Alta Roda – Toyota Hilux sobe de nível

Toyota-Hilux-2016

Toyota Hilux 2016

Desde 2005 a picape média Toyota Hilux não mudava tanto. Isso se tornou necessário porque os modelos de cabine dupla das seis marcas que disputam esse mercado no Brasil conquistaram espaço nas cidades, apesar da irracionalidade de seu porte e do peso elevado. A Toyota fez um trabalho profundo do chassi à carroceria, do estilo ao trem de força. Pela primeira vez a eterna líder Chevrolet S10 terá que se cuidar mais para manter a posição.

Continuar lendo

Alta Roda – Japão faz suas apostas

Tradicional discrição do Japão no 44º Salão de Automóvel de Tóquio – aberto ao público até o próximo dia 8 – foi trocada por atitudes mais ousadas dos fabricantes locais e uma aposta no hidrogênio como alternativa às baterias dos carros elétricos. Na verdade, o governo do país incentiva fortemente essa tecnologia cuja principal vantagem é tempo de abastecimento (três a cinco minutos, contra horas de uma bateria), mas a infraestrutura, além de muito cara, precisa ser construída a partir do zero.

Continuar lendo

Alta Roda – Micromobilidade avança

Smart mobility 1

O Japão destaca-se por investir muito em tecnologia de comunicações e informática (TCI) e, não por coincidência, conquistou a posição de trânsito urbano e rodoviário entre os mais seguros do mundo. A cultura nipônica se destaca por planejar longamente, avaliar tudo o que pode dar errado e, só então, executar com firmeza e prazos cumpridos à risca.

Continuar lendo

Alta Roda – Troller foi mais longe

Troller-T5-2015-Brasil

Sempre se costuma perguntar a razão de o Brasil não ter nenhuma marca de automóvel, utilitário ou comercial leve de origem genuinamente nacional. Afinal, como quarto maior mercado interno no mundo (e caminhando para terceiro, deve passar o Japão, mas pode voltar à quarta posição se a Índia deslanchar) as condições estariam dadas. Tentativas foram feitas, mas mesmo que vingassem seria bastante difícil sobreviver.

Continuar lendo

Brasil foi o 4º país que mais vendeu carros em 2013

Ford-Focus-III-Brasil-2014-novo-Sedan-Titanium-Powershift

Mesmo com os carros custando muito caro por aqui, o Brasil foi o 4º país que mais vendeu carros em 2013, superando, mais uma vez, a Alemanha. Como era de se esperar, a China ficou em primeiro, seguida pelos Estados Unidos e pelo Japão – mesmo com um país de dimensões pequenas perto dos outros. Entre as marcas, Toyota foi a líder, com a Volkswagen em segundo e a Ford vindo logo atrás. O desempenho da marca norte-americana deve ser “agradecido” ao Focus, o carro mais vendido do mundo em 2013. O Corolla foi o segundo.

Continuar lendo

Tchau calor!

O verão chegou! Quem não gostaria de estar na praia ou numa piscina se refrescando do calor? Para os que precisam andar de carro, o ar-condicionado torna-se um item essencial. Os motoristas usam e abusam deste equipamento. Quem não tem anda sempre com as janelas abertas.

Continuar lendo