Strada, Argo, Mobi e Toro colocam a Fiat no topo do mercado brasileiro

Picape Fiat Strada Volcano 2022
Fiat Strada: fenômeno do mercado brasileiro

Pelo sétima vez consecutiva, a Fiat fechou o mês na liderança do mercado brasileiro de automóveis e comerciais leves com 26,8% de participação (43.684 emplacamentos), o melhor resultado desde agosto de 2007.

Com este resultado, a marca ítalo-mineira-pernambucana amplia sua liderança no mercado nacional no acumulado do ano, chega a 267.442 mil unidades vendidas desde janeiro (com participação de mercado de 22,88%) e se consolida como a que mais cresceu no país: 8,3 pontos comparado ao mesmo período de 2020.

Quarteto fantástico

Esse desempenho estrondoso acontece, como citado no título, graças ao quarteto fantástico da Fiat no Brasil: Strada, Argo, Mobi e Toro!

Confira como o quarto da marca se destacou para isso:

Fiat Argo Trekking 1.3 2021
Fiat Argo Trekking

Fiat Argo

Somando automóveis e comerciais leve, o Argo foi o mais vendido do país em julho com 10.873 unidades (6,7% de market share) – melhor desempenho comercial desde o seu lançamento.

O modelo briga arduamente com o Hyundai HB20 pela liderança entre os automóveis (veja abaixo), uma vez que o Chevrolet Onix foi o mais afetado pela parada das fábricas em virtude da falta de componentes.

Fiat Strada Volcano Opening Edition
Fiat Strada Volcano

Fiat Strada

Se o Gol pode ser considerado o maior fenômeno da história da indústria automotiva brasileira, a Strada é o maior fenômeno entre os comerciais leves. É um absurdo o tanto que essa picape vende – e só não vende mais porque a Fiat não dá conta de produzir.

Na mesma somatória, a Strada fechou julho em primeiro entre os comerciais leves e em segundo entre todos os veículos com 9.439 unidades (5,8% de participação).

Mas a picape fenômeno é o veículo mais vendido do Brasil em 2021, com 70.502 mil emplacamentos e 6% de participação nas vendas totais do semestre.

Destaque para a dianteira do Fiat Mobi Trekking 2021
Fiat Mobi

Fiat Mobi

Com em 3ª lugar e 8.059 unidades emplacadas (4,9% de market share) em julho, o Mobi atingiu seu recorde de vendas desde o seu lançamento, em 2016.

Embora seja um carro bem construído e interessante, que ficou um pouco mais atraente agora na pandemia, considerando o preço absurdo de todos os veículos vendidos no Brasil, prefiro muito mais investir num Argo do que num Mobi.

Fiat Toro

A picape Toro foi o 5° veículo em vendas nacionais com 7.031 unidades (4,3% de participação), atingindo seu melhor mês também desde seu lançamento.

Fiat Toro Volcano 2022
Fiat Toro Volcano

Stellantis domina mercado brasileiro

O quarto fantástico da Fiat fez (e faz) a Stellantis sorrir de orelha a orelha. Mas eles foram ajudados pela dupla dinâmica da Jeep e, também, pelos franceses.

Jeep

A marca Jeep atingiu recorde de market share com 8,3% no mercado total, com 13.546 carros emplacados no mês de julho, garantindo, mais uma vez, os dois primeiros lugares no ranking de SUVs, com Renegade em primeiro lugar e Compass em segundo. 

Jeep Compass Limited turbo flex 2022
Compass Limited 2022

O Compass atingiu seu segundo melhor emplacamento da história em julho, com 6.670 unidades emplacadas e 4,1% de participação de mercado no total da indústria, seu maior número percentual até hoje.

Já o Renegade teve 6.854 unidades comercializadas em julho, com 4,2% de participação na indústria total, e segue no topo do segmento.

Jeep Renegade Limited flex 2021
Jeep Renegade Limited

No acumulado do ano, a Jeep totaliza 86.792 veículos vendidos, o equivalente a uma participação de mercado de 7,4%.

Franceses crescem

A Stellantis também conseguiu fazer algo que, até pouco tempo atrás, parecia quase impossível: fazer a Peugeot e a Citroën crescerem. Ambas tem números ainda tímidos, mas tiveram crescimento expressivo.

Peugeot

A Peugeot superou, nos sete primeiros meses de 2021, o volume total de vendas do ano passado. Com 15.040 unidades comercializadas de janeiro a julho, a marca do Leão cresceu 11,6%, em relação aos 13.477 veículos vendidos durante o ano inteiro de 2020.

Quando comparado aos sete primeiros meses do ano, o crescimento foi de 164,6%. O bom desempenho da Peugeot no mês de julho, também levou a marca a alcançar 1,9% em market share no Brasil, seu melhor resultado em participação desde 2012.

Citroën C4 Cactus 2021
Citroën C4 Cactus

Citroën

No acumulado de janeiro a julho desse ano a Citroën comercializou 11.687 veículos, um crescimento de 43% em volume de vendas quando comparado ao mesmo período do ano passado, além de uma participação de mercado também superior ao mesmo período.

O C4 Cactus foi responsável por 2.285 unidades vendidas no sétimo mês do ano. No acumulado do ano, o C4 Cactus atingiu a marca de 9.587 unidades comercializadas, um crescimento de 61% frente ao mesmo período do ano passado.

Stellantis
Mercado brasileiro é dominado pela Stellantis

Stellantis

A Stellantis encerrou o mês de julho com 38,9% de participação no mercado brasileiro de automóveis e comerciais leves, com um total de 63.471 veículos vendidos no mês. No acumulado do ano, a Stellantis lidera o mercado com 32,6% de participação e 383 mil veículos emplacados.

Fiat é a marca líder do mercado brasileiro, com 22,8% de participação, enquanto Jeep acumula uma participação de 7,4%, seguindo-se Peugeot (1,3%), Citroën (1%) e Ram (0,2%). No acumulado de janeiro a julho, Stellantis tem seis modelos entre os dez mais vendidos.

Top 10 – Julho de 2021

  1. Fiat Argo – 10.873 unidades
  2. Fiat Strada – 9.439 unidades
  3. Fiat Mobi – 8.059 unidades
  4. Hyundai HB20 – 7.799 unidades
  5. Fiat Toro – 7.030 unidades
  6. Jeep Renegade – 6.855 unidades
  7. Jeep Compass – 6.670 unidades
  8. Toyota Corolla Cross – 5.068 unidades
  9. Renault Kwid – 4.865 unidades
  10. Toyota Hilux – 4.576 unidades

Top 10 – Acumulado de 2021 (janeiro a julho)

  1. Fiat Strada – 70.502 unidades
  2. Hyundai HB20 – 53.205 unidades
  3. Fiat Argo – 52.797 unidades
  4. Jeep Renegade – 47.462 unidades
  5. Fiat Mobi – 47.413 unidades
  6. Chevrolet Onix – 42.894 unidades
  7. Fiat Toro – 41.114 unidades
  8. Jeep Compass – 39.220 unidades
  9. Volkswagen Gol – 38.774 unidades
  10. Hyundai Creta – 37.761 unidades

ACOMPANHE O DE 0 A 100 TAMBÉM PELO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *