Teste – Toyota Corolla GLi Couro 1.8 CVT agrada pelo conforto, desempenho e conjunto mecânico

Toyora-Corolla-GLi-Brasil-2015-CVT-Multi-Drive-visual

Toyota Corolla GLi Couro 1.8 CVT 2017

Fiquei muito curioso quando tive a oportunidade de testar o Toyota Corolla GLi Couro 1.8 CVT 2017. Afinal, será que a versão de entrada, com motor menor, seria tão boa quanto os irmãos mais caros e equipados? A resposta é sim, pois, assim como eles, o “barato” da família agrada e muito pelo conforto, desempenho e conjunto mecânico.

Continuar lendo

Duelo: Toyota Corolla GLi x Honda City EXL – Qual carro comprar?

Duelo entre qual carro comprar - Honda City EXL ou Toyota Corolla GLiRecebi uma dúvida muito interessante do médico João, de Manaus (AM). A família dele vai crescer (parabéns!) e ele precisa de um carro maior. Com cerca de R$ 82.000 para investimento, nasceu a dúvida: um Toyota Corolla GLi ou Honda City EXL. A versão topo de linha de um contra a versão de entrada do outro. E aí, qual carro comprar?

Continuar lendo

“No ponto”, Toyota Etios 2018 chega com o “novo visual”

Toyota Etios 2018

Toyota Etios 2018

Se na linha 2017 ele atingiu a maturidade e, depois, recebeu um design diferente na versão Platinum, agora o Toyota Etios 2018 chega de vez com o “novo” visual, adotado em todos os acabamentos. Decisão tardia, mas acertada. Preços subiram.

Continuar lendo

Impressões – Bela Fiat Toro Freedom Opening Edition agrada

Fiat-Toro-Freedom-2017

Fiat Toro tem visual marcante

Visual marcante, bom nível de conforto, capacidade de carga interessante e desempenho ok: assim resumo a bela Fiat Toro Freedom Opening Edition, picape que ficou comigo por pouco tempo e me agradou bastante.

Continuar lendo

Impressões – Chevrolet Onix Joy 2017 evolui, mas ainda pode melhorar

Foto do Chevrolet Onix versão Joy 2017

Chevrolet Onix Joy 2017

Não precisei nem de 24h para comprovar que o Chevrolet Onix Joy 2017 realmente evoluiu em relação à linha 2016. Mudanças no motor 1.0, câmbio manual de seis marchas e direção elétrica tornaram o carro ainda mais interessante, mas o modelo ainda pode melhorar.

Continuar lendo

O que esperar do novo Hyundai Creta?

Foto do Hyundai Creta

Novo Hyundai Creta

Ótimas vendas e um duro trabalho aos concorrentes. Isso é o que eu espero do Hyundai Creta, novo SUV da marca coreana que chega ao mercado na segunda quinzena de janeiro de 2017 em cinco versões, custando entre R$ 72.990,00 e R$ 99.490.

Continuar lendo

Alta Roda – Futuro da condução autônoma

O avanço da direção semiautônoma e, em futuro não distante, da condução autônoma completamente conectada a outros veículos e à infraestrutura parece mesmo irreversível. Isso a despeito de incidentes graves de percurso, ambos nos Estados Unidos, um fatal ocorrido com um Tesla; outro, mais recente, envolvendo um Volvo XC90 do Uber ao varar um semáforo vermelho (um pedestre aguardava na faixa, sem chegar a atravessar). Em ambos os casos, os motoristas poderiam ter intervindo, mas não o fizeram.

Continuar lendo

Alta Roda – Motores: centro do palco no Brasil

Renaul Sandero Expression EasyR automatizado

Renaul Sandero e Logan receberam novos motores 1.0 e 1.6

A forte guinada dos fabricantes de veículos em direção aos motores de três cilindros é reflexo direto das exigências de diminuição de consumo de combustível do programa Inovar-Auto (2013-2017). Considera-se como certa nova rodada de metas de eficiência energética a partir de 2018.

Continuar lendo

Vale a pena como o novo Fiat Grand Siena Attractive 1.0?

Foto do Fiat Grand Siena Attractive 1.0

Fiat Grand Siena 2017 agora conta com a nova versão Attractive 1.0

Buscando ampliar a sua gama de produtos que foi reduzida drasticamente, a marca italiana preparou uma novidade: Fiat Grand Siena Attractive agora conta também com motor 1.0. Mas não fique tão animado, pois não é o novíssimo e moderno propulsor Firefly de três cilindros. Será que compensa?

Continuar lendo

Jeep Renegade evolui na linha 2017, mas será que foi o suficiente?

Jeep Renegade Limited 2017

Jeep Renegade Limited 2017

Além do preço, a falta de fôlego e o alto consumo de combustível eram os principais problemas do Jeep Renegade flex. Agora, a marca trabalhou para melhorar todos esses aspectos, alterando a lista de equipamentos e o motor 1.8, demonstrando que o SUV evoluiu na linha 2017. Mas será que foi o suficiente?

Continuar lendo