Renault entrega Zoe E-Tech elétrico é entregue Fernando de Noronha

Foto do Renault Zoe E-Tech elétrico que irá para Fernando de Noronha
10 unidades do Renault Zoe E-Tech elétrico irão para Fernando de Noronha

A Renault entregou dez unidades do Zoe E-Tech elétrico que serão utilizadas em Fernando de Noronha pelo projeto de Pesquisa e Desenvolvimento da Neoenergia Pernambuco, companhia energética do estado.

A nova frota do modelo 100% elétrico atende o objetivo do projeto de reduzir a emissão de CO2 na ilha, bem como preservar o seu meio ambiente, e será utilizada pela equipe da Neoenergia, administração da ilha, bem como por turistas – eu queria usá-lo!

Energia renovável

O conjunto de ações do projeto contempla ainda a instalação de duas usinas de geração de energia limpa por meio de placas solares, construídas pela Neoenergia, além do desenvolvimento e avaliação de soluções e modelos de negócios aderentes à realidade da ilha.

“Para a Renault, é um grande privilégio dar continuidade à nossa parceria que visa contribuir com o programa Noronha Carbono Zero, e assim ajudar na preservação da ilha de Fernando de Noronha, um patrimônio ecológico da humanidade”, destacou Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil.

Trânsito sustentável a partir de 2030

A entrega de dez unidades do Zoe E-Tech elétrico e a construção de novas usinas solares fotovoltaicas são mais um passo para reduzir a emissão de gases de efeito estufa e contribuir para o processo de descarbonização do arquipélago.

Pela Lei Estadual nº 16.810/20, baseada nos termos do programa Noronha Carbono Zero, a partir de 12 agosto de 2023 não será mais permitida a entrada na ilha de motos, carros, ônibus e caminhões movidos a gasolina, etanol e diesel. E de 10 de agosto de 2030 em diante, o trânsito e a permanência no local serão definitivamente restritos a veículos com emissão zero de poluentes.

elétrico Renault Zoe E-Tech
Elétrico Renault Zoe E-Tech

Novas plantas fotovoltaicas

As novas plantas fotovoltaicas são compostas por módulos policristalinos de 345 Wp. Elas serão construídas nos locais conhecidos como Vacaria e Laboratório Noronha, próximo à usina de tratamento de resíduos. As duas áreas somam cerca de 2.300 m².

As estações terão capacidade de gerar 155 MWh de energia por ano, quantidade que cobre em até três vezes o consumo elétrico de todos os veículos do projeto que circulam pela ilha.

Isso representa a possibilidade de cada automóvel rodar aproximadamente 16 mil quilômetros ao ano, evitando a emissão de CO2 no meio ambiente.

Pontos de recarga

O projeto prevê ainda a instalação de 12 carregadores pela Neoenergia ao longo de toda a extensão da ilha. Serão pontos de recarga de 7,4 e de 22 kW. O início da montagem dos carregadores inicia logo após a conclusão da obra da primeira usina.

Além das placas solares, é de vital importância o uso de energia eólica na ilha. Se a Neoenergia insistir em usar combustível fóssil para alimentar Fernando de Noronha, incluindo casas e os carros elétricos, será um absoluto tiro no pé – algo que acredito que a Renault jamais compactuaria.

Mobilize

A circulação de veículos elétricos da Renault em Noronha, bem como a criação de uma infraestrutura para a mobilidade sustentável e a produção de energia limpa, está conectada às ações promovidas pela Mobilize.

A marca é a mais nova unidade de negócios do Grupo Renault, lançada em 2021, que oferece serviços de mobilidade, energia e dados para consumidores finais, empresas, cidades e órgãos públicos.

Zoe E-Tech e 36 irmãos

As unidades do Zoe E-TECH que serão utilizadas no Projeto Trilha Verde são resultado dessas soluções inteligentes da Mobilize para fomentar parcerias e ecossistemas energéticos sustentáveis.

Os carros servirão às atividades do trade turístico, administração distrital e operação local da companhia, além da realização de pesquisas de mobilidade envolvendo os veículos 100% elétricos.

Com o desembarque de mais dez unidades do Zoe E-Tech, a frota elétrica da Renault em Fernando de Noronha chegará a 46 veículos no total, entre eles o dois lugares Twizy e o utilitário Kangoo E-Tech.

Renault Kwid E-Tech deverá ser o próximo a se mudar para Pernambuco.

ACOMPANHE O DE 0 A 100 TAMBÉM PELO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *