Nova Chevrolet S10 Z71 representa um estilo de vida

Chevrolet S10 ZL1 2022
Chevrolet S10 ZL1 2022

Quem compra uma picape média ou realmente precisa dela para o trabalho (no campo), ou não se importa em pagar o preço que ela custa e quer que o modelo represente o seu estilo de vida. E foi mais ou menos pensando nisso que, depois de um teaser, a General Motores decidiu lançar a Chevrolet S10 Z71.

A Z71 vem para ampliar o leque de configurações da S10. Seu propósito é fortalecer ainda mais a marca, trazendo um outro perfil de consumidor, mesmo aquele que more e trabalhe na cidade, mas que, de alguma forma se identifique com os valores do campo.

Versões

Com a nova versão, a S10 Turbo Diesel de cabine dupla passa a ser comercializada em cinco níveis de acabamento: LS, LT, Z71, LTZ e High Country.

“A S10 Z71 chega num momento em que as pessoas estão descobrindo formas diferentes de trabalhar e de se divertir. Cresce o interesse por viagens de automóveis, por esportes de aventura e pelo maior contato com a natureza. E para explorar este universo off-road, nada melhor que uma picape robusta e confortável, que já provou superar os mais complexos desafios do agronegócio”, diz Hermann Mahnke, diretor-executivo de Marketing GM América do Sul.

lateral da Chevrolet S10 ZL1
Adesivos poderiam ser retirados da lateral da Chevrolet S10 ZL1

Personalização

O que me dá um pouco de agonia, pois me faz lembrar da S10 do passado, é ouvir da GM que a “S10 é o veículo mais ‘acessorizado’ pela rede Chevrolet”.

De toda forma, concebida pelos times de desenvolvimento de produto dos Estados Unidos e do Brasil, a nova Z71 possui mais de 20 itens de personalização.

Destaque para os equipamentos desenvolvidos exclusivamente para a nova versão, como o santo-antônio e os estribos em formato tubular, as molduras de proteção dos para-lamas e os pneus “All-Terrain”, que ajudam no desempenho em pisos de baixa aderência.

Foto da picape Chevrolet S10 ZL1
Picape Chevrolet S10 ZL1 tem traseira conservadora

Visual

A dianteira da S10 Z71 se diferencia pelo conjunto ótico com faróis de máscara negra contornados por LED, pela grade toda escura com o nome “Chevrolet” em relevo e pelo emblema Z71.

A cor preta aparece também no aplique central do para-choque, na capa dos retrovisores externos, nas rodas de alumínio aro 18″ e até em acabamentos na parte traseira, incluindo os letreiros que identificam a configuração do veículo. 

As laterais têm molduras “flutuantes” nos para-lamas.

No final das contas, o visual me agrada, embora eu prefira um design mais limpo, sem tantos ornamentos. Exemplo: eu retiraria os adesivos “de estilo” dos pés das portas, das laterais e da tampa da caçamba.

versão ZL1 da picape S10 na lama
Versão ZL1 da picape S10 consegue vencer a lama

Motor

Por outro lado, o modelo aventureiro herda as evoluções mecânicas adotadas recentemente em toda linha S10, como a turbina redimensionada e a nova calibração do motor 2.8 Turbo Diesel e da transmissão automática AT6. São 200 cv de potência e 51 kgfm de torque.

A tração é ajustada por um seletor eletrônico no console central e dispõe do modo 4×4 com reduzida. A Chevrolet S10 Z71 vem ainda com controle de velocidade para descidas íngremes, acionado por um botão no painel, útil para reduzir escorregamentos em ladeira com piso de baixa aderência.

Desempenho e consumo

Uma decisão boa da GM foi manter a programação eletrônica igual à da versão High Country. Por isso a Z71 apresenta os mesmos números de performance no asfalto: de 0 a 100 km/h em 10,1 segundos e consumo de combustível de 8,3 km/l na cidade e de 10,6 km/l na estrada, segundo o Inmetro.

painel da versão ZL1 da Chevrolet S10
Painel da versão ZL1 da Chevrolet S10: multimídia tem tela pequena

Equipamentos

Entre os itens de série, o modelo vem equipado com

  • seis airbags;
  • sistema MyLink com Android Auto e Apple Car Play (tela pequena);
  • câmera de ré de alta definição;
  • direção com assistência elétrica inteligente (compensa inclinação da via em longos percursos e reduz trepidações geradas por um eventual desbalanceamento das rodas);
  • vidros elétricos com mecanismo de abertura e fechamento por meio da chave;
  • banco traseiro rebatível com porta-objetos;
  • computador de bordo com a função “ECO”, que auxilia o motorista a conduzir o veículo de uma maneira a privilegiar o menor consumo de combustível;
  • freios ABS com sistema de distribuição de frenagem e controle eletrônico de estabilidade e de tração calibrados também para o uso fora-de-estrada completam o pacote dinâmico;
  • Entre outros.

Cores

A nova Chevrolet S10 Z71 é ofertada em quatro opções de cores: Branco Summit, Prata Switchblade, Azul Eclipse e Cinza Topazio.

Espaço interno

Analisei a Amarok e comentei um pouco sobre a diferença de espaço interno da picape da Volkswagen e da S10

Resumo da obra

Com a chegada da Chevrolet S10 ZL1, a GM tenta democratizar o visual da versão topo de linha, High Country, por uma valor mais “baixo”, uma vez que a ZL1 fica posicionada entre a LT e a LTZ.

  • Chevrolet S10 LT – R$ 248.990
  • Chevrolet S10 ZL1 – R$ 260.490 
  • Chevrolet S10 LTZ – R$ 270.990

Além disso, ela mira as concorrentes Nissan Frontier Attack e Ford Ranger Storm, que têm uma proposta semelhante, mas que custam menos: R$ 233.290 e R$ 235.890, respectivamente.

Essa briga promete.

ACOMPANHE O DE 0 A 100 TAMBÉM PELO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *