Teste: Chevrolet Cobalt LTZ 1.8 automático, o carro bom

Chevrolet Cobalt LTZ 2018 com câmbio automático

Chevrolet Cobalt LTZ 2018 com câmbio automático

Um veículo inspirado no Vectra, com toques de Monza e de Cruze: é mais ou menos assim que vejo o Chevrolet Cobalt LTZ 1.8 automático. Depois dirigi-lo com calma por três dias, na cidade e na estrada, pude conhecer de perto as evoluções das linhas 2017 e 2018 para afirmar, com tranquilidade, que o sedã é um carro bom.

Continuar lendo

Alta Roda – Esperar para ver a conectividade de veículos

Carro conectado da BoschHá grandes interesses ligados à conectividade de veículos. Correlação de dados em tempo real entre carros, seus usuários e o meio ambiente vão se transformar em novos negócios para toda a cadeia automobilística. Nos últimos três anos cresceu significativamente o número de carros conectados nas estradas: mais de 5,5 milhões no mundo e cada um deles gera 25 GB de dados por dia.

Continuar lendo

Impressões – Volkswagen Golf TSI 1.2 Bluemotion manual é superado, mas agrada muito

Volkswagen Golf Bluemotion com motor 1.2 TSI turbo

Volkswagen Golf TSI 1.2 Bluemotion agradou e muito!

Como amante público de hatches médios, eu não poderia fugir dessa categoria de carros na primeira vez em que fui dirigir um automóvel na Europa. Eu estava em Bordeaux, na França, e escolhei um Volkswagen Golf TSI 1.2 Bluemotion manual para fazer a minha estreia em grande estilo, afinal, não importa a versão, o Golf é um SENHOR carro.

Continuar lendo

Honda Fit 2018 ficou ainda melhor, embora tenha espaço para evoluir

Honda Fit EXL 2018

Honda Fit EXL 2018

Depois de ter unicamente a sua “parte de cima” mexida em 2017, o Honda Fit 2018 chega mais consistente ao mercado, com mínimas mudanças visuais, mas com mais equipamentos de série disponíveis, especialmente de segurança. Carro ficou ainda melhor, embora preços continuem altos.

Continuar lendo

Alta Roda – Carros autônomos irreversíveis

Mercedes-Benz: carro autônomo

Os carros autônomos chegam ao nosso dia a dia e, cedo ou tarde, serão dominantes. Mas não haverá a tecnologia dominante. Há tempos essa Coluna apontou que os gigantes da teleinformática, em especial Google e Apple, acostumados a ganhar muito dinheiro e a enfrentar riscos relativamente baixos, teriam desagradáveis surpresas quando fizessem contas para produzir um veículo. Isso acabou se confirmando e ambas desistiram.

Continuar lendo

O que esperar do novo Fiat Argo 2018?

Fiat Argo 2018 HGT

Fiat Argo HGT 2018

A espera valeu a pena. O Fiat Argo 2018 finalmente chegou, ficou muito bonito e, principalmente, tem um grande potencial de mercado – exatamente o que a marca ítalo-brasileira precisa nesse momento, com urgência. Mas existe espaço para melhorar.

Continuar lendo

Alta Roda – Alternativas de mobilidade automotiva

waze app

Waze

Mobilidade automotiva: a tendência dos motoristas brasileiros de utilizar novas tecnologias que facilitem sua vida no trânsito pesado do dia a dia fica amplamente demonstrada pela rápida aceitação dos sistemas de navegação por GPS. Era um acessório relativamente caro no começo, mas a introdução nos telefones inteligentes impulsionou sua utilização. Hoje, os chamados navegadores portáteis caíram em desuso.

Continuar lendo

Conheça o sistema Android Auto à bordo de Volkswagen Fox Highline 2017

Tela do Android Auto no Volkswagen Fox Highline 2017

Tela do Android Auto no Volkswagen Fox Highline 2017

Depois do Park Pilot, pude conhecer, também à bordo do bom Volkswagen Fox Highline 2017, o sistema Android Auto, uma das mais modernas maneiras de conexão entre celular e carro que existe no momento. A tecnologia funciona bem e tem um enorme potencial, mas ainda pode (e precisa) evoluir.

Continuar lendo

Alta Roda – Abre-te, sésamo: comando por voz

Android Auto - Comando por voz

Comando por voz chegou ao automóvel de forma meio capenga. A novidade era interessante porque proporcionava uma forma mais natural de acessar funções, sem provocar distrações, desviar os olhos do caminho à frente e, portanto, com potencialidade de evitar acidentes. Entretanto, o sistema apresentava falhas. Além de se limitar a frases exatas, o reconhecimento de voz muitas vezes deixava a desejar. Era motivo de constante reclamação de motoristas nos EUA, onde a novidade começou a se expandir.

Continuar lendo

O que esperar do novo Hyundai Creta?

Foto do Hyundai Creta

Novo Hyundai Creta

Ótimas vendas e um duro trabalho aos concorrentes. Isso é o que eu espero do Hyundai Creta, novo SUV da marca coreana que chega ao mercado na segunda quinzena de janeiro de 2017 em cinco versões, custando entre R$ 72.990,00 e R$ 99.490.

Continuar lendo