Toyota Corolla continua na ponta, enquanto Honda Civic fica mais barato

A Chevrolet lançou o seu “carro mais vendido do mundo” no Brasil; a Honda lançou a nova geração do seu consagrado sedã no país; mas, no final das contas, em terras brasileiras, o Toyota Corolla continua líder de mercado em 2012, sem dar chances para Cruze e Civic.

1º. Toyota Corolla segue líder com folga. Versão XRS é a “esportiva” da família – Toyota/Divulgação

Será que a versão “jovem e esportiva” XRS está ajudando o Corolla? Por mais que eu ache que existam, pelo menos, 10 carros mais divertidos que o Corolla XRS (com preços próximos ou inferiores), o sedã da Toyota mostra que tem ótimas qualidades para se manter na ponta neste ano com certa tranquilidade. De janeiro a abril, foram comercializdas 16.558 unidades do Corolla, o equivalente a 22,82% do segmento de sedãs médios.

2º. Cruze é a estrela da Chevrolet, mas falta alguma coisa para assumir a ponta – Chevrolet/Divulgação

Em segundo lugar vem o Cruze, com 16,70%, emplacando 12.114 unidades segundo a Fenabrave. Será que, para a próxima mudança de linha, a Chevrolet já estaria preparando a primeira reestilização do seu sedã mirando a dianteira do segmento em definitivo? Vamos esperar para saber, mas bem que o Cruze poderia ficar um pouco mais barato.

E foi essa a estratégia da Honda. Como as vendas do novo Civic não repetem o sucesso de anos anteriores, a marca japonesa reduziu em R$ 3.000 o valor da versão LXS do seu sedã. Vejam:

3º. Honda Civic: dianteira bonita, traseira horrorosa e versão LXS R$ 3.000 mais barata – Honda/Divulgação

Novembro de 2011
. Honda Civic LXS MT Flex: R$ 69.700
. Honda Civic LXS AT Flex: R$ 72.900
. Honda Civic LXL MT Flex: R$ 72.700
. Honda Civic LXL AT Flex: R$ 75.900
. Honda Civic EXS AT Flex: R$ 85.900

Maio de 2012
. Honda Civic LXS MT Flex: R$ 66.700
. Honda Civic LXS AT Flex: R$ 69.900
. Honda Civic LXL MT Flex: R$ 72.700
. Honda Civic LXL AT Flex: R$ 75.900
. Honda Civic EXS AT Flex: R$ 85.900

O ideal mesmo seria tirar, pelo menos, R$ 3.000 do valor da LXL e R$ 5.000 no da EXS. Nos quatro primeiros meses de 2012, foram emplacados 11.200 unidades do Civic, o que corresponde a 15,44% do segmento.

4º. Volkswagen Jetta é dono do pior motor e do melhor motor entre os sedãs médios – Volkswagen/Divulgação

Os dois colocados seguintes são interessantes. O quarto lugar está com o Volkswagen Jetta, que oferece os extremos de motorização: o ultrapassado 2.0 8V flex e o moderno 2.0 TSI a gasolina. Se a versão de entrada tivesse um propulsor mais interessante, com certeza o sedã da Volks venderia mais que as 8.120 unidades de janeiro a abril desse ano (11,19%).

5º. Fluence tem potencial para melhorar ainda mais no Top 5 – Renault/Divulgação

Já a Renault conseguiu colocar o bom Fluence em quinto lugar com 6,55% de participação de mercado e 4.749 unidades emplacadas no mesmo período já citado. Com o rumor da chegada do Fluence 1.6 16V ganhando cada vez mais força, a tendência é que o sedã francês se mantenha no top 5, com qualidade suficiente até para subir.

6º. Sentra tem mostrado suas qualidades mantendo a sexta colocação – Nissan/Divulgação

Eu diria que o “estranho do ninho” está na 6ª colocação. A Nissan conseguiu a proeza de vender 3.502 unidades do Sentra, que é um ótimo carro, mas que sempre viveu nas sombras. Ele tem 4,83% do mercado.

7º. Hyundai ainda não conseguiu “descer os atributos do Elantra guela abaixo do consumidor” – Hyundai/Divulgação

O badalado Elantra, com seus freios a tambor na traseira e quase indefinidos números de potência, ainda não mostrou para que veio. Mesmo com toda a badalação da Hyundai e do Grupo CAOA, o modelo amarga a 7ª colocação, com apenas 2.434 unidades vendidas nos primeiros quatro meses de 2012, o equivalente a 3,35% de participação no segmento. É um resultado semelhante ao alcançado pela Peugeot com o 408, mas o carro do leão está uma posição atrás, sendo o responsável por 2.204 unidades emplacadas de janeiro a abril de 2012 (3,04%).

8º. Peugeot 408 é bom, mas será um eterno coadjuvante? – Peugeot/Divulgação

Em 9º temos o Cerato, que já teve seu tempo de sucesso no segmento de sedãs médios no Brasil. Com 2.194 unidades emplacadas nos primeiros quatro meses do ano, ele teve participação de 3,02% na categoria. A perda de interesse no sedã da Kia pode estar acontecendo pelo fato da marca estar renovando toda a sua linha pelo mundo, o que deve acontecer com o Cerato num futuro não muito distante.

9º. Cerato fez sucesso em outros tempos – Kia/divulgação

Atualização (20h40)
Como a Fenabrave colocou, estranhamente, o Ford Focus Sedan no meio dos sedãs compactos, acabei esquecendo de colocá-lo na análise dos números. Por isso, matenho as participações de mercado em porcentagem acima, mas levem em consideração a posição de mercado da lista abaixo. A Ford conseguiu emplacar 3.098 unidade do Focus Sedan, deixando seu modelo numa modesta 7ª posição.

Focus Sedan é um ótimo carro, mas nunca soube ser vendido – Ford/Divulgação

Sedãs médios – Janeiro a abril de 2012
1º. Toyota Corolla – 16.558 unidades emplacadas
2º. Chevrolet Cruze – 12.114
3º. Honda Civic – 11.200
4º. Volkswagen Jetta – 8.120
5º. Renault Fluence – 4.749
6º. Nissan Sentra – 3.502
7º. Ford Focus Sedan – 3.098
8º. Hyundai Elantra – 2.434
9º. Peugeot 408 – 2.204
10º. Kia Cerato – 2.194

Comentários

  • Félix disse:

    Além de baixar os preços, a Honda deveria tomar vergonha e pelo menos igualar em segurança com o Cruze. Já o 408 precisa urgentemente estender seu excelente 1.6 turbo para outras versões, pois quem já dirigiu entende do que estou falando. Agora, as vendas do Corolla eu nunca vou entender…

  • Enrico disse:

    misterios do mercado:
    . como a kombi continua entre nos?
    . como o gol vende tanto?
    . como o corolla é líder com folga?
    . pq a fiat não vende bem carros medios?
    . porque cobalt e cruze $port6 são tão caros?

  • Wladimir Pereira disse:

    Concordo com Félix acho que 408 French falta um motor 1.6 Turbo do 3008 e um câmbio automático de 5, 6 ou 7 marchas ou um CVT logo. O preço é próximo do SENTRA Japan/French que em design perde para o 408. Creio que a traseira do 408 destoa da bela frente é o efeito CIVIC.

    Já o FLUENCE Sansung S3/French de um desenho vincado e arredondado com ondas que não são harmônicas como num SONATA, mas que de certos ângulos o carro é belo já de outros é bem estranho.

    COROLLA painel e lanternas traseiras estranhas e CIVIC com painel a frente de todos no segmento o preço é que é fora do comum. Não sei se a versão que mais vende do Corolla é a XLi de R$ 63 mil, mas pode ser que o HONDA dê um reagida com a tímida retirada de R$ 3 mil. Já o CRUZE tem que diminuir o preço em R$ 4 mil para ser lider.

    São cogitações pois, 408, SENTRA, CERATO e FLUENCE custam menos que os líderes e não vendem mais que eles. Talvez o Corolla tenha criado um áurea de robustez que antes VW e GM possuiam e que caiu por terra com a chegada dos japoneses.

