Fernando Calmon – Tempo médio de deslocamento no trânsito muda por causa dos aplicativos de mobilidade

Trânsito de ônibus e carros em São Paulo, Brasil

Foto enviado por Fernando Calmon. Crédito: Gabriela Bilo / ESTADÃO

Um estudo acaba de ser publicado pela organização não governamental (ONG) “Nossa São Paulo” sobre o tempo médio de deslocamento na capital paulista: caiu em torno de 10 minutos entre 2015 e 2018. Não representa muito, mas se trata de algum avanço. O dado reflete uma modificação nos hábitos trazida pelos aplicativos de mobilidade como Uber, 99 e Cabify. Esses serviços já se estendem a mais de 100 cidades brasileiras.

Continuar lendo

É motorista de Uber, Cabify, 99 ou outro aplicativo? Saiba como declarar o seu imposto de renda

Logo da Cabify

Com o crescimento dos aplicativos de transporte individual, muitas pessoas passaram a trabalhar como motorista de Uber, Cabify, 99 ou algum outro app, seja como uma opção de trabalho autônomo ou mesmo como uma segunda fonte de renda.

Atualmente, estima-se que esse número ultrapasse meio milhão de trabalhadores que precisam, como todos os outros, declarar seus ganhos à Receita Federal.

Continuar lendo

Alta Roda – Acidente com Volvo XC90 autônomo torna tecnologia mais distante

Volvo XC90 autônomo (autonomy) do Uber

Volvo XC90 autônomo do Uber

Logo no início deste mês de março, no Salão do Automóvel de Genebra, esse colunista procurou a Audi para saber se já existia estimativa de preço para o sistema autônomo de nível 3 do seu modelo de topo A8, exibido seis meses antes no Salão de Frankfurt. A resposta foi que o governo alemão ainda não havia liberado o regulamento de homologação, apesar de existir uma legislação prévia desde junho do ano passado. Assim, a precificação continuava pendente. Nível 3 tem limitações como velocidade máxima de 65 km/h e separação física de fluxo e contrafluxo de trânsito.

Continuar lendo

Alta Roda – Ser dono do automóvel ou só usar o carro

Soluções alternativas à ser dono do automóvel para uso cotidiano e mesmo para viagens continuam a despertar interesse em vários países. Há opções que variam de aplicativos de caronas pagas, ao compartilhamento de um mesmo veículo, aluguéis temporários (por horas até) e convencionais, caronas entre conhecidos e outras possibilidades criativas.

Aplicativo de carona remunerada

Continuar lendo

Alta Roda – Alternativas de mobilidade automotiva

waze app

Waze

Mobilidade automotiva: a tendência dos motoristas brasileiros de utilizar novas tecnologias que facilitem sua vida no trânsito pesado do dia a dia fica amplamente demonstrada pela rápida aceitação dos sistemas de navegação por GPS. Era um acessório relativamente caro no começo, mas a introdução nos telefones inteligentes impulsionou sua utilização. Hoje, os chamados navegadores portáteis caíram em desuso.

Continuar lendo

Alta Roda – Balanço otimista para setor de peças de reposição e reparação automotiva

Se existe segmento do setor de veículos que sentiu menos o enorme tranco da recessão brasileira foi o de peças de reposição e de reparação automotiva. Sem recursos, financiamentos e medo de perder emprego, os motoristas cuidaram melhor de seus carros. Fabricantes que tradicionalmente têm forte atuação nesse mercado não estão reclamando da vida graças a um salto no faturamento.

Continuar lendo

Alta Roda – Carro híbrido e carona poderão ter a sua vez

Mobilidade é um tema quase onipresente nos debates sobre presente e futuro das cidades depois que o mundo acelerou a migração do campo para as megaconcentrações urbanas e seu entorno. Entre as diversas facetas discutidas, pelo menos duas têm chamado atenção. O carro híbrido tem potencial de diminuir emissões de gases sob regulamentação e de efeito estufa, enquanto a carona pode melhorar as condições de trânsito.

Carona solidária

Continuar lendo

Alta Roda – Estatística teoricamente manipulada de acidentes nas marginais

Brasil-transito-congestionamento-Sao-PauloO recente retorno de velocidades maiores nas vias expressas (conhecidas como Marginais aos rios Tietê e Pinheiros) da maior cidade brasileira levou a discussões acaloradas com repercussões no País. Parte da imprensa criticou a mudança. Essa coluna tem visão oposta e explica por quê.

Continuar lendo

Alta Roda – Futuro da condução autônoma

O avanço da direção semiautônoma e, em futuro não distante, da condução autônoma completamente conectada a outros veículos e à infraestrutura parece mesmo irreversível. Isso a despeito de incidentes graves de percurso, ambos nos Estados Unidos, um fatal ocorrido com um Tesla; outro, mais recente, envolvendo um Volvo XC90 do Uber ao varar um semáforo vermelho (um pedestre aguardava na faixa, sem chegar a atravessar). Em ambos os casos, os motoristas poderiam ter intervindo, mas não o fizeram.

Continuar lendo

O Uber é muito bom, mas reze para você não ter um problema fora do comum

Problema com Uber

[POST ATUALIZADO NO FINAL]

O Uber chegou ao Brasil para mostrar que o serviço de táxi no país precisava evoluir, melhorando a qualidade e o preço. Além disso, criou mais uma opção de escolha para o consumidor, o que é sempre bem-vindo, pois evita o monopólio – além de gerar novos postos de trabalho. Porém, se o Uber é muito bom e funciona bem, reze para você não ter um problema fora do comum com ele. Caso contrário, a empresa não poupará esforços para não te responder e para não resolver a questão.

Continuar lendo