Renault Alaskan e Peugeot Landtrek agitam mercado de picapes médias. Hyundai projeta mundo pós-pandemia

Por Fernando Calmon

Renault Alaskan

Renault Alaskan

O mercado de picapes médias tradicionais, de cabine dupla e quatro portas, é um dos mais disputados tanto no Brasil quanto na Argentina. E ficará ainda mais interessante depois da confirmação de dois novos concorrentes: Peugeot Landtrek e Renault Alaskan.

Continuar lendo

Motorista está dirigindo menos e vendas de carros podem cair de 10% a 20% em 2020 no Brasil

Belo Horizonte vazia por causa do Coronavírus

Belo Horizonte vazia por causa do Coronavírus – Foto: Ramon Bitencourt (Reprodução O Tempo – 20/3/2020)

Por Fernando Calmon

Enquanto as vendas de carros podem cair, o motorista brasileiro está rodando com seu veículo bem menos por causa da crise provocada pela Covid-19 e o consequente distanciamento social. Pelo menos duas referências comprovam isso. O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) estimou que a queda foi de 50% em relação à primeira semana deste mês de março. A referência parte de indicadores do aplicativo de rotas Waze amplamente utilizado no País.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Trocar de carro continua a atrair

Mercado de venda de carrosFaltam poucos dias para terminar o ano e o mercado de veículos leves e pesados deve crescer entre 9% e 10%, pouco abaixo das previsões de 2019 feitas em janeiro. No mês passado as vendas caíram 4,4% sobre outubro, mas essa comparação é inadequada por efeito de sazonalidades como o número de dias úteis. A referência que importa são as 12.116 unidades vendidas por dia em novembro. É o melhor resultado mensal desde dezembro de 2014 e ajudou a diminuir os estoques totais (em concessionárias e fabricantes) de 45 para 41 dias. Número mostra que o brasileiro continua interessado em trocar de carro.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Novo Chevrolet Onix surpreende por equipamentos e preço

O novo Chevrolet Onix não deve ter muita dificuldade de manter sua posição de liderança de cinco anos no mercado brasileiro. É mais provável até que consiga aumentar, pois a versão anterior continua em linha, como Onix Joy, e entrará nas estatísticas de vendas para robustecer os números. O hatch é um pouco menor que o sedã (Onix Plus) internamente pela distância entre eixos 5 cm mais curta. Mas espaço atrás continua melhor que na primeira geração e rivaliza com um dos principais concorrentes, o Volkswagen Polo.

Novo Chevrolet Onix

Continuar lendo

Fernando Calmon – Duas escalas de eletrificação com um híbrido flex e um 100 elétrico

Com diferença de apenas 24 horas e um continente de distância, a eletrificação se fez presente em lançamentos de dois modelos bem diferentes. Aqui, a 12ª geração do sedã médio-compacto Toyota Corolla, tração dianteira, incluiu o primeiro híbrido flex do mundo; na Alemanha, primeiro Porsche 100% elétrico, o sedã-cupê grande Taycan, tração integral.

Toyota Corolla XEi 2020

Continuar lendo

Fernando Calmon – Dois acordos à mão para o Ford Territory

Ford Terriroty 2021

Aposta na crescente aceitação dos SUVs levou a Ford a confirmar o lançamento do Territory, no Brasil e na Argentina. Apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro do ano passado, era fácil de prever que este modelo estava nos planos de comercialização. Além do mercado receptivo, o Jeep Compass vem alcançando sucesso como veículo mais vendido do segmento e praticamente sem concorrentes entre os utilitários esporte médio-compactos. Passará a ter…

Continuar lendo

Fernando Calmon – Ousar ou esperar pelos veículos elétricos

Nissan Leaf Brasil

Nissan Leaf

Pela primeira vez, uma fábrica de veículos elétricos faz um lançamento ambicioso no Brasil. Não que as pioneiras BMW (230 unidades vendidas em cinco anos) e Renault (cerca de 20 veículos, em sete meses) tenham fraquejado tanto até aqui. A primeira investiu na abertura de um corredor de abastecimento na rodovia Rio-São Paulo e a segunda acaba de iniciar estratégia na ilha de Fernando de Noronha. Jaguar, com seu I-Pace, foi discreta. Já a Nissan lança a segunda geração do Leaf com empenho explícito e meta informal de vender umas 200 unidades, no primeiro ano cheio, em uma rede de sete concessionárias (em cinco estados e Distrito Federal).

Continuar lendo

Fernando Calmon – Exportar automóveis é fundamental

Volkswagen Gol para exportação

Volkswagen Gol para exportação

Apesar de todos os fatores de desestímulo, a indústria de veículos instalada no Brasil, incluindo veículos leves e pesados, tem programado investimentos de aproximadamente R$ 50 bilhões no período 2016-2024, segundo levantamento da Automotive Business. Isso, por si, não garante que todo esse capital será mesmo despendido. O mercado interno vem se recuperando mês a mês, porém as exportações vão cair este ano, um dado preocupante. Por isso, exportar automóveis é fundamental.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Torcer para o setor automobilístico dar certo

Fábrica da Ford na Bahia

Fábrica da Ford na Bahia poderia ter sido no Rio Grande do Sul

Na primeira quarta-feira de maio de 1999, esta coluna estreou em 12 jornais brasileiros. Agora, duas décadas depois, mais de 80 jornais, revistas, portais, sites e blogs espalhados pelo País a reproduzem.

Entre os assuntos daquele primeiro artigo estava a guerra fiscal. O estado do Rio Grande do Sul tinha resolvido romper unilateralmente o contrato para construção, com incentivos, de uma nova fábrica de automóveis da Ford em Guaíba. A Bahia, no entanto, aceitou as condições e a empresa se instalou em Camaçari. Vinte anos se passaram e é fácil concluir quem saiu ganhando nessa história do setor automobilístico, inclusive nas contas públicas e no nível de emprego industrial.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Automec aponta bom sinal

Automec 2019

A 14ª edição da Automec, feira internacional bienal de autopeças realizada semana passada em São Paulo, superou as expectativas. Ocupou todo espaço disponível de 90 mil m², além de 20 mil² de área de interação. Atraiu 75 mil visitantes, a grande maioria de profissionais, e se transformou na segunda maior deste setor no mundo. É o maior evento comercial da América Latina, segundo a Reed Exhibitions, pois as rodadas de negócios nacionais e internacionais somaram R$ 77 milhões.

Continuar lendo