Fernando Calmon – Torcer para o setor automobilístico dar certo

Fábrica da Ford na Bahia

Fábrica da Ford na Bahia poderia ter sido no Rio Grande do Sul

Na primeira quarta-feira de maio de 1999, esta coluna estreou em 12 jornais brasileiros. Agora, duas décadas depois, mais de 80 jornais, revistas, portais, sites e blogs espalhados pelo País a reproduzem.

Entre os assuntos daquele primeiro artigo estava a guerra fiscal. O estado do Rio Grande do Sul tinha resolvido romper unilateralmente o contrato para construção, com incentivos, de uma nova fábrica de automóveis da Ford em Guaíba. A Bahia, no entanto, aceitou as condições e a empresa se instalou em Camaçari. Vinte anos se passaram e é fácil concluir quem saiu ganhando nessa história do setor automobilístico, inclusive nas contas públicas e no nível de emprego industrial.

Continuar lendo

Alta Roda – Aposta dupla: SUVs Renault

Renault Captur Intense 2018

Renault Captur Intense

A suvinização, neologismo para a crescente aceitação de modelos do tipo SUV ou mesmo de crossovers inspirados neles, continua sacudindo o mercado brasileiro. De pouco adianta argumentar que são veículos pesados, gastam mais combustível, têm menor desempenho e centro de gravidade desfavorável. As projeções, no entanto, apontam crescimento, nos próximos três anos, de 15% para 20% na preferência do consumidor. E o fenômeno se repete até na Europa, onde alcançaram 25% das vendas totais.

Continuar lendo

O que esperar do novo Hyundai Creta?

Foto do Hyundai Creta

Novo Hyundai Creta

Ótimas vendas e um duro trabalho aos concorrentes. Isso é o que eu espero do Hyundai Creta, novo SUV da marca coreana que chega ao mercado na segunda quinzena de janeiro de 2017 em cinco versões, custando entre R$ 72.990,00 e R$ 99.490.

Continuar lendo

Jaguar Land Rover lança linha 2014 do Range Rover Evoque no Brasil com câmbio automático de nove marchas

Land-Rover-Range-Rover-Evoque-9-speed_cambio-tecnologia-2014

A Jaguar Land Rover apresentou, recentemente, a linha 2014 do Land Rover Range Rover Evoque. Sem dúvida, o grande diferencial do modelo é o inédito (para o Brasil) câmbio automático (ZF-9HP) de nove marchas, que consegue explorar, de maneira mais eficiente, o motor 2.0 turbo, proporcionando melhorias no consumo de combustível, nos índices de emissões, no desempenho e menos ruídos em velocidade de cruzeiro.

Continuar lendo