Alta Roda – RenovaBio é estratégico para reduzir as emissões de gases de efeito estufa

Desenho de bombas de combustível: etanol e gasolina

Um projeto de lei importante para manter sob controle – ou mesmo diminuir – as emissões de gases de efeito estufa foi aprovado há uma semana pela Câmara dos Deputados. Acredita-se que a tramitação pelo Senado do chamado RenovaBio será tranquila e, finalmente, o País terá um mecanismo moderno para limitar a liberação de CO2 na atmosfera.

Continuar lendo

Ford New Fiesta 2018 evolui para continuar como coadjuvante

Ford New Fiesta SEL e New Fiesta Style EcoBoost 2018

Ford New Fiesta SEL e New Fiesta Style EcoBoost 2018

Sem perder nenhum tempo, o Ford New Fiesta 2018 chega com evoluções importantes, mas que farão o modelo se manter apenas como um coadjuvante no segmento de compactos premium, atrás dos principais rivais.

Continuar lendo

Alta Roda – De olho no consumo de combustível nos automóveis modernos

Desenho de bombas de combustível: etanol e gasolina

A utilização de recursos eletrônicos nos automóveis modernos levou à crescente disponibilidade de medidores de consumo de combustível. No começo a precisão não era grande, mas agora os resultados permitem ao motorista avaliar consumo médio e instantâneo em várias condições de utilização. Tornou-se dispositivo relativamente barato, presente em computadores de bordo até de modelos compactos.

Continuar lendo

Alta Roda – Pesadelo acabou para o mercado automotivo brasileiro

A recuperação do mercado automotivo brasileiro chegou e se consolidará em 2018. Essa foi a tônica da maioria dos palestrantes no Congresso Autodata Perspectivas 2018, realizado no começo da semana em São Paulo. As razões derivam da mudança de humor e de confiança – para melhor – tanto por parte dos consumidores como dos empresários.

E é respaldada pelo aumento do volume de crédito, queda dos juros (ainda lenta no caso do financiamento de automóveis), diminuição da inadimplência (no caso há apenas uma tendência ainda não muito firme, segundo as projeções da Ford) e recuperação paulatina do nível de emprego (ver abaixo em Roda Viva).

Continuar lendo

Alta Roda – Viagem ao futuro no salão do automóvel de Frankfurt

Frente (front) da Ferrari Portofino

Ferrari Portofino

Ausência de dez marcas no salão do automóvel de Frankfurt, o maior do mundo, que vai até o próximo dia 24, levou ao debate se esse tipo de exposição estaria em crise. Há exagero nessa suposição. Maioria das desistentes nada tinha a mostrar ou sua presença é fraca no mercado alemão. Claro que organizadores de exposições precisam reagir, mas os salões ainda atraem multidões, despertam sonhos e indicam tendências.

Continuar lendo

Duelo 2018: Nissan Kicks SV CVT X Jeep Renegade Sport automático

Comparativo, teste e duelo entre o Nissan Kicks e o Jeep Renegade 2018

Comparativo: Nissan Kicks SV x Jeep Renegade Sport

O Jeep Renegade é um sucesso de vendas e um dos SUVs mais procurados do Brasil. O Nissan Kicks vem dando o que falar desde o seu lançamento e conquista cada vez mais o público, especialmente depois de virar nacional.

Aqui no De 0 a 100, eles se enfrentam, já como linha 2018, nas suas versões mais interessantes, com pacotes de conteúdo atraentes e com câmbio automático – sempre abaixo do teto estabelecido de R$ 90.000: Sport 1.8 AT para o “americano” e SV 1.6 CVT para o “japonês”. Quem será que leva a melhor?

Continuar lendo

Corrigindo uma série de erros, novo Ford EcoSport promete voltar a brigar pela ponta

Novo Ford EcoSport Titanium 2018

Novo Ford EcoSport Titanium 2018

Aprender com os nossos erros é um claro sinal de amadurecimento. E isso também acontece no mercado automotivo. Depois de reinar absoluto e de ver o seu protagonismo ser despedaçado, o novo Ford EcoSport 2018 promete voltar a brigar, a partir de agosto, pela liderança do segmento.

Continuar lendo

Alta Roda – Combustíveis exigem decisões rápidas

O Brasil tem matriz energética privilegiada em relação aos combustíveis líquidos. Enquanto os países do chamado mundo desenvolvido precisam apelar para soluções caras e difíceis de implantar com resultados que podem levar décadas para apresentar redução sensível de emissões de gás carbônico (CO2), principal responsável pelo efeito estufa, o País pode contar com biocombustíveis desde já.

Continuar lendo