Volkswagen Gol Rallye e Honda City DX chegam por cima e por baixo

Duas marcas lançaram duas novas versões de seus modelos com objetivos iguais, mas com estratégias diferentes. Ambas querem aumentar a participação no mercado (vendendo mais). Mas os japoneses criaram uma versão de entrada para o Honda City, chamada de DX, para deixá-lo mais barato; enquanto os alemães deram um tapa “off-road” (entre aspas mesmo!) no Volkswagen Gol Rallye, o deixando mais caro, mas nem por isso melhor equipado.

Começando pelo líder de vendas no Brasil, sua versão Rallye começa a ser vendida a partir de R$ 40.370 com câmbio manual e R$ 43.030 com a transmissão manual automatizada I-Motion.

A inspiração visual veio da picape Saveiro Cross, com aplique de plástico preto na parte inferior do para-choque, régua prateada na frente, faróis de neblina, faixas laterais, faróis com máscara negra, aerofólio preto, faixas decorativas na tampa do porta-malas e um aplique prateado na parte inferior do para-choque traseiro. O motor é o velho conhecido 1.6 VHT (EA 111 – você sabe o que significa a sigla EA?) que desenvolve 101 cv com gasolina e 104 cv com etanol.

Além do visual, para virar Rallye, o Gol recebeu pequenas alterações para ficar mais alto, com o aumento de 2,8 cm da distância livre do solo, além da suspensão ter ficado mais firme.

Equipamentos

Entre os equipamentos de série, destaque para sensor de estacionamento, direção hidráulica, luz de neblina, rodas de liga leve aro 15”, abertura elétrica do porta-malas, trio elétrico, rede no porta-malas, coluna de direção regulável em altura e profundidade, computador de bordo e seis alto-falantes. A lista de opcionais não é tão longa quanto a de itens de série, mas ela é tão ou mais importante: ar-condicionado, freios com sistema anti-travamento (ABS), rádio CD Player com reprodução de arquivos em MP3, entrada auxiliar USB e entrada para cartão de memória SD Card e airbag duplo.

Já a Honda pisou feio na bola. Ao invés de deixar a versão LX mais barata, para ter um modelo mais em condições de enfrentar (em termos de equipamentos) os concorrentes, especialmente o New Fiesta Sedan, a marca preferiu lançar um acabamento mais simples do City, o DX. Para emagrecer no preço, o sedã japonês perdeu o sistema de som completo, os alto-falantes e a bandeja sob o assento traseiro.

O City DX custa a partir de R$ 55.420 com câmbio manual e R$ 59.300 com automático. O Honda deveria ter ficado mais barato, sem perder equipamentos. Não custa lembrar que o New Fiesta parte de R$ 49.900 básico e chega a R$ 54.900 completo, com direito a sete airbags. Pelo menos a Honda manteve a mesma boa mecânica do City, com o motor 1.5 16V flex, que desenvolve 115 cv de potência com gasolina e 116 cv com etanol.

Confira os preços públicos sugeridos com pela Honda (frete incluso, com base em São Paulo):

R$ 55.420 (DX MT)
R$ 59.300 (DX AT)
R$ 57.420 (LX MT)
R$ 61.300 (LX AT)
R$ 62.975 (EX MT)
R$ 66.855 (EX AT)
R$ 66.780 (EXL MT)
R$ 72.625 (EXL AT)

(fotos: Volkswagen/Divulgação e Honda/Divulgação)

Comentários (23)

  1. ahuahauhauhuahuauhauhuhuahuahuah kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk hahahahaahhahahahahahahahha hohohohohohohohohohohohohohoho

    Onde está a estratégia da Honda e da Volks!?

    Quer vender mais? Simples redução de preço e carro completo! Pronto!

    Venderá até na LUA!

  2. E pelo AMOR DE DEUS! Como um carro de 55 mil não vem com acabamento na tampa do porta-malas!!!! Como assim?

    Picanto vem, Ford Ka vem, antigo UNO e novo vem, Chery vem, Gol vem, Clio vem, qualquer um vem! Mas isso não é de hoje! O meu amigo tem um Old Civic, ano 2002 e não tem acabamento na tampa do porta-malas! hahaauhsuahuahsuhauhsuahsuhasuhhsuauh

    tem que rir!

  3. Resumindo, ninguém vai comprar essa versão de entrada, foi só pra dizer que o carro ficou mais barato…poxa pelo menos colocasse um som mais baratinho…mais simples…
    Alguém sabe se o New Civic (R$ 67.000,00) tem forro na mala???

  4. GOL RALYY = Enquanto tiver otários para comprar esses “pseudo-off road”, as montadoras continuarão a lançar esses modelos que são verdadeiros “frankensteins”!!
    HONDA CITY DX = É um verdadeiro tiro no pé que a Honda está fazendo, pois, é um modelo que não vale o preço estipulado; onde a montadora deveria realmente baixar o preço para torná-lo um pouco competitivo!

  5. E eu que achava o palio 1.8R muito caro, isso ate ver esse gol que nem ar ele vem… e quanto ao city nem merece comentários custar isso tudo e vir tão pelado como ele vem, e depois falam dos carros franceses ainda, pelo menos equipados eles sao

  6. pq eles nao vendem um carro completo com um preço único? Até o custo de produção ficaria mais em conta. Seria uma linha de montagem, todo mundo teria um carro copleto e pronto. Exemplo o kia picanto, o q muda é a ser atm e ter bancos em couro! Pronto. Mas isso aqui nao pega as pessoas ecomizam mil reais por nao ter um conforto!

  7. Gol Rally = Carroça Volkswageana p/ 3º mundo com inúmeros problemas, motor lixo [“É Antigo!”], acabamento lixo, visual lixo e preço absurdo que agora vê sua liderança ameaçada e por isso sua gestora está fazendo uso [desesperado] de versões pseudo off roads que acabam ñ combinando com o visual mais esportivo dele.

    Sheety [City] = Carroça japonesa com acabamento triste pelada até a tampa traseira e o revestimento fonoabsorvente com tanque de combustível minúsculo e autonomia pífia [agora junte ambos…], preço “absurdamente absurdo” p/ brasileiro trouxa pagar e achar que está em um “carro”.

    Preciso dizer mais alguma coisa?

  8. Não vou dizer que é barato por ter um City, concordo que o City está com seu preço salgado porém, caro são todos os carros vendidos no Brasil, veja bem o novo Uno completo sai pro R$ 40.000, pergunto vale?, é claro que não desde quando uma privada com volante pode custar tudo isso.
    O A8 Audi um espetáculo de automóvel vai custar no Brasil R$ 500.000,00 aí de digo vale?, sim senhor cada tostão, o que estou tentando dizer é que, não só os carros da Honda ou Toyota são caros como todos sem exceções vendidos aqui estão com seus preços lá nas nuvens, quanto custa um Cerato na Europa?, uma carruagem francesa da Renault, Peugeot ou Citroën?, os da Ruindai?, pensem bem no Brasil questão de preço e subjetivo, paguei R$ 57.000,00 no City automático e estou satisfeitissíssimo, 11.000km e nem lâmpada queimada, tudo funciona perfeitamente o que eu quero mais?.

  9. Com 37 mil compro um Kia Picanto completo e automático! Vcs sabiam que os sons da Honda não vem com Bluetooth?! Tem que comprar um acessório que custa uns 300 reais!? Além do tapete na tampa do porta-malas! hauahuahuahuhauhauha que não vem!

  10. Quem será este anônimo?, quem adivinhar ganha uma passagem só de ida para a Romênia berço dos terríveis e horrorosos Sanderos e Logans da vida.

  11. hehehehehhe picanto? trabalhei muito tempo com carro e quando vejo as pessoas postarem comentários como alguns que foram postados aqui, fico triste, triste de ver como um “maluco”consegue chegar a comparar um carro da kia, da “ruindai” com carros da honda ou de qualquer outra marca japonesa. Para quem gosta de Kia, faça cotação do seguro antes de comprar, e se um dia precisar de peça ou qualquer tipo de assistência na parte de pós vendas, REZE, mas REZE com muita fé para não precisar esperar uns 3 ou 4 meses para chegar uma peça. Quando se compra um carro, sempre é bom analisar, preço das revisões e peças, disponibilidade das peças na autorizada, preço de seguro, preço de revenda e PRINCIPALMENTE durabilidade do produto….portanto,analisando todos estes pontos, ou você compra honda, ou você compra toyota….caso queiram tirar alguma dúvida, ou não acreditam no que eu falei, comprem outra marca…eu sou o TRISTE EX-proprietario de um corolla arrependido por ter vendido….

  12. hehehehehhe picanto? trabalhei muito tempo com carro e quando vejo as pessoas postarem comentários como alguns que foram postados aqui, fico triste, triste de ver como um “maluco”consegue chegar a comparar um carro da kia, da “ruindai” com carros da honda ou de qualquer outra marca japonesa. Para quem gosta de Kia, faça cotação do seguro antes de comprar, e se um dia precisar de peça ou qualquer tipo de assistência na parte de pós vendas, REZE, mas REZE com muita fé para não precisar esperar uns 3 ou 4 meses para chegar uma peça. Quando se compra um carro, sempre é bom analisar, preço das revisões e peças, disponibilidade das peças na autorizada, preço de seguro, preço de revenda e PRINCIPALMENTE durabilidade do produto….portanto,analisando todos estes pontos, ou você compra honda, ou você compra toyota….caso queiram tirar alguma dúvida, ou não acreditam no que eu falei, comprem outra marca…eu sou o TRISTE EX-proprietario de um corolla arrependido por ter vendido….

  13. New City: Pode até ser um carro bom, mas não emplaca em vendas.
    Gol Rallye: É o carro mais vendido no Brasil. Só isso basta, pois se fosse porcaria ninguém comprava. Já tive dois e já vou ter meu rallye mês que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *