A vida não está nada fácil para os concessionários da Fiat no Brasil

Fiat-logo

No último final de semana, visitei três concessionárias da Fiat em Belo Horizonte (MG) demonstrando interesse na compra de carros da marca. Pelas conversas que tive com os vendedores, não está nada fácil ser concessionário da marca no momento no Brasil. Entenda.

Continuar lendo

Fiat não se aguenta e eleva o preço de seus carros de novo! Adeus liderança de mercado!

Fiat-Toro-Volcano-2017-picape-diesel-4x4

Fiat Toro: elevação dos preços para lucrar mais por unidade vendida

Vocês se lembram que, em junho, quando lançou o Punto 2017, a Fiat resolveu também aumentar os preços de seus modelos? Pois é, mais uma vez a marca não se aguentou e adivinhem? Elevou os preços de seus carros de novo! Desse jeito, não há dúvidas: adeus liderança do mercado brasileiro de automóveis!

Continuar lendo

Alta Roda – Líderes do primeiro semestre de 2016

Chevrolet-Onix-2015-LT-LTZ-MyLink-Brasil

Chevrolet Onix: carro mais vendido do primeiro semestre de 2016 no Brasil

As estreias de novos carros levaram ao aumento da competição nas vendas do primeiro semestre. Onix manteve a liderança absoluta (mesmo sem a ajuda do Prisma). Corolla ampliou sua vantagem, pelo menos enquanto os novos Cruze e Civic não começarem a chegar às lojas no segundo semestre. Briga entre os SUVs compactos continua acirrada, mas o HR-V defendeu bem a posição.

Continuar lendo

Punto 2017 puxa o aumento de preços dos modelos Fiat. Volkswagen também eleva valores

Fiat-Punto-Essence-2017

Fiat Punto Essence 2017

O tiro no pé escancarado continua! Com a continuidade da recessão do mercado nacional de automóveis, as montadoras seguem firme e forte na estratégia de ter margens mais altas de lucro por unidade vendida. Como? Simples: elevando os preços de seus modelos! A Fiat, por exemplo, aplicou aumentos que podem superar os R$ 4.000 (!!!!). Quem puxou o aumento da marca italiana foi o Punto 2017 que, antes da sua próxima geração, perdeu versões, ganhou equipamentos e ficou mais cara. A Volkswagen também não ficou atrás e aumentou seus valores – estratégia que já havia sido adotada por outras marcas nesse ano.

Continuar lendo

Recall: Fiat convoca 3.825 unidades do Toro por problema na trava do estepe

Fiat-Toro-Volcano-2017-picape-diesel-4x4-aventura

Fiat Toro Volcano

A Fiat Chrysler Automóveis (FCA) convoca os proprietários de 3.825 unidades do Fiat Toro, nas versões Freedom 4×4, 2.0 diesel, e Volcano 4×4, 2.0 diesel, ano 2015/2016 para, desde o último dia 23 de maio de 2016, a agendarem seu comparecimento em uma das concessionárias da marca para que seja providenciada, gratuitamente, a substituição do dispositivo de trava do suporte do pneu estepe.

Continuar lendo

Impressões off-road: Fiat Toro X Renault Duster Oroch e Ford Ranger X Volkswagen Amarok

Ford-Ranger-off-road

Ford Ranger 2017 enfrenta pista off-road

Na minha viagem para Ribeirão Preto (SP), há algumas semanas, quando minha vida ficou em risco graças à Localiza e o seu tapete, eu visitei a Agrishow, maior feira agrícola da América Latina. Para amantes de carros, como eu, o evento oferece atrações interessantes, especialmente para os fãs de picapes, SUVs e fora de estrada. Logo, no meu escasso tempo no evento, visitei 4 marcas (ficou faltando ir na Toyota e na Chevrolet para ver as novas Hilux SW4 e S10, respectivamente, e na Jeep/Chrysler/RAM) e analisei seus modelos, atendimento e pistas. Confira nessas impressões off-road os duelos entre Fiat Toro X Renault Duster Oroch e Ford Ranger X Volkswagen Amarok.

Continuar lendo

Alta Roda – Coisas do Brasil

As aparências enganam. Esse é um velho ditado que levou a Câmara dos Deputados e o Senado Federal a cometerem um erro em termos de segurança veicular com a obrigatoriedade de todos os veículos circularem com faróis baixos ligados durante o dia em estradas. Lamentável que o senador José Medeiros, ex-policial rodoviário e relator do projeto, tenha desconsiderado vários estudos sobre o assunto.

Continuar lendo

Com vocações urbanas, Fiat Mobi não inova, mas agrada

Fiat-Mobi-Like-On-2017

Fiat Mobi Like On 2017

É, meus amigos. Escrevi o início desse post, até agora, 9 vezes, mas não consegui chegar a uma conclusão definitiva do que achei do Fiat Mobi. O máximo que consegui foi que ele não inova, mas agrada – como aconteceu no lançamento do Hyundai HB20. A sensação é a de que a marca italiana poderia ter feito mais para a sua novidade, especialmente em termos de motorização e tecnologia – como foi com a picape Toro.

Por outro lado, o que foi feito torna o veículo simples (em termos de mecânica) e confiável – argumentos muito fortes de venda para esse segmento, especialmente para um carro com vocações quase que exclusivamente urbanas. Com certeza isso já é suficiente para a FCA aposentar a dupla Uno Vivace (que deveria ter morrido quando o “novo” Uno chegou) e Palio Fire (esse ficará mais um pouco conosco, pois tem um público cativo).

Continuar lendo

Alta roda – Ciclo de renovação

Ford-Ranger-2017

Ford Ranger 2017

Segmento de picapes médias de cabine dupla é um dos mais rentáveis do mercado por suas dimensões avantajadas, equipamentos oferecidos, motores diesel (muito mais caros) e tração 4×4 com reduzida. Outro “segredo” para esse sucesso é a legislação injusta do IPI. Esses veículos recolhem apenas 8% de imposto simplesmente por terem caçamba, independentemente do motor (diesel ou flex). Um compacto com motor de 1 litro paga 7% de IPI, sem nenhum estímulo por ser flex, como ocorre com motores de 1 a 2 litros (menos 2 p.p.) e acima de 2 litros (menos 5 p.p.).

Continuar lendo

Fiat Toro é o maior lançamento da marca desde a família Palio

Fiat-Toro-Volcano-2017

Fiat Toro Volcano

O maior lançamento da Fiat no Brasil desde a família Palio: assim considero a chegada da picape Toro ao mercado brasileiro. A nova geração do Uno também foi muito importante, mas acredito com tranquilidade no que eu disse antes porque o modelo representa o “próximo passo” da história da marca italiana por aqui. E representa também o primeiro passo vital da Fiat desde o nascimento Fiat Chrysler Automobiles (FCA), há poucos anos.

A companhia pegou um pouco o conceito usado pela Renault com o Duster Oroch e, de certa forma, o ampliou, uma vez que os ítalo-brasileiros-mineiros-pernambucanos-norte-americanos dizem que o Toro é um Sport Utility Pick-up (SUP), pois “reúne o porte, a altura e a ergonomia de um SUV; a robustez de um fora de estrada com o conforto de um automóvel; e a praticidade e espaço de uma picape cabine dupla de quatro portas, com capacidade para acomodar até cinco pessoas com requinte e segurança e levando até uma tonelada”. Será mesmo? Só dá para saber testando, mas potencial para isso o veículo tem.

Continuar lendo