Renault lança Symbol 2013 que está bem próximo de atingir a sua maturidade

No início desta semana, eu estava lendo no De 0 a 100 exatamente sobre o lançamento do Renalt Symbol, em 2009. Na época eu disse que o carro era bom, mas que poderia ser melhor. E acho que a Renault chegou quase à maturidade com o seu sedã.

Isso porque ele passa a ser vendido apenas na versão Privilège, com um único pacote de opcionais, por um preço competitivo: R$ 37.390 (com a redução do IPI) – o mesmo carro na linha 2012 custava R$ 41.660. O motor é o velho conhecido 1.6 16V Hi-Flex, que desenvolve 110 cv de potência e 15,2 mkgf de torque com gasolina e 115 cv e 16 mkgf com etanol. O Symbol continua com excelente espaço no porta-malas (506 litros ) e com a boa garantia de 3 anos (ou 100.000 km – o que acontecer primeiro).

Além destas características e do bom desempenho, a Renault tenta compensar o fraco espaço interno, a pouquíssima popularidade e a alta resistência ao seu sedã com um bom pacote de equipamentos de série. O Symbol 2013 sai da fábrica de Santa Isabel, em Córdoba, na Argentina, equipado com ar-condicionado, direção hidráulica com volante regulável em altura, vidros elétricos dianteiros, computador de bordo, sensor de estacionamento, travas elétricas nas portas e no porta-malas com acionamento na chave, sistema de travamento automático, airbag duplo, rodas de liga leve de aro 15” faróis de neblina com máscara cromada; volante e manopla da alavanca de câmbio revestidos de couro, bancos com revestimento em veludo e detalhes de acabamento aluminizado;entre outros itens.

O único pacote de opcionais é o “Pack”, vendido por R$ 2.060, que acrescenta ar-condicionado digital, retrovisores externos na cor da carroceria e com regulagem elétrica, termômetro indicador da temperatura externa e freios ABS com EBD (distribuidor eletrônico de força de frenagem). Completo, com a redução do IPI, o Renault Symbol 2013 custa R$ 39.450.

Ar-condicionado digital é item opcional

Ficou faltando um tapa visual, especialmente na dianteira. As linhas do Symbol não são feias, mas já estão bem datadas!

Déjà vu
A estratégia adotada pela Renault não é inédita. A marca fez o mesmo com a perua Grand Tour, derivada do falecido Megane.

Com o retorno do IPI, o Symbol 2013 subirá para cerca de R$ 40.000 básico e R$ 42.200 completo. O sedã da Renault realmente evoluiu e se torno uma opção ainda mais atraente no mercado.

No banco traseiro faltam cinto de três pontos e apoio de cabeça para quem vai no meio

Mas, para chegar ao pico da sua maturidade, penso que o Symbol deveria custar cerca de R$ 38.000 completo (com o IPI normal – R$ 35.400 com o imposto reduzido), num pacote único, com câmbio manual de cinco marchas. O único opcional seria o a transmissão automática (poderia ser de quatro velocidades mesmo), elevando o preço do Renault para cerca de R$ 40.000. Dessa forma, o sedã francês teria tudo para ganhar um (pequeno) lugar no coração dos brasileiros, subindo para umas 800 unidades emplacadas por mes.

Janeiro a julho – 2012 (Fenabrave)
Renault Symbol – 3.729 unidades emplacadas (532 unidades em média por mês)

Leia também o Duelo entre o Renault Symbol (2012) e o Nissan Versa!

Fotos: Renault/Divulgação

Comentários

  • Olá, Bom dia

    E vi a comparação entre o versa e o symbol, e agora vejo essa nova versão 2013. Se nós refizermos a comparação entre esses carros será que desta vez symbol leva a melhor? Eu acho que no mínimo merece um empate técnico.

  • Wladimir Pereira disse:

    Acho 38.000,00 na versão completa com faria frente ao JAC J3 Turim que vende melhor que o Symbol.

    Creio que a Renault ainda vai ficar no quase, mas vai aumentar um pouco as vendas do modelo.

  • Colocando mais Mil reais de pintura metálica, no Pack completão, ele fica numa diferença mínima de uns 1000 diante do Versa.
    O espaço interno do Versa no banco traseiro para as pernas é I – N – C – R – Í – V – E – L!

    Não tem nenhum sedã médio (mesmo que ele seja compacto) que o supere.

    O Symbol amadureceu, mas a concorrência está um passo a frente.

  • renato dantas disse:

    É um PUTA carro, coisa de primeira linha e tão disputadíssimo que tem até fila de espera não para comprar e sim para consertar, com licença Leonidas. É FATO

    • Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *