Fernando Calmon – Os vencedores e vencidos do mercado brasileiro de veículos no 1º semestre de 2019

Jeep Renegade Limited 1.8 flex 2019O mercado brasileiro de veículos cresceu 12% neste primeiro semestre em relação ao mesmo período de 2018. No entanto, a categoria de SUVs e assemelhados continua a aumentar sua participação nas vendas, atingindo o recorde de 21% com tendência a aumentar. Esse é um fenômeno mundial que começou nos EUA (lá representam quase 55% do total de veículos) e se espalhou para a Europa com cerca de 30% de tudo que lá se comercializa.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Eletrificação automotiva com os pés no chão

Next Gen: BMW moto and car eletric - próxima geração dos BMW moto e carro

BMW Next Gen

A eletrificação automotiva veio para ficar, mas se trata de um equívoco pensar que os problemas estão solucionados ou já é possível marcar uma data para este tipo de propulsão aposentar totalmente os motores a combustão. Como as vendas atuais são muito baixas (à exceção da China), é fácil de crescer com percentuais elevados. Em termos absolutos, porém, vão acrescentar muito pouco em termos de participação na comercialização de veículos novos. E o reflexo na frota total rodante no mundo será limitado nas próximas duas décadas.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Equilíbrio alcançado com o programa IncentivAuto?

Foto da fábrica da General Motores (Chevrolet) em São José dos Campos, São Paulo

O programa IncentivAuto do governo de São Paulo para estimular a produção de veículos no Estado pode parecer que se trata de uma guerra fiscal, mas não é. Afinal, além das contrapartidas obrigatórias, a intenção foi apenas se aproximar – não superá-las – das condições já oferecidas por outros estados. Até o momento, infraestrutura de transporte e logística, mão de obra especializada e grande parque de fornecedores em São Paulo haviam sido suficientes para dispensar a renúncia de impostos.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Vencedores e vencidos nas vendas de automóveis em 2018 no Brasil

Chevrolet Onix LT 2019

Chevrolet Onix LT 1.0

O ano de 2018 foi melhor que o esperado em termos de vendas de automóveis, SUVs, monovolumes e picapes. Mas mostrou poucas surpresas dentro da classificação organizada pela coluna e distribuída por 16 segmentos. As stations ficaram de fora por sua baixa representatividade no mercado, confirmada pelo fim de produção da SpaceFox, na Argentina, no final do ano passado. Mesmo caso dos hatches médios: Cruze, Focus e Golf, entre outros, deixaram de atrair consumidores suficientes para formar estatística relevante.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Poder de sedução dos carros no Salão do Automóvel

Porsche no Salão do Automóvel de São Paulo

Salão do Automóvel de São Paulo 2018

Até o próximo dia 18, o poder de sedução dos carros continuará conquistando  multidões no Salão do Automóvel de São Paulo, que completa 30 edições. As pessoas permanecem fortemente atraídas por automóveis. Entre as razões estão comodidade, liberdade, agilidade e taxa de motorização ainda baixa, se comparada a de outros países, inclusive vizinhos, como Argentina. Este ano ficará marcado pela sanção presidencial do programa Rota 2030, no dia da inauguração oficial. Sua importância será analisada na Coluna da próxima semana.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Reservar forças para as novidades automotivas

Ferrari Monza SP1

Ferrari Monza SP1

O apelo este ano foi menor, mas o Salão do Automóvel de Paris manteve-se atraente ao público, mesmo com a ausência recorde de 16 marcas. A indústria mundial enfrenta pesados investimentos em quatro níveis de alta tecnologia – eletrificação, conectividade, direção autônoma e compartilhamento – e sem descuidar dos atuais veículos. Por isso tem havido seletividade nos dispêndios. Reservar forças para as novidades automotivas compatíveis às datas das grandes feiras mundiais. A exposição francesa completou 120 anos em 2018 (assim como a Renault) e encerra no próximo dia 14.

Continuar lendo

Fernando Calmon – Vencedores e vencidos no mercado brasileiro de carros no 1º semestre de 2018

Foto para ilustrar o mercado brasileiro de carros

O balanço de vendas por modelos do 1º semestre de 2018 traz novidades. O mercado brasileiro de carros demonstra rápida mutação e assim a coluna reviu alguns critérios, embora mantendo 16 segmentos. Pela baixa procura as stations foram desconsideradas nessa classificação. Hatches médio-compactos também: os três principais modelos juntos só encontraram menos de 10.000 compradores nos primeiros seis meses de 2018.

Continuar lendo

Alta Roda – Vencedores e vencidos no mercado de automóveis do Brasil

carros estacionados na rua no BrasilEm meio à recuperação do combalido mercado de automóveis do Brasil, que cresceu pouco mais de 9% em 2017, nosso ranking tradicional dos modelos mais vendidos sofreu alterações técnicas. Com pesar, caiu o segmento de peruas em razão de pouca oferta e vendas baixíssimas. O avanço dos SUVs levou ao quase desaparecimento dessa opção familiar em todos os grandes mercados mundiais (à exceção da Alemanha). De roldão, monovolumes e hatches médios também foram atingidos, porém ainda resistem. Crossovers verdadeiros serão as próximas vítimas.

Continuar lendo

Alta Roda – Automóveis líderes de vendas no Brasil no primeiro semestre

Chevrolet Onix e Prisma nas versões LTZ 2017

Foi uma surpreendente recuperação do mercado brasileiro, acima do esperado. Nos primeiros seis meses de 2017 as vendas cresceram quase 4% em relação ao mesmo período de 2016. A média diária de comercialização no mês passado superou 9.000 unidades pela primeira vez este ano. Por enquanto os bons resultados concentraram-se nas vendas corporativas, mas o segundo semestre historicamente costuma ser melhor que o primeiro. Confira quais são os automóveis líderes de vendas no Brasil no primeiros semestre.

Continuar lendo

Alta Roda – Vencedores e vencidos do mercado automotivo brasileiro 2016

Em ano tão difícil para o mercado automotivo brasileiro 2016, as preferências do consumidor não mudaram tanto. Continuou a forte aceitação de utilitários esporte compactos: cresceram 7% em um mercado que recuou 19%. A maior surpresa aconteceu entre picapes médias. A Toro, enquadrada por carregar até uma tonelada, além de garantir liderança, foi a principal razão desse segmento ter subido nada menos de 21% sobre 2015.

Continuar lendo