Duelo: Citroën C4 Cactus X-Series X Nissan Kicks XPlay

Duelo entre o Citroën C4 Cactus X-Series e Nissan Kicks XPlay
Duelo: Nissan Kicks XPlayX Citroën C4 Cactus X-Series 

Séries especiais sempre são lançadas para dar “aquela movimentada” na linha dos modelos, seja porque eles estão para trás perante a concorrência, seja para mantê-los em evidência por mais tempo (ou outros motivos). E é mais ou menos isso que temos aqui no duelo: Citroën C4 Cactus X-Series X Nissan Kicks XPlay. Qual será o mais especial para o cliente?

Apresentação

Dessa vez o Nissan enfrenta, aqui nos Duelos do De 0 a 100, um adversário novo. Achei interessante que ambos usem o “X” para se diferenciar, sendo que o franco brasileiro tem quase o mesmo nome do console mais poderoso do momento, o Xbox Series X, da Microsoft.

Enquanto o Citröen usou a versão Live, de entrada, como referência, a Nissan escolheu o acabamento Advance, intermediário (com Pack Plus), para ser a base da série especial. E esse aspecto é importante aqui na análise, pois um é bem mais caro e equipado do que o outro.

Ambos apostam no motor 1.6 16V, de quatro cilindros, e no câmbio automático, sendo um tradicional para o Cactus e um CVT para o Kicks.

Leia outros comparativos do De 0 a 100:

Citroën C4 Cactus X-Series X Nissan Kicks XPlay

Preços, equipamentos e revisões

visual da série especial X-Series do Citroën C4 Cactus
Visual da série especial X-Series do Citroën C4 Cactus chama a atenção

Citroën C4 Cactus X-Series

A versão Live, de entrada do C4 Cactus, vem equipada com o trivial para um veículo e parte de R$ 103.590.

X-Series

A série especial X-Series, limitada a 600 unidades, soma R$ 3.400 ao preço, chegando a R$ 106.990, e acrescenta a inédita cor Cinza Artense com teto em preto, monograma X-Series nas portas dianteiras, porta-malas e bancos; faróis de neblina, airbumps e frisos nos bancos em bronze; tapetes de tecido exclusivos; rodas liga leve de 16 ” pintadas em preto e volante revestido em “couro”.

Os principais equipamentos de série são:

  • Airbag duplo frontal (2)
  • Freios com ABS, EBD e BA (luzes de emergência em caso de frenagem brusca)
  • Alarme perimétrico
  • Apoios de cabeça e cinto de três pontos para todos os ocupantes – com aviso de não utilização do cinto de Segurança do motorista
  • Assinatura luminosa em LED (DRL)
  • Controles de tração (ASR) e estabilidade (ESP)
  • Hill Assist – Assistente de partida em rampa
  • Faróis de neblina
  • Fixação ISOFIX e Top Tether (fixação para cadeiras de crianças)
  • Lanternas traseiras com efeito 3D
  • Retrovisores externos com regulagem elétrica
  • Trava elétrica com travamento automático das portas e do porta-malas com o veículo em movimento
  • Ar-condicionado digital
  • Direção elétrica
  • Câmera de ré
  • Computador de bordo com indicador de temperatura externa
  • Econômetro
  • Cruise control (piloto automático) com regulador e limitador de velocidade
  • Volante com regulagem de altura e profundidade
  • Tomada 12V
  • Vidros elétricos dianteiros e traseiros (todos com função One Touch)
  • Citroën Connect Radio – central multimídia touchscreen de 7″ com Android Auto e Apple Car Play, comandos no volante, conexão Bluetooth, entrada USB, dois alto falantes dianteiros e dois tweeters
  • Guarda volumes entre os bancos dianteiros
  • Banco traseiro bipartido (1/3, 2/3)
  • Banco do motorista com regulagem de altura
  • Volante revestido em “couro” sintético
  • Bancos com costures em “Bronze Ocre” e logotipo X-Series
  • Acabamento interno do painel em cinza
  • Maçanetas das portas sem pintura
  • Barras de teto longitudinais e integradas ao teto
  • Painel de instrumentos digital
  • Protetores laterais de porta – Airbumps em “Bronze Ocre”
  • Teto bi-tom em preto
  • Moldura dos faróis de neblina em “Bronze Ocre”
  • Logotipo “X-Series” nas portas, porta-malas e tapetes
  • Rodas de liga leve 16″ em preto brilhante
  • Entre outros
Foto da dianteira do Nissan Kicks XPlay
Dianteira do Nissan Kicks XPlay chama a atenção

Nissan Kicks XPlay

A Nissan usou o Kicks Advance (R$ 115.690), com o Pack Plus (R$ 117.690), como base aqui. Limitada a 1.350 unidades, sendo mil para o mercado brasileiro e 350 exportadas para Argentina e Paraguai, o Kicks XPlay nacional tem preço sugerido de R$ 122.990.

XPlay

A série especial traz um presente para seus compradores: um NFT (Non Fungible Token) de uma peça de criptografia feita pelo artista digital brasileiro Fesq com base nos desenhos de esboços do design da novidade.

O modelo é oferecido em combinação exclusiva e bonita de cores: Branco Diamond perolizado com teto vermelho (os retrovisores também são vermelhos). A numeração da unidade fica indicada na grade dianteira cromada, também na cor vermelha.

A assinatura do nome da edição limitada está nas soleiras das portas, acima da placa na tampa do porta-malas e nos bancos dianteiros. No teto, um aerofólio esportivo preto foi desenhado especificamente para a novidade, enquanto a traseira conta com adesivos na parte superior das colunas C.

interior da série especial XPlay do Nissan Kicks
Interior da série especial XPlay do Nissan Kicks

Interior

Internamente, o modelo tem vários detalhes de acabamento em vermelho, em lugares como as saídas de ar, a base do volante e as costuras duplas do painel, do apoio de braço e dos bancos com acabamento sintético em preto e cinza.

Entre os equipamentos, o XPlay acrescenta ao Advance Pack Plus carregador sem fio para celular (vendido como acessórios), tela de abertura especial que remonta à edição limitada no multimídia Nissan Connect, com tela sensível ao toque de 8″, e rodas aro 17″ com acabamento em preto brilhante.

Os principais equipamentos de série são:

  • Chave presencial inteligente I-Key e botão de partida do motor
  • Painel de instrumentos de 7″ em alta definição
  • Bancos dianteiros com tecnologia gravidade zero
  • Banco do motorista com ajuste de altura
  • Abertura e fechamento das portas e fechamento dos vidros por controle remoto
  • Acendimento inteligente dos faróis
  • Comandos no volante de áudio, do telefone e do cruise control (piloto automático)
  • Direção elétrica
  • Faróis dianteiros com sistema Follow me Home
  • Far´´ois de neblina
  • Para-sol com espelhos para motorista e passageiro
  • Porta-malas com iluminação interna
  • Espelho retrovisor eletrocrômico
  • Seis airbags
  • Alerta de cinto de segurança destravado (frontal e traseiros)
  • Controles de tração e estabilidade
  • Luzes de condução diurna (DTRL)
  • Sistema Isofix para cadeiras de crianças
  • Freios ABS com controle eletrônico de frenagem (EBD) e assistência de frenagem (BA)
  • Sistema inteligente de partida em rampa (HSA)
  • Trava elétrica com travamento central automático das portas e do porta-malas com o veículo em movimento
  • Alarme perimétrico
  • Sensor de estacionamento
  • Câmera de ré
  • Computador de bordo
  • Volante com a base reta, revestido em “couro” e com ajuste de altura e profundidade
  • Vidros dianteiros e traseiros elétricos com sistema “one touch” e antiesmagamento
  • Banco traseiro bipartido (1/3, 2/3)
  • Multimídia Nissan Connect com tela touchscreen colorido de 8″, duas portas USB (tipo A e tipo C), conexão Bluetooth, Apple CarPlay e Android Auto; e quatro alto falantes
  • Roda de liga leve de 17″
  • Entre outros

Diferenciais: X-Series X XPlay

Em termos visuais, aspecto que será comentado abaixo, ambos tem os seus diferenciais. Entre os equipamentos, veja a diferença:

Cactus X-Series (R$ 106.990)

  • Ar-condicionado digital

Kicks XPlay (R$ 122.990)

  • Seis airbags (dois frontais, dois laterais e dois do tipo cortina)
  • Alerta de cinto de segurança destravado (frontal e traseiros)
  • Chave presencial inteligente I-Key e botão de partida do motor
  • Sensor de estacionamento traseiro
  • Central multimídia com tela maior (8″ x 7″)
  • Volante com a base reta
  • Bancos dianteiros com tecnologia gravidade zero
  • Faróis dianteiros com sistema Follow me Home
  • Revestimento dos bancos em “couro” sintético
  • Entrada tipo C
  • Espelho retrovisor interno eletrocrômico
  • Rodas de aro 17″
  • Carregador sem fio (wireless) para celular

Revisões*

Citroën C4 Cactus X-Series 2022
Citroën C4 Cactus X-Series 2022

Citroën C4 Cactus X-Series 1.6 AT

As revisões do Citroën acontecem a cada 10.000 km ou um ano, o que acontecer primeiro. Os preços são:

  • 1ª revisão (10.000 km) – R$ 469,00
  • 2ª revisão (20.000 km) – R$ 817,00
  • 3ª revisão (30.000 km) – R$ 469,00
  • 4ª revisão (40.000 km) – R$ 1.097,00
  • 5ª revisão (50.000 km) – R$ 469,00
  • 6ª revisão (60.000 km) – R$ 817,00
  • Total: R$ 4.138
    Garantia: 3 anos
traseira da série especial XPlay do Nissan Kicks
Traseira da série especial XPlay do Nissan Kicks

Nissan Kicks XPlay 1.6 CVT

As revisões do Nissan também acontecem a cada 10.000 km ou um ano – o que acontecer primeiro. Os preços são:

  • 1ª revisão (10.000 km) – R$ 471,00
  • 2ª revisão (20.000 km) – R$ 660,00
  • 3ª revisão (30.000 km) – R$ 471,00
  • 4ª revisão (40.000 km) – R$ 660,00
  • 5ª revisão (50.000 km) – R$ 471,00
  • 6ª revisão (60.000 km) – R$ 660,00
  • Total: R$ 3.393
    Garantia: 3 anos

*: Preços das revisões retirados dos sites da Citroën e da Nissan, respectivamente, em 11/10/2021.

traseira do Citroën C4 Cactus X-Series
Traseira do Citroën C4 Cactus X-Series deixa desejar

Citroën C4 Cactus X-Series X Nissan Kicks XPlay

O Cactus oferece ar-condicionado digital e o preço consideravelmente mais baixo do que o adversário, R$ 16.000, por ser baseado na versão de entrada (Live). Com essa diferença, você paga IPVA, seguro, emplacamento e pode colocar alguns acessórios.

Por outro lado, o valor mais alto do Kicks se justifica com um acabamento superior e uma oferta de equipamentos bem mais completa, incluindo itens de segurança como seis airbags e alerta de destravamento do cinto para todos os ocupantes.

Além disso, ele cuida melhor do bolso do motorista na hora das revisões. Com a diferença de R$ 745 (até 60.000 km), você pagaria a sétima revisão do Nissan, por exemplo.

Mesmo assim, o resultado mais justo aqui é empate. Reforçando que são duas versões que não brigam diretamente (básica x intermediária).

Resultado: Citroën C4 Cactus X-Series 1 x 1 Nissan Kicks XPlay

série especial X-Series do Citroën C4 Cactus
Série especial X-Series do Citroën C4 Cactus

Desempenho

As propostas de propulsores dos dois veículos são idênticas: ambos 1.6 16V de quatro cilindros. É interessante ver quanto esses motores são populares nas respectivas linhas: o 1.6 da Nissan equipa o March (aposentado), V-Drive, Versa e o Kicks, enquanto o 1.6 da Citroën está debaixo do capô do C3 (aposentado), C4 Cactus e dos irmãos Peugeot 208 e 2008.

Cactus X-Series 1.6 desenvolve 115 cv de potência com gasolina, 118 cv com etanol e 16,1 mkgf de torque com gasolina e/ou etanol.

O Kicks XPlay 1.6 gera sempre 114 cv e 15,5 mkgf com qualquer um dos dois combustíveis.

Cactus: todo mediano

Olhando os números, pensei que o Cactus andaria mais. Ele é um pouco mais potente, com um pouco mais de torque e, também, é menor. Mas tudo isso não significa que ele seja mais leve. Pelo contrário: o Citröen pesa 75 kg a mais do que o concorrente.

Na prática, o C4 tem desempenho razoável, dentro do esperado para um carro 1.6. O câmbio é eficiente, mas o modelo anda um pouco menos do que o Kicks e bebe um pouco mais. Pelo menos o tanque tem boa capacidade: 55 litros.

design do Nissan Kicks XPlay
Design do Nissan Kicks XPlay é o ponto alto

Kicks: valente, mas sem gana

Como digo desde 2016, o Kicks parece fraco com seus 114 cv – e um ganho de potência seria bem-vindo. Mas seu baixo peso (1.136 kg na versão Advance) faz toda a diferença. Some a isso o ótimo entrosamento do motor 1.6 com o câmbio automática do tipo CVT.

Mas não espere um comportamento esportivo, com arrancadas vigorosas. O SUV nipo-carioca é valente e tem um desempenho compatível com o que se espera do seu propulsor 1.6.

E muito importante: faz isso sem sacrificar o consumo, não importando se você está no perímetro urbano ou em rodovias. Pena que o tanque de combustível seja pequeno: apenas 41 litros.

Embora mais forte, Cactus é um pouco mais pesado, entrega um pouco menos desempenho e bebe um pouco mais. Por isso, Kicks leva nesse quesito.

Citroën C4 Cactus X-Series 1.6 16V AT

  • Potência: 115/118 cv (g/e) a 5.750 rpm
  • Torque: 16,1 mkgf (g/e) a 4.000/4.750 rpm
  • Comprimento: 4,170 m
  • Largura: 1,714 m (sem retrovisores)
  • Altura: 1,534 m
  • Entre-eixos: 2,600 m
  • Porta-malas: 320 litros
  • Tanque: 55 litros
  • Peso: 1.211 kg
  • Consumo*: cidade – 7,3 km/l (etanol) e 10,4 km/l (gasolina) / estrada – 9,1 km/l (etanol) e 13 km/l (gasolina)

Nissan Kicks XPlay 1.6 16V CVT

  • Potência: 114 cv (g/e) a 5.600 rpm
  • Torque: 15,5 mkgf (g/e) a 4.000 rpm
  • Comprimento: 4,295 m
  • Largura: 1,760 m (sem retrovisores)
  • Altura: 1,560 m
  • Entre-eixos: 2,620 m
  • Porta-malas: 432 litros
  • Tanque: 41 litros
  • Peso: 1.136 kg
  • Consumo*: cidade – 7,6 km/l (etanol) e 11,3 km/l (gasolina) / estrada – 9,3 km/l (etanol) e 13,6 km/l (gasolina)

*: Números de consumo são do Inmetro com base no banco de dados atualizado em 28/09/2021.

Resultado: Citroën C4 Cactus X-Series 1 x 2 Nissan Kicks XPlay

Foto do painel do Citroën C4 Cactus X-Series
Painel do Citroën C4 Cactus X-Series

Espaço, acabamento e conforto

Cactus: hatch, não um SUV

A Citroën se esforça para vender o C4 Cactus como um SUV, como a Honda faz com o WR-V – e ambos até “passam na prova” para atender os quesitos. Porém, na prática, o C4 Cactus não é um SUV.

E isso fica claro quando você entra no veículo. Mesmo com atraentes 2,60 m de entre-eixos, o modelo é mais curto e mais baixo do que o Kicks, levando os ocupantes com menos espaço. Sei que não sou padrão, mas bato a minha cabeça no teto tanto atrás, quanto na frente.  

Com 320 litros, o porta-malas é semelhante ao dos hatches, mas longe da média dos SUVs (com exceção do Renegade). Em termos de acabamento, a versão Feel (base do X-Series) é até boa, mas carece de um pouco mais de refinamento.

Outro ponto de melhora é na forma como o banco do motorista desce: o assento se inclina muito (“deita para trás”), fazendo os meus 1,97 m notarem o desconforto.

painel da série especial XPlay do Nissan Kicks
Painel da série especial XPlay do Nissan Kicks

Kicks: rei do equilíbrio

O Kicks vai bem em todos os pontos dessa análise. Seu acabamento é bom, assim como o seu espaço interno, sendo muito semelhante ao do Honda HR-V, superando o Jeep Renegade, o Ford EcoSport e o Peugeot 2008, mas perdendo para os Renault Duster e Captur.

Com 432 litros de capacidade, seu porta-malas é ótimo – um dos melhores da categoria. O isolamento acústico, antes um problema que incomodava, melhorou muito na linha 2022.

O banco do motorista é muito confortável e você nota isso em viagens mais longas, quando a tecnologia Zero Gravity fez a diferença – o design do banco ajuda a maximizar o fluxo sanguíneo e a manter os níveis de energia durante a condução. 

Resultado: Citroën C4 Cactus X-Series 1 x 3 Nissan Kicks XPlay

Citroën C4 Cactus X-Series
Citroën C4 Cactus X-Series

Visual

Visual é um aspecto subjetivo da análise e não vale nota. C4 Cactus X-Series e Kicks XPlay me agradam por motivos diferentes.

O inédito cinza introduzido pela série limitada da Citroën é muito bonito e os detalhes em “bronze” fizeram bem para a carroceria do veículo, que conta ainda com a boa escolha das rodas escurecidas. A dianteira é o ponto alto, enquanto a traseira deixa a desejar, muito pelas lanternas com “olhar triste”.

Já o Kicks foi atualizado nesse anto e teve na sua dianteira, agora mais moderna e agressiva, a sua mudança mais profunda. Na traseira, o para-choque é novo e o modelo tem um recurso de estilo de gosto bastante duvidoso: uma régua liga as lanternas no centro da tampa do porta-malas – era mais bonito antes.

Sobre o XPlay, gostei muito do conjunto branco + vermelho, incluindo os retrovisores melhores. As rodas escuras também ficaram demais! Mas eu deixaria o rack do teto vermelho (ele é prata), assim o aerofólio, que é preto – tudo ficaria mais harmônico.

Mas, entre os dois, o design do Kicks me agrada mais – lembrando que prefiro linhas mais retas.

Nissan Kicks XPlay
Nissan Kicks XPlay

Resumo da obra

Por mais que o primeiro critério tenha sido empate (justíssimo, pelo motivo que expliquei acima), o Kicks venceu mais um adversário, agora por ser maior, andar mais, beber menos, ser mais confortável e ter melhor acabamento e mais itens de segurança.

Além disso, a série especial XPlay entrega mais para o consumidor. 

O C4 Cactus é um bom carro, mas brigar com SUVs não é o melhor cenário para ele, que tem a série especial X-Series bem honesta, mas que atrai menos. Mesmo assim, não será surpresa se mais unidades forem adicionadas às 600 previstas originalmente, tamanha boa aceitação da novidade nas concessionárias.

ACOMPANHE O DE 0 A 100 TAMBÉM PELO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *