Novo Nissan Versa Exclusive 2021

Nissan Versa 2021 evolui a preços competitivos

Por Fernando Calmon O Nissan Versa 2021 marca, de fato, uma iniciativa de virar o jogo no altamente disputado mercado dos sedãs compactos “anabolizados”, aqueles que estão próximos dos sedãs médios em dimensões. (…)

Nissan Versa V-Drive 2021

Nissan Versa V-Drive é o velho Versa com novo nome e as mesmas qualidades. Vale a pena comprá-lo?

Você já conhece é o Versa: é aquele sedã com bom espaço interno, porta-malas legal, econômico, com tanque de combustível pequeno, acabamento simples, visual ultrapassado, robusto, confiável e que carece de mais segurança. Pois é, para abrir espaço para a chegada da sua MUITO esperava novíssima geração, o modelo agora se chama Nissan Versa V-Drive. Será que (…)

Conceito Nissan Kicks une Brasil, México, China, Índia e Tailândia

Para comemorar o terceiro aniversário do seu SUV, a equipe de design da marca nipo-brasileira na América Latina, criou um conceito Nissan Kicks inspirado em elementos pertencentes à cultura dos 5 países onde o modelo é produzido atualmente: Brasil, México, China, Índia e Tailândia. (…)

Volkswagen Virtus atinge importante marca no Brasil

O Volkswagen Virtus acaba de conquistar a importante marca de 100 mil unidades produzidas na fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP). A unidade que representa essa conquista é um Highline na cor Azul Night. O sedã foi lançado em janeiro de 2018 e me agradou basante: (…)

Peugeot 2008 2020

Fernando Calmon – Como virar o jogo da Peugeot no Brasil

Entre as inúmeras frases de efeito criadas no mundo dos negócios está BTR (De Volta à Corrida, na sigla em inglês). Esse termo se aplica bem ao esforço recente da Peugeot no Brasil em mudar sua imagem. A marca teve algo em torno de 2,5% de participação de mercado e caiu para menos de 1%. (…)

Fábrica da Ford na Bahia

Fernando Calmon – Torcer para o setor automobilístico dar certo

Na primeira quarta-feira de maio de 1999, esta coluna estreou em 12 jornais brasileiros. Agora, duas décadas depois, mais de 80 jornais, revistas, portais, sites e blogs espalhados pelo País a reproduzem. Entre os assuntos daquele primeiro artigo estava a guerra fiscal. O estado do Rio Grande do Sul tinha resolvido romper unilateralmente o contrato (…)