Alta Roda – Carros autônomos irreversíveis

Mercedes-Benz: carro autônomo

Os carros autônomos chegam ao nosso dia a dia e, cedo ou tarde, serão dominantes. Mas não haverá a tecnologia dominante. Há tempos essa Coluna apontou que os gigantes da teleinformática, em especial Google e Apple, acostumados a ganhar muito dinheiro e a enfrentar riscos relativamente baixos, teriam desagradáveis surpresas quando fizessem contas para produzir um veículo. Isso acabou se confirmando e ambas desistiram.

Continuar lendo

Alta Roda – Recuperar o mercado de carros brasileiro sem artificialismo

Esse agitado ano de 2017 no âmbito político, que ameaça atrapalhar a fundamental agenda de reformas econômicas do País, pode explicar certa dispersão entre apresentações e conclusões dos palestrantes do VIII Fórum da Indústria Automobilística, organizado pela Automotive Business no último dia 17 em São Paulo.

Deve-se reconhecer que fazer previsões de curto e médio prazo para o mercado de carros brasileiro, em meio a tantas incertezas, é exercício difícil e sujeito a erros. Mas não deixou de atrair uma plateia maior que a do ano passado, ávida por saber se vai demorar a aparecer pelo menos uma luz no fim do túnel. Mesmo tênue.

Continuar lendo

Alta Roda – Semana das marcas de carro japonesas

Dianteira agrada

Honda WR-V 2018

Fabricantes até tentam evitar lançamentos muito próximos aos dos concorrentes para não dividir a atenção dos consumidores e da mídia, mas com tantas novidades, nem sempre é possível. Às vezes a coincidência é proposital para embaçar a superexposição de um modelo muito aguardado. No entanto, sem combinação, surgiu a “Semana das marcas de carro japonesas no Brasil”: de segunda a sexta-feira passadas estrearam Honda WR-V, Toyota Corolla 2018 e Nissan Frontier.

Continuar lendo

Será que vale a pena comprar um Honda WR-V?

Foto do Honda WR-V 2018

Honda WR-V 2018

Eu nunca fui tão feliz ao dar o título de “Limites do consumidor brasileiro serão testados com o novo Honda WR-V”. Isso porque, além do visual com traseira polêmica, ao anunciar as versões, características técnicas, equipamentos e, especialmente, preços, a marca japonesa definitivamente colocará o gosto dos brasileiros por seus carros em prova. Werá que vale a pena mesmo comprar um Honda WR-V?

Continuar lendo

Alta Roda – Dedos cruzados para o mercado automotivo brasileiro

Sinais ambíguos nesse começo de ano quanto à evolução do mercado automotivo brasileiro. Em janeiro passado, comparado ao mesmo mês de 2016, as vendas internas caíram 5,2% (147,2 mil unidades entre automóveis e comerciais leves e pesados). Número desanimador para quem acreditava que o País parou de cavar o fundo do poço. No entanto, a produção, puxada por crescimento expressivo de 56% no número de veículos exportados, subiu 17%.

Foto da concessionaria Toyota Osaka BH Pampulha

Continuar lendo

Alta Roda – Apelo otimista no Salão do Automóvel de São Paulo

O Salão do Automóvel de São Paulo, que vai até o próximo dia 20, será marcado não apenas pelas novas instalações amplas, modernas e pelo conforto do ar-condicionado (apenas nos primeiros dois dias, para imprensa, houve pane). É uma das edições com maior número de lançamentos, reestilizações, exercícios de criatividade e marcação de tendências. Houve um esforço dos expositores em levantar o moral dos compradores abatidos pela situação política, econômica e do desemprego no País. A mensagem subliminar era que o pior já passou e chegou a hora de levantar a cabeça.

Continuar lendo

Limites do consumidor brasileiro serão testados com o novo Honda WR-V

Novo Honda WR-V

Novo Honda WR-V será lançado no Brasil em 2017

O tão esperado momento finalmente chegou, mas não como a maioria das pessoas esperava. O mais intrigante é que, literalmente, os limites do consumidor brasileiro serão testados com o novo Honda WR-V. Será que o conjunto mecânico e a praticidade serão páreos para (provavelmente) um preço alto e para uma traseira com visual tão polêmico?

Continuar lendo

Alta Roda – Dilema do preço dos carros no Brasil

Situação difícil do mercado garante ao consumidor, mais do que nunca, a decisão de escolher. Entre os sedãs médios-compactos trava-se uma verdadeira batalha para atrair os possíveis (e poucos) compradores. Este ano vem sendo marcado pela renovação em diferentes níveis. Começou com a atualização do Nissan Sentra, seguido pelo inteiramente novo Chevrolet Cruze. Esta semana começam as vendas da décima geração do Honda Civic. A Citroën aproveitou o embalo para lançar o C4 Lounge 2017 apenas com motor turbo de 1.6 L/173 cv (etanol), conforme antecipado pela Coluna.

Continuar lendo

Alta Roda – Ajustar velas

A eterna rivalidade entre otimistas e pessimistas sobre o que ocorrerá este ano com o mercado interno de veículos atingiu seu ápice nas últimas semanas. Stefan Ketter, presidente da FCA (Fiat Chrysler Automobiles) para a América Latina e principal executivo do grupo no Brasil, primeiro a se manifestar a uma pergunta direta deste colunista, não fez previsões diferentes da Anfavea, que ainda acredita em um segundo semestre de reação e um resultado final de menos 7,5% (2016 x 2015) ou algo em torno de 2,38 milhões de veículos leves e pesados.

fiat-chrysler-FCA-logo

Continuar lendo