BMW celebra 25 mil unidades produzidas do Série 3 no Brasil

BMW produziu 25 mil unidades do Série 3 no Brasil
BMW produziu 25 mil unidades do Série 3 no Brasil

Depois de ouvir péssima notícia que Mercedes-Benz, Ford e Audi não vão mais produzir carros por aqui, ver que a BMW acaba de atingir 25 mil unidades fabricadas do Série 3 no Brasil, em Araquari (SC), é um alento.

Por que um alento?

Sei que a decisão de fechar uma fábrica não é fácil e são inúmeros fatores diferentes envolvidos.

Mas, fato é que o Brasil, especialmente nos últimos dois anos, ficou ainda menos atrativo, demonstrando uma completa desorganização econômica, com direito a “muitas besteiras” para o dólar chegar onde está (comercial a quase R$ 5,40), com altos índices de inflação (carros, comida, combustível, gás…) e desemprego. O pior de tudo é que não existe perspectiva de melhora até o final do ano que vem.

Por isso vale celebrar um número expressivo de uma fábrica no Brasil.

Fábrica gaúcha

A fábrica brasileira da BMW produz X1, X3, X4 e o Série 3, que foi o primeiro a sair da linha de produção da planta, em 2014, quando estava na sexta geração.

BMW 320i flex 2021
BMW 320i flex 2021

Sétima geração

Hoje, o sedã está na sétima geração, que foi lançada há pouco tempo, com motor bicombustível (2 anos de atraso), o e pode ser encontrado nas versões 320i GP, 320i Sport GP e 320i M Sport, em sete cores: Branco Alpino, Preto Safira, Cinza Mineral, Sunset Orange, Portimao Blue, Phytonic Blue e Prata Glacial.

O Série 3 tem, debaixo do capô, o motor TwinPower Turbo 2.0 bicombustível, que desenvolve, com gasolina e/ou etanol, 184 cv (entre 5.000 rpm e 6.500 rpm) e 30,6 mkgf de torque (de 1.350 rpm a 4.000 rpm) – ganho em relação da geração anterior (27,5 mkgf).

Foto da planta de Santa Catarina, onde a BMW produziu 25 mil unidades do Série 3 no Brasil
Planta de Santa Catarina é a casa do X1, X3, X4 e Série no Brasil

Além de poluir menos, ser flex hoje é uma grande vantagem para qualquer carro nacional, pois o combustível no Brasil, pelo menos nos últimos 20 anos, nunca foi esteve tão caro como hoje.

“O BMW Série 3 é o carro premium mais vendido no Brasil e estamos contentes em entregar qualidade e ajudar nossos clientes em realizar seus sonhos”, afirma Mathias Hofmann, diretor geral da fábrica do BMW Group em Araquari (SC).

Equipamentos

Entre os equipamentos disponíveis na sétima geração do Série 3, destaque para os faróis Full LED; sistemas Parking a Reversing Assistant (refaz, em marcha a ré, os últimos 50 metros percorridos pelo veículo – vídeo acima); ar-condicionado digital de três zonas e o BMW ConnectedDrive, tecnologia que fornece dados de trânsito em tempo real, serviço de alerta de manutenção de componentes (Teleservices), serviços de Concierge e Chamada de Emergência Inteligente, entre outros.

Há ainda o Assistente Pessoal Inteligente BMW (Intelligent Personal Assistant), que integra o novo Sistema Operacional BMW 7.0 e pode ser acionado por meio do comando de voz “Olá, BMW”, dito pelo usuário em português.

Nova chave digital

A nova chave digital do Série 3 no Brasil pode até lembrar a presencial que estamos acostumados. Mas ela vai muito além!

A configuração da chave digital pode ser feita por intermédio do aplicativo BMW Connected e o proprietário do carro também pode criar chaves virtuais e compartilhá-las via iMessage com até cinco pessoas, inclusive no Apple Watch. O sistema dispõe de configurações que permitem restringir a velocidade máxima, a potência do motor e o volume máximo do sistema multimídia para usuários com chaves digitais compartilhadas.

ACOMPANHE O DE 0 A 100 TAMBÉM PELO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *