Novo Logan 2014 chega mostrando do que a Renault é capaz

Novo-Renault-Logan-2014-Brasil-seda-flex-visualBonito e competitivo! Essas foram as melhores palavras que encontrei para definir o novo Logan 2014, que chega mostrando do que a Renault é capaz. A marca demonstrou maturidade e, definitivamente, evoluiu o seu sedã de forma exemplar, mantendo os aspectos positivos do modelo e trabalhando nos pontos falhos da geração anterior: design e acabamento. Os preços ficaram interessantes, mas poderiam ter ficado mais baixos nas versões com maior motorização: R$ 28.990 (Authentique 1.0), R$ 33.390 (Expression 1.0), R$ 39.440 (Expression 1.6) e R$ 42.100 (Dynamique 1.6).

Se, quando foi lançado, o Logan foi peça chave para fazer a Renault aumentar a sua participação de mercado para os atuais 6%, a segunda geração do sedã tem novamente um papel de protagonista no novo desafio da marca: subir para 8% – se consolidando como 5ª colocada no Brasil, colada na Ford (que deve melhorar um pouco a sua situação com a chegada dos novos Ka e Ka sedã). E qualidades para isso o novo carro tem.

Novo-Renault-Logan-2014-Brasil-seda-flex-visual-dianteiraPor fora

Começando pelo design, a exemplo do que aconteceu com o Clio, em novembro do ano passado, o novo Logan agora passa a ter a nova identidade visual da marca, criada por Laurens van der Arcker e adotada também em outros produtos no mundo todo, como o belo SUV Captur.

Na dianteira a mudança foi radical: novos para-choques, grade, faróis… tudo mesmo. A traseira também evoluiu muito, mas não tento quanto a frente. Faltou retirar a horrorosa fechadura do porta-malas, a substituindo por um discreto botão localizado dentro do logo da Renault na tampa.

Novo-Renault-Logan-2014-Brasil-seda-flex-visual-design-traseiraEntretanto, no conjunto da obra, o resultado final ficou muito bom! Quando eu disse que a Renault amadureceu, me referi principalmente nesse ponto, pois o Logan antigo era um carro totalmente adequado aos anos 1990, e não 2000 (década de seu lançamento). O novo Logan 2014 está atual, com fôlego para ficar assim por bons anos.

Por dentro

Se por fora a mudança é notável, por dentro o novo Logan também evoluiu. Seu interior é composto por novos materiais, cores e texturas. O remodelado painel tem visual mais moderno e agora é feito de material mais agradável ao tato. O volante, de três raios, tem empunhadura mais anatômica, e, na versão Dynamique, pode vir com os comandos do piloto automático e do limitador de velocidade.

Novo-Renault-Logan-2014-Brasil-seda-flex-interior-painel-Dynamique

Renault Logan Dynamique 2014

O novo quadro de instrumentos agora traz iluminação na cor branca e tem três mostradores redondos com conta-giros e velocímetro analógicos e um mostrador digital, com indicador do nível de combustível, temperatura do líquido de arrefecimento e computador de bordo multifunções. O motorista tem acesso, por exemplo, a dados relativos ao consumo médio e instantâneo, à autonomia, à quantidade de combustível consumida, à velocidade média e à quilometragem total e parcial. Para auxiliá-lo na redução de consumo, o novo Logan ganha indicador de troca de marcha.

Em termos de equipamentos, sem dúvida o grande destaque do novo Logan é o Media NAV 1.2, uma evolução do sistema lançado em 2012 que tem tela touchscreen de 7” integrada ao painel com as funções GPS, Bluetooth e rádio, e entradas auxiliares (uma do tipo jack outra para conexão USB/iPod). O sistema conta ainda com duas novas funções: Eco-Scoring e Eco-Coaching, além da visualização da temperatura externa.

Novo-Renault-Logan-2014-Brasil-seda-flex-interior-Expression

Logan Expression fica devendo em cinto de segurança de três pontos e apoio de cabeça central traseiros

A função Eco-Scoring avalia a condução do motorista ao final de um percurso, levando em conta o momento certo para a troca de marchas, a regularidade da velocidade, o consumo e a quilometragem percorrida. Junto com o Eco-Scoring, está o Eco-Coaching, que dá uma série de dicas para o condutor dirigir de modo mais econômico e ecológico.

Outro ponto que demonstra que a Renault aprendeu com os seus erros foi que o novo Logan tem ergonomia melhor do que o antigo (para quem não se lembra, além da falta de ajustes, o primeiro Logan tinha comandos do rádio na parte central do painel, por exemplo – problema que foi corrigido na linha 2011). A nova geração do sedã tem ajustes de altura do assento do motorista e da coluna de direção. Além disso, todos os bancos são novos e na versão Dynamique foram confeccionados com a tecnologia CCT (Cover Carving Technology), que apresenta espumas mais espessas entre 5 mm e 20 mm, com formato que “abraça” o corpo, garantindo, segundo a marca, mais conforto e ergonomia.

Novo-Renault-Logan-2014-Brasil-seda-flex-porta-malas

Porta-malas tem 510 litros de capacidade

Em termos mecânicos, a carroceria do novo Logan foi aperfeiçoada, com melhorias na suspensão, direção, freios e sistema elétrico. A bitola dianteira, por exemplo, aumentou 27 mm e a traseira está 19 mm maior. A direção ganhou nova assistência variável. As mudanças não alteraram o ótimo espaço interno do Logan, nem o excelente volume do porta-malas: 510 litros.

Novo Renault Logan Renault Logan
Comprimento (m) 4,349 4,288
Largura (m) 1,733 1,740
Altura (m) 1,529 1,534
Entre-eixos (m) 2,635 2,630
Porta-malas (l) 510 510
Tanque (l) 50 50
Peso (kg) 1.028 (1.0) / 1.070 (1.6) 1.025 (1.0)

De acordo com a Renault, outra grande diferença do novo Logan em relação ao modelo anterior está na melhoria acústica. O desenvolvimento do veículo “incluiu um minucioso trabalho de modelagem acústica, com a adição de novos itens criados para aumentar o nível de silêncio interno do veículo”. Espero que o resultado tenha sido satisfatório, pois a primeira geração do Logan era muito ruidosa, não só de “tectecs” internos, como também de barulhos vindos do motor – especialmente o 1.6 8V.

Motor e consumo

Falando em motor, o novo Logan é equipado com o 1.0 16V Hi-Power (o mesmo do Clio), que desenvolve 77 cv de potência a 5.750 rpm e 10,2 kgfm a 4.250 rpm de torque com gasolina e 80 cv e 10,5 kgfm com etanol nos mesmos regimes de giro, respectivamente.

Novo-Renault-Logan-2014-Brasil-seda-flex-visual-traseira

Fechadura é o ponto negativo da traseira

Já o motor 1.6 8V Hi-Power tem 98 cv de potência e 14,5 kgfm de torque com gasolina e 106 cv e 15,5 kgfm quando abastecido com etanol.

Em termos de consumo, segundo a marca francesa, o Logan 1.0 faz, no ciclo urbano, 8,1 km/l (etanol) e 11,9 km/l (gasolina). Na estrada, média de 9,2 km/l (etanol) e 13,4 km/l (gasolina). Com esses resultados o Novo Logan atingiu a nota “A” no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Inmetro. Curiosamente, a média da versão 1.6 não foi divulgada pela Renault.

Novo-Renault-Logan-2014-Brasil-seda-flex-visual-dianteira-movimentoInfelizmente, não fui convidado para o lançamento do veículo. Por isso, avaliações dinâmicas e de dirigibilidade vão ficar para depois.

Preços e equipamentos

Renault Logan Authentique 1.0 16VHi-Power – R$ 28.990

Airbag duplo, ABS, EBD (distribuição eletrônica da força de frenagem), brake light, rodas 15’’, retrovisor na cor preta, maçanetas externas na cor preta, retrovisor com regulagem interna, para-sol com espelho cortesia, aberturas internas do porta-malas e reservatório de combustível.
Principais opcionais: direção hidráulica e ar-condicionado.

Renault Logan Expression 1.0 16V Hi-Power – R$ 33.390

Os mesmos equipamentos da versão Authentique mais direção hidráulica, rádio CD MP3 2 DIN + USB + Bluetooth, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas das portas, alarme perimétrico, computador de bordo, banco traseiro rebatível 1/1, ar quente, desembaçador traseiro, retrovisor na cor carroceria, maçanetas externas na cor carroceria, coluna B com acabamento em preto.
Principais opcionais: ar-condicionado, Media NAV 1.2 e sensor de estacionamento.

Renault Logan Expression 1.6 8V Hi-Power – R$ 39.440

Itens do Expression 1.0 + ar-condicionado.
Principais opcionais: Media NAV 1.2 e sensor de estacionamento.

Renault Logan Dynamique 1.6 8V Hi-Power – R$ 42.100

Mesmos equipamentos da versão Expression 1.6 mais bancos com tecnologia CCT, rodas 15’’ em liga leve, faróis de neblina, vidros elétricos traseiros, piloto automático, limitador de velocidade, luzes indicadoras de direção nos retrovisores, comando elétrico dos retrovisores, banco rebatível 1/3 e 2/3 e volante revestido em couro.
Principais opcionais: Media NAV 1.2, sensor de temperatura externa, ar-condicionado automático e sensor de estacionamento. Completa, a versão Dynamique sai por R$ 43.200.

Todas as versões saem de fábrica com pneus 185/65 de 15″. O novo Logan continua com garantia de 3 anos de fábrica ou 100 mil quilômetros, o que ocorrer primeiro.

Novo-Renault-Logan-2014-Brasil-seda-flex-Authentique-Expression-DynamiqueResumo da obra

Como eu disse antes, a Renault tornou real a frase de lançamento do novo Logan:  “você já conhece esse carro; mas não vai acreditar o quanto ele ficou irreconhecível”. Com a inclusão do quesito beleza e evoluindo em acabamento, mantendo o bom espaço interno e o ótimo porta-malas, o sedã ficou ainda mais atrativo. Analisando o histórico do veículo, as versões 1.0 ficaram com preços bem competitivos; enquanto as 1.6 poderiam ter ficado mais baratas – minha sugestão: R$ 37.440 para a Expression e R$ 40.100 para a Dynamique.

Mas até entendo a estratégia de preços da Renault: além da faixa de preço do velho Logan, o novo Logan também precisa ocupar o espaço do Symbol, que foi embora sem deixar saudades.

Desta forma, e com as mudanças realizadas, o novo Renault Logan 2014 está preparado para enfrentar um leque maior de rivais, sempre de forma competitiva. Entre os adversários, cito: Chevrolet Classic, Prisma e Cobalt; Fiat Siena e Grand Siena; Hyundai HB20S; Volkswagen Voyage; Toyota Etios Sedan; entre outros.

Comentários (38)

  1. Fiquei decepcionado com essa motorização do novo Logan 1.6
    Necessito de um carro com porta malas avantajado (510L do Logan está ótimo).
    Em 2005 adquiri um Clio Sedan RN / Expression 1.6 16 v.
    Motor K4M
    110 cv gasolina – 15,2 Kgfm
    115 cv Etanol – 16,0 Kgfm
    O torque era fora de série, principalmente em subidas de serra.
    Consumo de combustível? Nenhuma reclamação.
    Excelente carro, “zero” de manutenção somente as revisões periódicas.

    Pergunto: será que essa motorização (com certeza evoluída) irá chegar em 2014?

    • Mauro, o novo Logan 1.6 16V não está descartado para 2014. A motorização viria acompanhada do câmbio automático. Segundo a Renault, essa transmissão não foi lançada agora porque as vendas estavam em baixa. Como o novo Logan evoluiu em refinamento, acredito que a marca voltará a ofertar o sedã com câmbio automático no ano que vem ou, no máximo, em 2015 – provavelmente (sempre) associado ao propulsor 1.6 16V.

      Vendo os concorrentes, também acho que o motor 1.6 16V da Renault merecia uma atualização para ter ainda mais desempenho e melhor consumo, emitindo menos gases poluentes.

      Um abraço!

      • Cara, pelo que eu soube será um câmbio automatizado e não automático. Também concordo contigo. Deveriam lanças um novo motor 1.6 16v para competir como os dos concorrentes. Até uns 125cv já estava de bom tamanho. Mas aliada a potência está a economia. Melhorar o consumo.

  2. O GRANDE PROBLEMA NO BRASIL É QUE CARROS QUE COMEÇAM POR 29 MIL, COMO ESTE, TÊM AUMENTO DE 50% ATÉ A VERSÃO TOP, +_ 44MIL. A EXPLICAÇÃO É SIMPLES. O CARRO BÁSICO TEM TUDO QUE UM CARRO PRECISA TER PRA ANDAR. MAS QUANDO TIRAM O MOTOR 1.0 E COLOCAM 0 1.6, ELES COBRAM O 1.6, MAS NÃO ABATEM O VALOR DO 1.0. QUANDO COLOCAM PNEUS MELHORES E RODA DE LIGA LEVE, NÃO ABATEM OS PNEUS INFERIORES E AS RODAS DE FERRO. QUANDO COBRAM PELO SISTEMA NAV E AR DIGITAL, NÃO ABATERAM O RÁDIO DO MODELO ANTERIOR E O AR MACÂNICO. OS BANCOS NOVOS COM ESPUMA ESPECIAL NÃO ABATERAM OS BANCOS COMUNS. E ASSIM VAI. TIRA O MOTOR 1.0, AS RODAS DE FERRO E OUTRAS COISAS E COLOCA TUDO PRO TOP E TALVEZ NÃO CHEGUE A 34 MIL. ISTO OCORRE COM TODOS OS CARROS DE TODAS AS MONTADORAS. POR ISSO ELES CONSEGUEM FAZER SÉRIES ESPECIAIS COM MAIS OPCIONAIS COBRANDO MENOS DO QUE SE FOSSE COLOCADO CADA OPCIONAL SEPARADAMENTE, GANHAM MUITO E O CLIENTE SAI COM A SENSAÇÃO QUE ESTÁ FAZENDO UM EXCELENTE NEGÓCIO. TODAS AS MONTADORAS NO BRASIL NOS FAZEM DE TROXAS.

    • Pois é, o pior é que brasileiro cai nessa ladainha toda. Deviam experimentar com os aplicativos de configuração de veículos lá de fora (qualquer país um pouco mais esclarecido) e verão que as diferenças de preços entre as versões é mínima, justamente pelo que você explicou.

  3. Estava interessado em trocar o meu carro por um Logam, mas preciso de um
    logam completo com freio ABS e porta malas com abertura com controle, mas como não encontrei o que eu quero vou ter que procurar em outra concessionaria!

  4. Gostaria de saber se a versão Dynamique 1.6 8v Flex é econômica. Estou à procura de um sedam nesta faixa etária de preços e pergunto: Dos sedans no mercado com este valor, é uma boa alternativa ou tem outro melhor?

  5. O projeto Logan e Sandero é da empresa Dácia que tem como prioridade cortar gasto para vender barato, como tenho um, posso afirmar que a lata é muito fina, o carro com uma semana de uso fica todo amassado na lateral, acabamento medíocre, até no novo Logan tem economia porca da tampa dos parafusos dos trilhos dos bancos… Vidros elétricos sem iluminação e cambio automático 4v da tecada de 80 desprovidos de iluminação. DH pesada e motor 1.6 8v beberrão, desvalorização acima da média, fora os problemas de vícios mecânicos. Ou seja, a Renault tem que baixar o preço desse carro, “beleza não põe mesa”.

  6. Eu comprei um expression 1.6 zero km peguei ele no dia 31 de dezembro de 2013 deste então tem este ruido. Não me importei muito porque fizeram revisão antes de entrega eu acho que fizeram.

    • Oi Antonia. Acho que valeria levar o seu carro na concessionária para fazer uma verificação. Ele pode não ter nada, mas tendo o ok do mecânico da concessionária deixaria todo mundo mais tranquilo. Um abraço.

  7. Comprei um novo logan agora em maio, versao dinamique. estou gostando muito. só tive que mandar por os levanta vidros automaticos porque senao a gente acaba esquecendo os vidros abertos. tive que comprar dois modulos, um para os vidros dianteiros e outro trazeiro. muito bom o carro. muito macio e confortavel. ia comprar o etios sedan mas o modelo da toyota completo é bem pelado, alem de feio.

    • Oi Fernando! O Logan dificilmente terá câmbio automático novamente. A Renault está preparando uma transmissão manual automatizada de cinco marchas para o modelo. Deverá ser lançada ainda esse ano. Um abraço!

  8. Boa Tarde.
    Comprei recentemente um Logam 2014. (menos de uma semana) e aconteceu que o pneu dianteiro do lado do motorista estourou. Achei que era um barulho no motor, parei o carro e foi constatado que realmente foi o Pneu.

    O que faço agora, Tem garantia, devo ir a Concessionária que comprei o veículo ou vou ao fabricante do Pneu ??

    Obrigado

    • Oi André. Se o carro estiver na garantia, converse, inicialmente, com a concessionária Renault. Ouça o que eles vão te falar e, a partir daí, veja o que fazer – se vale falar com o fabricante do pneu, com a Renault diretamente etc.. Um abraço!

  9. Troquei meu Logan 2010/2011 por um zero 1.6 completo, adorei o carro, ainda a renaut tem alguma coisa a melhorar, trilhos do banco aparecendo, cambio da marcha poderia ser menor mais esportivo, braços da mala poderia ser com amortecedores como do capu, acabamento da mala poderia tapar mais a lataria, como tampa da mala e forração interna entre os faróis por dentro da mala falta acabamento, rebatimento automático retrovisores comprei um preto metálico perolizado

  10. COMPREI UM LOGAN AUTHENTIC HI-FLEX ANO 2014/2014 E SÓ AGORA PESCEBI QUE ELE NÃO TEM O MARCADOR DE TEMPERATURA NO PAINEL E AGORA COMO INDENTIFICAR A TEMPERATUA DO CARRO ALGUEM SABE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *