Fiat Strada Volcano 2021

Strada Volcano deve atrair um novo público e Land Rover Defender une tradição à modernidade. Veja os mais vendidos do ano no Brasil.

Por Fernando Calmon Fiat Strada Volcano vai atrair novo público A espera foi longa, mas a Strada tinha que mudar depois de duas décadas na liderança. Mesmo sem ameaças à vista, a nova versão topo de linha Volcano de cabine dupla, quatro portas e cinco lugares vai seduzir um comprador que não cogitava utilizar uma (…)

Vencedores e vencidos nas vendas de veículos no Brasil em 2019

Por Fernando Calmon No ano passado as vendas de veículos (automóveis e comerciais) leves cresceram 7,7% sobre 2018, um pouco abaixo das expectativas. O segmento de maior expansão (27%) foi o de SUVs compactos, porém os hatches subcompactos e compactos (incluídas versões “aventureiras”) continuam de longe o mais importante. Em números absolutos, somaram 1,027 milhão (…)

Fernando Calmon – Chevrolet Onix Plus, surpreendente

Se a concorrência sempre foi duríssima entres os compactos e, ainda assim, o Chevrolet Onix conseguiu liderar nos últimos quatro anos, a segunda geração reúne todas as condições de manter ou mesmo ampliar. Inicialmente, conforme a Coluna antecipou, está disponível apenas a versão sedã, enquanto o hatch só em novembro. Agora se chama Chevrolet Onix (…)

Jeep Renegade Limited 1.8 flex 2019

Os vencedores e vencidos do mercado brasileiro de veículos no 1º semestre de 2019

Por Fernando Calmon O mercado brasileiro de veículos cresceu 12% neste primeiro semestre em relação ao mesmo período de 2018. No entanto, a categoria de SUVs e assemelhados continua a aumentar sua participação nas vendas, atingindo o recorde de 21% com tendência a aumentar. Esse é um fenômeno mundial que começou nos EUA (lá representam (…)

Chevrolet Onix LT 2019

Vencedores e vencidos nas vendas de automóveis em 2018 no Brasil

Por Fernando Calmon O ano de 2018 foi melhor que o esperado em termos de vendas de automóveis, SUVs, monovolumes e picapes. Mas mostrou poucas surpresas dentro da classificação organizada pela coluna e distribuída por 16 segmentos. As stations ficaram de fora por sua baixa representatividade no mercado, confirmada pelo fim de produção da SpaceFox, (…)

Foto para ilustrar o mercado brasileiro de carros

Vencedores e vencidos no mercado brasileiro de carros no 1º semestre de 2018

Por Fernando Calmon O balanço de vendas por modelos do 1º semestre de 2018 traz novidades. O mercado brasileiro de carros demonstra rápida mutação e assim a coluna reviu alguns critérios, embora mantendo 16 segmentos. Pela baixa procura as stations foram desconsideradas nessa classificação. Hatches médio-compactos também: os três principais modelos juntos só encontraram menos (…)

carros estacionados na rua no Brasil

Alta Roda – Vencedores e vencidos no mercado de automóveis do Brasil

Em meio à recuperação do combalido mercado de automóveis do Brasil, que cresceu pouco mais de 9% em 2017, nosso ranking tradicional dos modelos mais vendidos sofreu alterações técnicas. Com pesar, caiu o segmento de peruas em razão de pouca oferta e vendas baixíssimas. O avanço dos SUVs levou ao quase desaparecimento dessa opção familiar (…)

Chevrolet Onix e Prisma nas versões LTZ 2017

Alta Roda – Automóveis líderes de vendas no Brasil no primeiro semestre

Foi uma surpreendente recuperação do mercado brasileiro, acima do esperado. Nos primeiros seis meses de 2017 as vendas cresceram quase 4% em relação ao mesmo período de 2016. A média diária de comercialização no mês passado superou 9.000 unidades pela primeira vez este ano. Por enquanto os bons resultados concentraram-se nas vendas corporativas, mas o (…)

Imagem que ilustra o programa Rota 2030 com consumo de combustível emissão de poluição e carro híbrido

Alta Roda – Ênfase em eficiência energética pós Inovar-Auto

O encerramento do Inovar-Auto, no final deste ano, abre oportunidades de debates sobre a sua evolução. O programa causou polêmicas por envolver medidas consideradas protecionistas pela União Europeia e Japão. Projetado para um período de cinco anos (2012-2017), incluiu muitas exigências burocráticas e teve saldo final discutível. Tudo agravado pela severa recessão econômica que atingiu (…)