.

Continuar lendo

Crise que nada! Audi bate recorde e alcança mais de 15 mil unidades vendidas no Brasil em 2015

Audi-A3-Sedan-Flex-2016

Audi A3 Sedan Flex 2016

Depois de comemorar o recorde de vendas no primeiro semestre, a Audi caminha para ter um dos melhores anos de sua história no Brasil. Mesmo sem fechar 2015, a marca alemã já comercializou 15.242 unidades, volume que representa um aumento de 35,8% no acumulado do ano. Se o País está em crise, quem tem dinheiro está gastando muito, especialmente no segmento premium.

Continuar lendo