Teste: Nissan Sentra SL 2.0 – Sedã supera expectativas e agrada pelo conforto, espaço e câmbio CVT. Consumo é aceitável

Nissan-Sentra-SL-2014-Brasil

Normalmente, quando compramos sorvete, escolhemos sempre os mesmos sabores, que costumam ser de creme, chocolate, flocos ou napolitano. Vez ou outra variamos. Outro dia, participei de uma degustação muito interessante em uma sorveteria muito boa em Belo Horizonte, que me permitiu experimentar novos sabores – e realmente valeu a pena, pois agora saio sempre da mesmice.

No segmento de sedãs médios no Brasil, vivemos uma situação bastante semelhante. Temos “os sabores sempre escolhidos” Honda Civic e Toyota Corolla, além do Chevrolet Cruze e do Volkswagen Jetta, que também têm boa saída. Mas, depois de testar o Nissan Sentra SL 2.0 CVT, mais uma vez, percebi que vale sair da mesmice.

Não me entendam mal. Civic, Corolla, Cruze e Jetta também são carros “gostosos”. Mas o Sentra conseguiu superar várias das minhas expectativas, especialmente quando fiz comparações com o Civic, que ainda é a referência (e líder de vendas) da categoria.

Nissan-Sentra-SL-2014-CVT-dianteira

Dianteira é conservadora

Como eu disse antes, visualmente, o modelo na Nissan chama a atenção mais pelas linhas sóbrias do que pela ousadia. É um exemplo prático do “bonito e discreto”, características muito bem-vindas para essa categoria e que me agrada bastante (dependendo o segmento). A parte que mais me atraí no Sentra é a sua traseira, que realmente é bonita. A dianteira não é feia, mas poderia ser mais agressiva. Quem sabe na primeira reestilização.

Ao rodar com o carro pelas ruas, contei apenas quatro viradas de pescoço para apreciá-lo, sendo uma de um dono de um Hyundai Elantra; uma de um vendedor de uma concessionária da Honda; e duas de motoristas do Nissan Versa. Um deles até me perguntou se “aquele era o novo Sentra” e se “o carro é bom”. Com duas respostas positivas, ele foi embora satisfeito.

Nissan-Sentra-SL-2014-CVT-traseira

Traseira é a parte mais bonita do Nissan Sentra

Desempenho, câmbio CVT e consumo

Debaixo do capô, o novo Sentra traz o motor MR20DE (variação do MR18DE utilizado no Livina e no finado Tiida), 2.0 16V flex, que desenvolve 140 cv de potência a 5.100 rpm e 20 mkgf de torque a 4.800 rpm com qualquer combustível. São números interessantes, mas já superados pela maioria dos concorrentes. Entretanto, na prática, o carro anda bem, não deixando nada a desejar em relação aos adversários. Assim como o Honda Civic 2.0 FlexOne, a nova geração do Sentra elimina o tanquinho auxiliar da partida a frio com a adoção do sistema Flex Start Bosch, o que é bem-vindo.

Na cidade, o motor 2.0 trabalha com folga, enfrentando qualquer tipo de desafio sem fazer muito esforço, mesmo em arrancadas em subidas íngremes. Na estrada, ele gosta de trabalhar mais cheio, aproveitando melhor as características das 16 válvulas. Mesmo com com quatro ocupantes, muita bagagem e ar-condicionado ligado, o Sentra respondeu muito bem, permitindo ultrapassagens com segurança.

Novo-Nissan-Sentra-Brasil-2014-motor-2.0-flex

Motor 2.0 16V tem 140 cv

Um dos segredos para o bom desempenho do motor, e um dos pontos mais elogiados do sedã japonês mexicano, é a sua transmissão automática CVT. Batizada de Xtronic, ela recebeu uma série de melhorias para equipar a nova geração modelo da Nissan. Segundo a marca, as mudanças tornaram o funcionamento do conjunto mais suave, eficiente e econômico. Com cerca de 60% dos componentes novos, o CVT está 13% mais leve e produzindo 30% menos atritos em comparação à geração anterior.

E isso pode ser comprovado na prática. O câmbio tem funcionamento suave e você não sente nenhuma troca de marcha – afinal, ele é continuamente variável. Entretanto, para quem não tem costume, o sistema CVT pode estranhar.

Novo-Nissan-Sentra-Brasil-2014-cambio-CVT-Xtronic

Câmbio automático CVT Xtronic

Além das opções clássicas de um automático (P, N e D), o Sentra CVT te dá a opção L no câmbio, que serve para arrancadas em subidas íngremes, descidas acentuadas ou outras situações que necessitem de mais tração – sempre com baixa velocidade. Em caso de uma descida de serra na estrada, o ideal é desligar o overdrive, usando o botão lateral da alavanca do câmbio. Ele ajuda o câmbio (e o carro) a usar o freio do motor de forma mais eficiente.

Na estrada, ao fazer o kick down no pedal para ganhar velocidade (para uma ultrapassagem), achei que o câmbio demorou um pouco para responder e, por consequência, o motor demorou mais do que eu gostaria para “encher” – isso se comparado, por exemplo, a um Honda Civic 1.8 automático. Mas acredito que seja tudo uma questão de costume.

Ainda comparando o Sentra com o Civic, o veículo feito no México conta com uma carroceria com suspensão “tradicional”, independente na frente e com eixo de torção atrás, com acerto voltado para o conforto. Na cidade, o carro absorve bem as inúmeras imperfeições do nosso piso, sem fazer com que os ocupantes sintam os buracos. Na estrada, a estabilidade é boa, mas notadamente inferior à do sedã da Honda, que conta com suspensão independente também na traseira.

Nissan-Sentra-SL-2014-painel

Computador de bordo: 9,4 km/l na estrada

Voltando ao câmbio, o meu principal questionamento sobre a transmissão Xtronic do Sentra é a falta de trocas sequenciais. Sem dúvida seria um ganho e tanto para o sedã da Nissan, especialmente se o carro tivesse borboletas no volante.

Mesmo de dia, os faróis de LED chamavam a atenção dos outros motoristas quando estavam ligados. Rodando na cidade e na estrada a noite, os faróis fizeram bem o seu trabalho, com exceção dos de neblina, que eram muito ruins. Provavelmente estavam desregulados. Fica a dica para a Nissan considerar colocar faróis de xenônio direcionais no seu sedã médio.

O Sentra recebeu nota “A” na categoria dentro do Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), do INMETRO, tanto nas versões equipadas com o câmbio manual de seis velocidades (2.0 S) como nas com câmbio Xtronic CVT (2.0 SV e 2.0 SL). Na cidade (Belo Horizonte, com sua topografia desfavorável para boas médias de consumo), o Sentra SL CVT me surpreendeu, fazendo, com etanol, 6,7 km/l. Na estrada, com o mesmo combustível, média de 9,4 km/l – números sempre com o ar-condicionado ligado. Por ser 2.0 e automático, achei a média bastante aceitável – pena que não pude ficar mais tempo com o modelo para testá-lo com gasolina.

Nissan-Sentra-SL-2014-CVT-farol-LED

Faróis de LED são legais

Acabamento, conforto e espaço

Como eu comentei antes, o Sentra tem espaço interno muito bom (dentro do esperado para a categoria), graças, especialmente, à sua distância entre-eixos de 2,70 m. Cinco pessoas viajam com conforto, embora o passageiro central do banco traseiro sofra com o assoalho mais alto (diferente do Civic, que tem assoalho plano).

Quem também vai muito bem são as bagagens, já que o porta-malas tem 503 litros da capacidade. O volume parece até maior do que o declarado, mas não consegui fazer uma aferição própria. Imaginem se tivesse sistema pantográfico? O espaço é tão bom que, se o porta-malas não estiver muito cheio, as malas e, principalmente, as compras ficam “passeando”. Uma rede para prender os objetos (de série) seria muito bem vinda.

O ponto que chamou a minha atenção negativamente no porta-malas – na traseira como um todo – foi o excesso de raspadas nos chão. Mesmo com o carro vazio, o carro “sentou no chão” mais de uma vez, até mesmo em saídas de garagem onde nunca tinha raspado nenhum carro. Quem “beijava o asfalto” era o gancho traseiro, que aparentemente estava amassado para baixo (veja na galeria de fotos abaixo).

Nissan-Sentra-SL-2014-porta-malas

Espaço no porta-malas do Sentra parece ser maior do que os 503 litros

O conforto para os ocupantes é ampliado pelo acabamento bem-feito (também dentro do esperado para a categoria). As peças tem boa qualidade e não apresentaram rebarbas ou problemas de encaixes aparentes. Para o motorista, encontrar uma posição de dirigir foi bem fácil graças aos ajustes de altura do banco e de altura e profundidade do volante. Um ajuste lombar do encosto do banco seria bem-vindo.

Para os motoristas mais altos, com mais de 1,95 m, como é o meu caso, a cabeça vai bater no teto no banco da frente por causa do teto solar, que rebaixa o teto do veículo (o mesmo acontece no Civic EXR). Mas isso não atrapalha muito a boa posição de dirigir (a não ser que você tenha mais de 2 m) e o bom espaço para os ocupantes.

Nissan-Sentra-SL-2014-banco-traseiro

Espaço traseiro é bom, mas assoalho poderia ser totalmente plano

O volante é multifuncional e conta com os comandos do computador de bordo, do sistema de som, do telefone (para conexão via bluetooth) e do piloto automático. Falando nesse dispositivo, seu funcionamento poderia ser melhor. Falta um aviso que mostre que o cruise control está ativado. Ao ligarmos o sistema pelo botão ON/OFF, uma luz verde se acende no painel; mas, ao ativarmos piloto automático (com a tecla SET), não sabemos se ele foi ligado ou não, pois uma segunda luz não se acende no painel (como acontece com o Civic).

Assim como o seu visual externo, o painel do Sentra é bonito, tradicional e (muito importante) funcional, com destaque para a tela de 5,8″ no centro (exclusivo da versão SL). A leitura dos instrumentos é boa, mas eu senti falta de um velocímetro digital, para complementar ao analógico. Entre os instrumentos, a tela do computador de bordo exibe algumas informações úteis ao motorista, com destaque para o econômetro, que ajuda o motorista a dirigir de forma mais econômica.

Ainda no interior, alguns pequenos detalhes poderiam ser revistos pela Nissan. Um deles é o apoio de braço central dianteiro que, assim como o do Civic, poderia deslizar para frente (basta colocar um trilho), aumentando a amplitude do apoio (facilitando para os extremos: motorista mais altos e mais baixos).

Novo-Nissan-Sentra-Brasil-2014-CVT-Xtronic-interior-painel

Interior tem acabamento compatível com a categoria

Também seria bem-vindo ter sistema one touch (para subir e descer) em todos os vidros (pode ser instalado na concessionária, conforme alguns internautas me informaram, como o Belmiro Silva), assim como fechamento dos vidros e do teto solar com o acionamento do alarme – itens esperados para um carro dessa categoria. Mais uma inclusão interessante seria uma luz no botão da trava elétrica localizado na porta do motorista (item presente em carros de segmento inferior). A noite, ele fica quase invisível (parece bobagem, mas faria diferença).

Ainda sobre a iluminação, acho que a luz de leitura dianteira poderia ser mais ampla. Seu foco é bom, mas seria interessante se os bancos dianteiros pudessem ter a opção de ficarem um pouco mais claros.

Preços e equipamentos

A versão SL é a topo de linha do Sentra no Brasil. Embora não seja barato, seu preço sugerido deveria ser referência para toda a categoria (juntamente com os do Peugeot 408 e Citroën C4 Lounge). Digo isso porque o valor de R$ 73.490 é mais baixo do que os preços das versões intermediárias do Honda Civic (LXR) e do Toyota Corolla (XEi) – ambas 2.0.

A diferença de R$ 12.000 (ou R$ 19.410 no caso do novo Toyota Corolla 2015) compensa a desvalorização um pouco mais elevada em relação aos líderes do segmento e também possibilitam pagar o IPVA e o seguro. Caso a sua preocupação seja com as revisões, a Nissan trabalha com valores fixos.

Nissan-Sentra-SL-2014-painel-detalhe

Botão push start para ligar e desligar é um item de série

Por sugeridos R$ 62.190, o Nissan Sentra S, o de entrada, com motor 2.0 16V e câmbio manual de seis marchas, chega ao Brasil importado do México com três anos de garantia e vem equipado, de série, com abertura e fechamento das portas, abertura do porta-malas e acionamento do alarme através de controle remoto, acabamento dos bancos em veludo na cor preta; alarme de advertência sonoro para chave no contato e lanternas acesas; ar-condicionado; banco do motorista com regulagem de altura, banco traseiro bipartido 60/40, dobrável (180 graus); chave inteligente presencial (I-Key), computador de bordo (medição de consumo médio, tempo de viagem, velocidade média, autonomia, temperatura externa e aviso de abertura das portas); console central dianteiro com tampa e apoio de braço integrado, controle de áudio no volante; desembaçador do vidro traseiro com temporizador; direção elétrica com assistência variável; display digital de quilometragem total e parcial e mensagens de alerta; retrovisores externos rebatíveis, com luzes indicadoras integradas e com regulagem elétrica; sistema eletrônico de ignição (botão push start); sistema de partida a frio Flex Start; tomada de 12V integrada ao console central; vidros dianteiros e traseiros elétricos sendo função um toque para vidro do motorista; volante com acabamento em couro regulável em altura e profundidade, maçanetas externas e internas das portas cromadas; rodas de liga leve de 16” e pneus 205/55 R16; faróis e lanternas traseiras em LED, airbags frontais para motorista e passageiro; faróis de neblina; alarme perimétrico; apoios de cabeça e cinto de três pontos para todos os ocupantes; freios ABS com controle eletrônico de frenagem (EBD) e assistência de frenagem(BA); fixadores traseiros para cadeiras de crianças (ISOFIX); trava elétrica com travamento das portas e do porta-malas com o veículo em movimento; rádio CD Player com MP3, função RDS e 4 alto-falantes bluetooth com comandos no volante, entre outros.

A versão intermediária é a SV, disponível exclusivamente com câmbio automático CVT, tem preço sugerido de R$ 67.390. Ela tem os itens da S além ar-condicionado automático digital de duas zonas; dois porta-copos traseiros integrados ao descansa braço; controlador automático de velocidade de cruzeiro (piloto automático); luz de leitura para motorista e passageiro dianteiro; rádio CD Player com MP3 com display 4,3″ colorido, função RDS, entrada auxiliar para MP3 Player/IPod, USB no console central e 6 alto-falantes..

Já o Sentra SL, o mais refinado (carro testado pelo De 0 a 100), tem todos os equipamentos listados acima com a adição de revestimentos dos bancos em couro na cor preta (com partes sintéticas); airbags laterais e de cortina; acendimento automático dos faróis (sensor crepuscular); retrovisores externos rebatíveis eletricamente; retrovisor interno eletrocrômico; teto solar com controle elétrico; rodas de liga leve de 17″ e pneus 205/50 R17; sensor de estacionamento; rádio CD Player com MP3 com display 5,8″ colorido, função RDS, entrada auxiliar para MP3 Player/IPod, USB no console central, e 6 alto-falantes; câmera traseira com imagem integrada ao display do rádio e sistema de navegação integrado ao painel (GPS).

O GPS foi uma agradável surpresa. Ao ligar o carro, imediatamente ele encontrava sinal e começava a funcionar. Mesmo em cidades do interior de Minas Gerais, ele encontrou as ruas e avenidas, me levando aos lugares sem problemas. Só não consegui desligar o GPS depois (a navegação sim), mesmo olhando o manual do carro.

Nissan-Sentra-SL-2014-CVT-lateral

Teto solar é exclusivo da versão SL

Resumo da obra

Fazendo uma análise bem pessoal e específica da linha Sentra, por causa da minha altura, eu não compraria a versão SL por um único motivo: teto solar. Por causa dele, eu bato a cabeça no teto no banco do motorista, o que não acontece em nenhuma outra versão. Eu também não faço questão das rodas de 17”, que considero inadequadas para as ruas brasileiras. Eu ficaria com o Sentra SV, mas eu sentiria muita falta dos airbags laterais e de cortina, dos retrovisores rebatíveis eletricamente e da tela de 5,8” com todas as suas funções – itens que poderiam ser opcionais para a versão SV.

Mas, como sei que sou fora dos padrões, prefiro valorizar a análise mais ampla. Com a sua nova geração, o Nissan Sentra deve ser levado em consideração por qualquer comprador de um sedã médio. Ele está acima da média em praticamente todos os quesitos, com destaque para o câmbio Xtronic CVT, um dos melhores da categoria (mesmo sem trocas sequenciais).

Se você for comprar um automóvel dessa categoria e só considerar os populares Honda Civic e Toyota Corolla, lembre-se que você terá carros bons e “gostosos”, como os sorvetes de creme e chocolate. Mas, não se esqueça de que experimentar algo novo pode fazer uma grande diferença na sua vida, com novas sensações e possibilidades – algo que o Nissan Sentra é capaz de fazer.

Comentários (101)

  1. Muito boa a sua avaliação.
    A versão SV poderia oferecer como opcional os itens que vc citou.
    Faria um teste no 408 AT 6 marchas e o C4 Louge.
    Tbm seriam boas opções(com preços semelhantes) antes de decidir.

    • sua avaliação é muito esclarecedora.

      fiz um pedido do Sentra SL após comparar o custo beneficio entre os vários veículos citados. A minha decisão foi bastante facilitada quando fiz pedido através do CNPJ e neste caso o desconto foi bastante razoável. Desta maneira o valor pelo qual será faturado o Sntra SL será de R$64500,00 na cor metálica, o que cobrirá boa parte de sua maior desvalorização. Penso ter feito um bom negócio. A desvantagem é o tempo de espera até a chegado do veículo ( de 60 a 90 dias)

      • Francisco, em qual concessionária você pediu? Me disseram que o SL não tinha para cnpj, apenas o SV… Queria ligar onde você pediu pra checar.. Obrigado

      • Francisco, qual a sua cidade e quando vc fez o pedido desse carro? Quando fui a concessionária disseram que estava apenas disponível a versão SV (intermediária) por R$ 55.000,00. Um bom preço, porém quero a versão SL completa, sou de Manaus/AM.

  2. Impecável… Gostei deste palavra utilizada pelo Pedro. Concordo plenamente! Adorei a analogia com os sabores de sorvete!
    Na verdade, este texto é uma delícia de ser lido!

    PARABÉNS, PARIZZI!!!

  3. Renato , tudo bem? Entre ele e Fluence e Sentra ? Quem se sai melhor ? Partilham algumas coisas, já é sabido, mas nos detalhes ,quem leva melhor?

    • Oi Ronaldo! É tudo uma questão de gosto. Sempre gostei do Fluence, mas, nesse momento, acho o Sentra um pouco melhor. Eles partilham muitas coisas, como parte do conjunto mecânico. O Sentra está na frente do Fluence e podemos verificar isso nas vendas. Segundo a Fenabrave, nos meses de janeiro e fevereiro de 2014 (somados), foram emplacadas 2.164 unidades do modelo da Nissan, contra 1.333 unidades do Renault. Embora Nissan e Renault sejam do mesmo “conglomerado”, elas possuem negócios independentes (pelo menos aparentemente). E os franceses sabem que estão ficando para trás entre os sedãs médios. Por isso, o Fluence reestilizado chega ainda esse ano. Espero que bem antes do Salão do Automóvel de São Paulo. Assim, ele não fica tão para trás em termos de “novidade” na briga com o Sentra, Corolla e Civic 2015. Falta também uma mudança no Cruze, que já não tem mais o mesmo ímpeto de antes. Um abraço!

  4. Creio que este seja um dos grandes “problemas” dos brasileiros, principalmente dos consumidores mineiros, extremamente conservadores: o fato de não querer ou ter dificuldades em experimentar o novo.

    Na minha opinião, está aí a melhor relação custo/benefício da categoria junto com o Citroën C4 Lounge que entregam muito mais, pagando bem menos, se comparados com os líderes do mercado. Portanto, basta o consumidor olhar um pouco mais para os lados e ver que podemos adquirir produtos de qualidade pagando um preço mais justo.

    Uma observação: quanto a ausência do sistema one touch (para subir e descer os vidros) de série, também concordo por não fornecer o equipamento no veículo. Porém, esse “problema” pode ser facilmente resolvido instalando um módulo nas quatro portas acoplado aos comandos de frequência de fechamento das portas na própria concessionária. DICA: tem loja em BH oferecendo esse acessório como “bônus” durante a negociação.

  5. Realmente a analogia e avaliações feitas pelo Renato foram muito bem empregadas. O brasileiro ainda e infelizmente se leva muito pela aparência e influências nem sempre positivas. O novo Sentra é uma boa alternativa a ser considerada. Renato, assim como o comentário anterior e dentro de seus conhecimentos, entre os sedans vendidos atualmente no Brasil e excluindo o “Trio C.C.C.” (Corolla, Civic e Cruze). Gostaria de saber qual destes modelos vale a compra: Fluence, Sentra, 408 e C4 Lounge. Abraços.

    • Oi Adriano. Realmente é uma questão de gosto. C4 Lounge e Sentra estão em gerações mais modernas (recentes) do que o Fluence e o 408 – por isso, nesse momento, levam vantagem.

      Como comentei acima, o Renault muda esse ano, o que fará muito bem para ele e para o mercado, pois o modelo é um carro legal. Já o Peugeot recebeu uma bem-vinda evolução no conjunto mecânico (câmbio automático de seis marchas para o motor 2.0 e o propulsor 1.6 turbo THP).

      Valeria dirigir todos eles para ver qual mais agrada. Além disso, a pesquisa de preços é importantíssima, ainda mais porque a Peugeot, por exemplo, está dando R$ 8.000 de “bônus” na compra do 408.

      A marca do leão faz isso porque as vendas do seu sedã estão fracas. No acumulado do ano (janeiro de fevereiro de 2014), foram emplacadas 445 unidades, contra 1.333 unidades do Fluence, 1.576 unidades do C4 Lounge e 2.164 unidades do Sentra.

      Mas fica complicado indicar um modelo específico. Você está pensando em comprar um dos 4?

      Um abraço!

  6. Acreditei no novo e comprei um Sentra 2014. Já fiz viagem de até 1000 km e realmente é muito gostoso dirigi-lo. Muito bom os seus comentários.

  7. Tô muito bravo com a Nissan que não tem a versão SL para entregar. Estou esperando desde 9/01 um prata e só hj 28/03 a vendedora me ligou “oferecendo” a versão SV na mesma cor. Infelizmente para mim não dá certo já que tenho um cachorro que solta muito pelo e preciso do banco de couro, além dos mimos como GPS, retrovisor eletrocomico e air-bags de cortina.

  8. Renato , perfeita a sua avialição ….
    Não tive duvidas ! o meu Sentra SV ja esta na minha garagem , estou muito satisfeito e o meu bolso ta feliz … o carro reamente surpreende…

    Vlw.

  9. tudo bem, renato?

    concordo com a sua matéria.

    realmente, o Sentra é um carro e tanto.

    recentemente, dirigi um de Campo Grande a Dourados, no MS, e fiquei impressionado com o torque, equilíbrio das marchas em relação à tração do carro e a economia. sem falar no espaço interno que é muito bom, também.

    é um carro e tanto para sair da mesmice!

    parabéns pela matéria.

  10. Renato, já tive um Sentra SL do modelo anterior e a suspensão era péssima. Em ruas com o asfalto mal conservado, o carro quicava (pulava muito) e a suspensão não conseguia filtrar as irregularidades. Esse problema ainda é muito discutido no site Nissan Clube, onde o tópico sobre o assunto é o campeão de postagens. Adorava o carro, mas como tenho um problema de coluna não consegui ficar com ele devido a esse problema de suspensão. Na nova geração, esse problema foi totalmente sanado? A suspensão dessa nova geração esta adequada ao nosso péssimo asfalto, proporcionando o mesmo conforto de um Corolla ou de um Focus? Sua opinião é muito importante,pois tenho muito interesse na compra do Novo Sentra e sei que o test drive das ccs são muito curtos e não nos possibilitam um maior conhecimento do carro. Obrigado

    • Oi Nilson! O Sentra testado é mais brasileiro do que a geração anterior do modelo. Digo isso analisando o comportamento do carro nas nossas “belas” ruas e estradas. Mas confesso que, pelo tempo que fiquei com o carro, não consegui analisá-lo de forma tão profunda que me permitisse responder à sua pergunta com precisão.

      A suspensão do Sentra está mais próxima à do Corolla do que em relação à do Civic (mais firme). Com isso, ela absorve melhor as imperfeições do solo.

      Acho que valeria a pena você conversar com a concessionária e “negociar” com ele um test-drive um pouco mais longo, rodando num percurso do seu dia a dia, para ver o que você vai sentir.

      Um abraço!

      • Renato, fui na ccs e fiz um test drive que durou apenas cinco minutos. Acho que a boa procura que o carro está tendo está fazendo com que os vendedores fiquem acomodados. Vou tentar em outra ccs ou esperar a demanda “esfriar” um pouco e assim testar o carro direito. Obrigado e forte abraço!

  11. Boa noite Renato. Me diz uma coisa, vc iria de novo corolla gli 1.8 com nenhuma perfumaria a te oferecer, mas por fora na minha opinião bem mais bonito, com fabricação brasileira, ou seja, em caso de algum sinistro no carro a solução seria mto mais rápida, com desvalorização bem menor que o sentra, com revenda infinitamente mais rápida que o sentra, com uma rede de cc bem melhor que o sentra. Ou iria de sentra que com o preço de 70 mil do corolla pode até comprar o top do sentra que é 2.0 mas tem menos cavalos que o 1.8 do corolla, mas tem inúmeros mimos que o corolla não tem. Sinceramente não quero fazer burrada com esses 70 mil, para todos meus amigos que pergunto eles me falam que sou louco de pegar um sentra top ao invés do novo corolla basicão. resumindo até agora não sei qual levar, penso mto qdo chegar a hora de vender ele, nesse quesito fico com um pé atrás do sentra. Qual seria sua opinião sobre essa dúvida?

    • Detalhe, tem um comentário no site reclame aqui que deixou mais encanado ainda, segundo ele com 9 mil km já estourou os amortecedores e o carro já está na cc já faz tempo, e a única explicação que os funcionários dão a ele é que já pediu a peça mas ainda não receberam. Essa é a parte do meu medo, pois pelo fato de ser importado a gente fica na mão na espera de reposição de peças.

    • Oi Fabio! Comprar o Corolla, sem dúvida, é uma escolha mais segura por causa dos motivos que você citou e mais alguns. O Sentra seria uma aposta mais de “risco”. É uma decisão difícil mesmo. Você já dirigiu os dois carros? Essa diferença pode pesar bastante na escolha. O importante é escolher aquele carro que vai te deixar mais feliz e satisfeito. Não adianta você escolher um sendo que, bem no fundo, você queria o outro. Pelo menos a dúvida está relacionada a dois carros bons do mercado nacional. Vamos nos falando! Um abraço!

  12. Renato,

    Sou um grande fã de carros, lei muitas matérias e sou assinante de uma revista automotiva, mas gostaria de deixar registrado que essa foi uma das melhores matérias que já li.

    Estou pensando em comprar um Sentra SL, no Sábado fui a uma concessionária ver o carro pessoalmente, realmente o carro me surpreendeu e vou comprar um. É um carrão que tem itens de serie em todas as versões, que nem as versões top do Corolla e Civic tem.

    Concordo plenamente sobre o que você falou sobre “experimentar novos sabores de sorvete”, porque os clássicos já se sentem tão soberanos que não adicionam novos ingredientes a receita. acho que hoje em dia tem muitos carros que vendem somente pelo nome. Se alguém tiver alguma dúvida é só comparar os itens do Corolla, Civic e do Sentra.

    Mas como já vi nos comentários muita gente vai falar que é questão de confiança na marca, mas comprei um Polo (0km) e um amigo comprou um Civic (0km) que vieram com vários problemas de fabrica. O meu Polo teve a garantia geral prorrogada por quase um ano por que a VW não conseguiu resolver o problema (isso em quatro concessionárias diferentes). É claro que não estou falando pra comprar um Lifan da vida.

    Gostei muito do site e gostaria que as matérias fizessem parte do Flipbaord.

    • Oi Alex!

      Obrigado pelos elogios! Vou estudar a possibilidade do De 0 a 100 fazer parte do Flipboard. Seria mesmo bem interessante.

      Parabéns pela escolha! Experimentar algo novo sempre torna a escolha mais arriscada e emocionante, já que não sabemos bem a onde ela irá nos levar – diferente da escolha tradicional e segura.

      Espero que esse Sentra SL te traga muitas alegrias e satisfações! Depois me mande as suas impressões do carro para que eu possa publicá-las no De 0 a 100!

      Um abraço!

  13. Estou prestes a comprar um Fluence Dynamic, depois de 3 corollas. Mesmo sabendo da reestilização que virá em breve, será que vale a pena comprá-lo, ou partir para um C4 Lounge que jpa está de cara nova?

    • Oi Lusitano. Essa é uma questão pessoal. Compre o carro que vai te deixar mais feliz e satisfeito. Se quiser um carro bem próximo ao Fluence, só que mais barato um pouco e que não irá mudar em breve, veja o Sentra. Um abraço!

  14. Após fazer uma pesquisa decidi comprar um Sentra e pelo que oferece realmente sei que não vou me arrepender, tive um Corolla 2013 XRS e o Sentra SL não fica devendo nada, temos realmente que experimentar novo sabor e que as marcas saibam que não estão só e precisam respeitar o cliente e dar o valor que merecemos, pois esperar por um automovel mais de 30 dias e ninguem te da nenhuma satisfação foi isto que me levou a optar pelo Sentra.

  15. Comprei um Sentra SL em dezembro passado, a princípio pelo melhor custo-benefício da categoria após pesquisa entre os demais sedans médios do mercado. Estou muito satisfeito, pois possui praticamente todos os “mimos” mais atuais da indústria automotiva (por exemplo, seu sistema de GPS é impressionante: muito rápido e preciso), além do conforto, silêncio, espaço, ótimo acabamento, etc. e por um preço bem menor que da concorrência (acho que a Nissan sacrificou um pouco o alto lucro que as demais marcas praticam e ficou apenas o estratosférico imposto brasileiro). Pena que o foco da mídia são os triviais de sempre (ainda que bons…Honda, Corolla, etc.), mas basta fazer um teste drive para conhecer essa pérola. Enfim, para quem não liga para design “agressivo” ou esportivo, e sim para conforto e segurança, acho que o Sentra é a melhor opção. Merece ser mais bem conhecido.

  16. Muito bem escrito esta mAteria, e olha que não estou lendo poucas ultimamente!!! Meus parabens!!! Vamos aos comentarios… Assim como voce tenho 1,96… E ainda nao realizei o teste drive no sentra sl! Fui na concessonaria e consegui 13%PJ- o SL ta saindo por 65k! Será que a questao teto solar incomoda tanto!? O sv pela logica me sairia por 60k mas nao quero perder o banco de couro e multimedia, alem da seguranca de airbags…o situacao dificil!!! Nao sei o que fazer! Outro modelo que
    Consegui um bom desconto foi no 308thp (70k -60% mais 24 sem juros) e no jetta tsi(85k – que ja passa do que
    Gostaria de gastar, apesar de ser possivel pagar mas é exagero pra primeiro carro)… Enfim, eu gostaria de aproveitar os descontos da pj visando menor perda de dinheiro na revenda!!! Eu sei que sao categorias e estilos diferentes, mas a quantidade de dinheiro investida muito semelhante, somando meu gosto eclético! Da uma luz… E parabens novamente pelo trabalho! (Desculpe a falta de acentuacao no texto- escrito de celular).

    • Oi Luiz! Obrigado por ler o conteúdo e fico feliz que você tenha gostado. Como você sabe, estamos fora do padrão na hora de escolher um carro. O teto solar do Sentra me atrapalha um pouco de dirigir, assim como o de outros carros, como o Fiat 500 e o Honda Civic, por exemplo. Por isso, é muito importante que você entre no Sentra SL e faça um test drive do modelo, para ver se o teto solar vai (ou não) te atrapalhar.
      Em relação ao sistema multimídia no painel e ao banco revestido em couro, uma hipótese é instalá-los como acessórios para a versão SV na concessionária.

      Sobre a sua dúvida, respondo o que eu sempre gosto de dizer: conheça bem os carros, faça quantos test-drives você achar necessário e escolha aquele que vai te deixar mais feliz e satisfeito!

      Um abraço!

    • Caro Luiz ou qualquer outra pessoa que possa me responder,

      Como funciona essa compra via PJ? A empresa precisa ser de alguma área especifica? Tenho uma empresa e não sabia que é possível conseguir um desconto tão grande assim.

      Grande abraço!

    • A versão SV esta sendo vendida por R$55.000,00 aqui em Manaus. Disseram que não tem versão SL pra pessoa jurídica. Fiquei decepcionado, mas vou voltar a concessionária pra perguntar, já que pelo visto algumas pessoas conseguiram fechar compra.

  17. um ponto que não foi questionado e na ora da troca do veiculo por outro veiculo a nissan no carro da marca nissan paga tabela cheia visto que demais concorrentes não pagam fica a dica.

    • Oi Andre. O Sentra não vem equipado com DVD. Acho que vale olhar na concessionária se é possível ter um DVD player no carro. Caso fale com eles, por favor, me avise! Um abraço!

  18. Boa noite!
    Realmente excelente matéria, parabéns!

    Eis a questão..estou na duvida tb.
    1)Media de consumo: Há algumas opiniões falando em consumo abaixo de 9km/l Gas.

    2)Desvalorização e revenda.
    3) Reposição pecas, pois é importado e as importações do México estão travadas. A versão Top em SC não tem pronta entrega e não há previsão, pois envolve questões políticas de importação.

    To com muitas dividas!
    Aguardo tuas considerações!
    Obrigado
    Abraço

    • Oi Oliveira!
      Obrigado pelo elogio ao teste!

      Espero que eu possa te ajudar:

      1) Na cidade (Belo Horizonte, com sua topografia desfavorável para boas médias de consumo), o Sentra SL CVT me surpreendeu, fazendo, com etanol, 6,7 km/l. Na estrada, com o mesmo combustível, média de 9,4 km/l – números sempre com o ar-condicionado ligado. Não tive tempo para fazer testes com gasolina, infelizmente.

