Nunca foi tão difícil ser assinante da Revista Quatro Rodas

Foto da logo da Revista Quatro Rodas
Pense muito bem antes de assinar a Revista Quatro Rodas!

Eu adoro a Revista Quatro Rodas! Sempre foi a minha favorita desde a adolescência e tenho uma coleção superior a 20 anos de exemplares na minha casa. E ela foi uma das grandes responsáveis pela minha paixão por carros!

Mas, de uns tempos para cá, nunca foi tão difícil ser assinante da revista, infelizmente.

Editora Abril não entrega as revistas

Tudo isso porque a Editora Abril atrasa as entregas e, muito pior, não entrega os exemplares! Se isso não fosse o suficiente, eles prometeram que entregariam e não entregaram, mentindo na cara dura! A decadência é, tristemente, visível…

Tudo bem que posso acessar o conteúdo online. Mas assino a revista exatamente para lê-la na minha mão, como um bom livro, sem a obrigação de ficar preso numa tela. Até o cheiro da revista tem valor quando a pego para ler, pois me remete a ótimos momentos da minha vida (férias na praia, por exemplo).

E faço isso com a consciência tranquila, pois a editora se diz responsável em termos do uso do papel e conta com o Programa Abril Carbono Neutro, que promove a gestão centralizada das emissões de gases de efeito estufa de operações da empresa.

Revista Quatro Rodas de dezembro de 2021 - edição 752
Revista Quatro Rodas de dezembro de 2021 (edição 752): você leu? Eu não…

Editora Abril mente pela a 1ª vez

Mas não tem sido fácil. No dia 27/12/2021, liguei para a Editora Abril para reclamar que eu não tinha recebido as edições de novembro (2021) e dezembro (2021) da Quatro Rodas.

A atendente me passou o protocolo 900287201024 e disse que ambas as revistas seriam enviadas até o meu endereço em até 7 dias úteis. Ela me garantiu que as revistas estavam disponíveis e que chegariam dentro do prazo.

Editora Abril mente pela 2ª vez

Como era final de ano, esperei um pouco mais além do prazo prometido mas as revistas, infelizmente, não chegaram.

Então, no dia 14/01/2022, liguei novamente para a Editora Abril para reclamar, mais uma vez, que eu não tinha recebido as edições da Quatro Rodas de novembro (2021), dezembro (2021) e, também, de janeiro (2022).

A atendente me passou o protocolo 900287447624 e disse que as três revistas seriam enviadas até o meu endereço em até 7 dias úteis. Ela me garantiu que as revistas estavam disponíveis e que, dessa vez, chegariam dentro do prazo.

Editora Abril confirma a própria mentira

Mais uma vez esperei mais do que os 7 dias úteis e nada das revistas chegarem. No dia 28/01/2022, liguei novamente para a Editora Abril para reclamar, pela terceira vez, que eu não tinha recebido as edições da Quatro Rodas de novembro (2021), dezembro (2021) e de janeiro (2022).

O atendente me passou o protocolo 900287627836 e disse que enviaria, em até 7 dias úteis, apenas a edição de janeiro (2022), uma vez que, segundo ele, “a Editora Abril não enviou antes as edições de novembro (2021) e dezembro (2021) porque elas já não estavam mais disponíveis há algum tempo”.

Revista Quatro Rodas de janeiro de 2022 - edição 753
Revista Quatro Rodas de janeiro de 2022 (edição 753): nunca chegou na minha casa

Disse a ele que eu tinha dois protocolos com afirmações do próprio SAC da editora que diziam o contrário e que seguiria aguardando a entrega das edições, como a própria Editora Abril prometeu em duas ocasiões.

Ele disse que isso não aconteceria pois a editora “já não tem, há algum tempo, as edições de novembro e dezembro de 2021” – ou seja, a Abril confirmou a sua própria mentira. 

Falha nas entregas é recorrente

O que me deixa triste é que não é a primeira vez, nem a segunda, nem a terceira vez que não recebo as edições da Quatro Rodas. Praticamente uma vez por ano a Editora Abril deixa de entregar, me forçando a ligar e reclamar.

E olha que assino a Quatro Rodas, de maneira ininterrupta, desde 2010 – talvez até mais, pois estou fazendo o cálculo de memória.

Nos últimos dois anos dei até um desconto e fui mais compreensivo por conta da pandemia. Mas, nessa vez, a Editora Abril demonstrou um absurdo descaso e passou dos limites do aceitável.

Solução?

Falei com o atendente dizendo que eu queria as minhas três edições entregues na minha casa, conforme o prometido por eles mesmos. Mas a única solução apresentada foi “acrescentar 2 meses no total da minha assinatura”.

Do que adianta fazer isso se eles são incapazes de entregar a revista? Pior, por que fazer uma proposta dessa depois de mentir descaradamente para o cliente – mais de uma vez?

Com isso, sigo sem ótimos conteúdos, pagando por um serviço que não é prestado, ouvindo mentidas e com minha coleção arruinada.

Se alguém tiver como me ajudar, eu agradeço!

PS: Importante dizer que continuo fã da revista e da equipe que a produz.

Créditos das imagens do post: reprodução do site da Quatro Rodas.

ACOMPANHE O DE 0 A 100 TAMBÉM PELO:

Comentários

  • Julio Tancredo Kammers disse:

    Estou com o mesmo problema.

    Registrei uma queixa no Reclame Aqui, pois estou desde dezembro de 2021 sem receber nenhum exemplar (e nem sou um assinante recente, sou assinante desde março de 1994).

    Em junho já precisei apelar para os Código de Defesa do Consumidor e Código Civil, para mostrar meu conhecimento jurídico e não quererem me passar a perna.

    Estou farto disso tudo.

  • Gustavo BH disse:

    Tive o mesmo problema com a revista Superinteressante . Por diversas vezes atrasaram e não enteegaram. Solução… cancelei a assinatura. Às vezes ainda compro na bamca. Mas é deprimente acho que o problema é sistêmico da editora Abril. Que pena!!!

  • HENRIQUE FRANKE SCHWENGBER disse:

    EU ACREDITO QUE EM POUCO TEMPO A ABRIL NÃO VAI MAIS FAZER A QUATRO RODAS REVISTA DE PAPEL, SOMENTE DIGITAL, POIS JÁ ENTROU RECENTEMENTE EM RECUPERAÇAÕ JUDICIAL OU SEJA DEVE ESTAR QUEBRADA COLECIONO 4 RODAS DESDE MARÇO DE 1984 E DESDE NOVEMBRO DE 2021 NÃO RECEBO MAIS MINHAS REVISTAS E SOU ASSINANTE DESDE OS ANOS 90. EU ACREDITO QUE É O FIM E SÓ TENDE A PIORAR A SITUAÇAO,NÃO VOU MAIS ASSINAR VOU COMPRAR NA BANCA OU NO MERCADO LIVRE

    • Deixe uma resposta

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *