Qual tem o melhor preço das revisões: Nissan March, Volkswagen Polo, Honda Fit, Chevrolet Onix ou Toyota Yaris?

Nissan March SL CVT 2020 e Renato Parizzi

Eu e o meu novo Nissan March SL 1.6 CVT 2020

Um dos pontos que levei em consideração antes de comprar o meu Nissan March SL 1.6 CVT foi o preço das revisões. Fiz isso com mais detalhes especialmente depois do que passei nas concessionárias Ford com o meu Ka.

A partir disso, listei abaixo o March e as minhas outras opções de carro – Volkswagen Polo, Honda Fit e Toyota Yaris – além de mais um representante, que achei interessante incluir, mas que não olhei na época: Chevrolet Onix (eu compraria o turbo automático).

Continuar lendo

Fique atento na balança: peso do carro também é muito importante

Peso: carro na balança

Peso: carro na balança

Por Fernando Calmon

Você certamente já ouviu falar em luta contra a balança. As pessoas desejam manter a forma física ou se adequar à estética atual em que peso a mais pode significar desleixo ou desinteresse com a saúde. Da mesma forma cuidar do peso do carro, ou seja, a balança é um dos itens de grande importância no projeto de um automóvel a partir do zero.

Continuar lendo

Veja qual dos 25 SUVs tem o maior porta-malas do Brasil e a curiosa história do porta-malas do Jeep Renegade

Novo Chevrolet Tracker Premier 2021

Novo Chevrolet Tracker 2021 já está na lista abaixo, que compara os porta-malas dos SUVs no Brasil

Para quem ainda não reparou, os SUVs lembram muito as peruas, só que mais altos e com, pelo menos, alguma capacidade off-road. E, seguindo duas das principais características que toda station wagon deveria ter, os SUVs tentam se destacar no coração do consumidor com bom espaço interno e para bagagem – foco aqui do post. A partir disso, pesquisei 33 modelos da categoria e 25 foram selecionados, de 16 marcas diferentes. Veja qual SUV tem o maior porta-malas do Brasil!

Continuar lendo

Motorista está dirigindo menos e vendas de carros podem cair de 10% a 20% em 2020 no Brasil

Belo Horizonte vazia por causa do Coronavírus

Belo Horizonte vazia por causa do Coronavírus – Foto: Ramon Bitencourt (Reprodução O Tempo – 20/3/2020)

Por Fernando Calmon

Enquanto as vendas de carros podem cair, o motorista brasileiro está rodando com seu veículo bem menos por causa da crise provocada pela Covid-19 e o consequente distanciamento social. Pelo menos duas referências comprovam isso. O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) estimou que a queda foi de 50% em relação à primeira semana deste mês de março. A referência parte de indicadores do aplicativo de rotas Waze amplamente utilizado no País.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Seis grandes mudanças nos últimos 10 anos: comprador mudou muito e prefere mais comodidade e menos pelados

Câmbio automático do Fiat Argo Precision 1.8

Câmbio automático

Um balanço do mercado de veículos da década dos anos 2010 a 2019 mostra que muitas coisas mudaram. A crise de vendas iniciada timidamente em 2013 com uma queda de apenas 1% sobre 2012, na realidade era só o começo. Os três anos seguintes levaram a um tombo de nada menos de 45% na comercialização de automóveis e comerciais leves e pesados.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Livre concorrência para placas padrão Mercosul

Um dos maiores imbróglios de todos os tempos envolvendo a frota brasileira de veículos foi a implantação das novas placas padrão Mercosul (PIV – Placa de Identificação Veicular). O assunto remonta a 1994, mas só em 2014 os quatro países fundadores do bloco – Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai – constataram que as combinações alfanuméricas possíveis estavam se esgotando.

nova placa automotiva do padrão Mercosul

Continuar lendo

Vencedores e vencidos nas vendas de veículos no Brasil em 2019

Por Fernando Calmon

No ano passado as vendas de veículos (automóveis e comerciais) leves cresceram 7,7% sobre 2018, um pouco abaixo das expectativas. O segmento de maior expansão (27%) foi o de SUVs compactos, porém os hatches subcompactos e compactos (incluídas versões “aventureiras”) continuam de longe o mais importante. Em números absolutos, somaram 1,027 milhão contra 421.000 unidades. Somados, todos os SUVs venderam 577.000 unidades.

Feirão de carros no Brasil

Continuar lendo

Fernando Calmon – Grandes lançamentos automotivos em 2020

O ano de 2019 foi muito bom para a indústria automobilística brasileira, mas poderia ter sido melhor. E grandes lançamento automotivos estão previstos para 2020.

Mas antes de falar deles, o mês de dezembro de 2019, por exemplo, alcançou a melhor média diária de vendas em seis anos, com 13.173 unidades. Isso ajudou a baixar o estoque total nas fábricas e concessionárias de 38 dias em novembro para 33 dias em dezembro, ligeiramente abaixo da média considerada normal de 35 dias. No entanto, as previsões iniciais para 2019 eram de crescimento entre 11 e 12% e acabou fechando em 8,6%.

Novo Peugeot 208

Novo Peugeot 208

Continuar lendo

Fernando Calmon – Quando recall de carros fica ainda mais caro

O histórico de recall de carros no Brasil é longo. O primeiro aconteceu em 1970, envolvendo 50.000 unidades do Ford Corcel. Havia sido lançado no final de 1968 e se corrigiu um defeito que causava instabilidade direcional e consumia pneus dianteiros em demasia. Naquela época não existia um controle rígido sobre segurança. Tanto que a primeira convocação registrada pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) só ocorreu em 1998 e atingiu 23.800 ônibus OF 620 da Mercedes-Benz com problema no suporte da coluna de direção.

Recall de carros Continuar lendo

Fernando Calmon – Trocar de carro continua a atrair

Mercado de venda de carrosFaltam poucos dias para terminar o ano e o mercado de veículos leves e pesados deve crescer entre 9% e 10%, pouco abaixo das previsões de 2019 feitas em janeiro. No mês passado as vendas caíram 4,4% sobre outubro, mas essa comparação é inadequada por efeito de sazonalidades como o número de dias úteis. A referência que importa são as 12.116 unidades vendidas por dia em novembro. É o melhor resultado mensal desde dezembro de 2014 e ajudou a diminuir os estoques totais (em concessionárias e fabricantes) de 45 para 41 dias. Número mostra que o brasileiro continua interessado em trocar de carro.

Continuar lendo