Alta Roda – Salão do Automóvel dos EUA e do protecionismo

Até o próximo domingo, dia 22, o Salão do Automóvel Internacional da América do Norte (nome oficial) terá se transformado em um novo marco (protecionismo), pelo que o presidente do Estados Unidos, Donald Trump, quer colocar em prática. Mais conhecido como Salão de Detroit, poderá se tornar uma exposição centrada nos fabricantes americanos, sediados na região, que dominaram no passado a produção mundial de veículos.

Continuar lendo

Alta Roda – Segurança com mais força

Uma das complicadas e desgastantes situações para fabricantes de veículos e seus clientes, em qualquer parte do mundo, são os recalls sempre ligados a riscos de segurança. Apenas em 2015 nos EUA – maior frota mundial, 255 milhões de veículos e o segundo maior mercado, 17,5 milhões unidades/ano – ocorreram 868 campanhas envolvendo o recorde de 51 milhões de veículos. Aqui, no mesmo período foram 114 recalls e 2,8 milhões de unidades convocadas para uma frota total de 41 milhões. Nos números frios das estatísticas proporcionais o Brasil não ficou tão mal na foto.

Continuar lendo

Alta Roda – Salão de Detroit sem grande impacto

Foi uma das recuperações mais rápidas de que se tem notícia. O mercado interno americano estava tão prostrado em 2009 com “apenas” 10 milhões de veículos vendidos, que nem dava para substituir a frota sucateada a cada ano. Pois, em 2015, venderam-se 17,5 milhões de unidades, recorde que perdurava desde 2000.

Continuar lendo

Alta Roda – Salão do otimismo

Ford-GT-2016-all-new-novo

Novo Ford GT 2016

Há apenas cinco anos o Salão do Automóvel de Detroit experimentou uma crise com espaços vazios entre estandes de construção mais modesta. Mas graças à reação do mercado americano que alcançou no ano passado 16,5 milhões de automóveis e comerciais leves (recuperação incrível de quase 60% sobre 2009), o clima na exposição é outro, até seu encerramento neste dia 25. Em 2015 se esperam 17 milhões de unidades, próximo ao recorde de todos os tempos.

Continuar lendo

Alta Roda – Quem paga a conta

Salões de automóveis sobem seu astral quando refletem recuperação de vendas e produção. Essa atmosfera positiva marca o Salão de Detroit que se encerra neste domingo. Afinal, o mercado está em franca expansão (13% em 2012), embora as marcas locais, à exceção da Jeep, continuem patinando na preferência do consumidor.

Continuar lendo

Após recorde de vendas, Brasil segue prioridade para grandes montadoras

O Brasil segue no foco das maiores montadoras de veículos, depois de bater novo recorde de vendas em 2012, com crescimento de 4,6% nos negócios, embora tenha derrapado na produção, com queda de quase 2% no ano. “Às vezes, penso que eu deveria ser brasileiro”‘, brinca o presidente mundial do grupo Fiat-Chrysler, Sergio Marchionne, enquanto circula pelo estande da empresa no Salão do Automóvel de Detroit.

Continuar lendo

Honda mostra o “novo New Civic” 2012

Ele ainda é um conceito, mas dificilmente terá alguma mudança relevante quando virar a versão final. A Honda mostrou hoje, no Salão do Automóvel de Detroit, o “novo New Civic”. A nova geração do sedã japonês começa ser vendida nos Estados Unidos em breve.

Continuar lendo