  • Olá galera, eu tinha um Ford Fusion, com o qual participei do “impressões”. O mesmo foi roubado, tendo aparecido uns quarenta dias depois, em péssimas condições. O seguro deu perda total e já recebi o dinheiro. Estou tentando comprar outro carro. Meu segmento favorito é sedan médio. Descartei o Fusion por ser um carro de velho, embroa seja o melhor de todos esses sedans médios abaixo listados.
    Pois bem, o presente tópico muito me interessa, pois é dessa lista que poderá sair meu próximo carro.
    -Eu não gosto do Corolla, feio.
    -Acho lindo o Cruze, mas caro demais.
    -Não gostei desse novo Civic, parece uma maquiagem, falta-lhe identidade própria.
    -Até me agrado do Jetta, mas acho ele grande demais, sei lá, meio desengonçado.
    -Não gosto do Fluence, embora seja um dos melhores do seguimento, inclusive no preço, comparado com os equipamentos que fornece.
    -Não gosto do Sentra, embora seja um ótimo carro, só que ele é tipo um protótipo do antigo Fusion.
    -Interesso-me muito pelo Focus, não o Titanium, que acho caro demais, mas acho que haverá mudanças no visual a curto ou médio prazo.
    -Gosto muito do Elantra, mas acho ele muito caro para o que oferece, além de eu ter uma certa aversão aos exageros do Grupo Caoa, é tipo aquele vendedor que vende o que é bom, mas mente num detalhe que faz com que você desconfie de tudo.
    -Não gosto do 208, o visual não me agrada.
    -O Cerato já teve seu tempo áureo, que já passou.
    Estou aguardando o preço do Cruze se adequar a realidade, já que tenho exclusivo interesse no LTZ, que é bem mais caro. O mesmo ocorre com o Elantra, mas acho que isso não vai acontecer.
    Caso os preços do Cruze e Elantra não baixem, aguardarei pelo novo Fusion, que chegará no próximo semestre ou no começo do próximo ano, desde que o preço mantenha-se entre oitenta e noventa mil reais.
    Outro veículo interessante é o da Mitsubishi, que nem sei o nome, mas odeio a frente dele.
    Há outro veículo que me interesso, é um da Volvo, que foi recém-lançado no mercado, mas custa uns cem mil reais, o que o deixa fora da minha realidade.
    Abraços a todos e parabéns ao Renato Parizzi. Adoro o de 0 a 100, que visito quase que diariamente, embora comente pouco.

  • renato dantas disse:

    Lí e ouvi em diversos meios de comunicações as seguintes notícias: O Cruze vem aí para desbancar o Corolla(verdadeiro automóvel),o fluence vai incomodar o Corolla, o Civic(outro verdadeiro automóvel)vai incomodar o Corolla, vem aí o Jetta nono lider da categoria bem, o que ví e lí até agora foi o massacre do Lider inconteste Corolla.
    quanto ao 4085 esse já nasceu morto, podem colocar até motor de Ferrari que vai continuar na mesma

    Vejam o link abaixo e verá o porque que comprei o City, já que não podia comprar o CIVIC.

    http://www.youtube.com/watch?v=z3j3vJ46vLo

  • Hugo, parabéns por pesquisar praticamente todos os carros do segmento e de expandir o seu estudo.

    Rumores apontam para uma redução do IPI de veículos novos. Essa poderia ser a redução de preços que você espera para o Cruze e para o Elantra.

    E faça como você já está fazendo: tenha calma, pesquisa, faça test-drives, etc.. Logo você vai escolher o modelo certo e fazer um bom negócio.

    Um abraço!

  • Félix disse:

    Caro Hugo Leite:
    Escolher um sedã médio não é uma tarefa fácil, mas é um processo divertido, não é mesmo? Principalmente se vc não tiver que colocar o usado na troca…
    Apesar de gostar MUITO do Focus, acho que hoje é essa a pior escolha porque quando chegar o novo você vai ficar doido pra trocar..hehe. Brincadeiras à parte, pra quem gosta do Focus vale a pena esperar mais 1 ano e pouco.
    Acho que o melhor conselho de quem acabou de comprar um sedã médio é: compre O QUE MAIS GOSTAR (se conseguir um bom preço, lógico) sem se importar demais com a opinião alheia.

  • Wladimir Pereira disse:

    Corolla que se cuide, pois este mês CIVIC vai a caçada com pequena redução de preço. Versão XRS do Corolla é muita grana por um aerofólio, um volante com base reta e costura velha nos bancos. Não se deram o trabalho nem de desenhar novas rodas. Aí tão querendo demais. A HONDA sempre leva a fama de carro caro e este TOYOTA aí é barato?

  • Wladimir Pereira disse:

    Esta semana o destino ajudou e vi um CIVIC 2011 entre um FLUENCE e um LACER o HONDA não chamou muita atenção. O show do CIVIC é detro para o motorista e creio como já li na impressa o painel dele deixa os outros como carros do passado. Já por fora a hitória é outra.

    • Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *