Fernando Calmon – Salão de Genebra ainda atraente

Estande da Renault no Salão do Automóvel de Genebra, na Suiça

De uns tempos para cá formou-se uma onda de opiniões pessimistas sobre o esvaziamento inexorável dos salões de automóveis. De fato, alguns fabricantes reviram suas participações por diferentes motivos, desde a falta de novidades para o público específico do país em que se realiza a exposição ou até corte de despesas em meio aos pesados investimentos necessários em eletrificação, carros autônomos, conectividade e compartilhamento de veículos. Tudo isso e de forma simultânea vem exaurindo financeiramente as empresas. O público, no entanto, não tem deixado de comparecer a ponto de abalar seriamente os eventos, como no Salão de Genebra.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Vencedores e vencidos nas vendas de automóveis em 2018 no Brasil

Chevrolet Onix LT 2019

Chevrolet Onix LT 1.0

O ano de 2018 foi melhor que o esperado em termos de vendas de automóveis, SUVs, monovolumes e picapes. Mas mostrou poucas surpresas dentro da classificação organizada pela coluna e distribuída por 16 segmentos. As stations ficaram de fora por sua baixa representatividade no mercado, confirmada pelo fim de produção da SpaceFox, na Argentina, no final do ano passado. Mesmo caso dos hatches médios: Cruze, Focus e Golf, entre outros, deixaram de atrair consumidores suficientes para formar estatística relevante.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Novo Volkswagen Jetta ganha empuxo

Volkswagen Jetta R-Line 2019

Mercado de sedãs médio-compactos sofre forte concorrência dos SUVs, perde fôlego, mas ainda atrai um público fiel e menos afetado por modismos. Pelo menos 17 marcas já ofereceram esses modelos; restaram 14, mas só oito têm algum peso nas vendas. Corolla é o dono do segmento, seguido por Civic, Cruze e Focus. Agora o novo Volkswagen Jetta chega à sétima geração com tudo novo.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Vencedores e vencidos no mercado brasileiro de carros no 1º semestre de 2018

Foto para ilustrar o mercado brasileiro de carros

O balanço de vendas por modelos do 1º semestre de 2018 traz novidades. O mercado brasileiro de carros demonstra rápida mutação e assim a coluna reviu alguns critérios, embora mantendo 16 segmentos. Pela baixa procura as stations foram desconsideradas nessa classificação. Hatches médio-compactos também: os três principais modelos juntos só encontraram menos de 10.000 compradores nos primeiros seis meses de 2018.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Olhar sobre o futuro do mercado automotivo brasileiro

Volkswagen T-Cross Brasil

Volkswagen T-Cross

Uma jornada e tanto. Desde 5 de maio de 1999 esta coluna completa agora 1.000 edições semanais consecutivas. Para seguir a tendência das mídias impressas e digitais, o nome do colunista passa a encimar a coluna. Alta Roda a partir de agora identifica notícias curtas e relevantes que seguem abaixo. Para essa edição comemorativa foi feito um estudo sobre lançamentos até 2022 do mercado automotivo brasileiro.

Continuar lendo

Alta Roda – Superlativos chineses, o maior mercado mundial de veículos

Salão do Automóvel de Pequim, na China

Salão do Automóvel de Pequim, na China

Maior mercado mundial de veículos está na China. Aproxima-se neste ano das 30 milhões de unidades vendidas – volume cerca de dois terços maior que o segundo colocado, os EUA – e continua apostando em crescimento nos próximos anos, mas a um ritmo menor. A frota circulante passou dos 200 milhões de veículos leves e pesados e só perde (por enquanto) para os EUA que se aproximou de 280 milhões no ano passado.

Continuar lendo

Alta Roda – Acidente com Volvo XC90 autônomo torna tecnologia mais distante

Volvo XC90 autônomo (autonomy) do Uber

Volvo XC90 autônomo do Uber

Logo no início deste mês de março, no Salão do Automóvel de Genebra, esse colunista procurou a Audi para saber se já existia estimativa de preço para o sistema autônomo de nível 3 do seu modelo de topo A8, exibido seis meses antes no Salão de Frankfurt. A resposta foi que o governo alemão ainda não havia liberado o regulamento de homologação, apesar de existir uma legislação prévia desde junho do ano passado. Assim, a precificação continuava pendente. Nível 3 tem limitações como velocidade máxima de 65 km/h e separação física de fluxo e contrafluxo de trânsito.

Continuar lendo

Alta Roda – Volkswagen Virtus empodera compactos

Volkswagen Virtus 2019

Ofertas estão cada vez mais sofisticadas no mercado brasileiro. A chegada do Volkswagen Virtus, como legítimo representante da nova leva de sedãs compactos anabolizados (inclui em fevereiro Fiat Cronos e, mais adiante, Toyota Yaris sedã), é prova disso. O novo modelo da Volkswagen é o que mais oferece espaço interno, em especial no banco traseiro. Suas dimensões internas e externas estão bem próximas às do atual Jetta, um médio que só será substituído no final do ano pelo modelo 2019 (apresentado no Salão de Detroit), maior que o atual.

Continuar lendo

Alta Roda – Salão do Automóvel de Detroit, o da transição

Salão do Automóvel de Detroit 2018

Salão do Automóvel de Detroit 2018

Ao contrário das exibições recentes na Europa, o Salão do Automóvel de Detroit, nos EUA, que continuará aberto até o próximo dia 28, deixou de enfatizar tanto os veículos híbridos, elétricos e autônomos. Claro, eles estavam lá, mas a ideia principal foi a de transição, um reflexo de dificuldades crescentes. Preços baixos dos combustíveis líquidos, grandes distâncias a exigir infraestrutura de carregamento de baterias e deficiência de geração de energia indicam mudanças bem mais lentas do que se imaginava.

Continuar lendo

Alta Roda – Vencedores e vencidos no mercado de automóveis do Brasil

carros estacionados na rua no BrasilEm meio à recuperação do combalido mercado de automóveis do Brasil, que cresceu pouco mais de 9% em 2017, nosso ranking tradicional dos modelos mais vendidos sofreu alterações técnicas. Com pesar, caiu o segmento de peruas em razão de pouca oferta e vendas baixíssimas. O avanço dos SUVs levou ao quase desaparecimento dessa opção familiar em todos os grandes mercados mundiais (à exceção da Alemanha). De roldão, monovolumes e hatches médios também foram atingidos, porém ainda resistem. Crossovers verdadeiros serão as próximas vítimas.

Continuar lendo