Alta Roda – Ser dono do automóvel ou só usar o carro

Soluções alternativas à ser dono do automóvel para uso cotidiano e mesmo para viagens continuam a despertar interesse em vários países. Há opções que variam de aplicativos de caronas pagas, ao compartilhamento de um mesmo veículo, aluguéis temporários (por horas até) e convencionais, caronas entre conhecidos e outras possibilidades criativas.

Aplicativo de carona remunerada

Continuar lendo

Você já ouviu falar de “Spa Automotivo”? Eu também não, até conhecer um. E gostei do que vi

Foto de um Plymouth Road Runner Superbird

Plymouth Road Runner Superbird 1970

Recentemente, fui convidado para conhecer um “Spa Automotivo”. Confesso que fiquei muito curioso, afinal, o que seria isso? Um lugar com várias espreguiçadeiras para carros, com direito a banhos revigorantes, com essências, óleos especiais, sais e minerais? Com direito a pantufas, roupão e massagens relaxantes para os veículos? Bem, não foi exatamente isso que encontrei, mas o que pude ver me agradou.

Continuar lendo

Ano novo, problemas antigos. Minha desilusão com a Localiza continua

Ford-Ka+-SE-1.5-sedan

Ford Ka+ SE 1.5 estava com defeito no tanque de combustível

Ano novo, vida nova, certo? Não tanto para a Localiza. Tentei, de verdade, deixar para trás os problemas que relatei em 2015 para tentar um recomeço com a empresa. Mas, para a minha desilusão e tristeza, não precisei nem de 3 meses completos para provar que isso, infelizmente, não seria possível. Aluguei, em 2016, um Fiat Uno 1.0, um Ford Ka+ 1.5, um Renault Sandero 1.6, um Ford Ka 1.0, um Fiat Doblò 1.8 e um Fiat Idea 1.4 Doblò 1.8. São marcas variadas, modelos diferentes para objetivos distintos. Das seis locações, todas tiveram algum problema, sendo um aceitável, quatro ruins e um totalmente lamentável.

Continuar lendo

Alta Roda – O automóvel e os jovens

De uns tempos para cá, pesquisas apontam desinteresse dos jovens em dirigir automóveis ou até se candidatar a uma carteira de motorista. Essa tendência aparece em países centrais de alta taxa de motorização e se atribui, entre outras razões, ao crescente grau de conectividade da internet em dispositivos portáteis, à menor necessidade de deslocamentos e, de certa forma, a meios de transporte coletivos e alternativos, incluindo aplicativos para táxis e motoristas particulares do Uber.

Automovel-jovens-Brasil

Continuar lendo

Alta Roda – Ano para esquecer

Fazer o balanço de um ano tão difícil para a indústria automobilística, como o de 2015, é tarefa nada agradável. Afinal, em dezembro de 2014 se imaginava pequena queda de vendas este ano porque o Produto Interno Bruto (PIB) iria cair 1%. As últimas previsões apontam para recuo do PIB no mínimo de 3,5% e isso explica parte do mergulho, sem ser a única nem a principal razão.

Continuar lendo

Insegurança faz consumidor adiar sonho do carro novo

Hyundai-HB20-2016Recebi esse estudo e achei interessante observar alguns pontos. O resultado dele aponta que o brasileiro, impactado com os efeitos da crise econômica e inseguro em relação ao futuro, está adiando a troca do automóvel. Os dois principais medos atualmente são a disparada dos juros e a perda de emprego. A pesquisa foi realizada com compradores de veículos 0 km em 2015 ou com intenção de compra nos próximos 12 meses.

Continuar lendo

Por que alugar carro na Localiza é quase sempre um problema?

Localiza-Bernardo-Monteiro-BH

Localiza da Av. Bernardo Monteiro, em Belo Horizonte: onde tudo começou – Foto: Google Street View

Nos últimos 12 anos, aluguei carros em várias locadoras com relativa frequência, especialmente em viagens a trabalho. Usei serviços da Hertz, Alamo, Dollar, Avis, Budget, National, entre outras que não são consideradas “grandes”. Sem dúvida, onde mais aluguei carros, mas só no Brasil, foi na Localiza. E as minhas experiências lá foram de mal a pior. Conto nos dedos quantas vezes não tive algum tipo de contratempo por lá. Por isso me pergunto: por que alugar um carro na Localiza é quase sempre um problema?

Continuar lendo

Alta Roda – Frota parou de rejuvenescer

Nos últimos anos a frota brasileira de veículos, além de aumentar pela grande expansão do mercado interno, passou por rejuvenescimento. Mas essa tendência começou a ser revertida no ano passado, quando as vendas declinaram 9%, incluídos veículos leves e pesados. Segundo estudo do Sindipeças, a idade média de toda a frota circulante de 41,5 milhões de unidades (não confundir com os números irreais do Denatran) passou de 8 anos e seis meses em 2013 para 8 anos e 8 meses em 2014. Em 2007, por exemplo, os veículos em circulação tinham em média 9 anos e dois meses.

Continuar lendo

Conheça os detalhes do “novo” extintor de incêndio automotivo do Brasil e evite multas!

Extintor-incendio-carro-Brasil-ABC-2015

No final de 2014, uma correria aconteceu para quem demorou quase 5 anos para fazer a alteração do extintor de incêndio automotivo, determinada pelo Denatran em 2009: do tipo BC para o tipo ABC.

Como boa parte dos brasileiros deixou tudo para a última hora, mais uma vez, uma confusão foi criada e várias dúvidas apareceram: Qual é o extintor certo para o meu carro? Como faço para não levar multa? Qual é o valor da multa? Quantos pontos eu perco? Entre essas e outras perguntas, montei um post simples e curto que esclarece muita coisa! Leia, fiquei mais seguro, tranquilo e evite multas!

Continuar lendo

Estudo aponta que carro sem motorista vai representar 75% das vendas em 2035. Será?

carro-autonomo-Audi-TT-I-Robot-movie-future

A parcela das vendas globais de carros sem motorista (veículos autônomos) deve chegar a 75% do total das vendas em 2035. De 2025 a 2030 o crescimento de mercado saltará de 4% a 41%. Essa curiosa previsão é fruto de um estudo da EY (nova marca da Ernst & Young), na análise Deploying autonomous vehicles: Commercial considerations and urban mobility scenarios, que estima que 85% das vendas sejam na América do Norte, na Europa e na Ásia. Será mesmo que isso pode acontecer?

Continuar lendo