Duelo “cruel”: Nissan Kicks S 1.6 CVT x Hyundai Creta Action 1.6 AT6

Comparativo: Hyundai Creta Action X Nissan Kicks S
Comparativo: Hyundai Creta Action X Nissan Kicks S

Depois de golear o Jeep Renegade e de suar para vencer o Honda HR-V, agora é a vez do Nissan Kicks enfrentar, talvez, o seu adversário mais “cruel”: Hyundai Creta. O coreano ataca, num ponto em que o japonês joga muito bem, com uma surpresa, a novíssima versão Action, que traz um custo/benefício quase imbatível. Pegando as duas versões mais acessíveis com câmbio automático, quem leva a melhor nesse comparativo: Nissan Kicks S 1.6 CVT ou Hyundai Creta Action 1.6 AT6?

Leia outros comparativos do De 0 a 100:

Visual do Hyundai Creta Action 2021
Hyundai Creta Action 2021

Hyundai Creta Action 2021

A nova versão Action do Hyundai Creta, recém lançada já como linha 2021 e que substitui a Attitude Plus, se tornou uma das mais atraentes do mercado brasileiro para quem não quer gastar mais de R$ 80.000 num SUV com câmbio automático.

Como você verá abaixo, junto com a sua irmã 1.6 Attitude 2021, a de entrada, o acabamento Action puxou, bonito, o tapete da Nissan (e de outros fabricantes), que ainda vende o Kicks 2020. Mas os japoneses podem contra-atacar com a atualização da linha 2021. Até lá, veja abaixo o que aconteceu na disputa.

Preços, equipamentos e revisões

Nissan Kicks S 2020 manual
Nissan Kicks S manual

Nissan Kicks

Nissan Kicks 2020 trouxe como um de seus mais fortes argumentos de venda o custo/benefício. Mas, para a linha 2021, esse ponto precisa ser melhorado para que o SUV, fabricado em Resende (RJ), consiga evoluir em relação ao concorrente aqui do comparativo.

O Kicks escolhido para enfrentar o seu rival é o S, de entrada, que teve uma evolução notável em relação ao Kicks S 2018 – embora seu preço tenha aumentado de maneira considerável, em cerca de R$ 11.000 (linha 2020), de lá para cá.

Nissan Kicks S 2020
Nissan Kicks S CVT 2020

Nissan Kicks S

O Kicks S 1.6 manual parte de R$ 81.690 e vem equipado com acabamento de tecido nos bancos e nos detalhes das portas, airbag duplo frontal, ar-condicionado, bancos dianteiros com tecnologia Zero Gravity; banco do motorista com ajustes de altura, banco traseiro bipartido 60/40; direção elétrica; controle do computador de bordo/áudio/telefone no volante, que tem regulagem de altura e profundidade; cinto de três pontos e apoios de cabeça para todos; fixadores traseiros para cadeiras de crianças (ISOFIX); freios ABS com EBD e assistência de frenagem (BA); controles de estabilidade e tração; sistema inteligente de partida em rampa (HSA); rodas de aço 16″ e pneus 205/60 R16; travamento central automático das portas e do porta-malas com o veículo em movimento; vidros dianteiros e traseiros elétricos com sistema “one touch down” somente para o motorista; tomada 12V (2); retrovisores externos na cor do veículo e com regulagem elétrica; alarme perimétrico; faróis dianteiros com assinatura em LED; sistema de áudio com tela de 7″ sensível ao toque com 4 alto-falantes, rádio AM/FM, entrada auxiliar para MP3, conector USB, bluetooth e conectividade com Apple CarPlay e Android Auto, entre outros.

Nissan Kicks S CVT

Por R$ 89.190, você leva o Kicks S 1.6 com câmbio automático do tipo CVT, que agrega rodas de liga leve de 16″, pneus 205/60 R16 e cruise control (“piloto automático”).

Hyundai Creta Attitude 2021
Hyundai Creta Attitude 2021

Hyundai Creta

Como comentei no início, a Hyundai fez algumas mudanças na linha 2021 que tornaram o Creta ainda mais agressivo com motor 1.6, que agora equipa quatro versões, das quais duas estão sendo comentadas aqui.

Hyundai Creta Attitude 2021

O Creta Attitude 1.6 manual, o de entrada, parte de R$ 75.990 e vem equipado com faróis com refletor e máscara cromada, maçanetas e retrovisores externos na cor da carroceria; barras de teto longitudinais na cor prata; rodas de liga leve de 16″ com pneus 205/65 R16; pomo da alavanca de câmbio revestido em couro; bancos revestidos em tecido; maçanetas internas em cromo acetinado; airbag duplo; freios ABS com EBD; monitoramento de pressão dos pneus; travamento automático das portas e do porta-malas a 20 km/h; fixação Isofix com top tether para cadeirinha de bebê e assento infantil; cinto de três pontos e apoio de cabeça para todos os ocupantes,; apoio de braço central dianteiro; alarme perimétrico; ar-condicionado; direção elétrica; vidros elétricos dianteiros e traseiros com função one touch (descida) para motorista; travas elétricas; chave principal tipo canivete com telecomando de travamento das portas e porta-malas; retrovisores externos com ajuste elétrico e luz indicadora de direção; computador de bordo; sistema Stop & Go (parada e partida automática do motor); faróis com funções welcome e escort; volante com regulagem de altura e profundidade; banco do motorista com regulagem de altura; banco traseiro rebatível e bipartido 60/40; rádio blueAudio integrado ao painel com conexão Bluetooth com streaming de áudio e acesso à agenda e histórico de chamadas, MP3 player, conexões USB/iPod e auxiliar, comandos de áudio e Bluetooth no volante; quatro alto falantes; tomada 12V,  entre outros.

Design do Hyundai Creta Action 2021
Design do Hyundai Creta Action 2021 é mais conservador

Hyundai Creta Action 2021

O Hyundai Creta Action 1.6 tem preço inicial sugerido de R$ 79.990 e vem com os itens do Attitude além de câmbio automático, cruise control (“piloto automático”) com comandos no volante; controles de tração (TCS) e estabilidade (ESP); sinalização de frenagem de emergência (ESS) e assistente de partida em rampa (HAC).

Diferenciais do Kicks S CVT – R$ 89.190

Nissan se destaca com bancos dianteiros com tecnologia Zero Gravity, faróis dianteiros com assinatura em LED e sistema de áudio com tela de 7″ sensível com conectividade com Apple CarPlay e Android Auto.

Diferenciais do Creta Action automático – R$ 79.990

O Hyundai contra-ataca com monitoramento de pressão dos pneus, sistema Stop & Go (parada e partida automática do motor para poupar combustível) e faróis com funções welcome e escort (mantém os faróis acesos por alguns segundos após a abertura ou fechamento das portas).

Hyundai Creta Action 2021
Hyundai Creta Action 2021 não tem faróis de neblina

Revisões*

Nissan Kicks 1.6

  • 1ª revisão – R$ 399,00
  • 2ª revisão – R$ 559,00
  • 3ª revisão – R$ 419,00
  • 4ª revisão – R$ 569,00
  • 5ª revisão – R$ 419,00
  • 6ª revisão – R$ 559,00
    Total: R$ 2.924,00
    Garantia: 3 anos

Hyundai Creta 1.6

  • 1ª revisão (10.000 km) – R$ 227,18
  • 2ª revisão (20.000 km) – R$ 555,91
  • 3ª revisão (30.000 km) – R$ 427,62
  • 4ª revisão (40.000 km) – R$ 707,60
  • 5ª revisão (50.000 km) – R$ 445,35
  • 6ª revisão (60.000 km) – R$ 610,45
  • 7ª revisão (70.000 km) – R$ 445,35
  • 8ª revisão (80.000 km) – R$ 707,60
    Total: R$ 4.127,06 (R$ 2.974,11 as seis primeiras)
    Garantia: 5 anos

*: Preços das revisões retirados dos sites das respectivas marcas em 22/05/2020.

Kicks X Creta

Custar R$ 9.200 a menos, com equipamentos muito parecidos, ter as seis primeiras revisões virtualmente pelo mesmo preço (R$ 50,11 a diferença) e ter dois anos de garantia a mais garantiram a vitória fácil do Creta nesse quesito da análise.

Como comentei, a versão S do Kicks evoluiu nos últimos dois anos, mas precisa fazer mais no quesito preço, que já foi bem mais atraente. Vamos ver a sua linha 2021.

Resultado: Nissan Kicks 0 x 1 Hyundai Creta

Desempenho

As propostas de propulsores dos dois SUVS são idênticas: ambos 1.6 16V de quatro cilindros. É interessante ver quanto esses motores são populares nas respectivas linhas: o 1.6 da Nissan equipe o March, Versa e o Kicks, enquanto o 1.6 da Hyundai está debaixo do capô do HB20, HB20S e Creta.

Creta 1.6 desenvolve 123 cv de potência e 16 mkgf de torque com gasolina e 130 cv e 16,5 mkgf com etanol, enquanto o Kicks 1.6 tem 114 cv e 15,5 mkgf com qualquer um dos dois combustíveis.

Nissan Kicks S CVT 2020
Nissan Kicks S CVT

Kicks: valente, mas sem gana

Como venho dizendo, o Kicks parece fraco com seus 114 cv – e um ganho de potência já está nos planos da marca. Mas seu baixo peso (1.132 kg) faz toda a diferença. Some a isso o ótimo entrosamento do motor 1.6 com o câmbio automática do tipo CVT.

Não espere um comportamento esportivo, com arrancadas vigorosas. O SUV nipo-carioca é valente e tem um desempenho compatível com o que se espera do tamanho do seu propulsor.

E muito importante: faz isso sem sacrificar o consumo, não importando se você está no perímetro urbano ou em rodovias. Pena que o tanque de combustível seja tão pequeno: apenas 41 litros.

Hyundai Creta Action automático 2021
Hyundai Creta Action automático 2021

Creta: números bonitos, mas pouco na prática

Pelo lado do Creta, você se surpreende ao ver que seu motor 1.6 16V chega a 130 cv de potência. Mas, na prática, o SUV anda menos do que o esperado porque é pesado: 1.359 kg.

Mesmo com o câmbio automático de seis marchas tendo bom funcionamento, seus 9/16 cv a mais do que o concorrente não fazem diferença e exigem rotações mais altas para entregar desempenho, o que sacrifica o consumo de combustível. Nem o Start & Stop ajuda muito na cidade. Pelo menos o tanque tem boa capacidade: 55 litros.

O Creta deixa a desejar em desempenho e consumo. O Kicks anda mais e bebe menos, levando, com tranquilidade, esse quesito.

Nissan Kicks SV Pack Plus 1.6 16V automático (CVT)

  • Potência: 114 cv (g/e) a 5.600 rpm
  • Torque: 15,5 mkgf (g/e) a 4.000 rpm
  • Comprimento: 4,295 m
  • Largura: 1,760 m
  • Altura: 1,560 m
  • Entre-eixos: 2,620 m
  • Porta-malas: 432 litros
  • Tanque: 41 litros
  • Peso: 1.132 kg
  • Consumo*: cidade – 7,7 km/l (etanol) e 11,4 km/l (gasolina) / estrada – 9,4 km/l (etanol) e 13,7 km/l (gasolina)

Hyundai Creta Action 1.6 16V

  • Potência: 123/130 cv (g/e) a 6.000 rpm
  • Torque: 16/16,5 mkgf (g/e) a 4.500 rpm
  • Comprimento: 4,290 m
  • Largura: 1,780 m
  • Altura: 1,635 m
  • Entre-eixos: 2,590 m
  • Porta-malas: 431 litros
  • Tanque: 55 litros
  • Peso: 1.359 kg
  • Consumo*: cidade – 7,1 km/l (etanol) e 10,1 km/l (gasolina) / estrada – 8,2 km/l (etanol) e 11,3 km/l (gasolina)

*: Números de consumo são do Inmetro com base no banco de dados atualizado em 12/03/2020.

Resultado: Nissan Kicks 1 x 1 Hyundai Creta

Espaço, acabamento e conforto

Painel do Nissan Kicks S CVT 2020
Painel do Nissan Kicks S CVT 2020

Kicks: rei do equilíbrio

O Kicks vai bem em todos os pontos dessa análise. Seu acabamento é bom, assim como o seu espaço interno, sendo muito semelhante ao do Honda HR-V, superando o Jeep Renegade, o Ford EcoSport e o Peugeot 2008, mas perdendo para os Renault Duster e Captur.

Com 432 litros de capacidade, seu porta-malas é ótimo – um dos melhores da categoria. Mas o isolamento acústico da cabine poderia ser melhor, especialmente em relação ao barulho do motor.

O banco do motorista é muito confortável e você nota isso em viagens mais longas, quando a tecnologia Zero Gravity fez a diferença – o design do banco ajuda a maximizar o fluxo sanguíneo e a manter os níveis de energia durante a condução. Faltou apenas o apoio de braço central entre os bancos dianteiros para aumentar o conforto.

Painel do Hyundai Creta Action 2021
Painel do Hyundai Creta Action 2021

Creta: equilibrado “ponto menos”

O Creta também não fez feio nos quesitos aqui avaliados, mas perde em espaço interno (os 3 cm a mais de entre-eixos do adversário fazem diferença) e empata tecnicamente no volume do porta-malas: 431 litros.

Seu volante é maior e tem uma pega pior do que o do Kicks, que tem a ótima base reta. Por outro lado, o apoio de braço central, entre os bancos dianteiros, aumenta o conforto do Hyundai.

O que me agrada no Creta é o seu rodar “sólido” e previsível, típico de SUV urbano. Mas, em linhas gerais, o Kicks trata melhor quem vai nele, especialmente no banco traseiro. Por isso, leva o ponto.

Resultado: Nissan Kicks 2 x 1 Hyundai Creta

Assinatura do farol em LED do Nissan Kicks S CVT 2020
Assinatura em LED do Nissan Kicks S CVT 2020

Visual

Visual é um aspecto subjetivo da análise e não vale nota. Kicks e Creta me agradam por motivos diferentes: o Nissan é mais ousado e cheio de quinas, enquanto o Hyundai é bem sóbrio, mais tradicional e conservador.

Ambos precisam de uma atualização. Creta até passou por uma mínima, que praticamente não fez diferença. Já o Kicks tem previsão de receber a sua primeira reestilização até os próximos 18 meses.

Mas, entre os dois, o design do Kicks me agrada mais.

Foto do porta-malas do Hyundai Creta
Porta-malas do Hyundai Creta: 431 litros

Resumo da obra

Melhor compra é o Creta

Depois de dar uma surra no Renegade, e de passar aperto para vencer o HR-V, o Kicks venceu seu terceiro adversário, mas na disputa mais equilibrada e “cruel” que o modelo já teve aqui no De 0 a 100.

Digo isso porque o fator “custo” do Hyundai Creta Action é praticamente imbatível no momento para o segmento. Ele é bem mais barato para comprar e tem os mesmos preços de revisão do Nissan, sem contar que entrega dois anos a mais de garantia.

Nissan-Kicks-2017-Olimpiadas-Rio-de-Janeiro
Kicks: Porta-malas leva 432 litros

Mesmo que o Kicks beba bem menos, você precisará rodar muito, mas muito mesmo para recuperar o dinheiro investido a mais em relação ao SUV coreano. Por isso, a compra do Creta Action é mais lógica e racional do que a do Kicks S.

Mas o Kicks vence a disputa

Entretanto, considerando todos os quesitos aqui avaliados, que vão além de preço de compra e valor das revisões, o Nissan entrega um pouco mais de desempenho e é mais interessante, espaçoso, econômico e confortável.

ACOMPANHE O DE 0 A 100 TAMBÉM PELO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *