Nissan New Versa já é produzido no Brasil. Sentra teve o maior crescimento de 2014

Nissan-New-Versa-2016-Brasil
Novo Nissan Versa 2016

Duas notícias movimentaram a Nissan no Brasil nos últimos dias, com destaque para os sedãs da marca: o New Versa começou a ser produzido no Brasil, no Complexo Industrial de Resende, no sul do estado do Rio de Janeiro; e o Sentra foi o carro que teve o maior crescimento de vendas em 2014 entre os top 100 no mercado brasileiro.

O sedã compacto premium será lançado ainda nesse semestre no mercado nacional e será equipado com motores 1.0 12V de três cilindros, anunciado recentemente, e com o já conhecido 1.6 16V – ambos também produzidos em Resende.

O novo propulsor 1.0 12V desenvolve 77 cv de potência e 10 kgfm de torque, tanto com gasolina como com etanol – 3 cv a mais e mesmo torque se comparado à atual motorização 1.0 16V flex. Já o motor 1.6 gera 111 cv e 15,1 kgfm com qualquer um dos dois combustíveis. 

Revelado mundialmente no Salão Internacional de Nova York, em abril do ano passado, e apresentado ao público brasileiro no Salão de São Paulo, em outubro, o New Versa tem visual atualizado, o tornando menos desengonçado e mais bem resolvido.  A dianteira segue a identidade de marca exibida por sedãs Sentra e o Altima.

O interior do novo Versa recebeu acabamento um pouco melhor e mais equipamentos de conforto e entretenimento, como o volante multifuncional e o Bluetooth, e sistemas de conectividade, como o NissanConnect – plataforma global da Nissan para a conectividade de apps de smartphones e acesso as redes sociais – já conhecido dos brasileiros com o New March.

Nissan-Sentra-2014-Brasil-CVT-flex-Xtronic-LEDs
Nissan Sentra

Sentra

O Nissan Sentra foi o carro que teve o maior crescimento de vendas em 2014 entre os top 100 no mercado brasileiro. O sedã médio registrou uma evolução de vendas de 111% de janeiro a dezembro do ano passado contra o mesmo período de 2013. No total, foram 14.721 unidades emplacadas em 2014. O resultado também garantiu ao modelo 6,5% de participação de mercado no ano (de acordo com a Fenabrave, a participação foi de 6,14%, mas isso pouco importa).

O importante é o registro de que o Sentra começa a se consolidar como uma opção interessante na categoria de sedãs médios no Brasil. Embora tenha vendido bem menos do que o Toyota Corolla (63.290 unidades) e Honda Civic (52.255 unidades), e menos do que o Chevrolet Cruze (24.506 unidades), ele superou o Volkswagen Jetta (10.595 unidades), o Citroën C4 Lounge (9.206 unidades), o Ford Focus Sedan (8.687 unidades) e o Renault Fluence (8.483) em 2014.

Leia o teste completo do sedã da Nissan aqui e veja detalhes da linha 2015 do Sentra aqui.

Comentários

  • Yuri Lima disse:

    Mesmo o Versa sendo leve – o atual 1.6 pesa 1069kg e tem 111cv, relação peso/potência de 9,6 (prox. do Kadett GSI) – com esse 1.0 o carro vai se arrastar pelas estradas com ar ligado e carregado.

    Antes trouxessem o 1.2 com preço subsidiado, como faz/faziam a Toyota com o 1.3 do Etios e Peugeot com o 1.4 do 207.

    • Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *