Fiat confirma o lançamento da nova picape Toro para o início de 2016

Fiat-Toro-2016-2017-picape
Picape Fiat Toro

A Fiat Automóveis confirmou o lançamento da nova picape Toro para o início de 2016. Segundo a marca, o veículo estreia um novo segmento: o Sport Utility Pick-up (SUP). O curioso é que o Renault Duster Oroch tem praticamente a mesma proposta. O novo integrante da família italiana será produzido em Goiana (PE) e terá como base o Jeep Renegade (mas com diferenças).

A picape Toro terá como oferta os motores o 1.8 16V E.TorQ (130/132 cv), que poderá ter ganho de potência e torque (necessários para ajudar a movimentar o veículo com a caçamba carregada) , e o bom 2.0 Multijet II turbodiesel, que desenvolve 170 cv e 35,7 mkgf.

Fiat-Toro-2016-2017-picape-flagrante
Flagrante da nova picape Fiat Toro na linha de montagem

As opções de câmbio também deverão ser próximas às do Renegade: automático de seis velocidades, automático de nove marchas e manual de seis velocidades. Com motor 1.8, apenas tração 4×2; para as versões a diesel, 4×2 e 4×4. Falando no SUV, estrutura é a base para a Toro, em especial a dianteira. A traseira, como esperado, recebeu mudanças por conta da capacidade de carga e outras questões.

Analisando as fotos vazadas de dentro da planta (fato lamentável para a fábrica e excelente para os leitores), percebemos que a caçamba será funda, o que deverá permitir uma grande capacidade de carga ao modelo. Imagino algo na casa de 700 kg para a versão flex, tendo como base de referência as picapes Strada e Duster Oroch. Para a versão a diesel da Toro, usando os números da líder do segmento de picapes médias Chevrolet S10 como base, espero algo entre 950 kg e 1.050 kg de capacidade de carga na caçamba.

Fiat-Toro-2016-2017-picape-segredo
Traseira da picape Fiat Toro ficou bonita

Ainda observando as fotos, a Fiat Toro ficou robusta, moderna e bonita, com destaque para os faróis pequenos na dianteira, aliados ao uma enorme grade frontal, e para a caçamba “cortada” ao meio na traseira. As lanternas invadem a lateral, criando um efeito interessante.

Preços

Sobre preços, levando em consideração que a Fiat Strada Adventure Cabine Dupla 1.8 custa a partir de salgados R$ 67.110, e do Jeep Renegade 1.8 manual, que parte de R$ 68.900, acredito que a Toro terá valor inicial na casa de R$ 70.000 com propulsor flex. Suas versões a diesel deverão custar, no mínimo, a partir de R$ 85.000.

Fiat-Toro-2016-2017-picape-cabine-dupla-diesel
Lanternas da picape Fiat Toro invadem a lateral da caçamba

Curioso que o valor estimado da versão de entrada da picape Fiat Toro será na mesma casa do preço sugerido para a versão (atual) mais cara do Renault Duster Oroch, Dynamique 2.0 (R$ 70.790). Logo, teremos duas faixas de briga, com o modelo francês incomodando mais as picapes pequenas, enquanto o representante italiano irá brigar mais na categoria dos médios. Sem dúvida, as duas novidades serão boas representantes do novo segmento de SUP (explicado acima), explorando uma lacuna não pensada antes pela General Motors (Chevrolet), Ford, Volkswagen, Nissan, Toyota, Mitsubishi e pela própria Fiat.

Saberemos mais detalhes das versões, equipamentos e da parte técnica da Fiat Toro nos próximos meses para, no primeiro trimestres de 2016 (se não tivermos atrasos), termos a novíssima picape nas ruas. Até lá, os interessados podem se inscrever no site da picape Toro para mais detalhes.

Comentários

  • pedro rt disse:

    3 lançamentos ate agora estao confirmados pra ano q vem da FIAT e sao eles;

    fevereiro; TORO
    março; H1X “substituto do palio fire/uno vivace”
    agosto; EGEA “substituto do linea e bravo”

    • Renato Parizzi disse:

      Você está certo, Enrico. Mas temos que lembrar que a Fiat tem, em seu portfólio, uns dos veículos de maior sucesso da história da indústria nacional: Strada.

      • R. Villar disse:

        E esse maior sucesso encontrou uma ameaça em potencial. A nova Renault Oroch teoricamente estará na mesma faixa de preço (pelo menos é o que está na mídia), com muito mais espaço do que uma Strada, sem cair no gigantismo de uma caminhonete cabine dupla. Fiat Toro entra no portfólio criando mais uma opção no segmento, haverá os pequenos, os médios e os grandes em uma graduação de preço embalado por uma IPI menor.

    • Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *