Duelo 2014: Ford New Fiesta Sedan 1.6 X Chevrolet Cobalt 1.8

Duelo-Ford-New-Fiesta-Sedan-SE-Titanium-Chevrolet-Cobalt-LT-LTZ-Brasil-2014

Ford New Fiesta Sedan e Chevrolet Cobalt chegaram à linha 2014 com uma semelhança: o ofuscamento. Enquanto o carro da marca oval azul fica na sombra do irmão hatch, que se nacionalizou e recebe todos os holofotes da empresa, o modelo da gravata dourada vê o irmão menor, Prisma, brilhar pelas ruas.

Mas nem por isso New Fiesta Sedan e Cobalt deixam de ser opções interessantes. Nas respectivas linhas 2014, eles trouxeram novidades distintas. Enquanto o primeiro recebeu melhorias no visual e na motorização, o sedã da GM concentrou as suas poucas mudanças por dentro, no painel, contra-atacando o rival norte-americano onde ele é mais fraco: espaço interno.

Buscando o mesmo comprador, mas com propostas relativamente distintas, quem vence o Duelo entre Ford New Fiesta Sedan e Chevrolet Cobalt?

Como o New Fiesta Sedan não será vendido por aqui com o motor 1.5, eliminei o Cobalt 1.4 da disputa para deixar a briga para os motores 1.6 16V e 1.8 8V.

Chevrolet Onix X Chevrolet Agile
Chevrolet Onix X Hyundai HB20
Ford EcoSport X Renault Duster
Nissan Versa X Chevrolet Cobalt
Nissan Versa X Renault Logan 
Nissan Versa X Renault Symbol
Nissan Versa X Fiat Grand Siena
Peugeot 308 X Ford Focus

Chevrolet-Cobalt-1.8-LT-LTZ-Brasil-dianteira01

Preços e equipamentos

Começando pelo líder entre os sedãs “compacto premium” no Brasil em 2013, o Chevrolet Cobalt, que não tem nada de compacto, tem preço inicial sugerido de R$ 45.290 na versão LT 1.8, que já vem equipada, de série, com o trivial para um veículo desta categoria: aerofólio traseiro na tampa traseira, alavanca de liberação do freio de mão e aletas de saída de ar com detalhe cromado; espelhos retrovisores externos com cobertura na cor do veículo, dobrável e controle manual; grade frontal do radiador na cor preta com os contornos cromados; maçanetas externas das portas na cor do veículo, painel de acabamento de portas para a versão LT com insertos em tecido na cor Dark Titanium (tonalidade cinza), painel de instrumentos na cor Urban (tonalidade café) com detalhes em Dark Titanium (tonalidade cinza) e painel central com pintura metálica na cor Dark Titanium (tonalidade cinza); para-choques dianteiros e traseiros na cor da carroceria; rodas de aço de 15″ x 6J e calotas integrais na cor prata com 5 raios; vidros verdes com pára-brisa laminado, acionamento elétrico das travas das portas e alarme anti-furto, vidro elétricos dianteiros, ar-condicionado, chave principal dobrável do tipo canivete com acionamento remoto de destravamento das portas e abertura do porta-malas (chave reserva rígida); cinto de segurança do motorista com pretensionador, cintos dianteiros com regulagem de altura; cintos de segurança traseiros laterais retráteis de 3 pontos e central subabdominal; coluna de direção com regulagem em altura, desembaçador elétrico do vidro traseiro temporizado, direção hidráulica; display computador de bordo com informações como contagiros analógico e velocímetro digital, odômetro total e parcial, indicador de nível de vida de óleo, tempo de viagem, consumo médio e instantâneo de combustível, velocidade média; luz de cortesia no porta-luvas e no porta-malas, luz interna de cortesia/leitura no teto para os passageiros traseiros, regulador de intensidade da iluminação do painel de instrumentos, antena, banco do motorista com regulagem de altura; banco traseiro bipartido, 60/40, dobrável e com dois encostos de cabeça em formato de “L” invertido com regulagem em altura e removíveis; encostos de cabeça dianteiro com regulagem em altura e removíveis, entre outros.

Pagando R$ 48.390, você leva o Cobalt LT 1.8 equipado com transmissão automática com seis marchas, piloto automático (cruise control) e volante revestido em couro.

Ford-New-Fiesta-Sedan-2014-SE-Titanium-Brasil-dianteira

Partindo de sugeridos R$ 49.990, o New Fiesta Sedan SE 1.6 16V é R$ 4.700 mais caro do que o Cobalt, mas oferece uma lista de equipamentos de série mais representativa em termos de importância, com ajuste de profundidade do volante, direção elétrica, retrovisores externos com controle elétrico, sistema de som completo com comandos por voz em português, ar-condicionado digital, controles de estabilidade e tração, sistema de assistência de partida em rampas, saídas de ar direcionadas para os bancos traseiros, vidros elétricos nas quatro portas e sistema Isofix.

Veja a lista completa: 5 porta-copos (2 dianteiros / 1 traseiro / 2 portas dianteiras), 6 alto-falantes, airbag duplo dianteiro, ajuste de altura e profundidade da coluna de direção, alarme perimétrico, antena de teto, anéis de saída de ar com acabamento prateado; aquecedor, ar-condicionado digital, aviso no painel dos faróis acesos, banco do motorista com ajuste de altura; banco traseiro bipartido, bancos revestidos em tecido, CD Player com MP3, cintos de segurança dianteiros retráteis com regulagem de altura, cintos de segurança pretensionados; comando de voz em português: funções de áudio e telefone, computador de bordo, conexão Bluetooth, entradas para USB e para iPod; console central integral com porta-objetos, conta-giros (tacômetro), desembaçador do vidro traseiro, direção elétrica, display LCD multifuncional no painel do veículo, EPATS – Sistema Ford anti-furto, ESC (Controle Eletrônico de Estabilidade) com TCS (Controle de Tração), encosto de cabeça dos bancos ajustáveis / removíveis, espelhos retrovisores eternos na cor do veículo e com comando elétrico, freios ABS, grade frontal cromada, HLA (assistência de partida em rampas), insertos prateados na direção, jogo de Tapetes (frontais), LATCH – ganchos para ancoragem de cadeira de criança, limpador do vidro dianteiro intermitente e com velocidade variável, luz de cortesia dianteira, luz elevada de freio (brake-light), manopla com inserto prateado, maçanetas eternas das portas na cor do veículo, moldura prateada no painel central, pontos de força 12V no console central nas partes dianteira e na traseira; porta-objetos nas portas dianteiras, preparação para som (portas), para-choques pintados na cor do veículo, pára-sol do motorista com espelho de cortesia, pára-sol do passageiro com espelho de cortesia, revestimento parcial das portas em tecido, rodas de liga leve aro 15″ (pneus 185/60), régua do porta malas cromada, saídas de ar direcionadas para os bancos traseiros (abaixo dos bancos), Sistema de Classificação do Ocupante, Sync Media System; trava de segurança para crianças, trava elétrica das portas com controle remoto, travamento automático das portas a 7 km/h, vidros elétricos com um toque para cima e para baio no lado do motorista, vidros elétricos traseiros, vidros verdes, sistema Isofix para a fixação de cadeiras infantis, entre outros.

Por R$ 53.640, você leva o New Fiesta Sedan SE equipado com o câmbio manual automatizado Powershift, de dupla embreagem e seis marchas.

Chevrolet-Cobalt-1.8-LT-LTZ-Brasil-traseira-2013

Sabendo que, nas versões de entrada, seu veículo é mais barato e inferior em termos de equipamentos, a Chevrolet tratou de colocar mais itens de série na versão topo de linha do Cobalt, a LTZ 1.8. Por R$ 49.590, além dos itens da LT, ela vem com aplique cromado no painel de instrumentos, espelhos retrovisores externos com cobertura na cor do veículo, dobrável manual e controle elétrico; faróis de neblina na dianteira, faróis dianteiros com lentes escurecidas; friso cromado aplicado nas portas, lanternas traseiras escurecidas; maçanetas internas das portas cromadas, moldura com acabamento cromado aplicada no para-choque traseiro, moldura de proteção nas portas na cor do veículo; painel de acabamento de portas com insertos em tecido aveludado na cor Ray Uni (tonalidade cinza); volante revestido em couro; acionamento elétrico do vidro das portas traseiras, controle da temperatura do ar-condicionado com botão rotativo e detalhe cromado; luzes internas individuais de cortesia/leitura no teto para motorista e passageiro; sensor de estacionamento traseiro; sombreiras – motorista e passageiro com espelho de cortesia; tomada de força 12V, conjunto de alto falantes (4 unidades); controles de rádio e do celular no volante; sistema multimídia MyLink, com tela LCD sensível ao toque de 7′, radio AM/FM, entradas USB e auxiliar, função audio streaming, conexão Bluetooth para celular e aplicativos para smartphone – a única novidade da linha 2014 do Cobalt.

Pagando mais R$ 3.200 (R$ 52.790), você leva a versão LTZ 1.8 equipada com transmissão automática com seis marchas com piloto automático (cruise control).

Ford-New-Fiesta-Sedan-2014-SE-Titanium-Brasil-lateral-traseira

Antes que a Chevrolet pudesse abrir um sorriso dizendo “toma Ford”, sua adversária contra-ataca quase com “armas de destruição em massa”. A versão Titanium do New Fiesta Sedan parte de R$ 55.340 e vem com os itens da SE, além de 7 airbags (dois dianteiros, dois laterais, dois de cortina e um de joelho para o motorista), bancos e volante revestidos em couro, rodas de liga leve de 16″; controle automático de velocidade, sensor de estacionamento traseiro, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, espelho retrovisor interno eletrocrômico e pacote de acabamento Titanium (painel central em “black piano” e grade dianteira cromada).

Por R$ 58.990, você leva o New Fiesta Sedan Titanium equipado com o câmbio manual automatizado Powershift, de dupla embreagem e seis marchas.

Chevrolet-Cobalt-1.8-LT-LTZ-Brasil-dianteira

Logo: Por ser mais bem equipado do que o Cobalt, o New Fiesta Sedan venceria este quesito com certa facilidade. Entretanto, nenhum dos dois carros é barato. Pelo contrário: os considero caros e, como o sedã da Ford custa, em média, R$ 5.200 a mais do que o Chevrolet, diferença realmente considerável, achei mais justo o empate.

Faço um parêntese aqui: eu até pensei em colocar o Sonic Sedan nesta disputa, no lugar do Cobalt. Entretanto, as vendas do Sonic são pífias se comparadas às do Cobalt, como também acontece com o New Fiesta Sedan. Mas, como a Ford investiu de forma mais significativa na linha 2014 do seu sedã, achei mais interessante colocá-lo numa disputa com o líder de mercado.

Modelo  Preço (R$)
 Chevrolet Cobalt LT 1.8 8V  45.290
 Chevrolet Cobalt LT 1.8 8V automático  48.390
 Chevrolet Cobalt LTZ 1.8 8V  49.590
 Chevrolet Cobalt LTZ 1.8 8V automático  52.790
 Ford New Fiesta Sedan SE 1.6 16V  49.990
 Ford New Fiesta Sedan SE 1.6 16V Powershift  53.640
 Ford New Fiesta Sedan Titanium 1.6 16V  55.340
 Ford New Fiesta Sedan Titanium 1.6 16V Powershift  58.990

Preços: 19/09/2013 (com pintura sólida e para a região Sudeste)

Resultado: Chevrolet Cobalt 1 x 1 Ford New Fiesta Sedan

Ford-New-Fiesta-Sedan-2014-SE-Titanium-Brasil-dianteira-Powershift

Desempenho

As propostas de motorização dos dois carros são semelhantes, mas possuem soluções distintas. Enquanto a Chevrolet aposta no tradicional (e antigo) motor Econ.Flex 1.8, com 8 válvulas, que privilegia o torque, a Ford coloca as suas fichas na versão atualizada do propulsor Sigma 1.6, mas com 16 válvulas, que tem números de potência muito superiores.

O Cobalt 1.8 desenvolve 106 cv de potência e 16,4 mkgf de torque com gasolina e 108 cv e 17,1 mkgf com etanol, enquanto o New Fiesta Sedan 1.6 16V tem 125 cv e 15,4 mkgf com o combustível fóssil e 130 cv e 16 mkgf com o derivado da cana-de-açúcar.

Chevrolet-Cobalt-1.8-LT-LTZ-Brasil-motor-Econo.flex

Motor 1.8 8V Econo.Flex do Chevrolet Cobalt privilegia o torque

Mas o que isso significa na prática? O Cobalt é mais animado para sair do lugar, já que o seu torque é maior e o seu peso menor. Entretanto, quando o motor do New Fiesta Sedan enche um pouco mais (fica com giro mais alto), ele logo demonstra que os 19/22 cv extras fazem muita diferença, mesmo que seu peso seja mais alto. Na estrada, com o carro carregado, esta força adicional é notável na eficiência da ultrapassagem.

Quando equipados com suas transmissões que descansam o pé esquerdo, o sedã da Ford sobressai mais uma vez. Embora o câmbio automático de seis marchas do Cobalt seja muito eficiente, ele é atrapalhado pelas limitações do motor 1.8 8V – nada que seja um absurdo – mas fica claro que o casamento do câmbio da GM foi com a motorização 1.8 16V Ecotec do Cruze.

Por outro lado, o propulsor 1.6 16V e a transmissão Powershift de seis velocidades e dupla embreagem parecem melhores amigos. Brigam em alguns momentos, mas na maior parte funcionam com bastante sintonia, com um ajudando o outro constantemente, fazendo com que o New Fiesta Sedan ande mais e beba menos do que o Chevrolet.

Ford-New-Fiesta-Sedan-2014-SE-Titanium-Brasil-lateral

Aqui vale uma observação: as trocas sequenciais nos dois carros são muito ruins. Mudar as marchas por botões localizados na alavanca de câmbio é péssimo (veja na galeria de fotos). Era melhor nem ter. O ideal mesmo seria contar com paddle shifts (borboletas) atrás do volante para as trocas.

Chevrolet Cobalt 1.8 Econo.Flex

Potência: 106/108 cv (g/e) a 5.400 rpm
Torque: 16,4/17,1 mkgf (g/e) a 3.200 rpm
Comprimento: 4,479 m
Largura: 1,735 m
Altura: 1,514 m
Entre-eixos: 2,620 m
Porta-malas: 563 litros
Tanque: 54 litros
Peso: 1.112 kg (LT) e 1.137 (LTZ)
Consumo LTZ automático (etanol): 5,9 km/l na cidade e 9,5 km/l na estrada (Revista Carro)

Ford New Fiesta Sedan 1.6 16V

Potência: 125/130 cv (g/e) a 6.500 rpm
Torque: 15,4/16 mkgf (g/e) a 4.250/5.000 rpm
Comprimento: 4,406 m
Largura: 1,722 m (1,977 m com retrovisores)
Altura: 1,475 m
Entre-eixos: 2,489 m
Porta-malas: 465 litros
Tanque: 51,62 litros (manual) e 51,9 litros (automático)
Peso: 1.199 kg (SE e Titanium manual), 1.226 kg (SE e Titanium Powershift)
Consumo manual: com etanol, média de 8 km/l na cidade e 9,7 km/l na estrada; com gasolina, média de 11,2 km/l na cidade e 14,1 km/l na estrada.
Consumo Powershift: com etanol, média de 7,9 km/l na cidade e 9,9 km/l na estrada; com gasolina, média de 11,4 km/l na cidade e 13,9 km/l na estrada.
Fonte: INMETRO/CONPET.

Resultado: Chevrolet Cobalt 1 x 2 Ford New Fiesta Sedan

Chevrolet-Cobalt-1.8-LT-LTZ-Brasil-interior-painel-2014

Espaço, acabamento e conforto

O New Fiesta Sedan tem acabamento superior, com o uso de materiais de melhor qualidade – fica clara a diferença, por exemplo, entre os dois painéis. Seus bancos são confortáveis, embora eu tenha sentido falta de alguma coisa (talvez que o banco do motorista fosse um pouco maior). A posição de dirigir também é melhor no Ford.

Por outro lado, o Cobalt é um carro mais confortável, especialmente para quem vai no banco de trás, onde três adultos viajam sem problemas (no adversário, só dois vão com conforto). Não importa onde, o Chevrolet oferece muito mais espaço – para os ocupantes e para a bagagem (563 litros x 465 litros). Seu comportamento lembra o do saudoso Vectra.

Ford-New-Fiesta-Sedan-2014-SE-Titanium-Brasil-interior-painel-Powershift

Mas, diferente do aposentado sedã, com os meus 1,97 m de altura, bati a minha cabeça no teto sentado no banco do motorista, mesmo com o assento regulado para ficar o mais baixo possível. Embora eu esteja duplamente fora dos padrões de tamanho (já participei de um estudo de pós-graduação sobre isso), é um fato lamentável que eu não consiga ter uma posição adequada de dirigir por causa da limitação de espaço para a cabeça – nem com o Fiat Uno isso acontece.

O Sync Media System do New Fiesta Sedan oferece muito recursos, mas ele não é tão prático de usar quanto o MyLink (de série apenas no LTZ) do Chevrolet. Enquanto o Ford tem uma telinha monocromática, o Cobalt tem uma tela de 7″ sensível ao toque. Mas o conjunto do GM fica devendo um CD Player. O sistema multimídia do Cobalt também poderia ter GPS de série, evitando a conexão e uso com o smartphone para isso.

Chevrolet-Cobalt-1.8-LT-LTZ-Brasil-painel-2014

Embora não tenha cinto de três pontos e apoios de cabeça para todos os ocupantes (veja nas fotos abaixo), nem direção elétrica (aumenta o conforto e reduz o consumo) como o New Fiesta, o Cobalt leva este critério por oferecer espaço para cinco pessoas e para bagagem, tudo ao mesmo tempo. O New Fiesta Sedan deveria ser mais espaçoso – espero que a Ford pense nisso para a sua próxima geração.

Resultado: Chevrolet Cobalt 2 x 2 Ford New Fiesta Sedan

Ford-New-Fiesta-Sedan-2014-dianteira-especial

Visual

Não custa lembrar que este é um quesito subjetivo e que não vale nota. Mas, neste duelo, de frente, de costas, de lado, de cabeça para baixo, debaixo d’água, de dia, de tarde, de noite, na garagem, no clube, na casa do vizinho, dirigido pela sogra, debaixo de um temporal, parado no posto, etc., não há dúvida: o Ford New Fiesta Sedan é bem mais bonito do que o Chevrolet Cobalt.

Em 2011, quando foi lançado, as linhas do Cobalt até agradavam um pouco mais. A versão 1.8 trouxe, em 2012, um questionável “aerofólio” para todas as versões (com motor maior) e faróis com máscara negra e lanternas traseiras translúcidas para o LTZ. Mas beleza nunca foi o forte do conjunto, assim como modernidade. E a situação só está piorando com o tempo. O sedã da GM tem aspecto cada vez mais cansado e “pesado”. Sua sorte foi que o outro “filho da marca”, Spin, conseguiu ser muito mais feio.

Chevrolet-Cobalt-1.8-LT-LTZ-Brasil-lateral-traseira-automatico-especial

Já o New Fiesta Sedan recebeu uma nova, bonita e moderna dianteira para a linha 2014 (a mesma do New Fiesta hatch), assim como pequeno retoques na traseira (bonita, mas que não atrai tantos olhares como acontece com a dianteira).

Resumo da obra

O New Fiesta Sedan é mais caro, mais equipado, anda mais, bebe menos, é mais seguro, tem visual mais moderno e agradável e espaço interno bem limitado, especialmente no banco traseiro.

O Cobalt tem menos equipamentos de série (mas sua lista não é ruim), desempenho e consumo inferiores, visual mais feio, mas contra-ataca no amplo espaço interno, porta-malas maior e no preço consideravelmente mais baixo (embora também seja caro).

Ford-New-Fiesta-Sedan-2014-SE-Titanium-Brasil-traseira

Foi um Duelo equilibrado. Se o Ford fosse mais barato, venceria a disputa. Se o Chevrolet tivesse melhor desempenho e consumo, também poderia ter vencido a disputa. Logo, o empate foi o resultado mais justo.

Se eu fosse escolher um para colocar na garagem, embora pareça um ponto paradoxal por causa da minha altura, eu escolheria o Ford New Fiesta Sedan por dois motivos: segurança e posição de dirigir, já que a minha cabeça na bate no teto quando guio o modelo.

Comentários (75)

  1. achei injusto o comparativo pois o cobalt nao e sedan compacto premium com o new fiesta sedan e sim um sedan compacto-medio q e uma categoria abaixo, o rival justo do NFSD seria o SONIC SEDAN

    • cada vez menos as categorias de carros estão definidas. nunca tinha ouvido falar de uma categoria chamada ‘compacto-medio’, mas tudo bem. o que não entendo é como um “compacto-medio” pode custar menos do que um compacto premium. abraço!

      • no nosso mercado so faz aumentar cada vez mais a quantidade de categorias, as q existem entre os compactos “sedan e hatch” sao estas;

        comapcto de entrada
        compacto intermediario
        compacto-medio “por enquanto so sedans”
        compacto premium
        compacto de imagem ou nicho

      • Ele pode custar menos porque é um carro inferior, é inferior em motorização, câmbio, estruturalmente, inferior em acabamento, inferior em equipamentos, inferior em qualidade de montagem e inferior em qualidade dos materiais internos.
        O cobalt é um carro inferior em praticamente tudo, mas tem mais espaço.

        • Cobalt é um projeto feito pra ser barato, mas sua plataforma é moderna, e isso é percebido na sua estabilidade, silêncio e conforto de rodagem. Nesse ponto não fica devendo nada ao nanico da Ford, que, em compensação, é um mini-carro com preço de sedan médio. O custo-benefício do Cobalt é melhor.

          • Tem algum teste de impacto com o Cobalt???? Claro que não, ele só é vendido em país subdesenvolvido.

            Mas no Latin ncap já testaram o Agile, e conseguiu a façanha de ter um resultado medíocre, com nenhuma estrela para os ocupantes do banco da frente.

            Se o Cobalt seguir os mesmos passos do primo Agile, a estrutura de feita de aluminio reciclado das latinhas de coca cola realmente deve ser uma maravilha.

          • O cobalt realmente é silencioso, a estabilidade é ajudada pela bitola e distância entre eixos, mas honestamente nunca andei na estrada.
            O cobalt não oferece melhor custo benefício porque é inferior em tudo o que se refere a qualidade.
            Tem motor inferior, cãmbio inferior, bancos inferiores, plásticos inferiores, montagem interna inferior e ainda fica devendo muitos equipamentos.
            Comparando o cobalt ltz contra o fiesta SE os preços são iguais e além desta diferença de qualidade que comentei ele deve em equipamentos de conforto e em equipamentos de segurança.
            O cobalt é claramente um produto feito para países pobres, o fiesta não.

          • Se o motor “superior” de “alta qualidade” do nanico da Ford acompanhar o desempenho da mecânica da irmã SUV-nanica montada na “excelente” fábrica de Camaçari, que levou PEMBA na avaliação de longa duração de uma influente revista especializada dia desses, vai ser melhor ficar com a mecânica antiga, mas confiável da Chevrolet… KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
            E o bobão falando de teste de impacto. Agile tem plataforma do Corsa B 94. Muito ruim mesmo. Cobalt tem plataforma do Sonic. Só procurar o desempenho do primo Sonic nos testes de impacto. Te adianto que foram excelentes os resultados…

          • Comparar um carro feito para países em desenvolvimento (Cobalt) com outro que, a despeito do motor, é exatamente o mesmo que atende o exigente mercado norte americano é realmente uma injustiça. O Fiesta está anos luz à frente do Chevette! MAS, brasileiro tem dessas né, ‘mecânica tradicional’, é por isso que tínhamos kombi e mille vendendo feito pão quente até o ano passado…

    • O Cobalt é 1.8, mas os restantes parâmetros de consumo, potência etc. não o acompanham. É mais barato e maior porta-malas, mas me pareceria que estou com o antigo Classic… Prefiro pagar mais em um Fiesta.

  2. mas dando agora a minha opniao entre os 2 ficaria com o COBALT pq tem espaço interno e portamalas maiores q o astra sedan e vectra, sem contar q ele anda bem com o motor 1.8 e o design q pessoalmente nao acho feio e sim elegante e imponente

  3. Nesse final de semana fui ver o New Fiesta Sedan e a Spin. O Cobalt nem cogitei porque a frente para mim é horrorosa.

    A Spin tem mais espaço interno e passa uma sensação real de amplitude. No entanto, ao entrar no New Fiesta Sedan você sente que está num carro de categoria superior, ainda que o valor de ambos seja o mesmo.

    E quando você olha a lista de itens de séries, chega a ter pena da Spin. Só os 7 air bags e o controle de estabilidade já seriam suficientes para fazer a diferença, mas ainda tem sensores de chuva e para os fárois, bancos em couro, Isofix, etc.

    Enfim, para quem não precisa de tanto espaço no banco de trás, como por exemplo um casal, alguém solteiro ou um casal com até 2 filhos pequenos, o New Fiesta Sedan é sem dúvida mais interessante.

    Mas se espaço é essencial, então deve considerar a Spin, mas sabendo que está abrindo mão de vários itens de conforto e segurança.

      • queria ler esse comparativo, do spin com o new fiesta sedan; pois o que está publicado no blog é do cobalt contra o new fiesta sedan. acho que até a sua filha de quatro anos reparou isso também.

      • Mulher não entende de carro desde pequeno mesmo. Tanto a Spin como o NF sedan são carros com proposta familiar. Ambos me atenderiam. O grande porta malas da Spin é uma boa pedida, mas a ausência de itens como ESC e 7 AB me fizeram desistir da Spin.

    • Não acho o Cobalt feio, pelo contrário, é imponente sobre muitos sedans por ai, a propósito o fordzinho pode até ter mais luxo, mas não tem a resistência que o chevrolet tem, logo logo começa a superaquecer em viagens longas, vai por mim, a mecânica em geral do “chevette” ai é melhor, sem falar na manutenção que é bem mais em conta.

  4. Cadê os :
    SYNC® with MyFord Touch® touchscreen LCD de 6.5″ , sistema de audio Sony® Hi-Fi Sony® e Câmera e sensores de estacionamento traseiros
    do Fiesta Titanium 2014 de série VENDIDOS na Argentina, México e EUA.

  5. Cadê os : Cadê os :
    SYNC® with MyFord Touch® touchscreen LCD de 6.5″ , sistema de audio Sony® Hi-Fi Sony® e Câmera e sensores de estacionamento traseiros do new Fiesta Titanium 2014, de série, VENDIDO aqui ??

  6. Esse post veio mesmo a calhar. Estava entre decidir por coincidência entre o Cobalt e o New fiesta Sedan. Com essa postagem vi mesmo que o New Fiesta é melhor. Comprei ele embora mais caro do que o falado. R$ 64.990. Só que não me arrependo. Quando entro nele, vejo um carro confortável e com design inovador.

    Minha versão é a SE, mas tem tudo o que a TITANIUM tem.

    • Olhei vários carros dessa categoria e decidi é claro pelo New Fiesta Titanium power shift 1.6 carrão, confortável, 7 bags, controle d estab, controle d partida em rampa etcetcetcetc. Nem tem comparação!só se a pessoa precisar de um pouco mais de espaço traseiro, que não é meu caso.Abrs

  7. Estou em busca de um carro até R$55.000,00 e o New Fiesta Sedan vem batendo todos comparativos… me agradou e vou buscá-lo na concessionária o mais breve possível!!!
    Agora a dúvida entre o SE e o Titanium

  8. Tenho um cobalt 1.8 lt, acho que todos tem gosto diferentes ,nas não troco por nenhum desta marcas concorrentes , tem que se adaptar com motor se é bom, e tem espaço, derruba qualquer importado que tem manutenção caríssima……sou Chevrolet……

    • não daria o cobalt pro outra marca que não conheço ater porque gosto. mais quem aprova o carro e quem anda nele e todos acham que anda nele só elogia se e feio depende de cada um

  9. Comprei um cobalt 1.8 LT 2014
    Por que?
    Hoje no Brasil, as opções mais viáveis com o melhor custo benefício, continuam sendo os carros japoneses!
    Mais ainda caros para classe média.
    Já tive carro de todas as marcas mais conhecidas…
    E sei por experiência própria que um Chevrolt É UM CHEVROLET!

    acho que todos tem gosto diferentes ,nas não troco por nenhum desta marcas concorrentes , tem que se adaptar com motor se é bom, e tem espaço, derruba qualquer importado que tem manutenção caríssima……sou Chevrolet……

    • Comparar um carro feito para países em desenvolvimento (Cobalt) com outro que, a despeito do motor, é exatamente o mesmo que atende o exigente mercado norte americano é realmente uma injustiça. O Fiesta está anos luz à frente do Chevette! MAS, brasileiro tem dessas né, ‘mecânica tradicional’, é por isso que tínhamos kombi e mille vendendo feito pão quente até o ano passado…

    • Xi, esse aí ainda acha que vive na era Opel… Amigão, desde a ruptura com a Opel que a CHEVROLET não é mais CHEVROLET, mas sim chevrolet, era uma excelente marca, sempre fui seu fiel cliente, hoje, dessa marca, só prestam o Cruze e o Camaro, o resto? Parabéns! São brasileiros como você que sustentam o atraso tecnológico das nossas montadoras. chevrolet, taí uma marca que vai demorar pra voltar pra minha garagem (talvez nunca mais volte).

  10. Ridícula comparação na minha opinião, para comparar um carro da linha da GM como o New Fista sedã seria mais justo usar o Sonic sedã, não o Cobalt. Mesmo assim, na sua opinião de quem escreveu o texto, houve um empate. Sendo assim, podemos dizer que o Cobalt é “melhor” que o New Fista, pois mesmo sendo um modelo interior ao da Ford (por isso disse que achava mais justo usar o Sonic na comparação), conseguiu ainda empatar a disputa. Entre custo/benefício, o modelo da GM é melhor.

    • Na verdade não houve empate, isso é coisa da cabeça do cara.
      O fiesta é 5k mais caro em versões teoricamente equivalentes, mas não são.
      A versão básica do fiesta é mais equipada do que a versão top do cobalt, então não existe empate, existe a vitória do fiesta, ele entraga mais pelo mesmo preço.

  11. Gostei das comparações,independentemente dos tamanhos dos sedãs. Estava em dúvida entre Cobalt e o New Fiesta Sedan, agora desejo comparar o Ford versus o Honda City e fazer a melhor compra em 2014, pensando também no valor de revenda.

    • Ricardo, se você precisa de muito espaço interno o melhor é o City, caso contrário, não tenha dúvidas de que o New Fiesta Sedan é muito mais completo.

      Estou com um faz uma semana, e posso confirmar que o carro é muito bom. Comprei com a vendedora Soraya na Forlan Pampulha, e consegui um bom desconto para pagamento à vista e alguns benefícios, como emplacamento, IPVA e insulfilm.

        • Ricardo, se você pode comprar como frotista veja se tem algum carro da Renault que lhe agrade. Lá eles são agressivos nos descontos. Tanto é assim que, por exemplo, mais de 50% dos Fluences vendidos todo mês são por venda direta.

          Se o tamanho do Fluence te agradar, pode ser que você consiga pegar um Dynamique automático pelo preço de um New Fiesta Sedan Titanium PS.

  12. Cobalt é um sedan médio com preço de popular. Fiesta é um mini-carro com preço de sedan médio. Custo-benefício do Cobalt faz o nanico da Ford passar vexame. Carrinho caríssimo e sem mercado.

    • o cobalt leva vantagem apenas em espaço, nada mais.
      O fiesta é melhor acabado, possui uma suspensão mais refinada, cãmbios manual e automático melhores, motorização infinivamente melhor.
      O cobalt tem uma fixação das peças internas ruins, em ruas de paralelepipedo muito irregular ele fica muito ruidoso, o interior do carro produz um rumor alto que incomoda demais, e isso em um carro com 13km, era zero.
      Cobalt não oferece ar digital, direção elétrica, controles de estabilidade e tração, hill holder.
      Como carro o fiesta é um carro muito superior ao cobalt que é um projeto para países pobres, leva vantagem somente no espaço.

      • Tente andar carregado em um carro sem espaço e você vai achar que o que “tem só espaço, nada mais” é uma excelente pedida. Além disso, a plataforma do Cobalt é moderna e ele oferece o suficiente em termos de equipamentos de segurança por um preço imbatível. O micro-Ford é equipadíssimo, mas, pelo que cobra, é melhor comprar um carro de segmento superior. Chega a ser ridículo o nanico todo equipadinho… KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

          • Provavelmente é melhor do que comprar o naniquinho da Ford equipadinho a preço de sedan médio de última geração. Mas, em relação ao Cobalt, a Sra. Vagininha fica mais feliz quando levo ela pra passear de Cobalt… KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
            Prefere o nanico, o “carrinho carão” da Forde? Seja feliz…

  13. Belo comparativo!
    Aqui em ksa estavamos justamente na dúvida entre esses dois carros.
    Escolhemos o new fista sedan!!
    Melhor acabamento, mais acessórios de segurança e comodidade e melhor consumo. Melhor custo X benefício.
    Estamos mtos satisfeitos com o carro.

  14. Belo comparativo!
    Aqui em ksa estavamos justamente na dúvida entre esses dois carros.
    Escolhemos o new fista sedan!!
    Melhor acabamento, mais acessórios de segurança e comodidade e melhor consumo. Melhor custo X benefício.
    Estamos mto satisfeito com o carro!!!!!1

  15. Comprei um New Fiesta Sedan Titanium 2013/14 no dia 12/10/13 e estou muito satisfeito com a compra, pois se falando em segurança e itens de série ele praticamente se compara a carros de categorias superiores, pois estou falando de controle de tração, de estabilidade, ABS, sensor de estacionamento, de chuva, crepuscular, sete air bags, sistema Synk em português, isofix, computador de bordo, retrovisor interno eletrocrômico, câmbio automatizado de dupla embreagem e seis marchas, controle de rampa, direção elétrica, bancos em couro, sem falar dos 130 cv c/ etanol e rodas aro 16″, quer mais , compre um e desfrute de tudo isso, aposto que não vai se arrepender.
    Reginaldo – Araguari MG.

  16. O primeiro comparativo vc faz na troca de óleo e filtros, Para quem tem dinheiro o Ford e melhor, más se a sua compra foi juntando com sacrifio até chegar a um desses carros, o Cobalt é melhor.

  17. Não vem a caso mas é uma questão de gosto, a GM deixou de sinônimo de beleza e conforto a muitos anos. Nos vendem carros feios, com motores velhos e adaptados. Esse Cobalt parece que foi desenhado por um garoto de 8 anos de idade, nem para colocar uma roda bonita no carro eles prestaram.
    A Ford tem arrumado a casa e feito a lição de casa certinho, unindo beleza exterior/interior com a gama de motores e câmbios novos. O único problema em questão são os preços que estão muito salgados e as revisões e peças que são extremamente caras.
    Na minha opinião, por este preço não compraria nenhum dos dois, entraria em um semi-novo com mais conforto e motor.
    Abraços.

  18. Bom Dia, comprei um NewFiesta Titanium Power Shift, sempre vi nos testes dele pela internet e nessa agora que o consumo dele na Cidade é de 11,4km/l, so que o computador de bordo o meu sempre marca entre 9,4 e 9.6 km/l. Como se consegue marcar esses 11,4?

    • A média de consumo varia de acordo com o trânsito (velocidade média do veículo) e da topografia da sua cidade. Se você mora em BH, certamente vai registrar uma média de consumo inferior a 11,4, pois o trânsito aqui está terrível e os morros estão por todo lado. Mas se você mora em Brasília, então sua média vai ser bem acima de 11,4, já que as vias são expressas e o terreno plano. Os consumos divulgados pelo Inmetro adotam critérios médios, e não servem para comparar com sua realidade, mas sim com outros veículos que também tenham sido testados pelo próprio Inmetro.

  19. Considerando-se que estamos no seculo 21, o Cobalt é todo feio, coitado, já o Fiesta tem a traseira feia, mal resolvida, lembra o corola antigo. Tá dificil escolher um carro brasileiro que agrade aos olhos ao preço desses da materia.

  20. li essa semana q daqui pra 2016 o cobalt vai substituir o sonic sedan, este vende pouco alem de ser caro “61mil” e o cobalt e maior tanto por fora como por dentro alem de mais barato “o LTZ 1.8 at6 ta saindo por 57mil” o sonic hatch tmb saira de linha pra abrir mais espaço na gama chevrolet pra um subcompacto q sera feito na argentina pra suceder o celta e classic, sera feito na mesma plataforma do onix

  21. A única comparação lógica, seria comparar o New Fiesta Sedan com o Cruze, e mesmo assim a vantagem ainda é do FORD… anda + que o Cruze, bebe menos, cambio superior, tecnologia superior, acabamento superior, segurança superior… o Cruze só ganha mesmo em espaço interno e PM… igual o Cobalt hihihihihihihihihihi

    Agora, comparar o NF Sedan com essa carroça do Cobalt é até pecado, voce devia ser processado pela FORD por danos morais hahahahaah

    Cobalt como já falaram é carro pra mercado subdesenvolvido, NF Sedan é carro feito pra mercado de 1º mundo, tipo EUA…

    O Cobalt realmente é espaçoso, parece uma banheira, manco e beberrão, ultrapassado, horrível, sem segurança…

    Sim, eu tenho um NF Sedan Tit PS e estou 100% satisfeito…

    • E pelo preço cobrado pelo ‘Ph’iestinha dá até pra comprar um Cruze, Civic ou Corolla, todos carros que, no 1º, no 3º ou no 5º dos infernos seguirão sendo muuuito mais carro do que o risível sub-compactuzinho mudernoso da Ford. ‘Ph’iestinha, considerado ‘premium’ pelos nativos aqui de Pindorama, nos EUA é um subcompacto de entrada, um carrinho descartável pra empregada ir na feira ou dar pros pirralhos irem pra escola. Aqui os indígenas acham que é a coisa mais muderna do mundo… rsrsrsrsrsrs Mas tem gente que gosta de carrinho engraçadinho equipadinho. Devem ficar todos prosas dentro do ‘Ph’iestinha, com sua bundinha arrebitada de tanajura. O Cobalt é emergente, feito pra mercados pobres, mas, pelo menos, parece ser um carro honesto, que entrega espaço e confiabilidade por um preço razoável, apesar de ser feio como o diabo…

    • Meu amigo, se você realmente acha o FORD, que seja qualquer modelo, seria superior ao câmbio do Chevrolet CRUZE ACTVE SELET, o senhor REALMENTE não está atualizado sobre o mercado automotivo. Peça ajuda ao Google. Aposto que lhe informará um pouco mais sobre seus amplos conhecimentos.

  22. Tecnologia e segurança realmente o NF Sedan tem muito mais que o Cobalt, só que, faz uma viajem de 6 hs com 5 pessoas dentro e aí você vai ver que muita tecnologia e acessórios não diminuem em nada o desconforto, principalmente, de quem vai no banco de traz. Carro apertado é uma merda e você chega quebrado, e se o ar condicionado é digital ou não, pouco importa, o que interessa é que funcione.

  23. Acho engraçado o Fiesta sendo comparado com sedãs médios. É carro pra ser segundo, terceiro carro de uma família. Em matéria de espaço interno, de porta-malas, etc., é mais coerente compará-lo com Classic, Siena velho, Voyage…

  24. Tenho um Cobalt automático pro dia a dia, trabalhar, etc. Carro espaçoso e confortável, com baixo custo de manutenção e aquisição. Cheguei a ir conhecer o Fiesta na concessionária, mas o interior dele é ridículo. Espaço é comparável ao de Celta ou Gol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *