Fernando Calmon – Tempo médio de deslocamento no trânsito muda por causa dos aplicativos de mobilidade

Trânsito de ônibus e carros em São Paulo, Brasil

Foto enviado por Fernando Calmon. Crédito: Gabriela Bilo / ESTADÃO

Um estudo acaba de ser publicado pela organização não governamental (ONG) “Nossa São Paulo” sobre o tempo médio de deslocamento na capital paulista: caiu em torno de 10 minutos entre 2015 e 2018. Não representa muito, mas se trata de algum avanço. O dado reflete uma modificação nos hábitos trazida pelos aplicativos de mobilidade como Uber, 99 e Cabify. Esses serviços já se estendem a mais de 100 cidades brasileiras.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Da teoria à prática no mercado brasileiro de veículos

Agosto não costuma ser mês de desgosto em termos de vendas de veículos, entre outras razões por ter maior número de dias úteis. Julho e dezembro são os outros historicamente bons. Mas o comportamento do mercado brasileiro de veículos superou o esperado. No acumulado dos oito primeiros meses, em relação ao mesmo período de 2017, o crescimento chegou a quase 15%. Especificamente no segmento de automóveis e comerciais leves, que representam 94% do total, o salto foi de 14,1%. O resultado geral, incluídos caminhões e ônibus, foi o melhor desde janeiro de 2015.

Mercado de venda de carros

Continuar lendo

Fernando Calmon – Citroën C4 Cactus espeta concorrentes

Citroën C4 Cactus

Citroën C4 Cactus

Se o mercado de SUVs continua a crescer bastante no Brasil, há razões para apostar em avanços ainda maiores. Entre os de produção nacional o Citroën C4 Cactus, que começa a ser vendido esta semana, demonstra que novas tecnologias também ganham relevância nesse tipo de veículo.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Reaprender é preciso no relacionamento entre quem compra e vende veículos

Relacionamento entre quem compra e vende veículos passa por grande transformação. A transição não será tão rápida, mas há necessidade de manter flexibilidade para evitar que o mundo digital se sobreponha de maneira fria ao contato pessoal. Este foi o lema do 28º Congresso da Fenabrave, realizado ao longo de dois dias em São Paulo (SP), semana passada, tendo como pano de fundo o segundo ano consecutivo de recuperação de vendas.

Concessionária de carros

Contato pessoal é muito importante na hora de comprar um carro

Continuar lendo

Fernando Calmon – Os novos desafios da FCA após a inesperada morte de Sergio Marchionne

A inesperada morte de Sergio Marchionne, o ítalo-canadense responsável pela recuperação financeira de dois grandes grupos automobilísticos que acabou por fundir sob o nome Fiat Chrysler Automobiles (FCA), trouxe, além de enorme consternação, uma série de novos desafios. Todos propostos por ele mesmo, um executivo altamente dinâmico, cerebral e impulsivo.

Sergio Marchionne, da FCA, e John Elkann

Sergio Marchionne, da FCA, e John Elkann

Continuar lendo

Alta Roda – Fiat prepara reviravolta

Logo da FCA - Fiat Chrysler AutomóveisA história mostrou muitas surpresas ao longo de mais de 130 anos desde a patente do primeiro automóvel em 1886 por Karl Benz. Muitas marcas apareceram e sucumbiram, mas pelo menos 20 mantêm-se no mercado há mais de 100 anos. Uma delas é a Fiat que enfrentou dificuldades financeiras e acabou se fundindo com a Chrysler.

Continuar lendo

Alta Roda – Superlativos chineses, o maior mercado mundial de veículos

Salão do Automóvel de Pequim, na China

Salão do Automóvel de Pequim, na China

Maior mercado mundial de veículos está na China. Aproxima-se neste ano das 30 milhões de unidades vendidas – volume cerca de dois terços maior que o segundo colocado, os EUA – e continua apostando em crescimento nos próximos anos, mas a um ritmo menor. A frota circulante passou dos 200 milhões de veículos leves e pesados e só perde (por enquanto) para os EUA que se aproximou de 280 milhões no ano passado.

Continuar lendo

Alta Roda – Caoa poderá ser marca única de automóveis no Brasil

Chery Tiggo 2 2018

Chery Tiggo 2 2018

Lançamento do Tiggo 2, semana passada em Itupeva (SP), trouxe uma pequena surpresa. No palco, durante a apresentação à imprensa, havia uma unidade azul com uma singela folha de papel branco encobrindo pequena área do lado direito da traseira do crossover/SUV sino-brasileiro. Ao se retirar a folha, apareceu um novo logotipo, Caoa Chery (mesma tipologia), que não estava em nenhum dos carros disponibilizados para avaliação aos jornalistas.

Continuar lendo

Alta Roda – Acidente com Volvo XC90 autônomo torna tecnologia mais distante

Volvo XC90 autônomo (autonomy) do Uber

Volvo XC90 autônomo do Uber

Logo no início deste mês de março, no Salão do Automóvel de Genebra, esse colunista procurou a Audi para saber se já existia estimativa de preço para o sistema autônomo de nível 3 do seu modelo de topo A8, exibido seis meses antes no Salão de Frankfurt. A resposta foi que o governo alemão ainda não havia liberado o regulamento de homologação, apesar de existir uma legislação prévia desde junho do ano passado. Assim, a precificação continuava pendente. Nível 3 tem limitações como velocidade máxima de 65 km/h e separação física de fluxo e contrafluxo de trânsito.

Continuar lendo

Alta Roda – Volkswagen Virtus empodera compactos

Volkswagen Virtus 2019

Ofertas estão cada vez mais sofisticadas no mercado brasileiro. A chegada do Volkswagen Virtus, como legítimo representante da nova leva de sedãs compactos anabolizados (inclui em fevereiro Fiat Cronos e, mais adiante, Toyota Yaris sedã), é prova disso. O novo modelo da Volkswagen é o que mais oferece espaço interno, em especial no banco traseiro. Suas dimensões internas e externas estão bem próximas às do atual Jetta, um médio que só será substituído no final do ano pelo modelo 2019 (apresentado no Salão de Detroit), maior que o atual.

Continuar lendo