Recife, Salvador, Rio de Janeiro e Fortaleza conseguem a proeza de ter o trânsito pior do que o de São Paulo

Brasil-transito-congestionamento
Crédito: Reprodução do Terra

Por essa quase ninguém esperava! Um estudo analisou o tráfego de veículos nas nove maiores capitais do Brasil e o resultado mostrou uma surpresa: Recife, Salvador, Rio de Janeiro e Fortaleza conseguem a proeza de ter o trânsito pior do que o de São Paulo! E tem mais! Entre as 120 maiores cidades do mundo, Rio de Janeiro e São Paulo conseguiram “representar” muito bem o Brasil, figurando entre as cinco com o pior trânsito do planeta!

Os resultados do estudo revelaram que os motoristas brasileiros gastam cada vez mais tempo no trânsito e, globalmente, estão aumentando mais 50% de tempo em seus deslocamentos. No Brasil, nos horários de pico, 60% das vias (ruas, avenidas etc.) ficam congestionadas em Recife, a “vencedora” nacional. Na capital baiana, Salvador, o número é de 59%. No Rio de Janeiro, 55% das vias enfrentam o trânsito parado, enquanto, em Fortaleza são 48%. São Paulo veio em seguida, com 46% (sem levar em consideração dias caóticos como hoje).

Curiosamente, São Paulo tem mais de 10 vezes o número de carros de Recife, conforme números oficiais do Denatran, referentes a abril de 2014. Veja mais informações sobre isso no final do post.

Voltando à pesquisa, ela revelou que congestionamentos nas vias secundárias são piores do que nas principais. Os motoristas de todo o mundo estão gastando, em média, oito dias úteis por ano presos no trânsito. Enquanto no resto do mundo os piores dias são quartas-feiras, no Brasil, as manhãs de segunda e sextas-feiras à tarde lideram com o maior índice de trânsito nas estradas.

Brasil-transito-congestionamento-Sao-Paulo

O estudo foi feito pela TomTom, empresa de tráfego (mais conhecia pelos navegadores), que publicou o seu 4º Índice de Trânsito global e o 1º exclusivo do Brasil. Os dados foram coletados de aplicativos de celulares e tablets que usam a tecnologia desenvolvida pela empresa e dos aparelhos GPS da marca espalhados pelo mundo. Os dados são baseados nas informações levantadas nos últimos anos e analisa tanto as estradas locais quanto rodovias.

Um dado curioso é que medição do tráfego não leva em conta o tamanho dos congestionamentos, mas sim a densidade do congestionamento. Segundo a TomTom, seria uma “comparação entre a quantidade de ruas existentes na cidade e quantas delas estão congestionadas”.

mundo-transito-congestionamento

“Recentemente, foram feitas várias alterações nas vias para suportar os eventos esportivos que o Brasil está prestes a receber, mas a tendência é que o tempo de deslocamento aumente nas principais cidades do país, inclusive nos fins de semana, por causa de atrasos em torno de estádios. O principal objetivo da TomTom é aliviar esta situação com soluções mais inteligentes para minimizar o tráfego e oferecer uma experiência positiva para os motoristas,” comenta Julio Quintela, Gerente de Vendas da TomTom no Brasil.

A piora no trânsito de algumas capitais do nordeste podem ter como explicação as obras para a Copa do Mundo, como citou Quintela, o aumento do número de veículos nas ruas com a expansão das possibilidades econômicas dos cidadãos e a falta de infraestrutura para receber esses carros, além da carência de transportes públicos eficientes e de qualidade.

Segundo 1º Índice de Trânsito do Brasil, houve um aumento significativo em todas as cidades sede da Copa, inclusive Curitiba e Brasília, que são áreas planejadas. Confira:

Cidades brasileiras mais congestionadasÍndice
1. Recife60%
2. Salvador59%
3. Rio de Janeiro55%
4. Fortaleza48%
5. São Paulo46%
6. Belo Horizonte42%
7. Porto Alegre38%
8. Curitiba34%
9. Brasília27%

Brasil “brilha” no mundo
Além do Brasil, o 4º Índice de Trânsito global também comparou a densidade do trânsito nas 120 maiores cidades do mundo. Para a nossa “alegria”, o Brasil “brilhou”, colocando duas entre as cinco cidades mais congestionadas do mundo!

De acordo com o estudo, Moscou, na Rússia, tem o pior trânsito com 74% das vias saturadas nos horários de pico. Em segundo lugar veio Istambul, na Turquia, com 62% das vias congestionadas, seguida pelo Rio de Janeiro, com 55%. Esse número foi ligeiramente superior à Cidade do México, que obteve 54%. São Paulo fecha o Top 5 com 46%.

Não estranhe o fato de Recife não estar na lista mundial. Segundo a TomTom, o estudo levou em consideração uma lista prévia das maiores cidades do mundo.

As dez principais cidades do mundo com mais trânsito, classificadas por nível geral de congestionamento em 2013, foram:

Cidades mundiais mais congestionadasPaísÍndice
1. MoscouRússia74%
2. IstambulTurquia62%
3. Rio de JaneiroBrasil55%
4. Cidade do MéxicoMéxico54%
5. São PauloBrasil46%
6. PalermoItália39%
7. VarsóviaPolônia39%
8. RomaItália37%
9. Los AngelesEstados Unidos36%
10. DublinIrlanda35%

Frota nacional de carros
Um fato curioso sobre a pesquisa é que, mesmo quinto lugar no ranking brasileiro de piores trânsitos, São Paulo tem a maior frota de carros do Brasil, com 5.025.321 unidades, segundo dados oficiais do Denatran de abril de 2014. O estado de São Paulo também é o maior do país, com 24.949.064 veículos. de veículos de todos os tipos, sendo que, desse número, 15.867.401 são automóveis.

Se somarmos o número total de carros de Recife, Salvador, Rio de Janeiro e Fortaleza, ainda não teremos o mesmo números de automóveis da capital paulista. Da lista com as nove cidades brasileiras acima, veja quantos carros cada uma delas tem:

CidadeNúmero de carros
1. São Paulo5.025.321
2. Rio de Janeiro1.848.620
3. Brasília1.118.508
4. Belo Horizonte1.109.135
5. Curitiba1.011.420
6. Salvador540.858
7. Porto Alegre577.101
8. Fortaleza518.670
9. Recife375.360

Fonte: Denatran/Abril 2014

Comentários

    • Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *