Stellantis confirma “novo Citroën C3” (SUV) no Brasil

Citroën C3 2021
Citroën C3 terá um sucessor estilo SUV

As novidades de um novo relacionamento! A Stellantis, criada depois do casamento da FCA e da PSA, anunciou que a fábrica de Porto Real (RJ) será a casa de uma novidade, mas não falou qual. Será o “novo Citroën C3”, na verdade o sucessor do C3, que será um SUV.

“Desde 2019, foram investidos cerca de R$ 220 milhões na fábrica para a implementação de uma variante da nova plataforma global modular CMP, que dará origem a uma nova família de veículos”, disse o presidente (COO) da Stellantis para a América do Sul, Antonio Filosa.

O primeiro modelo da nova família produzido em Porto Real será lançado no segundo semestre deste ano.

C3 SUV

E ele será o sucessor do C3, mas não espere um hatch compacto, mas sim SUV, que terá a missão de ser o que o C4 Cactus nunca conseguiu: (relativamente) popular.

Visualmente, espere algo na mesma linha do C4 Cactus, mas com dimensões menores. Debaixo do capô, o novo Citroën C3 ele terá o motor 1.6 16V flex (115/118 cv – o mesmo do Peugeot 208) e opção de câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis velocidades.

Citroën C4 Cactus 2021
Citroën C4 Cactus será a base visual para o novo Citroën C3 SUV

Plataforma CMP

A implementação da variante da plataforma CMP (Common Modular Platform) em Porto Real acelerou a transformação industrial que já vinha ocorrendo na planta há alguns anos.

A CMP pode ser usada como base para a produção de hatches, sedãs e SUVs, movidos à combustão ou eletricidade.

Conversei com uma fonte que disse que além do novo C3 SUV, a Citroën deverá ter mais dois novos carros até o final de 2023 no Brasil – todos usando essa mesma plataforma e fabricados no Rio.

Fábrica da Stellantis, em Porto Real, no Rio de Janeiro, onde são fabricados modelos da Peugeot e da Citröen
Fábrica da Stellantis, em Porto Real, no Rio de Janeiro, onde são fabricados modelos da Peugeot, Citröen e motores

20 anos de Brasil

O complexo de Porto Real da Stellantis, composta por uma fábrica de veículos e outra de motores, acaba de completar 20 anos de produção no Brasil. Ele foi fundado em 1º de fevereiro de 2001 produzindo o Peugeot 206 e o Citroën Xsara Picasso. No ano seguinte, em 2002, deu início à fabricação de motores.

Em duas décadas foram mais de 1,7 milhão de veículos produzidos, de 16 modelos diferentes, entre as marcas Peugeot e Citroën, além de mais de 2 milhões de motores. Atualmente, ela fabrica: 2008, C4 Cactus, C3 e AIRCROSS, além dos motores EC5 1.6 a gasolina e EC5 EAT6 1.6 flex.

“Entre 2016 e 2018 investimos cerca de R$ 580 milhões para manter a fábrica de veículos de Porto Real cada vez mais moderna e dotada de alta competitividade, com a adoção de inéditos processos industriais e de várias novas tecnologias em preparação para o lançamento do C4 Cactus. Em 2019, essa transformação se acelerou com o lançamento do novo 208”, afirmou Jean Mouro, Vice-Presidente Sênior de Operações Monozukuri da América do Sul.

“A fábrica de motores é outro exemplo de transformação. Entre 2017 e 2018, foram investidos cerca de R$ 56 milhões para colocar em operação uma linha moderna e totalmente nova de fabricação de virabrequins, bem como ampliamos nossa linha de blocos e cabeçotes. Hoje, os motores e os virabrequins têm destinação tanto para o mercado nacional como para exportação”, completou Mouro.

ACOMPANHE O DE 0 A 100 TAMBÉM PELO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *