Hyundai Elantra 2.0 flex chega por R$ 96.300! Pode custar absurdamente caro assim, produção?

Hyundai/Divulgação

O amigo Marlos Ney Vidal “cantou a pedra” e a Quatro Rodas confirmou: a Hyundai está lançando o Elantra com motor 2.0 flex. A notícia seria excelente se não fosse um detalhe, o absurdo preço cobrado pelo modelo: R$ 96.300!

É isso mesmo que você leu! Esse é o valor para o modelo sem teto solar. Com este equipamento, a bagatela sobe para inacreditáveis e estratosféricos R$ 99.800! Se não bastasse o Veloster ser manco, o próprio Elantra 1.8 ter cavalos + pôneis, o HB20 ser bonitinho mas ordinário, o HB20S ser chamado de HB20$, e do novo i30 custar um olho da cara, agora o Elantra 2.0 chega por um preço que realmente não dá para entender.

O que está acontecendo com a Hyundai no melhor momento da história da marca no Brasil?

Reprodução

Tucson, HB20 e HB20S são fabricados no Brasil – o primeiro em Goiás, e os outros dois em São Paulo. Mas os outros carros da linha da Hyundai são importado para o Brasil. Além do lucro altíssimo, outra questão que justifica o aumento pode ser a elevada carga de impostos brasileira (IPI, de importação, etc.). Mas não custa lembrar que um veículo flex para menos imposto do que um só a gasolina.

De qualquer forma, depois das “verídicas” informações sobre a potência do Veloster e do Elantra 1.8, a versão 2.0 do sedã coreano tem como potência declarada pela marca 169 cv com gasolina e 178 cv com etanol, ambos alcançados a 6.200 rpm. Já o torque é de 19,9 mkgf com o combustível fóssil e 21,5 mkgf com o derivado da cana-de-açúcar.

São números superiores a todos os principais concorrentes. Porém, nas vendas em 2013, o Elantra apanha de todos esses principais adversários. De janeiro a março, segundo a Fenabrave, foram emplacadas 937 unidades do Elantra. Veja os outros sedãs médios:

Emplacamentos – Janeiro a março de 2013
1º. Toyota Corolla – 10.562 unidades – 23,54%
2º. Honda Civic – 10.186 unidades – 22,71%
3º. Chevrolet Cruze – 5.230 unidades – 11,66%
4º. Renault Fluence – 3.683 unidades – 8,21%
5º. Volkswagen Jetta – 3.357 unidades – 7,48%
6º. Fiat Linea – 1.792 unidades – 3,99%
7º. Mitsubishi Lancer – 1.719 unidades – 3,83%
8º. Nissan Sentra – 1.549 unidades – 3,45%
9º. Kia Cerato – 1.434 unidades – 3,20%
10º. Peugeot 408 – 1.324 unidades – 2,95%
11º. Hyundai Elantra – 937 unidades – 2,09%

O Hyundai Elantra vem equipado com câmbio automático de seis marchas, ar-condicionado digital com duas zonas de temperatura, piloto automático, freios ABS com EBD, BAS e ESP, airbags frontais, laterais e de cortina; sensores de estacionamento dianteiros e traseiros; bancos revestidos em couro; coluna de direção regulável em altura e profundidade; sistema de partida sem chave; sistema multimídia com tela touchscreen de sete polegadas, GPS, Bluetooth, câmera de ré, entradas auxiliar e USB, rádio CD Player, volante multifuncional revestido em couro, piloto automático, sensor de chuva e faróis de neblina.

Hyundai Elantra 2.0 16V
Potência: 169/178 cv (g/e) a 6.200 rpm
Torque: 19,9/21,5 mkgf (g/e) a 4.700 rpm

Ford Focus Sedan 2.0 16V
Potência: 143/148 cv (g/e) a 6.250 rpm
Torque: 18,7/19,5 mkgf (g/e) a 4.250/5.250 rpm
Preço da versão Titanium automática: R$ 72.564 (com pintura perolizada)

Honda Civic 2.0 16V
Potência: 150/155 cv (g/e) a 6.300 rpm
Torque: 19,3/19,5 mkgf (g/e) a 4.700/4.800 rpm
Preço da versão EXR automática: R$ 83.890 (com pintura metálica)

Nissan Sentra 2.0 16V
Potência: 143 cv (g/e) a 5.200 rpm
Torque: 20,3 mkgf (g/e) a 4.800 rpm
Preço da versão SL CVT: R$ 67.690

Peugeot 408 2.0 16V
Potência: 143/151 cv (g/e) a 6.250/6.000 rpm
Torque: 20/22 mkgf (g/e) a 4.000 rpm
Preço da versão Griffe automática: R$ 71.790 (com pintura metálica)

Renault Fluence 2.0 16V
Potência: 140/143 cv (g/e) a 6.000 rpm
Torque: 19,9/20,3 mkgf (g/e) a 3.750 rpm
Preço da versão Privilège CVT com pack premium: R$ 79.800 (com pintura metálica)

Toyota Corolla 2.0 16V
Potência: 142/153 cv (g/e) a 5.600/5.800 rpm
Torque: 19,8/20,7 mkgf (g/e) a 4.000/4.800 rpm
Preço da versão Altis automática: R$ 85.740 (com pintura metálica/perolizada)

Volkswagen Jetta 2.0 8V
Potência: 116/120 cv (g/e) a 5.000 rpm
Torque: 17,7/18,4 mkgf (g/e) a 4.000 rpm
Preço da versão Comfortline Tiptronic: R$ 78.916 (com opcionais e pintura perolizada)

Volkswagen Jetta 2.0 TSI
Potência: 200 cv (g) a 5.600/5.100 rpm
Torque: 28,5 mkgf (g) a 1.700 rpm
Preço da versão Highline DSG: R$ 98.502 (com opcionais e pintura perolizada)

Comentários (12)

  1. Vende menos que todos os principais rivais, mas dá um lucro 5 vezes maior do que qualquer um deles. Hyundai não liga mesmo para o consumidor brasileiro, tá se achando grife! Fora que, por esse preço, dá para comprar um BMW (BMW!!!!) 116i, e ainda sobra 10.000 dilmas!

    Louco quem compra Hyundai!

  2. Outro detalhe, o que para mim mais importa em um carro, como diz um amigo alemão que tem um Jetta 2.5 é o Torque….Te garanto que o Corolla vai andar o mesmo, porém mais em conta! Queria saber, pq todos os carros da Hundai tem tantos cavalos do que os outros!?

  3. Cada vez mais acredito que a classe média alta gosta de pagar caro. Isso mesmo. Tem o prazer de pagar 70 paus num Corolla, que é um carro básico em muitos países.
    Eu nem falo mais em Governo. Falar nele já me causa náusea, uma por não incentivar a concorrência, outra por ser responsável pelo aumento dos custos de produção no país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *