Pós-venda Citroën: marca investe para melhorar o seu maior problema

Citroen-C4-Lounge-2015-Tendance-THP-turbo-Brasil

Citroën Ca Lounge

Os carros vendidos pela marca francesa no Brasil são bons, entregando conforto e uma lista de equipamentos até legal. Porém, os modelos sofrem com dois problemas que estão diretamente ligados: desvalorização e pós-venda Citroën. Para tentar melhorar o segundo, ajudando também o primeiro, a montadora franco brasileira lança um serviço de reboque gratuito válido por oito anos.

Continuar lendo

PSA Peugeot Citroën completa 15 anos de produção de veículos no Brasil. Vale comemoração?

PSA-Peugeot-Citroen

A PSA Peugeot Citroën completou, na última segunda-feira, 15 anos de produção de veículos no Brasil. Em 1º de fevereiro de 2001, o grupo inaugurava oficialmente o Polo Industrial de Porto Real, no Rio de Janeiro, passando a produzir no país veículos das duas marcas. Os dois primeiros modelos produzidos foram o Peugeot 206 e o Citroën Xsara Picasso. Mas será que o grupo tem motivos para comemorar no Brasil?

Continuar lendo

Alta Roda – Vencedores e vencidos 2012

O ano passado recebeu impacto de fatores que ajudaram a desarrumar um pouco a segmentação de modelos no mercado brasileiro. O aumento de IPI atingiu em cheio os importados e vários ficaram sem condições de competir. Cotas para produtos mexicanos também prejudicaram o abastecimento de certos modelos. Alguns segmentos se esvaziaram. É o caso de monovolumes médios (pararam Zafira e Xsara Picasso) e de stations médias, sem a Mégane Grand Tour. Stations pequenas também perderam fôlego (Parati ficou pelo caminho).

Continuar lendo

Alta Roda – Discurso dúbio

Aspecto até certo ponto confuso do novo regime automobilístico, em vigor entre 2013 e 2017, é o estímulo às inovações tecnológicas. De fato, trazer as conquistas já conhecidas no exterior aos carros aqui produzidos só merece apoio. As barreiras para esse fim são amplamente conhecidas: baixo poder aquisitivo dos compradores e alto preço desses equipamentos, em geral absorvidos em escalas de produção bem maiores nos países centrais de três continentes.

Peugeot/Divulgação

Além disso, cerca de 70% das vendas no mercado brasileiro se concentram em carros compactos e seus derivados que, por razões óbvias, são os últimos, em qualquer lugar do mundo, a receber as conquistas técnicas de segurança, conforto e utilidade.

Portanto, é bom não esperar milagres. Mesmo porque o estímulo chegará na forma de redução de apenas dois pontos percentuais no IPI. Os fabricantes serão estimulados a ampliar seus investimentos em pesquisa e desenvolvimento. Porém o grande desafio está em adaptar o conhecimento existente no exterior às condições de uso no Brasil e, mais importante, ao bolso dos compradores. Como também não havia nenhum tipo de apoio fiscal, esse objetivo ficava cada vez mais distante, em especial no campo da eletrônica e informática de bordo.

Faltam também coerência e continuidade nas políticas governamentais. Afinal, de um mandato presidencial para outro as prioridades mudam. A justificativa para adoção em massa de motores flexíveis foi a volta do uso do etanol em larga escala e a segurança ao motorista em eventual escassez ou subida de preço temporária. No entanto, não se resolveu o impasse crucial nas bombas dos postos: a gasolina tem preço congelado; o etanol, ao deus-dará.

Talvez os fabricantes utilizem a especialização desenvolvida ao longo dos últimos anos para melhorar a tecnologia dos motores flexíveis e se creditar da diminuição do IPI. À exceção recente de motores de 1,6 litro da PSA Peugeot Citroën e apenas um modelo da Volkswagen, até hoje continua desprezada a partida a frio aquecida eletricamente apenas com etanol. Esse é apenas um exemplo simples do atraso da indústria. A solução, todavia, tardou tanto que pode ficar superada. Basta os fabricantes resolverem investir em sistema de injeção direta de combustível, que vai bem com gasolina e ainda melhor com etanol, em termos de consumo e desempenho.

Não se pode assegurar de que tudo isso ocorrerá sem resolver o impasse do custo por quilômetro rodado por um e outro combustível. Ou, então, se mudar a taxação sobre emissões, como ocorre na Europa, onde gás carbônico (CO2) tem impacto direto sobre o preço final dos veículos.

O Inmetro, responsável pelo programa de etiquetagem veicular que classifica os carros em termos de consumo de combustível, prepara nova tabela que incluirá informações sobre CO2. A novidade é o índice corrigido, corretamente, pelo ciclo fechado: da produção à ponta de escapamento dos motores. Nesse caso combustíveis fósseis ficam mal na fotografia e abrem espaço para biocombustíveis, caso do etanol de cana. Se o governo vai mexer nesse vespeiro, afinar seu discurso dúbio, inconsistente sobre meio ambiente e criar taxação sobre CO2 é algo de que ninguém tem a menor ideia.

RODA VIVA

FINAL da produção do Citroën Xsara Picasso e o fim próximo do Chevrolet Zafira viram uma página sobre monovolumes médios fabricados no Brasil. Só monovolumes compactos resistem. Fica expectativa sobre por quanto tempo a Renault produzirá station média Mégane Grand Tour, último produto brasileiro nesse segmento (tristemente) em extinção.

AUMENTO de 8% sobre importados da Fiat provenientes do México – subcompacto 500 e crossover Freemont – teve a ver não apenas com valorização do dólar frente ao real, mais ou menos na mesma proporção. Ocorre que cotas acertadas no acordo bilateral de comércio limitaram o equilíbrio oferta-demanda e o preço (no caso do 500) subiria de qualquer forma.

POR outro lado, forte concorrência entre produtos nacionais levou à redução definitiva (não é promoção) de até R$ 2.000,00 nos preços de Polo e Golf. Importados da Coreia do Sul e China, que não subiram de preço por razões estratégicas e outras menos elogiáveis, forçam uma situação a que todos se submetem: leis de mercado.

DISTORÇÕES típicas do sistema tributário brasileiro: imposto estadual (ICMS) menor para veículos importados que chegam via portos em razão de “guerra” fiscal. Lei federal colocará ordem na casa, mas como Estados pedirão compensação, quem compra carros (mesmo os nacionais, sem usar portos) pagam a conta de forma indireta. Coisas do Custo Brasil.

Volkswagen/Divulgação

ENTRE dois e três anos, se rodar em média 60 km/dia, comprador teria retorno do investimento no Fox BlueMotion (R$ 36.730,00 2-portas; R$ 38.300; 4-portas). Recebeu mudanças mecânicas e aerodinâmicas para economizar até 10% de combustível. Com gasolina, em estrada a 90 km/h constantes, marcou 22 km/l. VW espera BlueMotion representar 5% das vendas totais do Fox.

Vale a pena comprar?

Você tem até R$ 67.000 e quer comprar um carro seguro, bem equipado e com desempenho interessante. Ele será o seu carro por 3 ou 5 anos. Vale a pena comprar um desses abaixo?

. Citroën Xsara Picasso Exclusive 2.0: R$ 66.555
. Chevrolet Blazer Advantage 2.4 Flexpower 4×2: R$ 66.263
. Fiat Palio 1.8R 4 portas: R$ 43.160
. Fiat Stilo Sporting 1.8 flex Dualogic: R$ 65.740
. Ford Courier XL 1.6: R$ 41.675
. Peugeot 307 Sedan Presence Pack 2.0 automático: R$ 62.100
. Renault Scénic Privilège1.6 16V : R$ 60.200
. Volkswagen Kombi Standard 1.4: R$ 47.110
. Volkswagen Parati Surf 1.6: R$ 48.560

O que vocês acham?

CONSUMO REAL

Consumo-Real-etanol-alcool-gasolina-flex-combustivel+carroJá são 480 veículos! ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 24/04/17

Mande a sua média de consumo!

Média de consumo de 466 CARROS ao todo;
Média de consumo de 14 MOTOS ao todo;
*: Adições mais recentes

Não serão publicadas médias enviadas e/ou postadas por “anônimos”.

Quando olhamos a ficha técnica oficial de um carro, sempre nos deparamos com os números de consumo divulgados pelas montadoras. Mas, na verdade, os fabricantes conseguem esses valores nas condições ideais de uso dos veículos, o que, na vida real, é praticamente impossível de acontecer com o motorista comum. Ou seja, seu carro sempre vai beber mais do que divulga a marca.

Pensando nisso, resolvi começar uma pesquisa para publicar, no De 0 a 100 (olhem nos botões da barra superior o “Consumo Real“), o maior número possível de médias de consumo real dos automóveis vendidos no Brasil, conseguidas pelas pessoas durante o dia a dia. Infelizmente, a empresa onde eu trabalhava apagou cerca de 55% da minha pesquisa. Mas, ainda assim, mantive a média de consumo dos primeiros 85 veículos, e quero que esse número aumente constantemente. Por isso, preciso que vocês me enviem a média de consumo dos carros que vocês dirigem. Meu e-mail é: renatoparizzi@gmail.com. Vamos fazer um enorme banco de dados com números reais!

Por favor, lembrem-se de colocar algumas informações bastante úteis sobre o carro, como:

  • MARCA
  • MODELO
  • VERSÃO
  • MOTOR
  • CÂMBIO
  • ANO DE FABRICAÇÃO e MODELO (ex: 2012/2013)
  • COMBUSTÍVEL USADO
  • MÉDIA NA CIDADE (e qual é a cidade e o estado)
  • MÉDIA NA ESTRADA
  • Se o ar-condicionado estava ligado ou não
  • VELOCIDADE MÉDIA nas medições
  • E mais alguma outra informação que vocês acharem relevante.

E, se você acha que o seu carro bebe demais, veja aqui algumas dicas para ele beber menos!

E agora o Consumo Real do De 0 a 100 tem média de consumo de motos! Veja o final do post, após a Volvo. 

CONSUMO AUDI

. Audi A4 2.0T (2009/2010) – Média de 10,8 km/l na cidade, com o ar-condicionado ligado. Enviado por Bernardo Jordan.

. Audi A3 1.8 20V a gasolina (2004) – Média de 7,2 km/l na cidade, com o ar-condicionado ligado 50% do tempo. Na estrada, a média varia entre 11,5 km/l e 12,5 km/l, dependendo do movimento e da velocidade. Enviado por Luciano Oliveira.

CONSUMO BMW

. BMW 325I (1999) a gasolina – 9 km/l com o ar-condicionado ligado e 9,6 km/l com o ar desligado. Na estradam 14,3 km/l com o ar ligado (média de 120 km/h). Rodando sozinho, com media de 80 km/h, o consumo sobe para 15 km/l /16 km/l. Enviado por P.V.C.

CONSUMO CHERY

. Chery QQ 1.1 a gasolina – Média de 13 km/l na cidade e 17 km/l na estrada com o ar-condicionado ligado. Postado por Julianne abaixo nos comentários (08/02/2012).

. Chery Celer Sedan 1.5 – Na cidade, média de 13,5 km/l com hgsolina. Na estrada, reduz para algo entre 10 km/l e 12 km/l, dependendo do pé, ar-condicionado ligado ou não e lotação (pessoas e bagagem). Postado abaixo por Edinaldo G Santos em 17/04/2015.

CONSUMO CHEVROLET

AGILE
. Chevrolet Agile LTZ 1.4 (2011) – Na cidade, média de 9,5 km/l. Na estrada, com cinco pessoas e carro lotado, média de 12,5 km/l. Médias sempre com o ar-condicionado ligado e gasolina no tanque. Enviado por Alessandro. 

. Chevrolet Agile LT 1.4 (2011) – Na cidade, média de 11 km/l. Na estrada, média de 15,5 km/l com picos de até 16,8 km/l quando a velocidade está na casa de 100 km/h. Números sempre com gasolina. Enviado por José Bassani.

. Chevrolet Agile 1.4 flex (2009/2010) – Média 5 km/l com álcool e 7,2 Km/l com gasolina na cidade. Postado por Gabriel.

. Chevrolet Agile 1.4 flex (2009/2010) – Média 8,6 km/l na cidade e 9,1 km/l na estrada, com álcool. Postado por Alessandro.

. Chevrolet Agile LTZ 1.4 flex (2009/2010) – Média 9,1 km/l com álcool na cidade, com o ar-condicionado ligado. Com gasolina e com o ar desligado, a média é de 13,4 km/l. Postado por Carlos (Brasília/DF).

ASTRA
. Chevrolet Astra hatch 2.0 flex (2010/2011) – Média 12 km/l na estrada, com gasolina, rodando entre 80 km/h e 100 km/h. Enviado por Fabrício Rodrigues.

. Chevrolet Astra Advantage hatch 2.0 flex (2008/2009) – Média 5,5 e 6,5 Km/l com álcool na cidade. Enviado pelo Ademir.

. Chevrolet Astra Advantage 2.0 Flexpower (2008/2009) Com gasolina, média de 6 km/l na cidade e 7 km/l na estrada (rodando com velocidade entre 100 km/h e 130 km/h). Com etanol, média de 4,5 km/l na cidade e 6 km/l na estrada (com a mesma velocidade média). Enviado por Thiago Baracho.

. Chevrolet Astra Advantage 2.0 (2008/2008) – Na cidade, usando o ar-condicionado em 50% do tempo, média de 8,5 km/l. Na estrada, com o ar-condicionado ligado o tempo todo, média de 13 km/l. Números com gasolina. Enviado por João Emídio (Campina Grande/PB).

. Chevrolet Astra Advantage hatch 2.0 automático (2007/2008) – Com etanol, 5 km/l na cidade e 8,5 km/l na estrada. Com gasolina, 6 km/l na cidade e 10 km/l na estrada, medido na bomba. “Viajei de Guarulhos (SP) até Maceió (AL) alternando o funcionamento do ar-condicionado”. Enviado por Edenildo Pereira;

. Chevrolet Astra Elegance hatch 2.0 flex (2007) – 6 km/l na cidade e 10 km/l na estrada com álcool e 8,2 km/l na cidade e 14,5 km/l na estrada com gasolina, com o ar-condicionado ligado em 25% do tempo na cidade e 85% do tempo na estrada. Enviado pelo Renato (Belo Horizonte);

. Chevrolet Astra hatch 2.0 flex (2005) – 7 km/l na cidade e 9,5 km/l na estrada (BH/Rio-Rio/BH) com álcool – Enviado por Jow;

. Chevrolet Astra Sunny 2.0 (2002) – Com gasolina, média variando entre 8,5 km/l a 9,0 km/l na cidade e 13,5 km/l a 14 km/l na estrada, sempre com o ar-condicionado ligado, andando na “maciota” e pneus conforme manda o fabricante. “Geralmente só passo dos 3000 rpm em alguma ultrapassagem”. Postado abaixo por Ricardo em 27/01/2014.

. Chevrolet Astra 2.0 8V a gasolina (2002)Média de 8,5 km/l na cidade, com o ar-condicionado ligado 100% do tempo, e 12 km/l na estrada, com o ar ligado 100% do tempo, andando entre 120 km/h a 140 km/h. Enviado por Vinicar;

. Chevrolet Astra 1.8 8V a gasolina (2001) – Média de 8,5 km/l na cidade e 11 km/l na estrada. Enviado pelo Eloir (Curitiba);

. Chevrolet Astra 1.8 8V a gasolina (2001) – Média de 8 km/l na cidade  e 12 km/l na estrada. Enviado por Robson;

. Chevrolet Astra Sedan Advantage 2.0 (2008/2009) – Na estrada, com velocidade na casa de 100 km/h, média de 10,5 km/l com etanol e 15,7 km/l com gasolina. Postado abaixo por Alexandre em 11/04/2014.

. Chevrolet Astra Sedan Elegance 2.0 flex (2008) – Com etanol, média de 6,5 km/l na cidade e 10,5 km/l na estrada. Com gasolina, média de 9,5 km/l na cidade e 13,5 km/l na estrada. Números alcançados sempre com o ar-condicionado ligado. Enviado por Marcos (Londrina/PR). 

. Chevrolet Astra Sedan 2.0 (2007/2008) – Dirigindo de forma suave, mantendo a rotação abaixo de 3.500 rpm: com etanol, média 5,5 km/l na cidade e 10 km/l na estrada; com gasolina, média de 7,3 km/l na cidade e 13 km/l na estrada. Dirigindo de forma mais forte, com rotação acima de 4.500 rpm na cidade e 6.000 rpm na rodovia: com etanol, média 3,9 km/l na cidade e 6,7 km/l na estrada; com gasolina, média de 4,2 km/l na cidade e 8,4 km/l na estrada. Enviado por Toni Maroni. 

. Chevrolet Astra 2.0 Sedan Elite automático (2004/2005) – Com gasolina, com o ar-condicionado ligado, média de 7,5 km/ (automomia de 390 km). Com o ar-condicionado desligado, média de 8,5 km/l (autonomia de 442 km). Com gasolina, com o ar-condicionado ligado, média de 5,1 km/ (automomia de 265 km). Com o ar-condicionado desligado, média de 6,5 km/l (autonomia de 338 km). Somente dirigindo “na manha”, antes dos 3 mil giros do motor. “Quando o trânsito está bem livre (Av. Dos Bandeirantes) utilizo o controle automático de velocidade”. Número sempre na cidade. Postado abaixo por William Fontes em 16/10/2014.

. Chevrolet Astra Sedan 1.8 8V MPFI a etanol (2003) – Na estrada, viajando entre Gaurama/RS e Balneário Camboriú/SC, cerca de 540 km de distância, média de 12,8 km/l com o ar-condicionado desligado e velocidade média variando entre 120 km/h e 130 km/h. Na cidade, média de 7,5 km/l também com o ar desligado. Intercalando cidade e estrada, média de 9,5 km/l (com velocidade média de 110 km/h na estrada). Enviado por Hugo Jonathan Nogueira.

. Chevrolet Astra Sedan GLS 2.0 16V a gasolina (2000)Na cidade, média de 8 km/l com ar-condicionado desligado. Na estrada, media de 11 km/l a 12 km/l. No momento (out/2012), o Astra tem motor com 68 mil km rodados. Enviado por Ivan Lorenzoni Ferraz.

BLAZER
. Chevrolet Blazer V6 manual a gasolina (2004) – Na cidade, média de 4 km/l com ar-condicionado ligado e 5 km/l com o ar-condicionado desligado. Na estrada, média de 7,5 km/l a 8 km/l “com muito carinho” – na banguela, média de 9 km/l. Enviado por André Albino. 

. Chevrolet Blazer 2.2 a gasolina (1996/1997) – Média de 7 km/l na cidade e 10 km/l na estrada (velocidade média de 100 km/h), sempre com o ar-condicionado desligado. Enviado por José Luis Saffons.

CAPTIVA
. Chevrolet Captiva V6 3.6 AWD (2008/2009) – Na cidade, com gasolina aditivada, média de 3,9 km/l com o ar-condicionado ligado ou desligado. Na estrada, com velocidade média de 90 km/h, média de 8,3 km/l. Postado abaixo por Marcio Ferreira em 20/07/2015.

CARAVAN
. Chevrolet Caravan 4 cilindros (1988) a etanol – Média de 9 km/l na cidade e 12 km/l na estrada. Veículo sem ar-condicionado. Postado nos comentários abaixo por Carlos Alberto K.S. no dia 3 de outubro de 2012.

CELTA
. Chevrolet Celta 1.0 (2013/2014) – Na cidade, média variando entre 6,5 km/l e 7,5 km/l com etanol e entre 9 km/l e 9,5 km/l com gasolina. Na estrada, mantendo velocidade variando entre 80 km/h e 90 km/h, média de 14,2 km/l com etanol e 18 km/l com gasolina. Postado abaixo por Sérgio Pontes de Miranda Vidal (25/12/2013).

. Chevrolet Celta Life 1.0 VHCE (2011/2011) – Média variando entre 9,4 km/l e 9,9 km/l na cidade e 11,3 km/l e 12,2 km/l na estrada, com etanol. Na época do envio das informações, o Celta estava com 81.927 km rodados. Óleo trocado a cada 10 mil quilômetros rodados; correia dentada e velas trocadas a cada 50 mil quilômetros rodados. Enviado por Danilo Pereira.

. Chevrolet Celta 1.0 VHCE flex (2010) – Números sempre rodando 80% na estrada e 20% na cidade. Apenas com etanol, média de 9,50 km/l. Com 75% etanol + 25% gasolina, média de 10,50 km/l. Com o tanque meio a meio, 10,92 km/l. Com 75% de gasolina e 25% de etanol, média de 11,10 km/l. Com apenas gasolina comum no tanque, média de 12,28 km/l. E, finalmente, com 100% gasolina aditivada no tanque, média de 13,42 km/l. Troco o óleo e todos os filtros a cada 10 mil Km; as velas a cada 50 mil Km e sempre ando com pneus calibrados conforme indicação do fabricante. Meus hábitos ao volante são andar devagar na cidade e entre 120 km/h e 140 km/h na estrada. O Celta não tem ar-condicionado. Só abasteço em postos de bandeira Esso ou Shell e decido qual a melhor opção entre os combustíveis considerando a expectativa de consumo e os preços no momento. Enviado por André Lebron. 

. Chevrolet Celta Spirit 1.0 (2009/2010) – Na cidade, média de 6,5 km/l com etanol e 8,5 km/l com gasolina, com o ar-condicionado ligado 50% do tempo. Na estrada, com etanol, médias de 10,5 km/l (80 km/h e ar-condicionado ligado), 9,5 km/l (110 km/h e 120 km/h e ar-condicionado ligado) e 8 km/l (130 km/h e 140 km/h e ar-condicionado ligado). Com gasolina, médias de 12,5 km/l (80 km/h e ar-condicionado ligado), 11 km/l (110 km/h e 120 km/h e ar-condicionado ligado) e 10 km/l (130 km/h e 140 km/h e ar-condicionado ligado). Enviado por Marcelo Chicol, que considera um absurdo a média de consumo do Celta.

. Chevrolet Celta spirit 1.0 VHCE (2009/2009) – Na cidade, média de 10 km/l com etanol e 12 km/l com gasolina. Na estrada, média de 12 km/l com etanol e 14 km/l com gasolina, sempre com o ar-condicionado ligado. Enviado por Ildoney Almeida Martins.

. Chevrolet Celta 1.0 flex (2007) – 9,5 km/l na cidade com álcool – Enviado por Ricardo;

. Chevrolet Celta 1.0 flex (07/07) – Com álcool, ele faz a média de 6,8 km/l. Na estrada, com o ar-condicionado ligado, a média é de 8 km/l e, com o ar desligado, 9,7 km/l. Enviado por Ronilson (Valinhos – SP);

. Chevrolet Celta 1.0 flex (2006) – Sempre com gasolina, média 10 km/l na de cidade e entre 16 km/l e 18 km/l na estrada (com pé mediano). Celta “pelado”. Postado nos comentários abaixo por Carlos Alberto K.S. no dia 3 de outubro de 2012. 

. Chevrolet Celta 1.0 VHC (2005/2006) – Com etanol, média de 8,5 km/l na cidade, 10,5 km/l na estrada com o “pé pesado” (140 km/h) e 11,5 km/l na estrada com o “pé leve” (100 km/h). Na gasolina, a média é um pouco superior a essa. Veículo sem ar-concicionado. Enviado por Michell Victoriano.

CHEVETTE
. Chevrolet Chevette 1.6 a álcool – 8 km/l na cidade e 10 km/l na estrada – Enviado por Sílvio;

. Chevrolet Chevette DL 1.6 (1991) a gasolina – 10,5 km/l na estrada, sem ar-condicionado – Enviado por Raphael Hagi;

CLASSIC
. Chevrolet Classic LS 1.0 (2011/2012) – Na cidade, média de 10,7 km/l com ar-condicionado desligado. Na estrada, com dois adultos e duas crianças, além de bagagem, média de até 17 km/l. Números sempre com gasolina. Enviado por André Bitencourt (Belo Horizonte/MG).

. Chevrolet Classic LS 1.0 VHC (2010/2011) – Média de 11 km/l na estrada e 7 km/l na cidade com etanol. Com gasolina, média de 14,5 km/l na estrada e 9,5 km/l na cidade. Os números foram conseguidos sempre com o ar-condicionado ligado e andando de boa, sem passar 3 mil giros e sem pegar subidas. Enviado por Braulio Yabico Ribeiro.  

. Chevrolet Classic 1.0 VHC flex (08/09) – 11 km/l com álcool e 14 km/l com gasolina, sem ar-condicionado, na estrada – Enviado por Júnior;

. Chevrolet Classic 1.0 (2008) – Com etanol, média de 6 km/l com o ar-condicionado ligado e 7 km/l com o ar desligado na cidade e 10 km/l com o ar-condicionado ligado e 11 km/l com o ar desligado na estrada. Com gasolina, média de 7,5 km/l com o ar-condicionado ligado e 8,5 km/l com o ar desligado na cidade e 11 km/l com o ar-condicionado ligado e 13,5 km/l com o ar desligado na estrada. Enviado por Sérgio Nobuyuki Okano.

. Chevrolet Classic (08/08) 1.0 flex – Média de 10 km/l com álcool e 13 km/l com gasolina na cidade e 12 km/l com álcool e 19 km/l com gasolina na estrada, sem ar-condicionado e sempre com o “pé leve”. Enviado pelo Alan Junio;

. Chevrolet Classic 1.0 (2008) – Na cidade, média de 6,5 km/l. Na estrada, com velocidade de até 100 km/h, média de 11 km/l. Chegando a 140 km/h na Rodovia Castelo Branco, média de 9 km/l. Números sempre com etanol. Postado abaixo por Valdinei J Souza em 15/10/2013.

. Chevrolet Classic Life 1.0 VHCE – Sempre com gasolina, na cidade, média de 10 km/l com ar-condicionado ligado, e 14 km/l na estrada, com ar-condicionado ligado, a 110 km/h, vazio. Modelo com 49.000 km rodados. Enviado por Luiz Henrique Diniz.

COBALT
. Chevrolet Cobalt LTZ 1.8 automático (2014/2014) – Média de, “infelizmente”, 6,4 km/l na cidade com gasolina, sem pisar fundo, dirigindo tranquilo. Na estrada, média de 12 km/l.Enviado por Júlio César.

. Chevrolet Cobalt LTZ 1.4 (2012/2012) – Com 7.000 rodados, rodando com gasolina, média de 10,5 km/l na cidade (João Pessoa/PB) e 14 km/l na estrada (andando até 120 km/h) – sempre com o ar-condicionado ligado. Enviado por Francisco das Chagas.

. Chevrolet Cobalt LT 1.4 (2012/2012) – Com gasolina, média de 9,1 km/l na cidade e 12,7 km/l na estrada. Veículo usado como táxi em Belo Horizonte. Enviado por Jorge.

CORSA
. Chevrolet Corsa hatch Maxx 1.4 (2011) – Média de 13 km/l na estrada. Postado por Diego Marques aqui

. Chevrolet Corsa Maxx 1.4 (2011) – Na rodovia (sinuosas estradas de Minas Gerais), com duas pessoas e bagagem, ar-condicionado desligado e rodando entre 90 km/h e 110 km/h, média de 12,8 km/l com etanol. Enviado por Fabiano Mendes.

. Chevrolet Corsa 1.4 (2009/2010) – Sempre com etanol: media na cidade de 8,5 km/l (sem congestionamento) e 7,8 km/l (com congestionamento), com o ar-condicionado desligado; média de 11,5 km/l na estrada, com 2 passageiros e bagagem, com ar-condicionado desligado, dirigindo de forma econômico (“usando banguela e cutoff”), com velocidade variando entre 70 km/h e 150 km/h (10,5 km/l com congestionamento na estrada). Corsa com 65.000 km rodados. Enviado por Mauricio Santos.

. Chevrolet Corsa hatch 1.4 flex (07/08) – 6,5 km/l na cidade (Goiânia) e 8,8 km/l na estrada com álcool / 8 km/l na cidade e 11 km/l na estrada om gasolina – sempre com o ar-condicionado ligado – Enviado por Ricardo Araújo;

. Chevrolet Corsa Maxx hatch 1.8 8v (2007) – Etanol: na cidade com ar-condicionado ligado, média de 7,2 km/l (pior marca já feita). Com o ar-condicionado desligado, média variando entre 7,8 km/l e 8,2 km/h. Na estrada, com o ar ligado, média variando entre 9,2 km/l e 9,4 km/l. Com o ar desligado, média de 10,4 km/l (com o “pé leve”). Gasolina: na cidade com ar-condicionado ligado, média de 10,2 km/l. Com o ar-condicionado desligado, média de 11,1 km/h. Na estrada, com o ar ligado o tempo todo e com quatro pessoas a bordo, média de 12,5 km/l. Com o ar desligado e cinco pessoas a bordo e bagagem, média de 13,5 km/l. “A melhor média com gasolina em todos os tempos de minha convivência com o carro: 13,88 km/l. Muito bom para um motor que dizem ser beberrão!”.  Postado abaixo por George de Almeida em 22/05/2015.

. Chevrolet Corsa 1.8 (2003) – Média de 13 km/l na estrada rodando com a velocidade variando entre 100 km/h e 120 km/h, com ar-condicionado ligado 30% do tempo e com gasolina no tanque. Postado abaixo por Adir (06/12/2013).

. Chevrolet Corsa 1.6 (2001) – Média de 8,3 km/l na cidade com gasolina. Enviado por Esequiel Cândido da Silva. 

. Chevrolet Corsa 1.6 8V 4p (2001) – Média de 9 km/l na cidade e 16 km/l com ar-condicionado desligado. Com o ar-condicionado ligado, média variando entre 7,5 km/l e 8 km/l na cidade e 14 km/l e 15 km/l na estrada. Enviado por Moreira Laercio dos Santos.

. Chevrolet Corsa 1.0 a álcool (2000) – Média de 7 km/l na cidade e 10 km/l na estrada. Enviado por Thiago Ramos. 

. Chevrolet Corsa Wind 1.0 a gasolina (2000) – Na cidade, média de 11,3 km/l. Na estrada, média de 15,5 km/l. Enviado por Fernando Barbosa.

. Chevrolet Corsa 1.0 a gasolina (1998) – Média de 10,5 km/l na cidade e 11,2 km/l na estrada. Enviado por Thiago Ramos.

. Chevrolet Corsa Sedan 1.4 (2009) – Média de 8 km/l na estrada e 5,5 km/l na cidade (Recife) com etanol. Com gasolina, média de 11 km/l na estrada e 7,2 km/l na cidade (Recife). Enviado por Leonardo Brito. 

. Chevrolet Corsa Sedan Super 1.0 16v (2000/2001) a gasolina – Média de 9 km/l na cidade e 13 km/l na estrada, com o ar-condicionado desligado. O Corsa tem direção hidráulica. Enviado por Marco Penido (BH).  

. Chevrolet Corsa Sedan 1.6 a gasolina (1998) – 10 km/l na cidade e 11,5 km/l na estrada, sempre com o ar-condicionado ligado – Enviado por Odair (Londrina);

CRUZE
. Chevrolet Cruze Sport6 LT 1.8 automático (2013/2013) – Com gasolina, média de 9,2 km/l na cidade e 12,8 km/l na estrada, sempre com o ar-condicionado ligado (21ºC – rotação 3). O Cruze tinha 13.000 km rodados na época em que os dados foram enviados ao De 0 a 100 pelo Paulo Airton.

. Chevrolet Cruze LT 1.8 16V flex (2012/2012) – Com gasolina, média de 7,5 km/l na cidade com pé pesado e ar-condicionado ligado; e média de 9 km/l na cidade andando devagar e ar-condicionado desligado. Com etanol, média de 6,0 km/l com ar-condicionado ligado. Na estrada, média de 12 km/l, rodando entre 120 km/h a 140 km/h com ar-condicionado ligado, tanque cheio, 5 pessoas e porta-malas cheio. Média de 14 km/l rodando entre 100 km/h a 120 km/h com ar-condicionado ligado, 2 pessoas e compra de supermercado. Enviado por Eduardo Santana.

IPANEMA
. Chevrolet Ipanema 1.8 a gasolina (1993) – 8 km/l na cidade e 13 km/l na estrada – Enviado por Régis (Belo Horizonte);

KADETT
. Chevrolet Kadett GL 1.8 (1996/1996) – Com gasolina, média variando entre 11 km/l e 11,2 km/l. Incluindo idas ao sítio (estrada), média variando entre 13 km/l e 13,4 km/l. Postado abaixo por Adiel Henrique em 16/04/2015.

MONTANA
. Chevrolet Montana LS 1.4 (2011) – Com etanol, média de 7,5 km/l na cidade e 10,5 km/l na estrada (com média de 100 km/h). Com gasolina comum, média de 9,5 km/l na cidade e 14 km/l na estrada. Utilizo bastante a via Anhanguera entre Valinhos e São Paulo quando rodo na estrada. Costumo usar o ar-condicionado moderadamente nos dias quentes ou sempre que estou nas marginais. dirijo sempre poupando o veículo, ou seja, muito raramente piso fundo pra não castigar o carro. Das poucas vezes em que foi necessário pisar mais, o consumo obviamente também subiu um pouco. Minha picape Montana tem direção hidráulica, ABS, airbag duplo, etc.). Enviado por Antônio José de Oliveira.

. Chevrolet Montana 1.4 flex (2009) (105cv) – Sempre com álcool, na cidade, com o ar-condicionado desligado, faz de 6 km/l a 6,3 km/l; com o ar ligado, faz média de 5,5 km/l a 5,8 km/l. Na estrada, a média é de 8,8 km/l com o ar ligado e 9,5 km/l com o ar desligado. Enviado pelo Gibaile (Sorocaba/SP);

. Chevrolet Montana 1.4 flex (2008/2009)Média de 8,5 km/l com etanol na estrada, rodando a 120 km/h. Enviado por Júnior.

. Chevrolet Montana 1.4 (2008) – Rodando com gasolina, média de 8 km/l na cidade e 12 km/l na estrada. “O motor 1.4 da GM deixa muito a desejar, tanto em consumo quanto em força”. Enviado por Moisés Oliveira.

. Chevrolet Montana 1.8 Flexpower (2004) – Sempre com gasolina, média de 8 km/l na cidade, mantendo o giro abaixo de 3.000 rpm – se pisar um pouco mais faz 6 km/l. Na estrada, média de 10 km/l (a 150 km/h) e 12 km/l (a 100 km/h) – com a lona na caçamba e vidros fechados. Números com o ar-condicionado sempre desligado. Enviado por José Luis Saffons.

. Chevrolet Montana 1.8 flex – 6 km/l na cidade e 9,5 a 10 km/l na estrada com álcool e 8 km/l na cidade e 10 a 12 km/l na estrada com gasolina (sempre com a capota). – Enviado por Geraldo Morcatti;

MONZA
. Chevrolet Monza Barcelona 1.8 a álcool (1992) Na cidade, média de 7,1 km/l. Na estrada, andando entre 100 km/h e 110 km/h, faz média de 9,1 km/l – já chegou a fazer 9,4 km/l. Enviado por Willian Altheman.

OMEGA

. Chevrolet Omega V6 3.6 (2005/2005) – Sempre com gasolina aditivada e ar-condicionado ligado o tempo todo, média de 7 km/l na cidade e 13 km/l na estrada, com velocidade variando entre 100 km/h e 120 km/h. Enviado por Roberto Marajo Junior.

. Chevrolet Omega GLS 2.2 a gasolina (1997) – Média de 9,5 km/l na cidade (com o ar-condicionado desligado) e 8,5 Km/l (com o ar-condicionado ligado). Na estrada, média de 14,5 km/l a uma velocidade media de 120 km/h (com o ar-condicionado desligado). “Veículo todo original, 130.000 Km, toda mecânica original e revisada e em perfeito estado de conservação, veículo membro do clube do Omega, possuindo, notas fiscais, manuais e suas devidas revisões, placas originais desde sua primeira lacração (SP/SP), veículo comprado na Jardins etc.”. Enviado por Alexandre Panariello.

. Chevrolet Omega GLS 2.2 (1997) a gasolina – Na cidade, média entre 5 km/l a 7 km/l; Na estrada, média entre 10 km/l e 12 km/l.  Ar-condicionado sempre ligado. Postado nos comentários abaixo por Carlos Alberto K.S. no dia 3 de outubro de 2012. 

. Chevrolet Omega 3.0 6cc a gasolina (1993) – Na cidade, média de 6 km/l. Na estrada, média de 12,1 km/l com quatro pessoas e bagagem. Postado abaixo por Wellingthon em 07/02/2014.

. Chevrolet Omega 4.1 a gasolina – Entre 5,9 e 6,2 km/l na cidade e 11 km/l na estrada (entre 100 e 110 km/h) / 8 km/l na estrada andando acima de 110 km/l – Enviado por Raphael Hagi;

ONIX

. Chevrolet Onix LT 1.0 (2016/2016) – Sempre com o ar-condicionado ligado e etanol no tanque, média de 6,7 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada. Avaliado por Renato Parizzi.

. Chevrolet Onix LT 1.4 automático (2015) – Carro com 1.500 km rodados, média de 6,3 km/l na cidade, com etanol e ar-condicionado ligado. Postado abaixo por Marcelo Costa em 12/05/2015.

. Chevrolet Onix LT 1.0 (2012/2013) – Na cidade, média de 8,5 km/l com gasolina e 7,2 km/l com etanol.  Na estrada, média de 10,5 km/l com gasolina e 9 km/l com etanol. Onix sem ar-condicionado. Enviado por Douglas Gonçalves Santos.

. Chevrolet Onix LT 1.0 manual – Carro com 6.890 km rodados, média de 7,5 km/l na cidade, com etanol e ar-condicionado ligado. Postado abaixo por Marcelo Costa em 12/05/2015.

OPALA
. Chevrolet Opala Diplomata 6 cilindros (1988) a etanol – Na cidade, média variando entre 5 km/l e 6 km/l. Na estrada, mantendo 140 km/h de velocidade constante, média de 7 km/l. Opala topo de linha. Ar-condicionado sempre ligado. Postado nos comentários abaixo por Carlos Alberto K.S. no dia 3 de outubro de 2012.

TRACKER

*. Chevrolet Tracker 2.0 16V a gasolina (2008/2009) – Na cidade (Belo Horizonte), média não passa de 8,5 km/l. Na estrada, média de 11,5 km/l com o ar-condicionado ligado às vezes. Enviado por Marcelo Jr.

. Chevrolet Tracker 2.0 16V (2007) a gasolina – Média de 10,5 km/litro no uso misto e até 12 km/l na estrada estrada. Enviado por Rindert, que se considera um “motorista econômico”.  

. Chevrolet Tracker 2.0 a gasolina (2007) – Média de 9,8 km/l na cidade e 11 km/l na estrada. Enviado por Roby.

VECTRA
. Chevrolet Vectra Elite 2.0 automático (2010) – Com etanol, média de 6 km/l na cidade e 8,2 km/l na estrada. Com gasolina, média de 7 km/l na cidade e cerca de 10 km/l na estrada. O ar-condicionado estava ligado quase o tempo todo (principalmente na estrada) e, na estrada, o carro estava sempre carregado com quatro pessoas e muita bagagem. Enviado por Ricardo Marques.  

. Chevrolet Vectra Elegance (09/10) – Na cidade, média de 12 km/l, com gasolina. Na estrada, média de 9,8 km/l, rodando sempre entre 180 km/h e 190 km/h (atingindo 200 km/h em alguns momentos). De Ponta Porã (Mato Grosso Do Sul) até Bataguassu (MS), na divisa com São Paulo, o carro estava com gasolina. Da divisa até Santos, estava com álcool. Na volta, de Santo a Ponta Porã, sempre com etanol, a média foi a mesma: 9,8 km/l. Médias sempre com o ar-condicionado ligado. Enviado por Helio Peluffo. 

. Chevrolet Vectra Expression 2.0 (2008/2008) – Com gasolina, média de 5 km/l na cidade e 9 km/l na estrada. Com alcool, média de 3,5 km/l na cidade e 6 km/l na estrada. Números sempre com o ar-condicionado ligado. Enviado por Rafael Prado. 

. Chevrolet Vectra 2.0 flex (06/06) – 6 km/l na cidade e 9 km/l na estrada com álcool, sempre com o ar-condicionado ligado – Enviado por Vitor (Sete Lagoas – BH); 

. Chevrolet Vectra GT 2.0 flex (2010/2010) – Com etanol, na cidade, usando muito o ar-condicionado, média de 6 km/l; usando pouco, média de 6,5 km/l. Na estrada, média de 10,5 km/l. Enviado por Joathan. 

. Chevrolet Vectra GT 2.0 flex (2009/2010)– Média de 5,8 km/l (sempre com intensos congestionamentos + ar-condicionado “LOW” 100%) na cidade e 9,8 km/l (obras na pista (simples), muitos caminhões e picos de velocidade + ar-condicionado “LOW” 100%) na estrada. Enviado por Lulinha Mário Dantas; 

. Chevrolet Vectra GT 2.0 flex (2009) – Média de 7,3 km/l na cidade com álcool e ligando esporadicamente o ar-condicionado. Na estrada, média de 11,11 km/l com gasolina, com o ar-condicionado desligado, no trajeto entre Belo Horizonte e Juiz de Fora. – Enviado por Rodrigo Felizardo Vieira (Belo Horizonte);

. Chevrolet Vectra GT-X 2.0 Automático (2008/2008)Média de 5,5 km/l rodando com álcool, na cidade, com ar condicionado ligado 100% do tempo (medida feita pelo computador de bordo). Enviado por Luiz Fernando Bianchi. 

VERANEIO
. Chevrolet Veraneio DeLuxe 6 cilindros 4.1(1991) a etanol – Média de 2,7 km/ com o pé pesado e 4,5 km/l com o pé leve na cidade. Na estrada, com o pé pesado, média de 4,5 km/l, e, com o pé mediano (120 km/h / 140 km/h), 5,5 km/l . Veraneio original 3E, sem ar-condicionado.  Postado nos comentários abaixo por Carlos Alberto K.S. no dia 3 de outubro de 2012.

ZAFIRA
. Chevrolet Zafira 2.0 Automática (2005) – Média de 7,5 km/l na cidade (Canoas/RS), com o ar-condicionado desligado. Na estrada, com ar-condicionado ligado, com média de 120 km/h, média de 11,5 km/l. Números sempre com gasolina no tanque. Enviado por Neomar.

CONSUMO CHRYSLER

. Chrysler Caravan LE V6 3.3 (1997) – Média de 8 km/l na cidade e 11 km/l na estrada, com o ar-condicionado desligado e sempre com gasolina. O carro é automático e pesa 1.800 kg, segundo seu dono. Enviado por Daniel Izolani.

CONSUMO CITRÖEN

C3
. Citroën C3 1.4 Sportif (2009/2009) – Na cidade, média de 13,5 km/l a 14 km/l rodando a 60 km/h. Na estrada, mantendo média de 105 km/l, o modelo chegou a fazer 16 km/l. Sempre gasolina no tanque. Enviado por Lucas André (Joinville/SC).

. Citroen C3 GLX 1.4 (2008/2009) – Rodando apenas com gasolina, média de 13 kh/l na estrada (com velocidades variando entre 90 km/h e 110 km/h), e 11,3 km/l na cidade (com velocidades variando entre 40 km/h e 60/h). Postado nos comentários abaixo por Mauricio (Presidente Prudente/SP), no dia 03/08/2012. 

. Citroen C3 GLX 1.4 (2007/2008) – Com gasolina, média de 8 km/l com gasolina na cidade, 9 km/l no circuito misto e 12 km/l na estrada. Com etanol, média de 6,5 km/l a 7 km/l na cidade e 8 km/l no circuito misto. “Na cidade, rodo distâncias curtas, com motor mais para frio. Por isso, faço trocas de óleo frequentes (a cada 6 meses ou 5000 km, no máximo)”. O modelo tem, atualmente, 40.000 km rodados (3/8/12). Enviado por Fernando Castro (Belo Horizonte/MG).

C4 Lounge

. Citroën C4 Lounge 1.6 THP – Na cidade, média de 7,5 km/l com etanol e 10,2 km/l com gasolina. Na estrada média de 9,3 km/l com etanol e 14,8 km/l com gasolina. Postado aqui por Glauco Rocha.

C4
. Citroën C4 Hatch GLX 1.6 16V manual (2011) – Consumo na cidade com etanol fica em 5,0 km/l e 6,5 km/l com gasolina, sempre com ar-condicionado ligado 100% do tempo. Na estrada, média de 10 km/l com etanol (sem medo de ser feliz), com pé em baixo, com 110 km/h, com picos de 140 km/h, com ar-condicionado ligado 100% do tempo, com gasolina nas mesmas condições a média fica na casa dos 13 km/l. Enviado por Vinícius Waldvogel.

. Citroën C4 VTR (2007) – 7,5 km/l na cidade e 13 km/l na estrada, com gasolina e ar-condicionado ligado. Enviado por Fabio (Balneário Camboriú/SC);

. Citroën C4 Pallas Exclusive 2.0 16V Automático (2010/2011) – Sempre com etanol, média variando entre 4,5 km/l e 5 km/l na cidade (sem “pisar”), 8,5 km/l na estrada com velocidade média de 110 km/h e, com piloto automático, também com média de 110 km/h, consumo médio de 10,5 km/l. Postado abaixo por Gustavo Arruda em 12/04/2014.

. Citroën C4 Pallas 2.0 16V manual (2011) – Média de 7,6 km/l na cidade, com gasolina, não importando se o ar-condicionado está ligado ou desligado. Média alcançada “sem forçar o motor, rodando até 3.000 rpm”. Enviado por Juarez Guilhon.

. Citroën C4 Pallas automático (2008) – 8 km/l na cidade (Belo Horizonte) com gasolina e ar-condicionado ligado. Enviado por João.

. Citroën C4 Pallas Exclusive (2007/2008) manual – Tanto faz ar-condicionado ligado ou desligado e se o veículo tem um ou dois ocupantes (sem bagagem), o consumo na cidade é de 9,5 km/l (Belém), mas infelizmente nunca passou dos 15 km/l em rodovia, ficando quase sempre em 14 km/l indo entre 110 km/h e 120 km/h. Pallas só anda com revisões em dia, na concessionária Citröen, vidros peliculados e fechados, 35 lb nos pneus dianteiros e 32 lb nos traseiros. Enviado por José Pantoja Júnior.

XSARA e XSARA PICASSO
. Citroën Xsara GLX automático (2000) – Média de 6 km/l na cidade e 10 km/l na estrada, com gasolina e ar-condicionado desligado, e 5 km/l na cidade e 8 km/l na estrada com o ar-condicionado ligado. Enviado por Ygor;

. Citroën Xsara Picasso 2.0 16V automático (2005) – Na cidade, média de 8 km/l e, na estrada, carregado, com ar-condicionado ligado, média de 12 km/l. Enviado por Dalton Antônio.

CONSUMO ENGESA

. Jipe Engesa (1987) – Veículo fase 1, pneus maiores Maxxis 32″, motor GM 4 cilindros, gasolina original: média de 6 km/l na cidade e 8 km/l na estrada rodando a 100 km/h. Enviado por Marcus Maciel.

CONSUMO FERRARI

. Ferrari 355 – 4 km/l na cidade e 6 km/l na estrada. Enviado por Varley;

CONSUMO FIAT

500
. Fiat 500 1.4 Sport Multiair (2012/2013) manual a gasolina – Média de 13,5 km/l na cidade e 15,8 km/l na estrada. Números sempre com o ar-condicionado ligado. Enviado por Diego (Brasília/DF).

DOBLÓ
. Fiat Dobló Adventure 1.8 flex (2006) – 6 km/l na cidade com álcool e ar-condicionado ligado – Enviado por Silas R. Santos;

IDEA

. Fiat Idea Attractive 1.4 (2013) – Sempre com gasolina, na cidade, média de 9 km/l com ar-condicionado ligado e 11 km/l com o ar desligado; na Estrada, média de 11,6 km/l com ar-condicionado ligado, com mais passageiros e a 120 km/h de velocidade. Modelo com 10.000 km rodados. Enviado por Luiz Henrique Diniz.

. Fiat Idea Adventure 1.8 E-Torq Dualogic (2011/2012) – Média de 6,1 km/l rodando com álcool, na cidade, com ar condicionado ligado 100% do tempo (medida feita pelo computador de bordo). Enviado por Luiz Fernando Bianchi.

. Fiat Idea Adventure 1.8 flex (2007) – Na cidade, média 5,5 km/l com etanol e 7,8 km/l com gasolina. Enviado pelo eterno amigo Rodrigo Cezzaretti.

. Fiat Idea Adventure (2007) – Com gasolina, média de 11,1 km/l na cidade, com o ar-condicionado desligado, e 13,3 km/l na estrada (com ar-condicionado ligado e velocidade média variando entre 100 km/h e 120 km/h). Com 50% de gasolina e 50% de etanol no tanque, média de 9,6 km/l na cidade, com o ar-condicionado desligado, e 11 km/l na estrada (com ar-condicionado ligado e velocidade média variando entre 100 km/h e 120 km/h). Enviado por Flávio Lacerda Miranda.

. Fiat Idea 1.4 flex (2007) – Na cidade, média de 8,1 km/l com ar-condicionado ligado e 10,5 km/l com o ar-condicionado desligado. Na estrada, média de 9,6 km/l com ar-condicionado ligado e 13,5 km/l com o ar-condicionado desligado. Números com etanol no tanque. “Não faço arrancadas com o carro e nem forço o motor nas subidas. Sou o típico pé-leve. Também notei que o freio-motor do carro é muito mais econômico que deixa-lo desengatado. Outrossim, escalono todas as marchas para trabalharem a não mais que 2.500 rpm (com exceção da quinta)”. Enviado por João Paulo Dias.

LINEA
. Fiat Linea Essence 1.8 16V flex (2011/2012) – Na cidade, média de 10,3 km/l com o ar-condicionado ligado. Na estrada, com 5 pessoas a bordo e velocidade média de 120 km/h, média de 12 km/l. Números alcançados com gasolina no tanque. Enviado por Guilherme Lemos.

. Fiat Linea Absolute 1.9 Dualogic (2010) – Num trajeto total de 380 km de estrada, sendo 70 km de ótima rodovia (velocidade de 110 km/h), 247 de pista praticamente sem curvas (com velocidade de 110 km/h e dois picos de 160 km/h); 35 km curvas fechadas e serra em todo o trecho (velocidade variando entre 60 km/h e 70 km/h) e 28 km trecho super fechado/curvas apertadas): média de 14,7 km/l com gasolina aditivada. Durante duas semanas, uso urbano/estrada: 11 km/l de média com gasolina aditivada. Na estrada novamente, num trajeto de 260 km de serra, com curvas muito fechadas, alguns buracos, “acelera e freia” constante, com uma tocada mais forte, média de 11.9 km/l. Na estrada, num trecho de 340 km, numa rodovia com curvas fechadas, mas mantendo uma velocidade mais constante, sem forçar muito, mas entrando e saindo das curvas e nas retas com uma velocidade com  menor variação, e gasolina aditivada: média de 13,4 km/l. Enviado por Anderson “Schú” Schulz.

*. Fiat Linea HLX 1.9 (2010) – Na cidade, média de 7,3 Km/l. NA estrada, a 110 km/h de velocidade, média de 17,1 km/l. Acelerando um pouco mais, chegando a 140 km/h, média de 13,5km/l. Números com gasolina (e um pouco de etanol). Enviado por Diego Severo.

. Fiat Linea 1.9 (2009/2010) – Com etanol, na estrada, média de 8,5 km/l a 9,5 km/l, quase sempre com três pessoas e ar-condicionado ligado. Com gasolina, nas mesmas condições e na estrada, média de 12 km/l a 12,5 km/l. Enviado por Roberto.

. Fiat Linea 1.4 T-Jet (2009) – Média de 9 km/l na cidade com o ar-condicionado ligado e média de 6 km/l com acelerações mais fortes. Na estrada, com velocidade máxima até 110 km/l, média variando entre 12 km/l e 14 lm/l, sempre com o ar-condicionado ligado. Postado abaixo por Julino em 28/08/2014.

MAREA
. Fiat Marea Weekend 2.0 20V Turbo 2002 (chipado) – Na rotina diária de estrada e cidade, média de 10 km/l com gasolina. Enviado por Paulo Secio.

. Fiat Marea 2.0 20V Turbo (2001) – Com gasolina, média de 8 km/l na cidade e 12 km/l na estrada. Postado abaixo por Helio Souza em 27/05/2015.

PALIO e PALIO WEEKEND
. Fiat Palio 1.4 8V EVO (2013) – Média variando entre 6,1 km/l e 6,5 km/l na cidade, com etanol, “pisando”. No circuito misto cidade e estrada, média de 9,1 km/l. Na estrada, com gasolina, andando, no máximo, a 110 km/h, média de 15 km/l. Postado abaixo por Jonathan Willian em 28/04/2015

. Fiat Palio Fire Economy Itália (2013) – Média de 9 km/l com etanol no circuito misto cidade e estrada e 12 km/l com gasolina no circuito misto cidade e estrada. Postado abaixo por Helio Souza em 27/05/2015.

. Fiat Palio Fire Economy 1.0 flex 4 portas (2012) – Com gasolina, média de 15,2 km/l na estrada com velocidade variando entre 80 km/h e 100 km/h, chegando a 120 km/h nas ultrapassagens. Enviado por Fhilipe Alencar.

. Fiat Palio ELX 1.0 (2010) – Média de 15,1 km/l com gasolina na estrada, com o ar-condicionado ligado o tempo todo. Este Palio não possui direção hidráulica e o seu ar-condicionado não é original de fábrica. Enviado por Renato Parizzi (veículo alugado em Fortaleza/CE). 

. Fiat Palio Fire Economy (2009/2010) – Média de 12 km/l na cidade (sem carga) e 13,8 km/l na estrada (com carga máxima), sempre com gasolina. Números enchendo o tanque até o desarme da bomba. Enviado por Luís Longaray. 

. Fiat Palio ELX 1.4 8V (2009) – Na cidade, com ar-condicionado ligado, o consumo é de 10,8 Km/l com gasolina. Na estrada, com 5 passageiros, bagagem e ar-condicionado ligado, o consumo foi de 12,7 km/l com gasolina, andando na média de 100 km/h. Enviado por Marcelo Becher do blog Autodashboard.

. Fiat Palio ELX 1.4 flex (2008/2009) – 8 km/l com álcool na cidade (70% do tempo com o ar-condicionado ligado) e 9,3 km/l na estrada com álcool (com ar ligado todo o tempo, quatro adultos e não ultrapassando 120 km/l) – Enviado por Dário Marchesini;

. Fiat Palio ELX 1.0 (2008/2009) – Dirigindo de forma suave, mantendo a rotação abaixo de 3.500 rpm: com etanol, média 6,3 km/l na cidade e 10,8 km/l na estrada; com gasolina, média de 8,5 km/l na cidade e 13,5 km/l na estrada. Dirigindo de forma mais forte, com rotação acima de 4.500 rpm na cidade e 6.000 rpm na rodovia: com etanol, média 4,8 km/l na cidade e 8,1 km/l na estrada; com gasolina, média de 7 km/l na cidade e 9,9 km/l na estrada. Enviado por Toni Maroni.

. Fiat Palio Fire Flex (2008) – Média de 8,5 km/l na cidade e 11 km/l na estrada, sempre com álcool. Enviado pelo Eloir (Curitiba).

. Fiat Palio 1.0 Fire Flex (2007/2008) – 7,5 km/l na cidade com álcool e 11 km/l na cidade com gasolina, sendo que o ar-condicionado está ligado em 90% do tempo – Enviado por Edson.

. Fiat Palio Fire Flex 1.0 8V (2007/2008) – Na estrada, com velocidade na casa de 100 km/h, média de 12 km/l com etanol e 17,8 km/l com gasolina. Postado abaixo por Alexandre em 11/04/2014.

. Fiat Palio 1.8R (2007) – Na cidade, andando leve, média entre 9 km/l e 10 km/l. Na estrada, média de 14,7 km/l com velocidade variando entre 100 km/h e 110 km/h. Tanque sempre com gasolina. Enviado por Pedro Andrade. 

. Fiat Palio Fire Flex (2007) – 8,6 km/l na cidade (andando forte) e 11 km/l na estrada (andando entre 120 e 130 km/h) a álcool, sem ar-condicionado – Enviado por Fernando.

. Fiat Palio ELX 1.0 FLEX (2006/2007) – Média de 11,8 km/l num misto 60% estrada e 40% cidade. Na estrada, média de 12,5 km/l. Números sempre com gasolina e com o ar-condicionado ligado. O Palio atualmente tem 128.000 km rodados. Enviado por Cícero Willes.

. Fiat Palio ELX 1.4 (2005/2006) – Com gasolina aditivada, na estrada (360 km de trajeto), com velocidade variando entre 80 km/h e 120 km/h, sendo 200 km do percurso com curvas fechadas e 160 com curvas mais abertas e cerca de 7 km de serra, média de 13,7 km/l. No mesmo trajeto, com etanol, média de 9,3 km/l. Também na estrada, num trajeto de 460 km, com gasolina aditivada e velocidade média de 90 km/h, média de 14.9 km/l. Enviado por Anderson “Schú” Schulz.

. Fiat Palio 1.4 (2005/2006) – 6,3 km/l na cidade e 9,8 km/l na estrada com álcool e 7,8 km/l na cidade e 13,5 km/l na estrada com gasolina – Enviado por Patrick Leonardo dos Santos.

. Fiat Palio 1.0 (2005/2006) – Na cidade, o consumo varia entre 12,3 km/l e 13,3 e km/l, com média de 13 km/l, sempre com gasolina. Enviado por Thiago Pinheiro (Porto Alegre/RS).

. Fiat Palio Fire ELX 1.3 8v (2005/2005) – Sempre com gasolina e sem ar-condicionado, média de 10,2 km/l rodando cerca de 15 km por dia em Belo Horizonte (MG), trocando as marchas sempre em 3 mil giros. Na estrada, média de 14,5 km/l na estrada com velocidade de 110 km/h entre Belo Horizonte e Triangulo Mineiro (total de 530 km), com 2 pessoas e malas. Já andando à 140 km/h, também com 2 pessoas, média de 13km/l. Enviado por Bruno Leonardo.

. Fiat Palio 1.0 ELX (2001) – Sempre com gasolina, média de 8 km/l na cidade e 12 km/l na estrada. “O carro é instável na pista e beberrão pelo porte e motor pequeno. Com o ar-condicionado ligado piora bastante”. Enviado por Moisés Oliveira.

. Fiat Palio ELX 1.0 16V (2001) – Andando tranquilo (trocando com 2.500 rotações) e aproveitando oportunidades para tirar o pé nas poucas ladeiras, média de até 17,1 km/l. Normalmente “consigo médias de, no mínimo, 15,6 km/l. “Ando sempre com as janelas fechadas para não fazer o famoso ‘balão de ar’ e também ando sempre com o ar-condicionado desligado. São sacrifícios que faço, mas que valem a pena para obter médias de até 17,1 km/l no meu Palio”. Postado abaixo em 14/02/2013 por Gabriel Doudemet (de Brasília/DF – cidade plana com longas retas).

. Fiat Palio Fire 1.0 (2001) a gasolina – 14 km/l na cidade e 17 km/l na estrada – Enviado por Lucas; 

. Fiat Palio 1.5 8V a etanol (2001/2002) – Na cidade, média de 7,4 km/l. Na estrada, média de 10 km/l rodando com velocidade média de 100 Km/h. Postado abaixo por Milton Santos em 31 de março de 2014.

. Fiat Palio 1.0 (2000) a gasolina – Média entre 6 km/l e 7 km/l na cidade e entre 12 km/l e 14 km/l na estrada. Palio “pelado”. Postado nos comentários abaixo por Carlos Alberto K.S. no dia 3 de outubro de 2012. 

. Fiat Palio ED 1.0 (1997) – Média de 8,1 km/l na cidade com gasolina, sem ar-condicionado – Enviado por Bruno.

. Fiat Palio ED 1.0 (1997) – Média de 11,3 km/l no circuito diário que engloba 36 km de trecho urbano e 20 km de estrada, com gasolina – Enviado por André Luís Cercal.

. Fiat Palio Weekend 1.4 Fire (2008/2009) – Com gasolina, média de 13 km/l com o ar-condicionado ligado, com o carro carregado, rodando entre 100 km/h e 120 km/h. Rodando sozinho, com o ar-condicionado desligado e com os vidros fechados, não ultrapassando 90 km/h, média de 16,9 km/l. Números do computador de bordo do veículo. Enviado por Clenilson Lima Araújo.

. Fiat Palio Weekend ELX 1.4 Flex (07/08) – Média de 8,8 km/l com álcool, 10,2 km/l com gasolina e 9,5 km/l misturado (50%/50%) na cidade e 12,6 km/l com álcool, 14 km/l com gasolina e 13,3 km/l misturado (50%/50%) na estrada, sempre sem ar-condicionado. Os números são do computador de bordo. Enviado por Jonatas Cabral (Guarujá-SP);

. Fiat Palio Weekend 1.8 8V (2005/2006) – Na estrada, com velocidade na casa de 100 km/h, média de 10,5 km/l com etanol e 14,5 km/l com gasolina. Postado abaixo por Alexandre em 11/04/2014.

. Fiat Palio Weekend Stile 1.6 16V (2001) – Na cidade, com trânsito médio a pesado, média de 8 km/l, com o ar-condicionado desligado. Na estrada, nunca fez menos de 14 km/l, chegando a 16,3 km/l entre Belo Horizonte e Maricá(RJ), com o ar-condicionado desligado. Números com gasolina. Enviado por Marcelo Junior.

. Fiat Palio Weekend Stile 1.6 16V (1998) – Na cidade, “andando de boa”, média de 8,0 Km/l. Na estrada, média de 12,0 km/l, sempre com gasolina. Postado nos comentários abaixo por Marcelo em 22/06/2012.

. Fiat Palio Weekend 1.6 16V a gasolina (1997) – Média de 8,5 km/l a 9 km/l na cidade, com o ar-condicionado desligado. Na estrada, a média é de 10,5 km/l com o ar ligado e cerca de 11 km/l / 11,5 km/l com o ar desligado. Enviado por André Garcia (Londrina/PR);

. Fiat Palio Adventure Locker Dualogic 1.8 flex (2010/2010) – Média de 5 km/l com o ar-condicionado desligado e 4 km/l com o ar-condicionado ligado na cidade e 9,5 km/l com o ar desligado e 8,3 km/l com o ar ligado na estrada, sempre com álcool. Com o tanque cheio de gasolina, a média foi de 7 km/l com o ar-condicionado desligado e 5,9 km/l com o ar-condicionado ligado na cidade e 10,8 km/l com o ar desligado e 9,7 km/l com o ar ligado na estrada. A média urbana foi na cidade de São Paulo. Enviado pelo Marcelo.

. Fiat Palio Adventure 1.8 flex – Média de 6 km/l com álcool e 8 km/l com gasolina na cidade e média de 8 km/l com álcool e 14 km/l com gasolina na estrada. Enviado por André Elói;

. Fiat Palio Adventure Locker 1.8 flex – Média de 5,8 km/l na cidade e 8,6 km/l na estrada, com álcool, com o ar-condicionado ligado 50% do tempo. Enviado pelo Renato (Belo Horizonte);

PUNTO
. Fiat Punto Essence 1.6 16V E.TorQ (2011/2012) – Na cidade, média de 12,3 km/l com gasolina no tanque e o ar-condicionado desligado. Com etanol, média de 8,5 km/l na cidade. Enviado por Bernardo Jordan.

. Fiat Punto Attractive 1.4 (2010/2011) – Média de 9,5 km/l com etanol e 14,3 km/l com gasolina. O consumo é geralmente 75% do percursos rodoviário (média 80 km/h) e 25% na cidade (média de 55 km/h), na maior parte do tempo 1 pessoa e no restante 2. O uso do ar-condicionado fica em 10% do tempo. Enviado por Bruno Lúcio.

. Fiat Punto T-Jet – Na cidade, média de 8 km/l com o ar-condicionado ligado e 7,6 km/l com ele desligado. Na estrada, com o ar ligado, média de 12,4 km/l. Enviado por Eduardo Garcia Lopes.

. Fiat Punto 1.4 (08/08)– 5,8 km/l na cidade e 10 km/l na estrada com álcool e 7,5 km/l na cidade e 12,5 km/l na estrada com gasolina – Enviado por Gustavo Furtado (Barbacena – MG).

. Fiat Punto HLX 1.8 flex – 9 km/l na cidade com álcool – Enviado por André (Brasília).

. Fiat Punto ELX 1.4 flex – 7,2 km/l na cidade e 9,5 km/l na estrada com álcool e 9,2 km/l na cidade e 12 km/l na estrada (duas pessoas e pé-de-pluma) com gasolina. Lotado e e pé embaixo, fez 8,6 km/l – Enviado por Fabrício.

. Fiat Punto ELX 1.4 flex – 7,9 km/l na cidade com álcool e com ar-condicionado ligado 100% do tempo, ouvindo Jazz. Quando o estilo de música é o Heavy Metal, a média na cidade com álcool vai para 6,9 a 7 km/l – Enviado por Thiago.

SIENA
. Fiat Siena ELX 1.4 (2010) – Veículo manual, usando apenas gasolina: média de 11,9 km/l na cidade (sem ar-condicionado), a uma velocidade média de 40 km/h. Na estrada, sem ar-condicionado, a uma velocidade mpedia de 100 km/h, média de 18,6 km/l também com gasolina. Postado abaixo por Mauro Motobe em 6 de julho.

. Fiat Siena HLX 1.8 Dualogic (2009/2010) – Média de 5,8 km/l na cidade com gasolina e com o ar-condicionado ligado o tempo todo. Na estrada, andando acima de 140 km/h, média de 8 km/l e, com o pé mais leve, a média sobe para 10,4 km/l. Siena com 88 mil km rodados. Postado abaixo por Justino em 19/12/2014.

. Fiat Siena ELX 1.4 flex (08/09) – 8,5 km/l na cidade e 10,5 km/l na estrada, com álcool e com o ar-condicionado ligado – Enviado por Rogério.

. Fiat Siena ELX 1.4 flex (06/07) – 8,5 km/l na cidade e 11 km/l na estrada (média 110 km/h) com álcool e 9,9 km/l na cidade e 13,5 km/l na estrada com gasolina (média 100 km/h) – Enviado por Guilherme.

. Fiat Siena Fire flex (2007) – 9 km/l na cidade e 15 km/l na estrada, com gasolina (sem ar-condicionado e direção hidráulica) – Enviado por Arêas (Araruama/RJ).

. Fiat Siena ELX 1.0 (2005) – 12,5 km/l na cidade e 17 km/l na estrada, com gasolina V-Power. Com gasolina comum, média de 16 km/l na estrada – todos os números do computador de bordo – Enviado por Jo.

. Fiat Siena 1.6 EL (97/98) – Média de 9 km/l com gasolina. Enviado por José Narcisio Ferreira (Belo Horizonte).

STRADA
. Fiat Strada Trekking 1.8 flex (05/05) – 8 km/l na cidade e 10,5 km/l na estrada, com álcool. Com gasolina, a média sobe de 1 a 2 km/l. Enviado por A. Carlos.

. Fiat Strada Adventure Locker 1.8 flex (08/09) – Média de 5,9 km/l com álcool e 7,1 km/l com gasolina na cidade e 7,9 km/l com álcool e 11 km/l com gasolina na estrada, sempre com o ar-condicionado ligado. Os dados são do computador de bordo. Enviado por Rodney Rabelo (mineiro que mora em Aquidauana – MS).

STILO
. Fiat Stilo 1.8 flex (2007) – 6,7 km/l com álcool e 10,4 km/l com gasolina, ambos no cicuito misto entre Belo Horizonte e Betim (metade cidade / metade estrada) e com o ar-condicionado ligaso 100% do tempo – Enviado por Leônidas.

. Fiat Stilo 1.8 16V a gasolina – 9 km/l na cidade e 13 km/l na estrada (com cruise control a 100 km constante) – Enviado por Eduardo.

. Fiat Stilo Schumacher – Com gasolina, média de 7,3 km/l na cidade e 12 km/l na estrada. Enviado por Eduardo Garcia Lopes. 

UNO e MILLE

. Fiat Uno Attractive 1.0 8V (2016/2016) – Sempre com etanol, na estrada médias no computador de bordo de 11,4 km/l a 110 km/h, rodando de Campinas (SP) a Sorocaba (SP), com o ar-condicionado ligado. Nas mesmas circunstâncias, mas de Sorocaba para Campinas, 12,2 km/l com o ar-condicionado desligado. No posto, ao abastecer depois desses dois trajetos, média de 10,2 km/l (135,2 km por 12,999 litros de etanol). Postado por Renato Parizzi.

. Fiat Uno Way 1.4 8V (2015/2016) – Com etanol, média de 7 km/l na cidade (Belo Horizonte) na bomba e 7,2 km/l no computador de bordo, com o ar-condicionado ligado. Com gasolina, média de 8,9 km/l na cidade (Belo Horizonte) na bomba e 9,2 km/l no computador de bordo, com o ar-condicionado ligado. Postado por Renato Parizzi.

. Fiat Uno Vivace 1.0 EVO Flex (2011/2011) – 10,75 km/l na estrada com etanol, com o ar-condicionado ligado metade do percurso e rodando a 110 km/h em média – Enviado por Renato Parizzi.

. Fiat Uno Way 1.4 Celebration (2010/2011) – Com etanol, média de 9,5 km/l na cidade e 11 km/l na estrada. Com gasolina, média de 11 km/l na cidade e 13 km/l na estrada. Números sempre com o ar-condicionado ligado, dirigindo sem “forçar muito, mantendo média de 2.000 rpm na cidade e 3.500 rpm na estrada”. Enviado por Braulio Yabico Ribeiro.

. Fiat Uno Way 1.4 Fire Evo (2010/2011) – Média de 8 km/l na cidade e 11 km/l na estrada com etanol e média de 11,5 km/l na cidade e 14 km/l na estrada com gasolina. Números alcançados com o ar-condicionado desligado. Com ele ligado, a média cai cerca de 1 km/l. Enviado por André Resente Faria dos Reis.

. Fiat Mille Economy 1.0 flex (2010/2010) – Com gasolina, média de 14,5 km/l na cidade e 20,0 km/l na estrada, rodando a 90 km/h. O modelo não nenhum opcional. Enviado por Marcelo Júnior. 

. Fiat Mille Fire 1.0 8V (2009/2010) – Com etanol, rodando com duas pessoas, média de 7 km/l na cidade e 13,5 km/l na estrada. Com gasolina, rodando com duas pessoas, média de 14 km/l na cidade e 20 km/l na estrada (com velocidade média variando entre 90 km/h e 120 km/h). O modelo não possui ar-condicionado.  “Carro mesmo ‘pelado’. É um jipinho, bom terra e asfalto, não dá defeito. Antes um Uno pelado que um chinês vestido”. Postado abaixo por Suely Caetano B. Oliveira em 01/02/2014.

. Fiat Uno Mille Fire Flex (2008) – 17 km/l na cidade e 18,5 km/l na estrada com gasolina, em Brasília – Enviado por Fabiano.

. Fiat Uno Mille Way Flex (2006/2007) – 6,5 Km/l na cidade de álcool, no anda e para do trânsito, com a topografia que não ajuda; e 8,5 km/l na cidade, também com álcool, num trajeto mais plano. Enviado por Marcelo Carvalho (Belo Horizonte).

. Fiat Uno Mille 1.0 Fire Flex (2005/2006) – Média de 10 km/l na cidade com álcool, sem ar-condicionado. Enviado por Alexandre Palma (São Paulo).

. Fiat Mille Fire 1.0 (2006) – Hatch pode rodar com gasolina e GNV, na cidade, média de 14 km/m3 e, na estrada, 19 km/m3, a 110 km/h. Modelo com 101.000 km rodados. Enviado por Luiz Henrique Diniz.

. Fiat Uno Mille Fire (2002) a gasolina – 14 km/l na cidade e 19 km/l na estrada – Enviado por Leandro (Divinópolis-MG);

. Fiat Uno Mille Fire (2002) a gasolina – 14 km/l na cidade e 18,5 km/l na estrada – Enviado por Baesso, que anda em Jaraguá do Sul e BR de Santa Catarina.

. Fiat Uno Mille 1.0 EP a gasolina (1996) – Na cidade, média de 9 km/l a 10 km/l. Na entrada, entre os percursos Vitória/Rio de Janeiro, Vitória/Aracaju e Vitória/Brasília, média de 12 km/l a 13 km/l. O Uno está com a limpeza de bico, vela, cabo de vela e filtro sempre em dia. Enviado por Tadeu Serra (ES).  

. Fiat Uno Mille ELX 1.0 (1995) – Média de 10,5 km/l na cidade e 12 km/l na estrada com gasolina. Enviado pelo Fábio Fernando.

CONSUMO FORD

BELINA
. Ford Belina Del Rey GLX 1.6 a etanol (1989) – Na cidade, com o “pé leve”, média de 7 km/l e, com o “pé pesado”, 6,1 km/l. Na estrada, com o “pé leve”, média de 10,2 km/l e, com o “pé pesado”, 8,9 km/l. O carro está com rodas de aro 15″ com pneus 195/65 R15. Enviado por Tadeu Jack Moreira Kieuteka.

CORCEL
. Ford Corcel II (1983) – Com motor Renault (anterior ao CHT) à álcool, ele tem média de 9 km/l na cidade e 12 km/l na estrada (rodando média de 90 km/h). Foi adaptado um câmbio de 5 marchas. Enviado por Daniel Izolani.

COURIER
. Ford Courier 1.6 (2006/2007) – Sempre com gasolina, média de 10 km/l na cidade e entre 13 km/l e 15 km/l na estrada, dependendo da tocada. “O carro é forte e confiável, carrega carga sem reclamar”. Enviado por Moisés Oliveira.

ECOSPORT
. Ford EcoSport 2.0 4WD (2012) – Com gasolina comum, média de 6,6 km/l, com o ar-condicionado ligado, rodando só cidade; 7,2 km/l rodando mais na cidade; 6,9 km/l só rodando só na cidade; 7,4 km/l rodando só cidade. Com etanol, média de 5,3 km/l na cidade. Com gasolina aditivada, média de 7,7 km/l rodando mais na cidade; 8,2 km/l rodando 70% cidade e 30% estrada; 8,4 km/l rodando 80% cidade e 20% estrada; e 7,7 km/l rodando só na cidade. Enviado por Julio Cesar Fila (Curitiba/PR).

. Ford EcoSport XLT 1.6 Flex (2006) – 8,21 km/l na cidade e 12,26 km/l na estrada (velocidade média de 110 km/h a 120 km/h), sempre com os vidros fechados, ar-condicionado ligado e gasolina no tanque. Enviado por Francisco Coelho Lopes (João Monlevade/MG);

. Ford EcoSport XLS 1.6 (06/07) – 5 km/l na cidade e 7,5 km/l na estrada com álcool e 7 km/l na cidade e 10 km/l na estrada com gasolina. Na estrada, o veículo estava apenas com o motorista e uma mala pequena (13kg), com média de 110 km/h. Enviado por Cardoso (Manaus/AM).

ESCORT
. Ford Escort GLX 1.8i a gasolina (1996) – Na cidade, média de 8,5km/l com o ar-condicionado desligado e 7 km/l com ele ligado. Na estrada, média de 10,5km/l com o ar-condicionado desligado e 9,5 km/l com ele ligado. Carro “original com a manutenção em dia”. Postado abaixo por Alex em 27/11/2014.

F250
. Ford F250 CD 4×4 diesel (2009/2010) – Com pneus Yokohama 315/75 R16, média de 7,4 km/l rodando a 110 km/l; 6,5 km/l rodando a 130 km/h; e 5 km/l rodando acima de 150 km/l. Enviado por Marcus Maciel. 

FIESTA
. Ford Fiesta hatch Pulse 1.6 (2010/2011) – Atualmente com 8.500 km rodados, com etanol, a média é de 5 km/l a 5,5 km/l na cidade e 10 km/l a 11 km/l na estrada. Com gasolina, a média fica em 7 km/l a 7,5 km/l na cidade e 12 km/l a 13 km/l na estrada. Postado por Ricardo no De 0 a 100.  

. Ford Fiesta 1.0 flex (2009/2009) – Média de 7 km/l na cidade e quase 10 km/l na estrada com álcool, sem ar-condicionado. Enviado pelo Mateus (Belo Horizonte);

. Ford Fiesta 1.0 flex hatch (2009/2010) – Média de 11 km/l com ar-condicionado desligado (2.000 rpm – 60km/h) e 9 km/l com o ar-condicionado ligado (2.000 rpm – 60 km/h) na cidade, com gasolina. Na estrada, média de de 17 km/l com ar-condicionado desligado (3.000 rpm – 80 km/h) e 15 km/l com o ar-condicionado ligado (3.000 rpm – 80 km/h), também com gasolina. Enviado por Jeferson Albuquerque.

. Ford Fiesta Sedan 1.6 (2008) – Com etanol, média de 9,4 km/l na cidade com o ar-condicionado desligado. Enviado por Matheus Oliveira.

. Ford Fiesta 1.6 (2006/2007) – 6 km/l na cidade com álcool, antes da revisão e 8,5 km/l na mesma situação, mas depois da revisão. Enviado por Carlos Amorim.

. Ford Fiesta 1.3 Endura a gasolina (1998) – Na cidade, média de 14 km/l e, na estrada, 17 km/l – apenas com o motorista. Com o carro cheio, média de 12 km/l na cidade e 14 km/l na estrada. Veículo não possui ar-condicionado. Enviado por Rudá Linck.

. Ford Fiesta hatch 1.0 a gasolina – 11 km/l na cidade e 13 km/l na estrada. Enviado por Vithor.

. Ford Fiesta 1.6 Rocam – 7 km/l na cidade e 10,5 km/l na estrada. Enviado por Thiago.

. Ford Fiesta Superchager – 10,5 km/l na cidade e 13 km/l na estrada com gasolina e sem ar-condicionado. Enviado por D. Nascimento.

. Ford Fiesta Sedan 1.6 (2011/2012) – Média de 7,8 km/l na cidade, com gasolina aditivada, rodando com o ar-condicionado ligado 5% do tempo. Enviado por Francisco George de Oliveira. 

. Ford Fiesta Sedan 1.6 (2007/2008) Média de 11 km/l na cidade, com o ar-condicionado ligado 30% do tempo; e 14 km/l na estrada, também com o ar-condicionado ligado 30% do tempo. O modelo é abastecido sempre com gasolina aditivada. “Nunca passo dos 3.000 rpm, pois o consumo aumenta”. Enviado por Ricardo Sobal Pinto (Vilha Velha/ES).

. Ford Fiesta Sedan 1.6 8V (2005) – Média de 5,5 km/l na cidade e 7 km/l na estrada com gasolina. No álcool faz 3,5 km/l na cidade, “é mole”? Enviado por Esequiel Cândido da Silva, que acha que o carro” bebe um bocado. Achei que tinha problemas, troquei tudo no motor que justificaria o consumo elevado, mas não adiantou nada”.

NEW FIESTA

. Ford New Fiesta S 1.5 manual (2013/2014) – Sempre com gasolina Grid (aditivada), na cidade (Rio de Janeiro), média de 12 km/l. Na estrada, a 80 Km/h, com ar-condicionado desligado, média de 19 Km/l; com ele ligado, 18 km/l. A 100 km/h, com ar-condicionado desligado, média de 17 Km/l; com ele ligado, 16k m/l. Enviado por Adriano Piorno.

. Ford New Fiesta 1.5 S (2013) – Com etanol, média de 9 km/l na cidade e 12,5 km/l na estrada. Enviado por Douglas Gonçalves Santos.

. Ford New Fiesta Sedan 1.6 16V flex (2011/2011) – Média de 10,5 km/l rodando 70% na cidade e 30% na estrada. Já fiz 12 km/l quando andei mais na estrada. Números sempre com o ar-condicionado ligado. Postado por Tiago Uchida nos comentários abaixo (08/02/12).

. Ford New Fiesta Sedan 1.6 16V (2010/2011) – Sempre com gasolina, média de 16,5 km/l na estrada, com o ar-condicionado ligado, rodando entre 100 km/h e 110 km/h – carro só com uma pessoa. Com velocidade média de 80 km/h a 90 km/h e ar-condicionado desligado, média de 20 km/l. Enviado por Júnior Barbosa.

FOCUS
. Ford Focus hatch 2.0 flex manual (2013/2013) – Sempre com gasolina, média de 8,5 km/l (com ou sem ar-condicionado ligado, a diferença é praticamente desprezível). Na estrada, média de 14,3 km/l (sempre na faixa de 100 km/h a 110 km/h, mesma observação para a utilização do ar-condicionado). As médias foram alcançadas e após 8.500 km rodados e todos os abastecimentos controlados pela bomba (computador tem uma diferença para o real). “Considero muito boas estas faixas, pois sendo antigo proprietário de um Fiat Punto 1.4 ELX, eu obtinha as mesmas médias com este carro”. Enviado por Roberto Gruner.

. Ford Focus GLX 2.0 manual (2012) – Média de 9 km/l na cidade e 14 km/l na estrada (rodando a 100 km/h) com gasolina e ar-condicionado desligado. Também com gasolina, mas com ar-condicionado ligado, média de 8,7 km/l na cidade e 12,5 km/l na estrada. Postado nos comentários abaixo por Cesar.

. Ford Focus Ghia hatch 2.0 manual (2010/2010) – Com gasolina, média de 8,8 km/l na cidade com ar-condicionado desligado (custo médio de R$ 0,27 por km) e 11 km/l na estrada com o ar-condicionado ligado (custo médio de R$ 0,20 por km). Com etanol, média de 6,3 km/l na cidade com ar-condicionado desligado (custo médio de R$ 0,28 por km). Enviado por Eric Vigar.

. Ford Focus GLX 2.0 automático (2009/2009) – Média de 7,2 km/l na cidade e 10,4 km/l na estrada, com gasolina. Enviado pelo Marcelo Senju;

. Ford Focus GLX 2.0 manual (2009/2009) – Com gasolina, média de 7,5 km/l na cidade (em Sapiranga-RS) e 12,5 km/l na estrada, sempre com o ar-condicionado ligado. Veículo com 116.000 km. Enviado por Toni Lemke.

. Ford Focus 2.0 automático a gasolina (2009) – Na cidade, média de 8 km/l e, na estrada, com quatro passageiros e velocidade máxima de 110 km/h, média de 12 km/l. “No dia a dia, com consumo médio cidade/estrada, em Belo Horizonte, tenho conseguido média de 10 km/l. Para conseguir esta média, sempre com pé leve, dirigindo de forma ecomômica, antecipando os sinais fechados e trânsito caótico”. Enviado por Marcelo Lanza.

. Ford Focus GLX hatch 2.0 Duratec manual (2008/2008 – modelo antigo) Na cidade, média de 7,5 km/l com o ar-condicionado ligado e 9 km/l com o ar desligado. Na estrada, vazio, média 80 km/h, ar-condicionado desligado, média de 14 km/l. Também na estrada, com 3 pessoas a bordo, média de 120 km/h, e ar-condicionado ligado, média de 11 km/l. Fechando, na estrada, vazio, com média de 120 km/h e ar desligado: 12,5 km/l. Enviado por Rodrigo Costa (São Paulo/SP).

. Ford Focus hatch 1.6 (2007) – Com gasolina, média de 6,5 km/l na cidade e 11,5 km/l na estrada. Enviado por Edmar santos.

. Ford Focus Sedan GLX 2.0 flex automático (2013/2013) – Na estrada, média de 12 km/l com etanol rodando com ar-condicionado ligado e com velocidade média variando entre 80 km/h e 100 km/h. Por Renato Parizzi.

. Ford Focus Sedan GLX 2.0 16V automático (2012) – Na cidade, com o ar-condicionado desligado, média entre 7,5 km/l e 8,5 Km/l, com etanol – depende do pé e do trânsito. Na estrada, com velocidade variando entre 100 km/h e 120 km/h, média de 12 km/l com etanol. Enviado por Jefferson Alvares Aranda.

. Ford Focus Sedan GLX 2.0 automático (2008/2009) – Média de 5 km/l com gasolina na cidade. Enviado por Roberto Mota Jr.

. Ford Focus Sedan 1.6 flex (2007/2007) – Na estrada, com velocidade na casa de 100 km/h, média de 10,5 km/l com etanol e 13,5 km/l com gasolina. Postado abaixo por Alexandre em 11/04/2014.

. Ford Focus Sedan 2.0 16V Duratec (2006/2007) – Na estrada, com velocidade na casa de 100 km/h, média de 13,4 km/l com gasolina. Postado abaixo por Alexandre em 11/04/2014.

. Ford Focus hatch 1.8 16V a gasolina (2000/2001) – Na cidade, media 7 km/l com o ar-condicionado ligado e 9 km/l com o ar-condicionado desligado. Enviado por Anderson de Souza Novais.

. Ford Focus GLX 1.8 Zetec – 14 km/l na cidade (15%)/estrada (85%), com o ar-condicionado desligado. Com ele ligado, a média abaixa para 11 km/l. Enviado por Ronnie Reis.

FUSION

. Ford Fusion 2.3 a gasolina (2008)
– Na cidade (Goiânia/GO), média entre 6,8 km/l e 7,2 Km/l, com o “pé leve”. Na estrada, média entre 9,2 km/l e 10,8 km/l, com velocidade na casa de 110/120 km/h – 2.500 rpm. Ar-condicionado sempre ligado em todas as situações. Carro sem piloto automático. Enviado por Rubens Bruno.
Ford Fusion 2.3 16V a gasolina (2006)
Sempre com o ar-condicionado ligado, média de 11,3 km/l na estrada, com velocidade constante de 100 km/h, sem o piloto automático. Na cidade, com o trânsito moderado, média de 8,9 km/l. Lembrem-se: dirigir com o pé leve, com visão de trãnsito, aproveitando a inércia, sem colocar em ponto morto. Enviado por Hugo Leite (Olinda/PE).

KA

. Ford Ka SE 1.0 (2016) – Média de 9,71 km/l com etanol, no circuito misto, rodando 70% do tempo na estrada, com velocidade média de 110 km/h, com o ar-condcionado ligado quase o tempo todo. Por Renato Parizzi.

. Ford Ka 1.0 (2009) – Média de 5,2 km/l (ar-condicionado ligado) e 6,5 km/l (ar desligado) na cidade e média de 9 km/l a 10 km/l na estrada com o ar-condicionado ligado. Médias com 70% de gasolina e 30% de etanol no tanque. Enviado por Rodrigo Marques, que admite ter um pé pesado. 

. Ford Ka (2009) – 7,5 km/l na cidade com o ar-condicionado ligado. Enviado por André;

. Ford Ka 1.0 (2009) – Média de 14,5 km/l, com gasolina, num misto entre cidade e estrada. Enviado por Dalton Antônio. 

. Ford Ka 1.6 Flex (2008) – 7,5 km/l na cidade com álcool e ar-condicionado ligado e 8,0 km/l com o ar-condicionado desligado. Na estrada, o consumo é de 11,5 km/l. Enviado por Romero Borges (Porto Alegre/RS);

. Ford Ka 1.0 (2003) – Média de 7 km/l com gasolina. Enviado por Esequiel Cândido da Silva. 

. Ford Ka GL 1.0 (2001/2001) a gasolina – Média de 11 km/l, na cidade, com ar condicionado desligado. Média de 14 km/l, na estrada, com ar condicionado desligado. O carro não tem direção hidráulica. Enviado por Luiz Fernando Bianchi.

. Ford Ka 1.0 Zetec (2001) – Com gasolina, sem ar-condicionado, média de 10 km/l a 10,5 km/l na cidade e 12 km/l a 12,5 Km/l na estrada. “Já fiz médias melhores, mas trata-se de um carro já com mais de 10 anos e quilometragem acima de 130.000 km”, afirma Eduardo Araújo, responsável pelo envio dos números.

RANGER

. Ford Ranger XLS 2.3 16V cabine dupla (2009) – Picape pode rodar com gasolina e GNV, na cidade, média de 8 km/m3 e rodoviário de 11,8 km/m3 a 110 km/h com passageiros e ar-condicionado ligado; na estrada, vazia, média de 12,8 km/m3 a 100 km/h e de 9 km/m3 a 140 km/h com ar-condicionado ligado. Modelo com 53.000 km rodados. Enviado por Luiz Henrique Diniz.

. Ford Ranger XLT 4.0 CS (1999) – Picape pode rodar com gasolina e GNV, na cidade, média de 6,5 km/m3 e, na estrada, 7,8 km/m3, a 120 km/h, ambos com ar-condicionado ligado. Modelo com 240.000 km rodados. Enviado por Luiz Henrique Diniz.

. Ford Ranger XL 4.0 (1997) – Média de 5,5 km/l na cidade e 10 km/l na estrada com gasolina. Postado abaixo por Helio Souza em 27/05/2015.

VERONA
. Ford Verona LX 1.6 a gasolina (1990) – Na cidade, com o “pé leve”, média de 10,3 km/l e, com o “pé pesado”, 9,2 km/l. O carro usa bobina de motor AP MI 2 polos (mais forte). Enviado por Tadeu Jack Moreira Kieuteka.

CONSUMO HONDA

CR-V

. Honda CR-V LX 2.0 4×2 a gasolina (2011/2011) – Na estrada, com o ar-condicionado ligado, média de 12,3 km/l. Enviado por Marcelo Marques.

. Honda CR-V ELX 4×4 2.0 16V a gasolina (2010)Média de 5,3 km/l na calculadora e 5,8 km/l no computador do carro, com o ar-condicionado ligado sempre, rodando 100% numa cidade plana com muito semáforos, não conseguindo passar de 50 km/h – portanto muito tempo parado e quando andando é devagar. Enviado por Luiz Henrique.

. Honda CR-V (09/10) – Média de 8,2 km/l na cidade. Na estrada, média de 6,9 km/l guiando entre 120 km/h e 140 km/h, sempre com o ar-condicionado ligado, de Ponta Porã (MS) a Santos (SP). Enviado por Helio Peluffo. 

CIVIC
. Honda Civic LXR 2.0 automático (2013/2014) – Na estrada, média de 12,8 km/l rodando com gasolina e ar-condicionado ligado, “esticando firme em algumas ultrapassagens”. O carro caiu da concessionária e foi para a estrada. Enviado por Amilcar Fraga.

. Honda Civic LXR 2.0 (2014) – Na cidade, média de 4,5 km/l com etanol e 5,9 km/l com gasolina. Veículo com 9.000 km rodados. Postado abaixo por Henrique em 12/09/2014.

. Honda Civic LXS 1.8 automático (2012/2013) – Na estrada, rodando com velocidade variando entre 90 km/h e 110 km/h, média entre 17 km/l e 18 km/l, com o carro vazio e com o ar-condicionado desligado. Também na estrada, com tráfego mais intenso, seguindo o fluxo (vácuo) dos carros e caminhões a frente, média de 20 km/l. Na cidade, média de 8,5 km/l. Números sempre com gasolina e do computador de bordo do veículo. Enviado por Victor Hugo, que anexou imagens mostrando as telas do computador de bordo do veículo com as médias.

. Honda New Civic LXL SE 1.8 16V automático (2011) – Com etanol, média de 6,6 km/l na cidade e 9 km/l na estrada. Com gasolina, média de 7,5 km/l na cidade e não passa de 11 km/l na estrada. O ar-condicionado estava ligado quase o tempo todo (principalmente na estrada). Na estrada, o carro estava sempre com duas pessoas e bagagem para duas pessoas. Enviado por Ricardo Marques.

. Honda New Civic LXL 1.8 16V manual (2011) – Com etanol, média de 7 km/l na cidade e 10 km/l na estrada. Postado nos comentários abaixo por Fabiano (Curitiba/PR) em 22/06/2012.

. Honda Civic LXS 1.8 16V flex manual (2009/2009) – Média de 9 km/l na cidade, com o ar-condicionado desligado, e 7,5 km/l com o ar-condicionado ligado. Na estrada, mantendo velocidade inferior a 140 km/h, média de 13,5 km/l com o ar-condicionado desligado e 12 km/l com o ar-condicionado ligado. Entre 140 km/h e 180 km/l, média de 11 km/l. Acima de 180 km/h, média de 10 km/l. Enviado por Igor Ribeiro.

. Honda New Civic 1.8 16V automático (2008) – 5 km/l na cidade com álcool. Enviado por Luiz Fernando; 

. Honda New Civic 1.8 16V flex automático (2008) – Na cidade, sempre de pé embaixo, média de 7,5 km/l com gasolina. Na estrada, com pé no fundo, média de 9 km/l e 14.5 de média rodando com velocidade entre 110 km/h e 120 km/h – também com gasolina. Ar-condicionado sempre ligado. Postado nos comentários abaixo por Carlos Alberto K.S. no dia 3 de outubro de 2012. 

. Honda Civic LXS 1.8 automático (2008) – Com etanol, média de 5,2 km/l na cidade e 8,4 km/l na estrada. Com gasolina, média de 7,8 km/l na cidade. Enviado por Wilian Rodrigo Galeazzi.

. Honda Civic LXS 1.8 16V manual (2008) – Média de 9 km/l com gasolina, no circuito misto cidade/estrada, com ar-condicionado ligado 100% do tempo. Postado abaixo por Feliphe Rainerte em 08/02/2014.

. Honda New Civic 1.8 16V flex manual (2008) – 9 km/l na cidade e 10 km/l na estrada com álcool e 12 km/l na cidade e 12,5 km/l na estrada com gasolina. Enviado por Marco Reis (Brasília); 

. Honda Civic 1.8 16V flex manual (2008) – Rodando na cidade (Natal/RN), “na manha”, média de 8,33 km/l com gasolina e 6,22 km/l com etanol. Enviado por Olavo Silva Macedo Neto. 

. Honda New Civic automático – 7,5 km/l na cidade e 9,5 km/l na estrada com gasolina. Enviado por Tadeu; 

. Honda Civic LXL manual (2005/2005) – 10,4 km/l na cidade e 12,3 km/l na estrada, com gasolina. Enviado por Marcelo Senju.

. Honda Civic LX 1.7 a gasolina (2005) – Na cidade, sempre rodando com o pé embaixo, média entre 10 km/l e -11 km/l. Na estrada, média variando entre 14 km/l e 17 km/l, dependendo do pé. Civic mecânico. Ar-condicionado sempre ligado. Postado nos comentários abaixo por Carlos Alberto K.S. no dia 3 de outubro de 2012.

. Honda Civic LXL 1.7 automático (2003) – Média de 6,5 km/l na cidade e 12,5 km/l na estrada. Postado abaixo por Paulo Eduardo Lizardo em 30/11/2014.

. Honda Civic EX 1.7 16V (2001/2001) – Na cidade, com o ar-condicionado desligado, média de 9,4 km/l; com ele ligado, média de 8 km/l. Na estrada, com o ar-condicionado desligado, média de 14,8 km/l; com ele ligado, média de 13,8 km/l. Números alcançados andando sem forçar o carro (faixa de 3.500 rpm a 4.000 rpm). “Na saída deixo o carro deslanchar de boa sem forçar também. Na cidade, ando na faixa de 2.000 rpm. Enviado por Bráulio Yabico Ribeiro.

. Honda Civic EX 1.7 Manual (2001/2001) – Na cidade, média de 9,4 km/l, sem ar-condicionado e rodando de boa, quase não passando de 2.500 giros. Enviado por Braulio Yabico Ribeiro.

. Honda Civic LX 1.7 16V manual (2001) – Na cidade, média de 10,5 jm/l com o ar-condicionado desligado. Na estrada, média de 14,9 km/l com o ar-condicionado ligado algumas vezes só para desembaçar o vidro. Postado nos comentários abaixo por Marcelo em 22/06/2012.

. Honda Civic LX automático (2001) – 8 a 8,5 km/l na cidade e 12 km/l (80 km/h a 100 km/h) e 11 km/l (110 km/h a 130 km/h) na estrada, com gasolina. Enviado por Ricardo.

. Honda Civic LX 1.6 16V automático (2000/2000) – Com gasolina, média de 9 km/l na cidade (São Paulo/SP), rodando com o ar-condicionado desligado (média de 32 km por dia). Na estrada, média de 18 km/l no trajeto entre São Paulo e o Rio de Janeiro, em 01/05/2015, com velocidade média de 100 km/h, com o ar-condicionado desligado. Enviado por Guilherme Fonseca do Nascimento.

. Honda Civic LX 1.6 16V manual (99/00): Média de 11 Km/l (com o ar ligado uma vez por semana) na cidade e 15 Km/l na estrada, sempre com gasolina. Enviado por Alexandre Palma (São Paulo).

CITY
. Honda City LX automático (2009/2010) – Na cidade (Belo Horizonte), média entre 9,5 km/l e 9,8 km/l fora dos horários e com ar-condicionado desligado; entre 8,5 km/l e 8,9 km/l nos horários e com ar-condicionado ligado; e entre 8,3 km/l e 8,6 km/l com dois passageiros (rotina) no pico e com ar-condicionado ligado. Na estrada, a 120 km/h, quatro passageiros e porta-malas cheio, média de 13,8 km/l. Nas mesmas condições, mas a 140 km/h, média de 12 km/l. Medições sempre com gasolina. Enviado por Renato Dantas. 

FIT
. Honda New Fit 1.5 automático – 4,4 km/l com álcool na cidade. Enviado por Leonardo (Belo Horizonte);

. Honda New Fit EXL 1.5 automático (2012) – Na cidade, com o trânsito pesado de São Paulo, média de 5,2 km/l com etanol e 7,5 km/l com gasolina. Na estrada, sempre abaixo de 110 km/h, média de 9,5 km/l com etanol e 13,5 km/l com gasolina. Ar-condicionado ligado 50% do tempo (“mas não influi muito”). Postado abaixo por Alex Vieira em 11/06/2015.

. Honda Fit ELX 1.5 automático (2010/2010) – Na cidade, com gasolina, média de 9,5 km/l abastecendo num posto de confiança. Em posto com bandeira duvidosa, a média cai para 7 km/h. Na estrada, sem passar de 120 km/h, média de 11 km/l, também com gasolina. Enviado por Augusto Janiscki Jr.

. Honda Fit 1.4 16V flex (2009) – Números sempre rodando 80% na estrada e 20% na cidade. Apenas com etanol, média de 8,61 km/l. Com 75% etanol + 25% gasolina, média de 9,06 km/l. Com o tanque meio a meio, 9,56 km/l. Com 75% de gasolina e 25% de etanol, média de 11 km/l. Com apenas gasolina comum no tanque, média de 11,69 km/l. E, finalmente, com 100% gasolina aditivada no tanque, média de 12,50 km/l. Troco o óleo e todos os filtros a cada 10 mil Km; as velas a cada 50 mil Km e sempre ando com pneus calibrados conforme indicação do fabricante. Meus hábitos ao volante são andar devagar na cidade e entre 120 km/h e 140 km/h na estrada. Ando sempre com o ar-condicionado ligado. Só abasteço em postos de bandeira Esso ou Shell e decido qual a melhor opção entre os combustíveis considerando a expectativa de consumo e os preços no momento. Enviado por André Lebron.

. Honda Fit LX 1.4 16V Flex (2009/2010) – Com etanol, média de 8 km/l com o ar-condicionado ligado e 9 km/l com o ar-condicionado desligado. Na Estrada, média de 11 km/l com o ar-condicionado ligado (velocidade variando entre 110 km/h e 120 km/h) e 12 km/l com o ar-condicionado desligado (velocidade variando entre 110 km/h e 120 km/h). Com gasolina, média de 11 km/l com o ar-condicionado ligado e 12 km/l com o ar-condicionado desligado. Na Estrada, média de 15 km/l com o ar-condicionado ligado (velocidade variando entre 110 km/h e 120 km/h) e 16 km/l com o ar-condicionado desligado (velocidade variando entre 110 km/h e 120 km/h). Enviado por Maurílio Andrade, que está satisfeito com as médias.

. Honda Fit LXL 1.4 (2009/2009) – Etanol: com o ar-condicionado ligado, média de 8 km/l na cidade e 11 km/l na estrada.  Com o ar-condicionado desligado, média de 8,8 km/l na cidade e 12 km/l na estrada. Gasolina: com o ar-condicionado ligado, média de 11 km/l na cidade e 15 km/l na estrada.  Com o ar-condicionado desligado, média de 11,7 km/l na cidade e 16 km/l na estrada. Médias aferidas com o peso do motorista apenas. Não ultrapassando os 3.500 rpm e buscando sempre trocar de marcha entre os 2.000 rpm e 2.500 rpm. Postado abaixo por Valter Fagundes em 09/06/2015.

. Honda Fit 1.4 LXL manual (2009) – Média de 16 km/l no uso misto com gasolina e 11 km/litro no uso misto com etanol. Enviado por Rindert, que se considera um “motorista econômico”.

. Honda Fit 1.5 S a gasolina (2008/2008) – Média de 12,4 km/l com o “pé pesado” retirada do histórico de mais de 100.000 km rodados com o veículo. Enviado por Sandro Alex Wuerges.

. Honda Fit EX 1.5 16V a gasolina (2008) – Média de 11 km/l na cidade e 17,5 km/l na estrada. Enviado pelo Gabriel (Belo Horizonte);

. Honda Fit LX 1.4 a gasolina (2007) – Média de 13,5 km/l na cidade e 14,8 km/l (60% da distância na cidade, 40% em vias rápidas). Os valores foram obtidos na hora de abastecer o carro e no computador de bordo, para o caso consumo da cidade, com o ar-condicionado ligado em 90% do tempo. Enviado por Rafael (Contagem – MG).

. Honda Fit LX 1.4 a gasolina (2006/2007) – Média de 13 km/l na cidade. Na estrada, na rodovia Castelo Branco, sentido interior, média de 17 km/l, com o ar-condicionado ligado. Já na rodovia Fernão Dias, sentido Minas Gerias, média de quase 18 km/l. Postado por Amaury Pavão Filho.

. Honda Fit LXL 1.4 a gasolina (2005) – Média de 11,8 km/l na cidade e 17 km/l na estrada. Enviado pelo João (Belo Horizonte).

CONSUMO HYUNDAI

AZERA
. Hyundai Azera V6 3.3 (2011) – Com gasolina, média de 5,4 km/l na cidade (Belo Horizonte/MG) e 8,6 km/l na estrada, rodando entre 120 km/h e 140 km/h. Enviado por Bruno Leão.

. Hyundai Azera (2009) – Média de 5 km/l na cidade e 10 km/l na estrada, sempre com o ar-condicionado ligado. Enviado pelo Eber do Carmo;

HB20 e HB20S

. Hyundai HB20S Comfort Plus 1.6 automático (2016) – Com etanol, média de 8,8 km/l no circuito misto (metade cidade, metade estrada a 110 km/h) – sempre com o ar-condicionado ligado e duas pessoas a bordo. Analisado por Renato Parizzi.

. Hyundai HB20S Comfort Plus 1.6 16V (2013/2014) – No primeiro tanque do veículo, com etanol, média de 8,3 km/l na cidade (São Paulo. Enviado por Alessandra Ferreira.

. Hyundai HB20S Comfort Plus 1.6 16V (2013/2014) – Retirado da concessionaria dia 26/04. Em 28/04 viajei de Palmas (TO) a Peixe TO) (315 km) abastecido com gasolina, com 5 pessoas adultas a bordo, porta malas cheio e ar-condicionado ligado, mantendo velocidade entre 120 km/h e 140 km/h: média de 13 km/l no computador de bordo. Enviado por Atyllano Rosa Moraes Neto.

i30
. Hyundai i30 2.0 automático (2009/2010) – Média de 7,5 km/l na cidade e 10 km/l na estrada, sempre com gasolina e ar-condicionado ligado. O veículo tem, no momento, 30.000 rodados. Enviado por Francis Braga Mori. 

TERRACAN
. Hyundai Terracan 2.5 diesel (2005/2006) – Na cidade, média entre 8 km/l e 9 km/l, conforme o trânsito. Na estrada, até 100 km/h de velocidade, média de 12 km/l; com velocidade entre 120 km/h e 130 km/h, média de 9,5 km/l. O modelo tem atualmente (07/2012) 65.000 km rodas. Enviado por Luiz Alberto Fripp.

TUCSON
. Hyundai Tucson 2.0 automático (2013/2014) – “Rodei 15.320 km em estradas (20%) e o restante em trânsito urbano da Grande Porto Alegre, sempre com o climatizador ligado e apenas com pequenas cargas e, normalmente, com apenas um acompanhante. Desde a compra, consumi 1.936 litros de gasolina aditivada. Portanto, a média global é de 7,9 km/l”. Enviado por Ernani.

. Hyundai Tucson GLS 2.0 automático (2010) – Média de 8,2 km/l no circuito misto (cidade/estrada), mantendo velocidade média de 80 km/h na estrada e rodando na cidade com poucos semáforos, mas com muitas lombadas. Enviado pela Sandra.

. Hyundai Tucson 2.0 GL manual gasolina (2008/2009) – Média de 8,5 km/l na cidade e 9,8 km/l na estrada com velocidade constante de 120 km/h (vazio – mais de 10 medições). Enviado por Marcus Maciel.

. Hyundai Tucson V6 Top (2008/2008) – Média de 6 km/l na cidade, com ar-condicionado desligado, e 10 km/l na estrada, andando entre 110 km/h e 110 km/h, com o ar-condicionado ligado. Enviado por Breno Cotta (Belo Horizonte). 

. Hyundai Tucson GL 2.0 16V automático (2007) – Média de 9,3 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada (usando “tiptronic”, velocidades entre 120 km/h e 160 km/h), com gasolina. Enviado por Thiago Ramos.

VERACRUZ
. Hyundai Veracruz a gasolina (2009/2010) – Numa cidade pequena da Bahia, Bom Jesus da Lapa, sempre em primeira e segunda marchas, média de 4 km/l. Na estrada, sempre rodando sozinho: 9,7 km/l a 100 km/h; 8,5 km/l a 120 km/h; 7,3 km/l a 140 km/h; 5 km/l a 180 km/h – de Luis Eduardo Magalhães/BA á Posse/GO (200 km com muitas regas). Sempre enchendo o tanque até ver o nível gasolina à olho nú, marcação com calculadora. Enviado por Marcus Maciel. 

JAC_Motors_logo

CONSUMO JAC MOTORS

. Jac Motors J3 1.4 16V a gasolina – Na cidade (Belo Horizonte), média de 11 km/l. Na estrada, média varia entre 14 km/l e 15 km/l, com velocidade variando entre 110 km/h e 120 km/h. Enviado por Leonardo Mendes.

CONSUMO JEEP

. Jeep Grand Cherokee Limited V8 5.2 (1997) – Média de 6,5 km/l na cidade e 7,3 km/l na estrada, com o ar-condicionado desligado e sempre com gasolina. O carro é automático e pesa 1.700 kg, segundo seu dono. Enviado por Daniel Izolani.

CONSUMO KIA

. Kia Cadenza (2012) – Na cidade (Belo Horizonte), média de 5,2 km/l com gasolina. Enviado por Bruno Lion.

. Kia Cerato (2010) a gasolina – Média de 10 km/l na cidade e 16 km/l na estrada. Ando devagar sempre, sou aqueles que dificilmente passa dos 100 km/h na estrada e na cidade respeito a sinalização. Os pneus estão sempre rigorosamente calibrados e manutenção em dia. Postado nos comentários por maboeira. 

. Kia Picanto 1.0 Flex Automático (2012) – Na cidade, rodando só com gasolina e sempre com ar-condicionado, com 95% do tempo só com o motorista a bordo,  – média atual de 13,6 km/l. Enviado por Luiz Guilherme (Guiller).

. Kia Sorento 2.4 (2010/2011) a gasolina – Na cidade, com o ar-condicionado sempre ligado, média de 6 km/l. Na Estrada, a 120 km/h, média de 9,5 km/l. O modelo tem 26.000 km atualmente (07/2012). Enviado por Agusuto Janiscki Jr.

. Mitsubishi ASX (2011)Média de 8 km/l a 10 km/l na cidade (Belo Horizonte) e de 13 km/l a 15,5 km/l na estrada. Envidado por Pedro. Leia mais aqui.

*. Mitsubishi Galant 2.0 16V automático (1998) – Média variando entre 7,5 km/l e 8,5 km/l na cidade e 13 km/l na estrada a 110 km/h, com ar-condicionado desligado. Enviado por Rogerio Shimizu.

. Mitsubishi Pajero Sport (2005) – Média de 5 km/l na cidade e 6,5 km/l na estrada, sempre com o ar-condicionado ligado. Enviado por Felipe Gilbert.

. Mitsubishi Pajero TR4 2.0 16V (2005) – Média de 4,8 km/l na cidade e 9 km/l na estrada, com gasolina. Enviado por Thiago Ramos.

CONSUMO NISSAN

. Nissan Livina SL 1.8 automática (2011/2012) – Média de 9 km/l a 10 km/l na cidade e 10 km/l a 12 km/l na estrada (rodando entre 120 km/h e 140 km/h), sem com gasolina. Em ambos os regimes, o ar-condicionado estava ligado 40% do tempo. Enviado por Allan Cavalcanti.

. Nissan March 1.6 16V (2011/2012) – Média de 11 km/l na cidade e 14 km/l na estrada com gasolina e com o ar-condicionado sempre ligado. Com etanol, média de 9 km/l na cidade e 11 km/l na estrada com o ar-condicionado ligado. O consumo relatado na estrada é sempre rodando pela rodovia dos Bandeirantes entre São Paulo e Campinas, andando sempre entre 120 km/h e 140 km/h. Por curiosidade fiz a mesma viagem sem passar de 110 km/h, com gasolina e ar ligado, a media foi de 17,9 km/l. O March tem 10.000 km rodados (março/2012). Enviado por Lourival Caballer.

. Nissan March 1.6 16V – Com pneu 185/70/14, média de 9 km/l na cidade e 12 km/l na estrada com gasolina e média de 5,5 km/l na cidade e 8,5 km/l na estrada com etanol.  Postado abaixo por Eron Zeni em 07/02/2014.

. Nissan Sentra 2.0 SL CVT (2013/2014) – Sempre com etanol, média de 6,7 km/l na cidade. Na estrada, média de 9,4 km/l sempre com o ar-condicionado ligado, rodando com velocidades variando entre 80 km/h e 110 km/h. Testado por Renato Parizzi.

. Nissan Sentra 2.0 CVT (2008) – Sempre com gasolina, média de 10 km/l na cidade. Na estrada, média de 18 km/l a 20 km/l rodando a 80 km/h; média de 15 km/l a 16,5 km/l rodando a 100 km/h; média de 13,5 km/l a 15 km/l rodando a 120 km/h; e média de 12,5 km/l a 14 km/l rodando acima de 120 km/h. Enviado por Moisés Oliveira.

. Nissan Versa SL 1.6 16V (2013/2014) – Com gasolina, média de 14,5 km/l no percurso misto (cidade/estrada). “Rodo com o ar-condicionado pouco ligado e com os vidros fechados). Veículo com 1.200 km rodados. Enviado por Enéas Neto.

. Nissan Versa SL 1.6 16V (2011/2012) – Com uma semana de uso, está fazendo 11 km/l com gasolina na cidade, com o ar-condicionado ligado. Postado por Mauricio Barbosa aqui.

X-TERRA

. Nissan X-Terra SE 2.8 diesel (2005/2005) – Na cidade, no trânsito movimentado entre 7h e 8h e 18h e 20h, marca 11,4 km/l. Na estrada, andando a 100 km/h, média de  14 km/l. Enviado por Paulo Figueredo.

CONSUMO PEUGEOT

207 e 206

. Peugeot 207 1.4 8V flex (2011) – Números sempre rodando 80% na estrada e 20% na cidade. Apenas com etanol, média de 8,0 km/l. Com 75% etanol + 25% gasolina, média de 8,75 km/l. Com o tanque meio a meio, 9,5 km/l. Com 75% de gasolina e 25% de etanol, média de 10,27 km/l. Com apenas gasolina comum no tanque, média de 11,67 km/l. E, finalmente, com 100% gasolina aditivada no tanque, média de 10,15 km/l. Troco o óleo e todos os filtros a cada 10 mil Km; as velas a cada 50 mil Km e sempre ando com pneus calibrados conforme indicação do fabricante. Meus hábitos ao volante são andar devagar na cidade e entre 120 km/h e 140 km/h na estrada. Ando sempre com o ar-condicionado ligado. Só abasteço em postos de bandeira Esso ou Shell e decido qual a melhor opção entre os combustíveis considerando a expectativa de consumo e os preços no momento. Enviado por André Lebron.

. Peugeot 207 XR 1.4 (2011) – Na cidade, média de 10,5 km/l com gasolina e ar-condicionado ligado e 12 km/l com o ar desligado. Na estrada, média de 12,8 km/l com etanol, ar-condicionado ligado e mais passageiros a bordo, rodando a 120 km/h. Modelo com 70.000 km rodados. Enviado por Luiz Henrique Diniz.

. Peugeot 206 SW Feline 1.6 16V (2008) – Com etanol, média de 8 km/l na cidade e 11 km/l na estrada. Com gasolina, média de 10,5 km/l na cidade e 12,5 km/l na estrada. Médias de consumo aferidas pelo computador de bordo, sempre com o ar-condicionado ligado. Modelo tem cerca de 40.000 km rodados. Postado abaixo por Vitor Faria (24/12/2013);

. Peugeot 206 Sensation 1.4 flex (2006/2007) – Média de 11 km/l com álcool e 16 km/l comn gasolina na cidade. Enviado por Luciano Bezerra (Brasília);

. Peugeot 206 1.4 flex (2006) – Média de 10 km/l com gasolina e 7,8 km/l com álcool na cidade, com o ar-condicionado ligado o tempo todo. Enviado por Leonardo Vilela (Belo Horizonte);

. Peugeot 206 SW Feline 1.6 16V (2006) – Média de 9,5 km/l na cidade com gasolina e 6,5 km/l na cidade e 9,5 km/l na estrada com etanol. Ar-condicionado sempre ligado quando está quente ou chovendo. Modelo com 73.000 km rodados. Postado abaixo por Danilo, de São Paulo/SP (27/12/2013);

. Peugeot 206 1.4 (2005) – Média de 11,75 km/l com gasolina na cidade. Enviado por Leonardo Vilela (Belo Horizonte); 

. Peugeot 206 Soleil 1.6 16v a gasolina (2003) – Média de 12 km/l no engarrafamento; 14 km/l rodando apenas em vias rápidas, fora dos horários de pico; e 19 km/l na estrada, indo para outras cidades (com distâncias superiores a 50 km). Postado nos comentários abaixo por Maycon Marques (22/06/2012).

. Peugeot 206 Quiksilver 1.6 (2002/2003) – Média de 8,8 km/l na cidade com o ar-condicionado desligado e 13,4 km/l na estrada com o ar-condicionado ligado – sempre com gasolina. “Tenho o pé pesado. O 206 é chipado e tem rodas aro 15”, informou por Kurt, que enviou os dados.

208
. Peugeot 208 Griffe 1.6 16V Flex (2013/2014) – Na cidade, com ar-condicionado ligado, média de 9,0 km/l com gasolina. Também na cidade, com ar-condicionado desligado, média de 6,9 km/l com etanol. Enviado por Phillipe Souza.

2008

. Peugeot 2008 Griffe 1.6 16V automático (2015/2016) – Com gasolina comum e ar-condicionado desligado, média de 9,3 km/l na cidade e 11,3 km/l na estrada (com velocidade média de 110 km/h). Enviado por Felipe Martins de Oliveira.

307
. Peugeot 307 Feline 2.0 automático (2011) – Na rodovia (sinuosas estradas de Minas Gerais), com duas pessoas e bagagem, ar-condicionado desligado e rodando entre 90 km/h e 100 km/h, média de 10,2 km/l com etanol. Enviado por Fabiano Mendes.

. Peugeot 307 Griffe 2.0 16V automático (2007) – Média de 7,3 km/l na cidade, com o ar-condicionado desligado, e 14 km/l, com ar-condicionado ligado, e duas pessoas no carro a uma média de 90 km/h. Enviado por Pedro Fialho (Belo Horizonte) – leia mais aqui e aqui.

. Peugeot 307 Sedan 1.6 16V Presence Pack (2008) – Com etanol, média de 8,5 km/l na cidade com o ar-condicionado desligado e 7,5 km/l com ele ligado. Na estrada, média de 12 km/l com o ar-condicionado desligado e 10,5 km/l com ele ligado. Com gasolina, média de 10,3 km/l na cidade com o ar-condicionado desligado e 9 km/l com ele ligado. Na estrada, média de 14 km/l com o ar-condicionado desligado e 11 km/l com ele ligado. Enviado por Sydney Machado Jr.

. Peugeot 307 1.6 16V (2004)Na estrada, sempre com o ar-condicionado ligado, média de 13 a 13,5 km/l. Na cidade varia de 10 a 10,5 km/l com pouco uso do ar-condicionado. “Sempre pelo computador de bordo do carro, com uma média de 5.000 Km, o consumo cidade/estrada do meu 307, na estrada sempre com ar ligado, fica na excelente média de 12,2 km/l. Vale lembrar que uma viagem minha quase equivale a um mês de transito urbano“. Enviado pelo Dr. Marcelo Abreu Lanza (Uberaba/MG);

408
. Peugeot 408 Allure 2.0 16V automático (2011/2012) – Média de 6,1 km/l na cidade e 8,9 km/l na estrada, com etanol. Números publicados na edição 626 da revista Quatro Rodas (janeiro/2012).  

. Peugeot 408 Feline 2.0 16V automático (2011/2012) – Com gasolina comum e ar-condicionado ligado: média de 6,8 km/l na cidade e, na estrada, rodando com velocidade variando entre 100 km/h e 110 km/h, média de 12 km/l; e, com velocidade média variando entre 130 km/h e 140 lm/h, média de 10,8 km/l. Enviado por Johnny Nagel.

. Peugeot 408 2.0 16V flex – Média de 9,5 km/l na cidade e até 14,2 km/l na estrada, com gasolina. Postado por Guilherme A Nicolladelli aqui.

CONSUMO RENAULT

CLIO

. Renault Clio 1.0 16V Hi-Flex (2005/2006) – Na cidade, com o ar-condicionado ligado, média de 11,5 km/l com gasolina e 9,5 km/l com etanol. Com o ar-condicionado desligado, média de 12,5 km/l com gasolina e 10,5 km/l com etanol. Na estrada, com o ar-condicionado ligado, média de 13,5 km/l com gasolina e 10,5 km/l com etanol. Com o ar-condicionado desligado, média de 16 km/l com gasolina e 12,5 km/l com etanol. O Clio tem todos os opcionais. Enviado por Wendell Dutra (Cuiabá/MT).  

. Renault Clio Sedan Privilege 1.6 16v (2005/2006) – Com 113.000 km rodados, rodando sempre com gasolina, em Teresina (PI), média de 9,4 km/l com o ar-condicionado ligado e 10 km/l com o ar-condicionado desligado. Na estrada, com velocidade inferior a 110 km/h, média de 14 km/l com o ar-condicionado ligado e 16,8 km/l com o ar-condicionado desligado. Com velocidade variando entre 120 km/h e 150 km/h, média de 11 km/l com o ar-condicionado ligado e 14,5 km/l com o ar-condicionado desligado. Postado abaixo por Washington em 15/04/2015.

. Renault Clio Authentique 1.0 16v (2004) – Na cidade 12,8 km/l com ar-condicionado ligado a maior parte do tempo. Na estrada fiz 14,2km/l com ar ligado e 15,5 km/l com ar desligado, andando entre 80km/h e 100/km/h, com 2 passageiros e bagagem. Esses dados se referem ao consumo com gasolina. Enviado por Marcelo Becher do blog Autodashboard.

. Renault Clio 1.6 16V a gasolina (2003) – Na cidade (Natal/RN), média de 10,4 km/l. Na estrada, 14,6 km/l. Números sempre com o ar-condicionado ligado. Postado abaixo por Davi Cabral em 25/01/2017.

DUSTER

. Renault Duster 2.0 4×2 manual – Com gasolina, média de  12,5 km/l na estrada e 10,5 km/l na cidade. Com etanol, média de 8,8 km/l na estrada e 7,5 km/l na cidade. Veículo com 2.000 km rodados no dia da postagem. Postado abaixo por Arsenio em 04/02/2014.

FLUENCE

. Renault Fluence Dynamique 2.0 16V automático (2011/2012) – Média de faz 7 km/l na cidade e 9,1 km/l na estrada, com etanol. Números publicados na edição 626 da revista Quatro Rodas (janeiro/2012).   

. Renault Fluence 2.0 16V (2011) – Média de 9,3 km/l na cidade (mesma marcação do computador de bordo) e 13,8 km/l na estrada (12,8 km/l, no indicador), com gasolina. Os números foram aferidos no dia a dia da redação, com diferentes pessoas no comando do modelo. A aferição em rodovia foi feita com dois ocupantes no carro e algumas bagagens no porta-malas. Reprodução do blog da revista Autoesporte. 

(MEGANE) GRAND TOUR

. Renault Grand Tour 1.6 16v Flex (2011/2012) – Com etanol, média de 8 km/l com o ar-condicionado ligado e 8,5 km/l com o ar-condicionado desligado. Na Estrada, média de 10 km/l com o ar-condicionado ligado (velocidade variando entre 110 km/h e 120 km/h) e 11 km/l com o ar-condicionado desligado (velocidade variando entre 110 km/h e 120 km/h). Com gasolina, média de 10,5 km/l com o ar-condicionado ligado e 11 km/l com o ar-condicionado desligado. Na Estrada, média de 14 km/l com o ar-condicionado ligado (velocidade variando entre 110 km/h e 120 km/h) e 15 km/l com o ar-condicionado desligado (velocidade variando entre 110 km/h e 120 km/h). Enviado por Maurílio Andrade, que está satisfeito com as médias.

LOGAN

. Renault Logan Expression 1.6 8V (2012) – Dados do computador de bordo, usando gasolina, com 2 pessoas: na cidade, média de 10,5 km/l e, na estrada, média 13,5 km/l (velocidade média de 120 km/h). Postado abaixo nos comentários Juliano de Florianópolis/SC em 25/04/2013.

. Renault Logan 1.0 16V (2010/2011) – Sempre com gasolina, média entre 10 km/l e 12 km/l na cidade (São Paulo) e 15,4 km/l na estrada (de acordo com o computador de bordo, e 17,4 km/l segundo a calculadora), depois de uma viagem de 4.000 km, com 3 adultos, bastante bagagem e três pessoas a bordo. A Viagem foi feita entre 100 km/h e 120 km/h. Enviado por Moisés Oliveira.

MEGANE

. Renault Megane Dynamic 1.6 16v flex (2009) (115 cv) – Sempre com álcool, na cidade, com o ar-condicionado desligado, faz média de 7,4 km/l e, com o ar ligado, 7 km/l. Na estrada, a média é de 10,4 km/l com o ar ligado e 10,9 km/l com ele desligado. Enviado pelo Gibaile (Sorocaba/SP);

. Renault Megane 2.0 16v flex (2006/2007) automático (40.000 km) – Média de 10 km/l rodando macio, sem esticar, e 8,4 km/l rodando mais rápido. Na estrada, média de 12,5 km/l rodando em torno de 120 km/h; 9,1 km/l rodando entre 140 km/h e 190 km/h nos 2.240 km da estrada Belém/Brasília; e 8,4 km/l rodando entre 100 km/h e 140 km/h, rebocando duas motos (usando um reboque) nos 2.240 km da estrada Belém/Brasília. Enviado pela Natália.

SANDERO

. Renault Sandero Authentique 1.0 16V (2011) – Na cidade, média de 11 km/l com metade do tanque com gasolina e metade com etanol, alternando o uso do ar-condicionado. Modelo com 76.000 km rodados. Enviado por Luiz Henrique Diniz.

. Renault Sandero 1.6 (08/09) – 7,5 km/l na cidade e 10,5 km/l na estrada com álcool e 10 km/l na cidade e 15 km/l na estrada com gasolina, sem ar-condicionado. Enviado por Mateus;

. Renault Sandero 1.6 8V (08/08) – 10,5 km/l com gasolina e 7,5 km/l com álcool na cidade e 14,8 km/l com gasolina e 10,5 km/l com álcool na estrada (média de 110 km/h), sempre com o ar-condicionado ligado. Com ele desligado, na estrada, com gasolina e média de 80 km/h, a média chegou a 17 km/l. Enviado por Hugo (macaé/RJ);

. Renault Sandero Vibe 1.6 8V – Média de 7,5 km/l com etanol e 10,5 km/l com gasolina na cidade média de 9,5 km/l com álcool e 14,5 km/l com gasolina na estrada. Lembrando que o ar- condicionado sempre está ligado. Na estrada, acima de 110 km/h, o consumo aumenta muito. Enviado por Davi.

SCENIC

. Renault Scenic Expression 1.6 16V flex (2005/2005) – Com ar-condicionado desligado, na cidade, média de 7,4 km/l com etanol e 9 km/l com gasolina. Na estrada, também com o ar desligado, média de 9 km/l com álcool e 11 km/l com gasolina. Já com o ar-condicionado ligado, na cidade, média de 6 km/l com etanol e 7,5 km/l com gasolina. Na estrada, também com o ar ligado, média de 7 km/l com álcool e 9 km/l com gasolina. Enviado por Fabiano Zanella. 

. Renault Scenic Privilège 1.6 16V a gasolina (2004) – Na cidade, média variando entre 7,5 km/l e 8km/l, com “pé leve”. Postado abaixo por Rogério em 27/01/2014.

SYMBOL

. Renault Symbol Privilège 1.6 16V (2010) – Média na cidade de 12,3 km/l e e 14,5 km/l na estrada. “O mais alto consumo foi de 11 km/l no mês em que só andei em baixa rotação (da escolinha da minha filha para casa). Sempre rodo com o ar-condicionado desligado e abastecendo com gasolina. Excelente carro, pena terem parado de fabricá-lo”. Postado abaixo nos comentários por Leonardo “PATCH” Garcia (Brasília-DF) em 24/04/2013.

. Renault Symbol 1.6 (2010) – Sempre com gasolina, média de 10 km/l na cidade e 12,5 km/l na estrada. “O carro era muito novo estava  com 3.500 km quando peguei e fiquei pouco tempo com ele, mas achei o consumo na estrada um pouco alto mesmo para um motor amaciando, mas o carro é muito confortável e confiável na estrada”. Enviado por Moisés Oliveira. 

Suzuki-logo

. Suzuki Grand Vitara AWD 2.0 Gasolina (2012/2012) – Com câmbio manual, média de 9,5 km/l na cidade, 11 km/l na estrada rodando com velocidade superior a 100 km/h e 12 km/l na estrada rodando com velocidade variando entre 80 km/h e 100 km/h. Números sempre com o ar-condicionado ligado. Enviado por Flavio Zimmermann.

BANDEIRANTE

. Toyota Bandeirante CD 4×4 diesel (2000) – Média de 8 km/l na cidade e 9 km/l na estrada (veículo vazio), sempre abaixo de 110 km/h. Enviado por Marcus Maciel. 

. Toyota Bandeirante 3.7 jipe curto (1997) – Média de 10,5 km/l na cidade e na estrada (rodando entre 100 km/h e 120 km/h) com diesel. Postado abaixo por Victor (11/12/2013);

COROLLA e FIELDER
. Toyota Corolla XEI 2.0 AT (2014) – Sempre com gasolina, média de 10,5 km/l na cidade e 17 km/l na estrada (velocidade média de 100 km/h). Enviado por Antonio Franco.

. Toyota Corolla XEi 2.0 automático (2013/2014) – Média de 4,8 km/l na cidade (velocidade média de 35 km/h)  e 7,6 km/l na estrada (velocidade média de 95 km/h) com etanol. Enviado por Silvio Pereira Costa.

. Toyota Corolla XLI 1.8 AT (2012) – Sempre com gasolina, média de 10,5 km/l na cidade e 15,5 km/l na estrada (velocidade média de 110 km/h). Enviado por Antonio Franco.

. Toyota Corolla manual (2006) – Andando sempre com gasolina e ar-condicionado ligado, média de 12 km/l na estrada rodando a 140 km/h. Com velocidade de 110 km/h, o Corolla faz um pouco mais de 14 km/l. Enviado por Carlos Henrique Oliveira.

. Toyota Corolla automático (2003) – Andando sempre com gasolina e ar-condicionado ligado, média entre 16 km/l e 17 km/l na estrada rodando a 110 km/h. Enviado por Carlos Henrique Oliveira com números referentes ao Corolla de sua irmã. 

. Toyota Corolla a gasolina (2003) – 13,6 km/l na estrada rodando de 100 km/h a 120 km/h. Enviado por J S Marcolino.

. Toyota Corolla 1.8 XEi (2001) – Média de 10,3 km/l na cidade (em Curitiba, com o ar-condicionado ligado 30% do tempo) e 14,4 km/l na estrada (Curitiba/Cascavel – 1.108 km de viagem – ar-condicionado ligado 100% do tempo e trajeto 80% com pista simples), sempre com gasolina. Enviado por Lucio Mainardes.

. Toyota Corolla 1.8 (1999) – Rodando 70% do tempo na estrada, média de 13,5 km/l com gasolina. Postado abaixo por Gilberto (01/12/2013);

. Toyota Corolla 1.6 manual (1995) – Andando sempre com gasolina comum e ar-condicionado ligado, média de 11,5 km/h na cidade. Na estrada, com velocidade média de 120 km/h, o “meu velho e amado Corolla” faz 14,5 km/l. Possuo este veiculo a 2 anos e nunca troquei nem um parafuso; só faço as trocas de óleo e filtros. Postado abaixo em 13/02/2013 por Derlivan Moreira.

. Toyota Corolla Fielder XEi 1.8 a gasolina (2006) – Na cidade, com o “pé leve”, média de 9,3 km/l e, com o “pé pesado”, 8,1 km/l. Na estrada, com o “pé leve”, média de 15,3 km/l e, com o “pé pesado”, 11,8 km/l. Enviado por Tadeu Jack Moreira Kieuteka.

. Toyota Corolla Fielder XEi automático (2006) – Rodando sempre com o ar-condicionado ligado e abastecido com gasolina tipo “C”, média de 8 km/l na cidade e 12,5 km/l na estrada, com média de 3.000 rpm (135/140 km/h). Enviado por Eduardo Sapata. 

. Toyota Corolla Fielder 1.8 16V automático (2005) – Média de 9,5 km/l na cidade e 14,7 km/l na estrada (rodando, no máximo, a 80 km/h), com gasolina. Enviado por Thiago Ramos. 

. Toyota Fielder 1.8 16V automático (2005) – Na estrada, com velocidade na casa de 100 km/h, média de 12,5 km/l com gasolina. Postado abaixo por Alexandre em 11/04/2014.

ETIOS

. Toyota Etios XLS 1.5 (2013/2014) – Rodando com etanol, 40% na cidade e 60% na estrada (com velocidade variando entre 90 km/h e 100 km/h), média de 9,31 km/l, sempre com o ar-condicionado ligado. Modelo com 9.800 km rodados. “Boa media, já que na avaliação da Toyota e Inmetro está indicado a média de 8,9 km/l”. Enviado por José Alberto Lopes Nogueira.

. Toyota Etios Sedan XLS 1.5 (2013) – Com gasolina, média de 12,5 km/l na cidade e 15,9 km/l na estrada, rodando entre 80 km/h e 100 km/h, com o ar-condicionado ligado e cinco ocupantes. Postado abaixo por Pablog Iuri em 23/10/2013.

HILUX

. Toyota Hilux SRV 4×4 manual (2009) – Com 6.017 km rodados, média de 9,4 km/l desde os 5.000 km, rodando 70% do tempo na cidade. O modelo é a diesel. Enviado por Igor Carneiro.

. Toyota Hilux SW4 3.0 a diesel AT – Média variando e entre 8,5 km/l e 9,5 km/l e, na estrada, variando entre 12,5 km/l e 15,5 km/l. Enviado por Antonio Franco.

. Troller T4 (2010 – não chipado) – Com 2.930 km rodados, média de 8,7 km/l com diesel, sendo 50% na cidade e 50% na estrada. Enviado por Igor Carneiro.

CROSSFOX e FOX

. Volkswagen Fox Rock in Rio 1.6 (2013/2014) – Sempre com etanol: media na cidade de 7 km/l (sem congestionamento) e 6 km/l (com congestionamento), com o ar-condicionado desligado; média de 9,2 km/l na estrada, com 2 passageiros e bagagem, com ar-condicionado desligado, dirigindo de forma econômico (“usando banguela e cutoff”), com velocidade variando entre 70 km/h e 120 km/h (8,2 km/l com congestionamento na estrada). Fox com 12.000 km rodados. Enviado por Mauricio Santos.

. Volkswagen CrossFox 1.6 (2010/2011) – Sempre com gasolina, média de 8,1 km/l na cidade e 14,1 km/l na estrada com velocidade variando entre 90 km/h e 100 km/h. Com 140 km/h de velocidade, média de 12,9 km/l. Enviado por Hulo Leonardo Luz.

. Volkswagen Crossfox 1.6 Flex (2005) – Média de 8,3 km/l na cidade e 10,7 km/l na estrada, com etanol. Enviado por Thiago Ramos.

. Volkswagen Fox 1.0 (2012) – Na cidade, com etanol e ar-condicionado quase sempre ligado, média entre 5,5 km/l e 6 km/l. Com o ar-condicionado desligado, média de 7,29 km/l na cidade também com etanol. Enviado por Mário (Itu/SP). 

. Volkswagen Fox Prime 1.6 flex (2011/2012) – Na cidade, média de 14,3 km/l com gasolina – em Brasília. Na única medição com etanol, média de 9,0 km/l na cidade. “Ando quase 100% do tempo com ar-condicionado ligado”. Enviado por Débora Catsiamakis.

. Volkswagen Fox 1.0 flex (2010) – Sempre com gasolina, média de 6 km/l na cidade, Na estrada, com pé no fundo, média de 9 km/l, e, com velocidade média de 110 km/h, média de 12,5km/l. Fox topo de linha, com ar-condicionado, ABS, airbag duplo, etc.. Postado nos comentários abaixo por Carlos Alberto K.S. no dia 3 de outubro de 2012.

. Volkswagen Fox City 1.0 Flex (2009) – Média de 10,2 km/l na cidade (trocando as marchas entre 3.000 e 4.000 rpm) e 13 km/l na estrada (andando até 100 km/h), com etanol. Enviado por Thiago Ramos. 

. Volkswagen Fox 1.0 (2007) – Na cidade (São Paulo), média de 11 km/l com gasolina no tanque e ar-condicionado ligado no máximo 30% do percurso. Com etanol, na mesma situação, média de 7 km/l. Enviado por Gustavo Leite.

. Volkswagen Fox 1.6 (2006) – Na cidade, média de 7,5 km/l com etanol e 9,5 km/l com gasolina, sempre rodando sem trânsito. Enviado por Samir Menestrina.  

. Volkswagen Fox 1.0 flex (2006) – Na cidade, média de 13,8 km/l com gasolina e 10 km/l com etanol, rodando cerca de 1.000 km por mês no perímetro urbano. Enviado por Vanisson (do interior de São Paulo).

. Volkswagen Fox 1.0 flex (2006) – 7 km/l na estrada com álcool. Enviado por Augusto;

. Volkswagen Fox 1.6 (2005) -Com 72.137 km rodados, média de 7,8 km/l com gasolina e ar-condicionado sempre ligado, rodando 100% na cidade. Enviado por Igor Carneiro.

. Volkswagen Fox 1.6 plus flex (2004/2005) – Na cidade, com ar-condicionado desligado e com mudanças de marchas na casa de 3.000 rpm, média de 7,04 km/l com gasolina. Enviado por Patrick Hiury Rocha.

. Volkswagen Fox 1.0 – 7 km/l na cidade e 9 km/l na estrada com álcool. Enviado por Thiago (Belo Horizonte);

FUSCA

. Volkswagen Fusca 1300 (1968) – Média de 10 km/l com gasolina na cidade. Enviado por Leonardo Vilela (Belo Horizonte);

GOL

. Volkswagen Gol 1.6 Power (2011/2012) – Média de 12 km/l com gasolina e 10 km/l com etanol, com ar-condicionado ligado em média 50% do tempo. Média realizada com base em 20 abastecimentos na cidade de Brasília/DF. Enviado por Kayo.

 . Volkswagen Gol 1.6 Power (2010/2011) – Média de 12 km/l com gasolina e de 10 km/l com alcool na cidade de Belo Horizonte. Na estrada, andando “normal até 110 km/h”, média de 16,9 km/l com gasolina. Andando mais forte, a média caiu para 14 km/l. Ambas as medições na BR 381 de Belo Horizonte até São Paulo. Todos os números com o ar-condicionado ligado. Enviado por Rafael Prado.  

. Volkswagen Gol 1.0 8V (2010/2011) – Na cidade, média de 11,1 km/l com gasolina e 7,6 km/l com etanol.  Na estrada, média de 15,5 km/l com gasolina e 9,2 km/l com etanol. Medições sempre com o ar-condicionado ligado. Quando os dados foram enviados para o De 0 a 100, o Gol G5 estava com 57.000 quilômetros rodados. Enviado por Bruno Bandeira.

. Volkswagen Gol 1.0 8V (2009/2010) – Sempre com gasolina, média de 12 km/l na cidade e 16,2 km/l na estrada com velocidade variando entre 90 km/h e 100 km/h. Enviado por Hulo Leonardo Luz.

. Volkswagen Gol G5 1.0 flex (2010) – Média de 13,8 km/l na estrada (com carga média), com gasolina. Medição alcançada enchendo o tanque até o desarme da bomba. Enviado por Luís Longaray.  

. Volkswagen Gol G5 1.0 flex (2009) – Média de 9,5 km/l na cidade e 11,5 km/l a 12,5 km/l na estrada com etanol e 11 km/l na cidade e 14 km/l na estrada com gasolina. A média de velocidade na estrada é de 100 km/h. Enviado pelo Diego dos Reis Machado;

. Volkswagen Gol 1.0 flex Trend (09/09) – 7 km/l na cidade e 10,5 km/l na estrada (média 110 km/h) com álcool, sem ar-condicionado. Enviado por Taylor (Belo Horizonte/MG);

. Volkswagen Gol 1.0 (2009) – Média de 11 km/l na cidade e 15/l na estrada. Enviado por Robson; 

. Volkswagen Gol G4 1.0 flex (2009) – Média de 12 km/l com gasolina e 7 km/l com etanol, no circuito misto cidade/estrada. Carro sem ar-condicionado. Postado abaixo por Feliphe Rainerte em 08/02/2014.

. Volkswagen Gol G5 1.0 flex (08/09) – Sem ar-condicionado, faz média de 10,85 km/l com gasolina e 8,24 km/l com álcool. Enviado pelo Bruno Mesquita (Brasília);

. Volkswagen Gol Power 1.6 flex (2007/2008) – Na cidade, média de 8,5 km/l com gasolina aditivada e 7,1 km/l com álcool, sempre com o ar-condicionado ligado. Na estrada, média de 12,4 km/l com gasolina e 10,1 km/l com etanol, sempre com o ar-condicionado ligado. Enviado por Joseilton (Campina Grande/PB).

. Volkswagen Gol Power 1.6 (2007/2008) – Com 20.000 km rodados, somente com etanol, sem ar-condicionado, com direção esportiva 50% do tempo, no ciclo urbano, sem grandes congestionamentos: 6,5 km/l e, com congestionamentos, 5,5 km/l. No ciclo rodoviario, sem ar-condicionado, com direção esportiva 50% do tempo, usando banguela e cutoff, com 2 passageiros e bagagem, com velocidade variando entre 80 km/h e 170 km/h: média de 10,5 km/l e 9 km/l no congestionamento na estrada. Enviado por Mauricio Santos.

. Volkswagen Gol Power 1.6 flex (07/07) – 10,5 km/l com gasolina comum, 10,1 km/l com gasolina aditivada e 7,9 km/l com álcool na cidade. Na estrada, a média foi de 14,5 km/l num trecho (Ceilândia a Salvador) e 17,23 km/l em outro trecho (Salvador a Itaberaba) com gasolina. Enviado por Wladimir Pereira (Ceilândia/DF);

. Volkswagen Gol 1.0 (2007) – Sem ar-condicionado, andando entre 115 km/h e 120 km/h, média de 15 km/l com gasolina. Enviado por Feitosa de Araujo.

. Volkswagen Gol Power 1.6 Total Flex completo (2005/2006) – Média de 11,95 km/l alcançados depois de rodar 409 km na Grande Florianópolis (SC), com o ar-condicionado desligado. O carro possui rodas de aro 15″ com pneus 195/55. Enviado por Gustavo de Souza. 

. Volkswagen Gol Power 1.6 (2004) – Consumo variando entre 5,5 km/l e 6 km/l na cidade, com etanol. Na estrada, média variando entre 10,3 km/l e 10,7 km/l com etanol e entre 14 km/l e 14,5 km/l com gasolina. O veículo não tem ar-condicionado. Enviado por Marcos Cavazzola. 

. Volkswagen Gol G3 Power 1.6 flex (2004) – Média de 5 km/l na cidade e de 8,8 km/l na estrada (média de 120 km/h), sempre com gasolina. Gol completo. Ar-condicionado sempre ligado. Postado nos comentários abaixo por Carlos Alberto K.S. no dia 3 de outubro de 2012.

. Volkswagen Gol 1.0 16V (2004) – Andando de Brasília a Florianópolis, rodando a 120 km/h, média de 16 km/l. Abusando da rotação, andando a 140 km/h, média de 10,5 km/l a 11 km/l. Números sem ar-condicionado, com bagagem e 3 pessoas a bordo. Enviado por Kayo (Brasília);

. Volkswagen Gol 1.0 (2004) – Média de 7,4 km/l na cidade e 11,2 km/l na estrada, sempre com etanol. Enviado por Emerson Rizato.

. Volkswagen Gol (2004) – 10 km/l na cidade e 15 km/l na estrada, sem ar-condicionado. Enviado por Leonardo;

. Volkswagen Gol Power 1.6 a gasolina (2003) – Média de 9,5 km/l na cidade e 16,5 km/l na estrada. A média da estrada foi feita percorrendo 300 km com pouco movimento, com o veículo vazio e andando com velocidade média variando entre 100 km/h e 110 km/h. O carro não possui ar-condicionado. Enviado por Luciano Oliveira.

. Volkswagen Gol Special 1.0 8V a gasolina (2003) – Na cidade, média de 12,8 km/l. Na Estrada, média de 16 km/l andando com uma velocidade média de 100 Km/h. Postado abaixo por Milton Santos em 31 de março de 2014.

. Volkswagen Gol 1.0 flex – 6 km/l na cidade com álcool. Enviado por Claudson;

. Volkswagen Gol G3 1.0 8V (2001) – O carro é básico, sem ar-condicionado/direção hidráulica. Faz 14 km/l na cidade e 17,1 km/l na estrada com gasolina. Apenas o motorista e sem bagagem. Enviado por Marcelo Becher do blog Autodashboard

. Volkswagen Gol G3 1.0 16V (2000) a gasolina – Média de 9 km/l na cidade e de 16 km/l a 18 km/l na estrada. Gol “pelado”. Postado nos comentários abaixo por Carlos Alberto K.S. no dia 3 de outubro de 2012.

. Volkswagen Gol Bolinha 1.0 16V (1998) – 13,5 km/l na cidade e 15 km/l na estrada com gasolina. Enviado por Bruno.

. Volkswagen Gol CL 1.6 carburado (1997/1997) – Sempre com gasolina e com direção econômica: media na cidade de 13 km/l (sem congestionamento) e 12,5 km/l (com congestionamento), sem ar-condicionado; média de 15 km/l na estrada, com 2 passageiros e bagagem, sem ar-condicionado, dirigindo de forma econômico (“usando banguela e cutoff”), com velocidade variando entre 80 km/h e 140 km/h (14 km/l com congestionamento na estrada). Gol com 70.000 km rodados. Enviado por Mauricio Santos.

. Volkswagen Gol 1.0 (1997) – Média de 11,7 km/l com gasolina. Enviado por José Narcisio Ferreira (Belo Horizonte).

. Volkswagen Gol 1000 (1996/1996) a gasolina – Na estrada, média de 16,2 km/l no trajeto Umuarama/PR a Cascavel/PR (175 km) e trecho urbano em Cascavel/PR (17 km), com velocidade média de 80 km/h (quase regular igual a um reloginho), com pé quase só encostado no pedal do acelerador. O carro estava carro vazio, as janelas estavam fechadas e usei o ponto morto em descidas. Postado por André Shiguemitsu Yamashita nos comentários abaixo (25/01/12). 

. Volkswagen Gol 1000i a gasolina (1996) – Média de 11,5km/l na cidade e 17,5km/l na estrada. sem ar-condicionado, com o motor revisado e não ultrapassando os 110 km/h. Média feita mais de seis vezes em Santa Catarina. Enviado por André Luiz Gaulke. 

. Volkswagen Gol 1000 carburado (1996) – 14,5 km/l no circuito misto (50% na estrada e 50% na cidade).

. Volkswagen Gol GL 1.8 carburado (1994/1994) – Sempre com etanol e com direção esportiva 50% do tempo: media na cidade de 8 km/l (sem congestionamento) e 7 km/l (com congestionamento), sem ar-condicionado; média de 11 km/l na estrada, com 2 passageiros e bagagem, sem ar-condicionado, dirigindo de forma econômico (“usando banguela”), com velocidade variando entre 80 km/h e 160 km/h (10 km/l com congestionamento na estrada). Gol com 50.000 km rodados. Enviado por Mauricio Santos.

. Volkswagen Gol CL 1.6 carburado (1992/1992) – Sempre com gasolina e com direção econômica: media na cidade de 10 km/l (sem congestionamento) e 9 km/l (com congestionamento), sem ar-condicionado; média de 14 km/l na estrada, com 2 passageiros e bagagem, sem ar-condicionado, dirigindo de forma econômico (“usando banguela”), com velocidade variando entre 70 km/h e 150 km/h (13 km/l com congestionamento na estrada). Gol com 60.000 km rodados. Enviado por Mauricio Santos.

GOLF  

. Volkswagen Golf 1.6 Limited Edition (2012) – Média de 9 km/l a 10 km/l na cidade, com gasolina. O modelo tem, no momento, 3.600 km rodados. Enviado por Wagner.

. Volkswagen Golf GTI 1.8 turbo (2008/2008) com “upgrade” – Média de 10 km/l na cidade e 16 km/l na estrada andando a 110 km/h. Enviado por Edgard. 

. Volkswagen Golf 1.6 (2005) – 9 km/l com o ar-condicionado ligado e 10 km/l com o ar-condicionado desligado na cidade. Na estrada, 13,5 km/l com ar ligado. Enviado por Romero Borges;

. Volkswagen Golf GTI Tiptronic (2003) – 6,5 km/l na cidade e 12 km/l na estrada, com média de 110 km/h a gasolina, sempre com o ar-condicionado ligado. Enviado por Bruno Medina (Belo Horizonte);

JETTA

. Volkswagen Jetta 2.5 (09/09) – Média de 5,5 km/l na cidade e 9,5 km/l na estrada, sempre com “gasolina de boa qualidade”. Enviado por Joathan.

. Volkswagen Jetta comfortline 2.0 8V – Sempre a gasolina, na cidade, média entre 6,5 km/l e 7 km/l com o ar-condicionado ligado, e 8 km/l com o ar-condicionado desligado. Na estrada, média entre 12,5 km/l e 13 km/l, andando a 120 km/h com o ar-condicionado ligado. Postado abaixo por Guilherme em 29/09/2014.

PARATI

. Volkswagen Parati 1.6 (1999/2000) – Com gasolina, média de 10 km/l na cidade e 13,5 km/l na estrada – sempre sem ar-condicionado. Enviado por Lourenço Prati;

PASSAT e VARIANT

. Volkswagen Passat 1.8T automático (2005) – Média de 6 km/l na cidade e 9 km/l na estrada, com gasolina. Enviado por Thiago Ramos.

. Volkswagen Passat Variant 1.8 20V manual a gasolina (1998/1999) – Média de 8 km/l na cidade e 13 km/l na estrada. Enviado por Cristiano Maglio. 

. Volkswagen Passat 1.6 2 portas a etanol (1984) – Média de 5 km/l a 6 km/l na cidade e 9 km/l a 10 km/l na estrada. Passar com carburador miniprogressivo e câmbio de quatro marchas. Postado nos comentários abaixo por Carlos Alberto K.S. no dia 3 de outubro de 2012.

. Volkswagen Passat GTS 1.8 a etanol – Na cidade, média de 4,5 km/l. Na estrada, com velocidade de até 100 km/h, média de 7,5 km/l. Chegando a 140 km/h na Rodocia Castelo Branco, média de 6 km/l. Números sempre com etanol. Postado abaixo por Valdinei J Souza em 15/10/2013.

. Volkswagen Variant 1.6 com carburação dupla (1975) – 9 km/l na cidade. Enviado por Ricardo Van Petten;

POLO e POLO SEDAN

. Volkswagen Polo Sedan 1.6 (2008) – Com etanol, na cidade, com trânsito moderado, com ar-condicionado desligado, média variando entre 6,8 km/l e 7,2 km/l, dependendo também da forma de condução. ! Nas mesmas circunstâncias, mas com o ar-condicionado ligado, média variando entre 5,3 km/l e 6,2 km/l! Com gasolina aditivada, na cidade, com ar-condicionado desligado, média de 9,2 km/l e, com ar-condicionado ligado, média variando entre 8,0 km/l e 8,5 km/l. Na estrada, rodando com velocidade média variando entre 100 km/h e 110 km/h, com gasolina, ar-condicionado ligado o tempo todo, média variando entre 14 km/l e 15 km/l. Enviado por Renato Prado.

. Volkswagen Polo Sedan 1.6 manual (2008/2008) – Etanol: Na cidade, com ar-condicionado ligado, média de 5,5 km/l; com o ar-condicionado desligado, média de 6,5 km/l. Na estrada, sempre com o ar-condicionado ligado, média de 7,5 km/l rodando com velocidade variando entre 110 km/h e 120 km/h. Gasolina: Na cidade, com ar-condicionado ligado, média de 9 km/l; com o ar-condicionado desligado, média de 10 km/l. Na estrada, sempre com o ar-condicionado ligado, média de 13 km/l rodando com velocidade variando entre 110 km/h e 120 km/h. Enviado por Rodrigo Ferrari.

. Volkswagen Polo Sedan 1.6 (2006) – Na estrada, com velocidade na casa de 100 km/h, média de 10,5 km/l com etanol e 17 km/l com gasolina. Postado abaixo por Alexandre em 11/04/2014.

. Volkswagen Polo Classic (1998) – 10 km/l na cidade e 13 km/l na estrada com GNV. Com gasolina, a média é de 10 km/l na cidade e 15 km/l na estrada (sempre rodando abaixo de 100 km/h). Uso do ar-condicionado em dias quentes e mais na estrada. Enviado por Diocleciano Dada;

. Volkswagen Polo hatch 1.6 VHT flex (08/09) Média de 9,2 km/l na cidade e 16,4 km/l na estrada (média de 110 km/h), sempre com o ar-condicionado ligado e com gasolina no tanque. Enviado por Thiago Rehfeld;

. Volkswagen Polo hatch 1.6 flex (07/08) Média de 6 km/l a 7 km/l (com o ar-condicionado ligado 70% do tempo) na cidade e 8,5 km/l na estrada (ar ligado 100% do tempo) com álcool e 8 km/l na cidade e 10 km/l na estrada com gasolina (com o ar-condicionado nas mesmas condições). Na estrada, a velocidade média é de 140 km/h, com picos de 180 km/h. Enviado por Leonardo Carvalho (Goiânia);

. Volkswagen Polo hatch 1.6 (2007/2008) – Na estrada, média de 17 km/l descendo de para a Baixada Santista (SP) com média de velocidade variando entre 90 km/h e 100 km/h, com gasolina. Postado abaixo por Thiago Donny (17/11/2013);

. Volkswagen Polo hatch (07/07) – 11 km/l com gasolina e 8 km/l com álcool na cidade e 13 km/l com gasolina e 10 km/l com álcool na estrada (média de 110 km/h), com o ar-condicionado ligado 75% do tempo. Enviado por Pablo (Brasília);

. Volkswagen Polo hatch 1.6 flex (2004/2005) – Na cidade, média de 10,5 km/l com gasolina e 8,5 km/l com etanol. Na estrada, média de 16 km/l com gasolina e 12,5 km/l com etanol, mantendo velocidade média de 85 km/h e o ar-condicionado ligado em 50% do tempo. O Polo tem rodas de aro 17″ (no original as rodas são de 15″). Enviado por Éverton Tiggemann de Teutônia (RS).  

. Volkswagen Polo hatch 1.6 manual (2004/2005) – Com ar-condicionado ligado, média de 6 km/l na cidade e 9,5 km/l na estrada, com etanol. Na mesma circustância, mas com gasolina comum ou aditivada, média de 12,5 km/l na estrada. Com ar-condicionado desligado, média de 7,5 km/l na cidade e 10,5 km/l na estrada, com etanol. Na mesma circustância, mas com gasolina comum ou aditivada, média de 13 km/l na estrada. A maior parte do tempo na estrada o Polo rodou em pista dupla  (Rodovia Dom Pedro I e Anhanguera), com trânsito moderado, com velocidade variando entre 100 km/h e 110 km/h. Enviado por André Oliveira.

. Volkswagen Polo hatch (04/04) – Depois de rodar 18.516 km e gastar 1.730 litros, a média foi de 10,7 km/l com gasolina. O percurso realizado foi metade estrada (Macaé/RJ – Ouro Preto/MG) e metade cidade (maior parte em Macaé) e sempre com o ar-condicionado ligado. Enviado por Marcelo Mansur dos Reis (mineiro que mora em Macaé);

. Volkswagen Polo hatch Confortline 1.6 (2003) a gasolina – Em vias com velocidade constante de 110 km/h, média de  15 km/l. Trafegando em rodovias mais acidentadas e com trechos de serra, geralmente com velocidade media de 85 km/h, média de 13,5 km/l. Na cidade, média de 9,5 km/l. Enviado por Rodrigo de Menezes Morais.

. Volkswagen Polo Sedan 1.6 flex (2008) – No computador de bordo, andando na maciota, na cidade, média de 13 km/l a 14 km/l e, na estrada, média de 16 km/l a 18 km/l, rodando com gasolina e ar-condicionado desligado. Postado abaixo por Cleane/Wolney/ Elizeu Neto (09/02/2012).

. Volkswagen Polo Sedan 1.6 flex (2007) – Na cidade, média de 6,1 km/l com etanol e 9,4 km/l com gasolina – “andando em meio termo, na maciota e pisando, as vezes com ar ligado ou não”. Enviado por Pedro Ramos (São Paulo/SP)

. Volkswagen Polo Sedan flex – 7 km/l na cidade “na maciota” e 10 km/l na estrada com álcool. Enviado por Renato Dantas (Belo Horizonte);

. Volkswagen Polo Sedan 2.0 manual (2004/2005) – Sempre com gasolina, média de 8 km/l na cidade (Cariacica/ES) e 10 km/l na estrada (velocidade média de 140 km/h num trajeto de 295 km). Nos testeS feitos, com o ar-condicionado ligado e desligado, o consumo praticamente igual. “Em subidas e afundando o pé de quinta marcha, ele consome média de 20% a mais com o ar-condicionado ligado”. Enviado por Alcino Caterinque Neto, que considera o carro estável e confortável.

. Volkswagen Polo Sedan 1.6 a gasolina (2003) – Na cidade, com o ar-condicionado ligado, média de 10 km/l; e, com o ar desligado, 11km/l. Na estrada, sempre com o ar-condicionado ligado, e ele faz em torno de 13 km/l, rodando boa parte do percurso entre Belo Horizonte e Brasília, com uma velocidade de 140 km/h a 150 km/h. Enviado pelo Daniel.

SANTANA

. Volkswagen Santana 1.8 MI (2002/2003) a etanol – Média, entre cidade e estrada, de 6 km/l a 7 km/l com ar-condicionado desligado. Na estrada, média de 8 km/l a 10,5 km/l. Geralmente a média fica entre 8 km/l e 9 km/l com velocidade média de 70 km/h a 100 km/h e ar-condicionado desligado. Santana é manual. Enviado por Paulo Almeida.

. Volkswagen Santana 1.8 (1999) a gasolina – Média de 9 km/l na circuito misto (cidade/estrada), com o ar-condicionado ligado na metade do percuso. Enviado por Antunes. 

. Volkswagen Santana (1998) a gasolina – Na cidade, média variando entre 9 km/l e 9,5 km/l “andando maneiro”. Na estrada, com cinco pessoas, ar-condicionado ligado e com velocidade variando entre 100 km/h e 110 km/h, média de 16 km/l. Postado abaixo por Marcio em 14/10/2013.

SPACECROSS e SPACEFOX

. Volkswagen SpaceCross 1.6 manual (2011/2012) – Com 8.200 rodados, rodando com gasolina, média de 10 km/l na cidade (João Pessoa/PB) e 15 km/l na estrada (andando até 120 km/h) – sempre com o ar-condicionado ligado. Enviado por Francisco das Chagas.

. Volkswagen SpaceFox 1.6 (2011) – Na estrada, rodando a velocidades inferiores a 110 km/h, média de 17 km/l com gasolina e  km/l com etanol. Enviado por Flavio Brignoli;

. Volkswagen SpaceFox 1.6 VHT flex – Na cidade, média de 7,3 km/l com etanol e 10,5 km/l com gasolina. Na estrada, média de 9,5 km/l com etanol e 13,8 km/l com gasolina. Postado por Jorge nos comentários abaixo (15/01/12).

VOYAGE

. Volkswagen Voyage 1.6 Confortline (2014) – Carro com 7.500 km rodados, média de 10,5 km/l com gasolina na cidade. Postado abaixo por Marcelo Costa em 12/05/2015.

. Volkswagen Voyage 1.0 (2011/2012) – Média de 3,5 km/l na cidade e 6,8 km/l na estrada com álcool e 5 km/l na cidade e 9 km/l na estrada com gasolina. Números do computador de bordo do veículo, que rodou sempre com o ar-condicionado ligado. Enviado por Cleberson Rodrigues;

. Volkswagen Voyage 1.0 flex (2010/2011) – Na cidade, média de faz 7 km/l (contando para não passar dos 2 mil giros). Na estrada, média de 10,5 km/l (evitando passar dos 100 km/h, andando a 3 mil giros). Números com etanol. O Voyage não tem ar-condicionado nem direção hidráulica. Enviado por João Fontaniva. 

. Volkswagen Voyage (09/09) – Média de 11,5 km/l com álcool. Enviado por Rogério (Brasília).

. Volvo XC60 Top (2008/2009) – Média de 6,5 km/l na cidade. Na estrada, média de 8,6 km/l na estrada a 110 km/h e 9,2 km/h a 80 km/h. O ar-condicionado estava sempre ligado em todas as situações. Enviado por Renato Parizzi.

E, se você acha que o seu carro bebe demais, veja aqui algumas dicas para ele beber menos!

Atualização (27/06/2012)

MOTOS

BMW-logo

 . BMW GS 650 a gasolina – Na estrada, apenas com o piloto, com velocidade máxima de 120 km/h, média de 24 km/l. Na estrada, com piloto e carona, com velocidade máxima de 120 km/h, média de 20 km/l. Postado abaixo por Eron Zeni em 07/02/2014.

Honda-motos-logo-bike

. Honda Biz 125 (2013/2014) – Moto com injeção eletrônica e motor flex. Rodando sempre na cidade (Franca/SP) com gasolina, média de 48,5 km/l. A melhor marca conseguida foi 50 km/l, enquanto a pior foi 45,5 km/l. Rodando sempre na cidade etanol, média de 35,5 km/l. A melhor marca conseguida foi 37,3 km/l, enquanto a pior foi 33,5 km/l. Números sempre com duas pessoas. As melhores médias foram conseguidas com gasolina e etanol aditivados Shell V-Power, enquanto as piores médias foram conseguidas com gasolina e etanol comuns dos postos da bandeira Gávea. “Moto extremamente econômica, mas, por veze,s apresenta baixa potência e alguma instabilidade na direção”. Enviado por Luis Ricardo Tristão.

. Honda Biz 125 (2006/2006) – Motor carburada e a gasolina. Rodando sempre na cidade (Franca/SP), média de 42,5 km/l. A melhor marca conseguida foi 45 km/l, enquanto a pior foi 39 km/l. Números sempre com duas pessoas. “Moto muito econômica e com boa potência”. Enviado por Luis Ricardo Tristão.

. Honda CB 300R (2010) – Sempre com gasolina, na cidade,  média entre 19 km/l e 20 km/l. Na estrada, a melhor marca foi 31,5 km/l sem garupa rodando na faixa dos 90 km/h e 100 km/h e, com garupa, na estrada, fez média de 27,7 km/l na mesma faixa de velocidade. Enviado por Jocemar Santy.

. Honda Fan 125 KS (2012/2012) – Na cidade, média de 38 km/l. Na estrada, com velocidade variando entre 90 km/h e 100 km/h, média de 42 km/l. Enviado por Lés Mascarenhas.

. Honda Fan 125 ES (2013/2013) – Na cidade, média de 27,8 km/l. Na estrada, com velocidade variando entre 90 km/h e 100 km/h, média de 28,8 km/l. Enviado por Lés Mascarenhas.

. Honda XRE com ABS (2010) – Na cidade, média variando entre 23 km/l e 25 km/l “acelerando”. Na estrada, média de 20 km/l também “acelerando”. Postado abaixo por Jonathan Willian 28/04/2015.

. Triumph Speed Triple 1050 a gasolina (2005/2006) – Média de 13 km/l na estrada rodando com velocidade média de 160/160 km/h, com picos de 230 km/h. Enviado por Eric Vigar.

. Yamaha XJ6 Naked (2011) – Na cidade, 13 km/l e, na estrada, 17 km/l andando forte. Média com gasolina. Postado abaixo por Roberto Lemos Junior em 15 de fevereiro de 2014.

. Yamaha NEO 115cc automática CVT (2010) – Com gasolina, média geral de 31,52 km/l – a melhor marca foi de 38,94 km/l, enquanto a pior foi de 24,10 km/l. Enviado por Cristiano Gomes.

. Yamaha Lander XTZ 250 (2009/2009) – Média geral de 35,35 km/l. Consumo baseado em 65% de uso urbano. Na estrada ela faz média de 32 km/l. Na estrada dificilmente passo de 110 km/h, a média geral fica por volta de 90 Km/h na estrada e no urbano cerca de 40 Km/h. O maior consumo foi de 24,95 km/l (Fernão Dias, média de 110 km/h) e o menor consumo foi de 45,74 km/l, média de 60 km/h em estrada plana). As revisões são feitas a cada 5000 km; pneus calibrados, sem garupa, e sempre com bauleto 45 litros. Dados baseados com registro de 161 abastecimentos desde 21/03/2010. Postado abaixo por Ricardo (Baependi/MG) em 19/01/2013. 

. Yamaha FZ6 (2009) – Na cidade, média de 14 km/l com trânsito leve. Na estrada, no “modo caboclo encarnando rossi” (andando forte), média variando entre 16 km/l e 18 km/l. andando entre 100 km/h e 140 km/h, média variando entre 18 km/l e 23 km/l. “Pelo que a moto anda a considero muito econômica”. Postado abaixo por Guilherme em 31/08/2014.

. Yamaha Neo AT 115 (2005/2005) – Moto carburada e a gasolina. Rodando sempre na cidade (Franca/SP), média de 32 km/l. A melhor marca conseguida foi 36 km/l, enquanto a pior foi 25 km/l. Números sempre com duas pessoas. “É realmente uma moto muito beberrona, e que não oferece nem 1/3 daquilo que promete”. Enviado por Luis Ricardo Tristão.

. Yamaha Virago XV 535 cc a gasolina (1999) – Na cidade, média de 19,9 km/l. Na estrada, média de 21 km/l. Modelo usa apenas gasolina aditivada ou Podium. Enviado por Tadeu Jack Moreira Kieuteka.