Fiat Cronos 2020 alcança a marca de 100 mil unidades produzidas na Argentina

Fiat Cronos Precision automático
Fiat Cronos Precision

A FCA comemora um marco interessante nesse momento “ansioso” que estamos vivendo: o Fiat Cronos 2020 alcançou a marca de 100.000 unidades produzidas no complexo industrial de Ferreyra, em Córdoba (Argentina).

A fabricação do Cronos começou no país vizinho em janeiro de 2018 e, desse total, 65% das unidades foram destinadas à exportação, sendo o Brasil o principal mercado de destino.

Fiat Cronos Precision
No mundo, o Fiat Cronos é fabricado apenas na Argentina

Números interessantes

Ainda que em 2020 o desafiador contexto econômico imposto por uma pandemia global tenha levado a uma forte retração no mercado de automóveis, mais de 12 mil unidades do Cronos foram fabricadas na planta de Ferreyra, com um ritmo de 310 unidades por dia.

Em 2019 foram fabricadas 31.903 unidades; em 2018, 53.367 e, em dezembro de 2017, quando ainda não havia sido lançado, a fábrica de Cordoba produziu 2.641 Fiat Cronos.

Painel do Fiat Cronos Precision automático
Painel do Fiat Cronos Precision automático

Líder na Argentina e confronto complicado no Brasil

Enquanto o Cronos é o sedã mais vendido no mercado argentino, com 26% do seu segmento, no Brasil, a situação é bem mais complicada. Isso porque os concorrentes por aqui são mais populares e, por que não, ferozes.

Veja o um comparativo do Fiat com seus adversários diretos e indiretos próximos.

Modelo

Unidades emplacadas em 2020*

Chevrolet Onix Plus

31.456

Volkswagen Virtus

12.290

Ford Ka Sedan

12.010

Hyundai HB20S

9.628

Fiat Cronos

7.461

Volkswagen Voyage

6.823

Nissan Versa

6.413

Renault Logan

6.210

Toyota Yaris Sedan

5.934

Fiat Grand Siena

4.605

Honda City

3.242

Toyota Etios Sedan

2.550

*: Números de janeiro a junho de 2020 – Fonte: Fenabrave.

Proeza está de volta

Quando chegou no mercado brasileiro, muita gente disse que o Cronos chegou para substituir o Linea. Mas, na verdade, ele está mais para um Grand Siena bem melhorado.

No seu lançamento, nenhuma versão com câmbio automático podia ser comprada por menos de R$ 70.000, o que considerei uma proeza, corrigida com a chegada do Cronos Drive 1.8 AT6 por R$ 68.790 – valor que hoje, infelizmente, está em altos R$ 73.990.

Nacionalização e investimento

É interessante que o Cronos é o modelo da indústria automotiva argentina com maior integração local: 44% dos componentes são nacionais.

Para a fabricação do sedã na Argentina, a FCA investiu US$ 500 milhões na modernização da planta de Córdoba e seus processos, incluindo a instalação de mais de cem robôs, principalmente na Unidade Chapa, para realizar pontos de solda que exigem perfeição repetitória.

Porta-malas do Fiat Cronos
Porta-malas do Fiat Cronos tem excelentes 525 litros de capacidade

O investimento foi concluído em outras áreas e no desenvolvimento de fornecedores, que incluiu o estabelecimento de quatro novos deles para aprimorar a integração local e responder aos desafios colocados pela lei de Desenvolvimento do Autopartismo.

Da Argentina para o mundo

Os colaboradores da FCA na Argentina tratam com especial orgulho a linha de montagem do sedã, já que ele não é feito em nenhum outro polo automotivo da empresa do mundo.

Fiat Cronos Argentina
Fiat Cronos: 100.000 unidades produzidas na Argentina

Esse post é em homenagem ao meu amigo Sebastian, que, com certeza, está muito feliz com essa notícia!

ACOMPANHE O DE 0 A 100 TAMBÉM PELO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *