Novo Golf foi só o início! Volkswagen prepara o seu retorno ao topo no Brasil!

Volkswagen-Logo-VW-Volks

Tirar a Fiat do topo e voltar a reinar absoluta! Este é o grande objetivo da Volkswagen para os próximos anos. Timidamente, a marca deu seu primeiro passo para isso ao lançar o motor 1.0 de três cilindros para o Fox Bluemotion. Mas o primeiro passo de verdade é a chegada do novo Golf. Mas outras importantes novidades estão por vir, já em 2014!

A Kombi já nos deixou (tarde?). Continuando as despedidas, em 2014 daremos adeus ao Polo e ao Polo Sedan. Com visual defasado, plataforma atrasada em relação à versão européia, a dupla vende cada vez menos no Brasil. A aposentadoria dos dois é mais do que natural.

Volkswagen-Polo-Sportline-hatch-flex-Brasil

Outro modelo que nos deixa é o Golf IV, conforme comentei antes. Com a chegada do Golf VII ao país, e com a sua provável nacionalização em 2015 (ou importação do México em 2014), não faz sentido nenhum manter a veterana quarta geração do hatch em fabricação no Brasil – na verdade já deveria ter parado há algum tempo.

Com estas mudanças, quem vai “subir na vida” é o Fox, que deverá preencher a lacuna deixada pelo Polo. As mudanças já estão sendo desenvolvidas, restando saber quando elas vão acontecer (provavelmente a partir de 2014). CrossFox e SpaceFox também devem tirar proveito do avanço da raposa.

Volkswagen-Polo-Sedan-flex-Brasil

Outro que evolui é o Gol, que terá uma mudança mais radical em 2015. Mesmo recordista em vendas no Brasil, o modelo também precisa de novidades e melhorias para se manter no topo. O sedã Voyage acompanhará as alterações para ficar ainda mais competitivo.

Fox, Gol, Voyage e Saveiro deverão receber, em 2014 (linha 2015), o inédito motor EA-211 1.6 16V flex, que deve desenvolver 115 cv de potência com gasolina e 120 cv com etanol. Ele substituirá o propulsor EA-111 1.6 8V VHT, que tem 101/104 cv. Falando na picape, ela terá também a inédita carroceria cabine dupla, provavelmente com quatro portas, como os executivos alemães tanto queriam – Fiat Strada é o maior “inimigo” da Volks já tem algum tempo.

Volkswagen-up-hatch-flex-Brasil

Se Fox e Gol sobem, um espaço “por baixo” é deixado. Como o Gol G4 será (finalmente) aposentado muito em breve, teremos o lançamento de outra grande aposta da Volkswagen no Brasil: o hatch Up!. Por aqui, o compacto terá o motor 1.0 12V flex de três cilindros, que também deverá ser usado pelos outros modelos ofertados pela marca no país com 1.000 cc.

Volkswagen-Jetta-Highline-sedan-TSI-turbo

Outra alteração de motorização bem mais próxima acontecerá no Volkswagen Jetta. Sai de cena o ultrapassado motor 2.0 8V flex (116/120 cv), que também equipa o Polo, e entra o recém chegado (com o Golf VII) 1.4 TSI (turbo com injeção direta de gasolina). Equipar o sedã médio com o futuro propulsor 1.6 16V não faz parte dos planos da marca, que pretende usá-lo no novo Santana, previsto para ser lançado por aqui em 2015 (ou quando os custos de produção ficarem mais atraentes).

Volkswagen-Santana-sedan-Brasil-flex-visual

E não podemos nos esquecer do Taigun, crossover da Volks que trombará de frente com o Ford EcoSport, Chevrolet Tracker, Peugeot 2008, Renault Captur e Duster. A briga será muito boa!

Volkswagen-Taigun-SUV-crossover

Rumores apontam ainda para uma nova Parati, mas tenho sérias dúvidas. O que não duvido é que, com todo este arsenal, a Volkswagen terá uma linha e tanto para desbancar a Fiat da liderança. Mas tenho certeza absoluta que os italianos não ficarão parados, apenas observando a movimentação alemã.

Com informações de Automotive Business.

Comentários (12)

  1. nao vai mesmo ficar parada a FIAT pois ela prepara pra 2014 estes lançamentos;

    bravo “reestilizacao e motor multiair”
    uno “reestilizacao, novo motor 1.0 3cc e cambio dualogic plus pras versoes 1.4”
    fiorino “nova geracao”
    novo suv compacto “sucessor da palio adventure”
    linea “novo motor multiair”
    ducato “nova geracao”
    novo subcompacto “sucessor do mille e palio fire”

  2. A vw pode até se mexer, mas do jeito que ela anda parada e na contra-mão só fazendo remessas de lucros para matriz, diminuindo pessoal e vendendo velharia em um mercado em revolução como o nosso. Em termos de mercado acho que eles acordaram tarde demais. Compro VW desde que me conheço por gente, mas minha última aquisição foi só por nome mesmo. Pois além de tudo o padrão de qualidade está caindo, os carros estão com manutenção cara, barulhentos, e o que está sendo vendido na concessionária hoje quase não tem diferença do que era vendido a 8 ou 9 anos atrás. Vai ser dificil a VW se livrar da má fama que está conquistando. Na minha futura aquisição não será MAIS DO MESMO, E BEM MAIS CARO.

  3. Bem eu não gosto e nunca gostei de VW, comprar plástico barulhento ? to fora, nos últimos 15 a 20 anos me identifiquei com a FIAT, hoje posso dizer de boca cheia que comprar um carro FIAT vale cada centavo, carros resistentes, manutenção acessível, e ultimamente carros como palio, punto, bravo tem um padrão de conforto jamais visto, atualmente tenho um STILO dualogic 2009 lindo por sinal, impecável, mas estou esperando a chegada do novo PUNTO 1.6 TJET prometido para o mês 06/2014.

    Abraços a todos.

  4. Os carros que podem chegar, ou não. A lentidão de reação, e os preços exorbitantes matam o mercado da VW. Um exemplo é o GOLF 7 que era um grande lançamento desde que fosse feito com no máximo 6 meses de tempo do lançamento na EUROPA. Porque? Bom já tem 2 ou 3 carros mais baratos que o GOLF 7 e com as mesmas tecnologias por quase a metade do preço sendo vendidas no nosso mercado. Tem até uma BMW 320i flex SEDÃ sendo vendida pelo MESMO PREÇO DO GOLF7. ISSO MESMO! PASMEM. E depois falam que estão praticando o mesmo preço do GOLF 7 na Europa aqui. Uma OVA que estão…

  5. Sou fan da WV a muito tempo, na verdade tive somente 03(três) caros todos da volks, hoje infelizmente estou querendo trocar meu Voyage 2010 pou um carro mais alto, não que o voyage seja rui pelo contrario são otimos adorei só me deixou a desejar a altura deles, muito baixo, qualquer elevação no asfalto ja risca o asoalho afff, pra viajar tem que ter muito cuidado, alem de muito baixo a dianteira o tanque fica posicionado na frente do eixo trazeiro ou seja risco eminente de rasgar numa pedra ou algo semelhante. Devido a isto vou comprar um palio wekenden ou um Duster, ando muito em estrada de chão

  6. É difícil ocorrer melhorias, ou inovações nos VEÍCULOS aqui no Brasil. O mais comum é a troca de 6 por meia dúzia. Explico a montadora pega um motor AP e troca por outro mais antigo com mais CAVALOS, mas que faz a mesma coisa e tem a mesma tecnologia a muito ultrapassada (sem injeção direta, ainda usa cabo de vela, tanquinho de partida a frio, etc…) O Renault Duster é um exemplo usa motor do Sandero, O Jetta 2.0 motor do Golf 4.5. Infelizmente é tanta PICARETAGEM TECNOLÓGICA o duro é que o povo come com farinha. Quem trouxe novidades de verdade foram poucas montadoras que tem sua produção disputada a tapas. Ex.: Quem não quer um GOLF 7 1.4, ou 2.0 TSI, citroen turbo C4, o novo motor 1.6 EA211 da VW (sem cabo de vela e sem tanquinho), Tem uns 3 ou quatro carros com injeção direta com valor acessível, o resto é mais do mesmo. Turbo então acho que só o C4 turbo que dizem que vai custar 67.000,00 na propaganda. Particularmente duvido que este preço será praticado nas concessionárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *