Preço alto? Crise? Mercedes-AMG bate recorde de vendas no Brasil

Mercedes-AMG GLC 43 4MATIC Coupé
Mercedes-AMG GLC 43 4MATIC Coupé

Além de celebrar os 55 anos de fundação da Mercedes-AMG, junho trouxe o recorde de emplacamentos num único mês em toda a história da AMG no Brasil! Isso tudo num momento de inflação de doer no bolso, preços altíssimos e o poder de compra da imensa maioria dos brasileiros desaparecendo a passos largos.

Mesmo com a acentuação da crise econômica e social no País a partir do início de 2019, a Mercedes está no papel dela, que ´é vender carros! Ao todo, 165 unidades da AMG foram emplacadas no mês passado, sendo o belo GLC 43 4MATIC Coupé o principal modelo, com 52 unidades.

“Atingir esse recorde mostra que nossos clientes seguem com o sonho de ter um Mercedes-AMG em suas garagens. Esses números são frutos de nosso trabalho incansável de compreender esses desejos e transformá-los em realidade” afirma Gabriel Valadão, Head de Vendas Automóveis da Mercedes-Benz Cars & Vans Brasil.

Interior da Mercedes-AMG GLC 43 4MATIC Coupé
Interior da Mercedes-AMG GLC 43 4MATIC Coupé. Preço inicial: R$ 641.900

Variedade da linha

Um dos segredos para o recorde de emplacamentos é que, em 2022, a linha Mercedes-AMG é mais variada, com um portfólio que oferece 14 versões disponíveis.

Todos têm alto desempenho, com potências que começam em 306 cv (35 4MATIC) e atingem até 658 cv, o EQS 53 4MATIC+, que é o primeiro modelo Mercedes-AMG 100% elétrico e autonomia de até 580 km.

Mercedes-AMG GLC 43 4MATIC Coupé foi a mais popular de junho
Mercedes-AMG GLC 43 4MATIC Coupé foi a mais popular de junho

2022

Até junho, foram emplacadas 385 unidades, sendo o Mercedes-AMG GLC 43 4MATIC Coupé, que parte de R$ 641.900, e o GLE 53 4MATIC, que custa a partir de R$ 792.900, os principais modelos com 56 unidades emplacadas cada. Esse volume total representa cerca de 16% do mix total de emplacamentos da Mercedes-Benz em 2022.

Futuro

Se tudo correr bem, 2023 marcará o início de um novo e melhor momento para o Brasil e para o brasileiro e, a partir disso, quem sabe os modelos da Mercedes e da AMG não cheguem a um número ainda maior de pessoas?

ACOMPANHE O DE 0 A 100 TAMBÉM PELO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *