Fernando Calmon – Automóveis autônomos questionados

Painel do Mercedes-Benz autônomo

O avanço constante das pesquisas sobre automóveis autônomos tem encantado os países do hemisfério norte, onde o alto poder aquisitivo dá margem a novas experiências que prometem um trânsito mais seguro e menos danoso ao meio ambiente. Esse cenário dá margem a pensar no melhor dos mundos, ou seja, soluções ousadas como compartilhamento de veículos e alta conectividade entre veículos e infraestrutura viária.

Continuar lendo

Alta Roda – Acidente com Volvo XC90 autônomo torna tecnologia mais distante

Volvo XC90 autônomo (autonomy) do Uber

Volvo XC90 autônomo do Uber

Logo no início deste mês de março, no Salão do Automóvel de Genebra, esse colunista procurou a Audi para saber se já existia estimativa de preço para o sistema autônomo de nível 3 do seu modelo de topo A8, exibido seis meses antes no Salão de Frankfurt. A resposta foi que o governo alemão ainda não havia liberado o regulamento de homologação, apesar de existir uma legislação prévia desde junho do ano passado. Assim, a precificação continuava pendente. Nível 3 tem limitações como velocidade máxima de 65 km/h e separação física de fluxo e contrafluxo de trânsito.

Continuar lendo

Alta Roda – Novas tecnologias, o futuro e a realidade dos carros

A aceitação de novas tecnologias que vão sacudir a indústria automobilística mundial nas próximas décadas ainda é motivo de incerteza em vários mercados. Para aferir a evolução de como os motoristas encaram o cenário por vir de carros autônomos e meios de propulsão alternativos, a consultoria Delloite atualizou uma pesquisa com 22.000 consumidores de 17 países.

Além do Brasil, África do Sul, Alemanha, Bélgica, Canadá, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Itália, Japão, Malásia, México, Reino Unido e Tailândia.

futuro tecnologia carro autônomo

Continuar lendo

Alta Roda – Carros autônomos para todos?

Carro autônomo da UFMG (Chevrolet Astra)

Carro autônomo da UFMG (Chevrolet Astra)

A tecnologia dos carros autônomos continua a surpreender praticamente a cada semana. Muitas vezes de forma positiva, mas nem sempre. A Renault, por exemplo, acaba de fazer uma demonstração bem interessante. Desenvolveu um sistema automático capaz de desviar de um obstáculo com a mesma precisão e rapidez dos melhores pilotos de teste da companhia. Uma prova de que a inteligência artificial pode igualar ou superar a habilidade humana.

Continuar lendo

Alta Roda – Melhor ser sincero com os carros elétricos e híbridos

Eletroposto para abastecer carros elétricos e híbridos

Eletroposto para abastecer carros elétricos e híbridos

A curiosa catilinária dos carros elétricos e híbridos, assumida em discursos de governos de alguns países, grupos de pressão (alguns bem intencionados) e até fabricantes de veículos, sempre repercutidos pelo sabor da novidade, continua. Análise mais prudente deveria ser simplória: querer, não é poder. Na vida real há bem mais dificuldades do que se imagina. Voluntarismo nunca funciona pois, afinal, erros podem sair muito caro.

Continuar lendo

Alta Roda – Convergência necessária para automóveis e comerciais leves

Nissan Kicks na fábrica do Rio de Janeiro

Se alguém ainda duvidava, os resultados da indústria nos três principais indicadores – vendas internas, produção e exportação – ao final de agosto apontaram recuperação sem qualquer viés de baixa ou reversão das expectativas. Em comparação aos sete primeiros meses do ano passado, os percentuais são positivos: 5,3%, 25,5% e 56,1%, respectivamente. Os números se referem a automóveis e comerciais leves e pesados.

Continuar lendo

Alta Roda – Ponto de partida para o carro autônomo

Audi A8 autonomous car 2018

Audi A8 2018 – Autônomo

No próximo dia 14, quando se abrirem as portas do maior salão de automóveis do mundo em área de exposição, na cidade alemã de Frankfurt, o público verá o primeiro carro autônomo homologado para circular em vias públicas. Trata-se da nova geração do Audi A8, um dos sedãs grandes mais caros da indústria, que poderá se valer das novas regras de trânsito implantadas pela Alemanha em maio último, porém passível de revisão dentro de dois anos.

Continuar lendo

Alta Roda – Carros autônomos irreversíveis

Mercedes-Benz: carro autônomo

Os carros autônomos chegam ao nosso dia a dia e, cedo ou tarde, serão dominantes. Mas não haverá a tecnologia dominante. Há tempos essa Coluna apontou que os gigantes da teleinformática, em especial Google e Apple, acostumados a ganhar muito dinheiro e a enfrentar riscos relativamente baixos, teriam desagradáveis surpresas quando fizessem contas para produzir um veículo. Isso acabou se confirmando e ambas desistiram.

Continuar lendo

Alugando carro na Localiza #1: Chevrolet Cobalt LTZ 1.8 automático

Chevrolet Cobalt LTZ 2018 automático

Carro alugado na Localiza: Chevrolet Cobalt LTZ automático 2018

Alugando carro na Localiza #1

Vocês sabem que eu tenho um grande azar com a Localiza – ou que essa locadora realmente não presta um serviço decente. Problemas sem fim, desilusão, quase um atentado à minha vida… realmente já passei por tudo.

Depois de inúmeros “esse não é o padrão da Localiza” e de contatos recebidos, em sua maioria, vazios e, provavelmente, automáticos, percebi que, definitivamente, a Localiza não fez (e faz) o mínimo esforço de relacionamento ou de comunicação (gerenciamento de imagem) para tentar reverter a péssima impressão que eu tenho da empresa (pela quantidade de e-mails que recebo de internautas, não só eu tenho essa percepção).

Se como jornalista e especialista em comunicação e gestão empresarial consigo ver várias soluções para casos como esse, como cliente, não vejo muito o que fazer, já que as experiências, em sua maioria, continuam abaixo da média.

Então, para levar a realidade das locações para o leitores, estou criando uma série de posts chamados “Alugando carro na Localiza”. Dessa forma, consigo detalhar, num vasto conteúdo, o que realmente acontece com os clientes dessa locadora. E começo com um Chevrolet Cobalt LTZ 1.8 automático 2018.

Continuar lendo

Alta Roda – Futuro da condução autônoma

O avanço da direção semiautônoma e, em futuro não distante, da condução autônoma completamente conectada a outros veículos e à infraestrutura parece mesmo irreversível. Isso a despeito de incidentes graves de percurso, ambos nos Estados Unidos, um fatal ocorrido com um Tesla; outro, mais recente, envolvendo um Volvo XC90 do Uber ao varar um semáforo vermelho (um pedestre aguardava na faixa, sem chegar a atravessar). Em ambos os casos, os motoristas poderiam ter intervindo, mas não o fizeram.

Continuar lendo