      Segundo o Imnetro, os dados de consumo do Sentra são:

      Etanol, cidade, manual: 7,2 km/l
      Etanol, cidade, CVT: 6,9 km/l
      Gasolina, cidade, manual: 10,5 km/l
      Gasolina, cidade, CVT: 10,2 km/l
      Etanol, estrada, manual: 8,7 km/l
      Etanol, estrada, CVT: 9,1 km/l
      Gasolina, estrada, manual: 12,9 km/l
      Gasolina, estrada, CVT: 12,9 km/l

      2) Em relação aos líderes do segmento, Corolla e Civic, o Sentra tem desvalorização um pouco mais alta e revenda um pouco mais difícil. Por outro lado, o Nissan custa muito menos, o que compensa a desvalorização se comparada os modelos da Honda a Toyota. Além disso, o Sentra tem tido boa aceitação do público e da imprensa, o que o torna mais popular, melhorando, aos poucos, a desvalorização e a revenda.

      3) Esse é um receio mais concreto, realmente. A Nissan nacionalizou o March com o lançamento do New March. Por isso, aliviou a sua cota de importação do México, o que é bom para o Sentra. Como em breve o Versa também será brasileiro, a situação do Sentra ficará ainda mais cômoda. Além disso, o Sentra compartilha alguns componentes dom o Renault Fluence (mecânicos, principalmente), o que favorece a busca por peças. Por último, a Nissan aprendeu muito com a geração do Sentra anterior, amadurecendo muito no pós-venda.

      Vamos nos falando! Um abraço!

  19. Pessoal, entrei em um consorcio com a cartão de R$68.500 estou em dúvida sobre alguns carros, porém mais balançado sobre o HB20S, acho muito caro a versão TOP, então estou em dúvida sobre o novo sentra, corolla gli ou xei até 2013, ou novo c4 lounge.
    Oq estou levando em consideração: custoxbeneficio, valor do seguro e revenda, assim como a dificuldade de encontrar peças de reposição, o que me dizem sobre esses carros??? ah, esqueci do consumo tb, que é importante.

  20. Boa tarde pessoal!!
    Ontem comprei meu Sentra SV e quero compartilhar algumas curiosidades com vocês. Depois de muitas pesquisas e olha que andei e vi muitos carros, decidi pela Sentra, aí vc me pergunta por que? Eu digo, um conjunto de equipamentos e logicamente o preço. Fui em dois grupos da Nissan aqui no RJ e consegui um bom desconto no grupo da tijuca na usina, sem falar em alguns acessórios. Olhei civic, toyota, hyundai e o que me surpreendeu foram os preços. Paguei 64.900,00 com IPVA grátis, emplacamento, tapete, insulfilme, sensor de ré, protetor de carter e tapetes no modelo SV, que apesar de não ter banco de couro, é um tesão de carro. Fiz um teste drive bem legal e o carro é sacanagem. Não bate nada, anda demais e vc nem percebe as marchas. Agora eu falo, tentei ipva grátis na honda e toyota e sempre recebi um não, sem falar que o civic não tem para pronta entrega em nenhuma concessionária. Pontos positivos, conforto, câmbio CVT, suspensão. Negativos, só o banco de camurça, não é feio mas, prefiro couro. Na concessionária custa R$ 1.800,00 para colocar mas, será que fica igual de fábrica, acho que não eu tinha um I30 e mandei de colocar ficou uma bosta. Se vcs estão em dúvida comprem e sejam felizes, pois o carro é muito bom. Na hora da revenda muita coisa fará a diferença, como o estado do carro, quilometragem que ele estiver e onde vc for vender. Se negociar na troca por um zero eles vão jogar lá embaixo,mas, se anunciar com calma como fiz com meu I30 vc vende por um preço justo e fica feliz. Hoje em dia tem esses sites grátis para anúncio, anuncia lá que sempre tem um querendo comprar seu carro. Parabéns pela matéria e agora sempre estarei ligado nos comentários dos amigos daqui. Abs. Mauricio.

  21. Comprei o Novo Sentra SV e estou muito satisfeito com o carro.
    Fantastico. Ótimo acabamento, Espaço, silencioso, equipado. Enfim um carrão para quem quer um sedã confortavel.
    Na negociaçao ainda levei ipva gratis, insulfim, carter, carpet,sensor de estacionamento e bancos em couro, que ficou super legal.
    Fiz teste drive em varios sedãs e gostei mais do sentra pelo que me apresentou, alem do excelente custo beneficio.
    Recomendo, podem comprar que irão gostar.

  22. Pessoal, entrei em um consorcio com a cartão de R$68.500 estou em dúvida sobre alguns carros, porém mais balançado sobre o HB20S, acho muito caro a versão TOP, então estou em dúvida sobre o novo sentra, corolla gli ou xei até 2013, ou novo c4 lounge.
    Oq estou levando em consideração: custoxbeneficio, valor do seguro e revenda, assim como a dificuldade de encontrar peças de reposição, o que me dizem sobre esses carros??? ah, esqueci do consumo tb, que é importante.

    • Tenho a mesma duvida sou…mas entre todos estes zero, ainda prefiro o Corolla XEI 14, semi novo…acho muito mais confiavel….cuidado com este cambio cvt!!!

  23. Ótima reportagem, agora não consigo imaginar como a Nissan deixa de colocar coisas que em outros carros dessa categoria tem, controle de tração não existe, como a Nissan quer ficar entre os primeiros dessa forma?

    • O Corolla também não tem, o Civic só tem na versão Top, que custa um absurdo e são os dois lideres da categoria. Sem fala que o Sentra tem mais airbags.

  24. Gostei do Sentra, dentre todos da categoria e o melhor custo beneficio. Ha um pequeno detalhe que acho que deve ser corrigido, o suporte da tampa do bagajeiro nao tem pressao suficiente para levantar a tampa com precisao .

  25. Olá Renato.você realmente tirou todas as minhas duvidas em relação ao novo Sentra.Tenho ido a varias concessionarias e feito o teste drive mas,me derreti pelo Sentra.O valor foi o que mais me chamou a atenção em comparação com os da mesma categoria.Obrigada,o seu comentário fez toda diferença na minha escolha.Ah, só pra registrar não achei muito legal o painel do novo corolla e, sem contar que eles não facilitam em nada a negociação.

    • Eles nao facilitam a negociao, pq o carro é lancamento…porem o interior do novo corolla ficou horrivel, e com o valor q estao pedindo, a hora q começar a encalhar os veiculos nas concessionarias, ai eles começam a dar alguns descontos…tirando esse, tive 2 corollas, e sao tudo de bom!

  26. Adquiri um Sentra SL 2014, o azul, em janeiro.
    Ainda na loja instalei o Automatizador de Vidros, o Protetor de Cárter e Aerofólio Traseiro com Breaklight. Com o aerofólio ficha show.
    Viajo bastante. Em fevereiro eu e minha esposa demos uma ‘voltinha’ entrando pelo norte da Argentina, indo para o Chile, descendo, voltando para a Argentina e entrando no Uruguai. Foram 9 mil km sem nenhum problema, muito conforto, carro delicioso, anda bem.
    Quanto ao consumo, se pisar consome, se evitar acelerações e saídas fortes, na cidade com gasolina o consumo fica acima de 9 km/lt. Na estra a 120 km/h, um pouco mais ou menos, faz em torno de 13 km/lt.
    Recomento sem hesitar.

  27. Fala ae pessoal.

    Sou paulista mas estou a 3 anos em Brasília.Vendi meu carro anterior Jac j3(nota 5 de 10) e estava disposto a adquirir um Livina. Após muito debate e pesquisa resolvi optar pelo Sentra. Peguei um 11 com 38.000km.
    Melhor carro que já tive até hoje.

    Sobre a revenda, eu fiquei UM MÊS procurando um Sentra decente. Isso eu sem carro com um bebê de 4 meses.Já estava montando um “logísitica” mega avançada, ia comprar o carro em SP e trazer para cá. Contudo consegui comprar.

    Durante minha busca teve duas vezes que eu vi o anúncio no mesmo dia, liguei, e o cara tinha vendido….

    Acho que o mercado está mudando para o Sentra.

    Fiz Brasília – SP, com mala até o teto, 11km/l andando a 120-140km/h e com ar.

    Inclusive daqui 2 anos quando for trocar de carro, vou pegar esse novo SENTRA. Quem sabe não vai ser um de vocês…. 🙂

  28. Olha hoje a noite fiz um teste drive no sentra sv de um colega, fiquei maravilhado com o carro. Hoje tenho um novo voyage, carro muito bom econômico, mas, vou colocar venda e ir direto a nissan… Tenho certeza que não vou me arrepender, pois estou procurando: segurança, conforto e uns mimos de tecnologia..

  29. Comprei um Sentra SL 2014, e minha família está simplesmente encantada com o carro. Dentro da cidade – Florianópolis – em trechos que misturam subidas, descidas, estradas em trajetos curtos entre os bairros e cidade com o para e anda, com gasolina comum, ele está fazendo 9,5 de média. Números excelentes pelo tamanho do carro. Não exagero na condução, nem sou pé leve demais. Mas o carro anda bem, e nem parece andar na velocidade que está. Ele parece ser de um padrão superior ao da categoria. Completo, silencioso, confortável demais mesmo com aro 17, espaçoso. Enfim, o carro e perfeito. Fiz o test drive no civic antes de comprar o Sentra e fiquei muito decepcionado com o honda. Um carro com acabemento discutível, passando muito barulho para dentro da cabine. Neste momento da minha vida onde prezo por qualidade e conforto, mesmo que o civic fosse mais barato do que o sentra, compraria o Nissan. E acho que o mercado está descobrindo isso. Vale ressaltar que na ultima 4 rodas o pacote de peças e seguro do Sentra ficou bem abaixo dos campeões de venda, civic e corolla. Eu apostei no Sentra e não podia estar mais feliz com um carro. Vale ressaltar, já tive todo tipo de carro, e todos tem alguns defeitos. Os do Sentra, em minha opinião: o farol dianteiro poderia ter um projeto melhor, até para os leds. Faria o carro passar uma impressão de categoria superior mais ainda. Falta realmente comando one touch para todos os vidros, falta interface, e falta iluminação nos botões de vidros elétricos e travas do carro. E só. Com exceção do ultimo item, tudo pode ser resolvido com facilidade. E honestamente, não incomoda tanto. De resto, o carro e perfeito para quem quer um carro para usar no dia a dia. Recomendo.

  30. Boa Tarde Pessoal,
    Fiz vários testes em vários modelos do segmento do Sentra, porém o que está me deixando com “medo” de comprar este modelo 0km, é o fato do cambio ser CVT, pois li vários relatos de proprietarios de Sentra do modelo antigo terem problema com aquecimento do óleo do cambio. Outros compradores que estão com esse imenso problema são os proprietarios do Lancer CVT…alguns dizem que viajar por 30 minutos com o carro, já se escuta ruido vindo do cambio.
    Então resumindo, gostaria de saber se esse problema foi solucionado pela Nissan para este modelo novo, e se os que já tem esse modelo tiveram ou estão tendo algum tipo de problema nesse sentido.
    Abraço a todos

    • Rodrigo, não tive medo quando comprei o meu, pelos seguintes motivos: 1 – o carro tem garantia de fábrica por 3 anos. Qualquer vício do carro poderia aparecer neste tempo, sem dúvida. 2 – a toyota assumiu o cvt no novo Corolla. 3 – o câmbio cvt e considerado o melhor sistema de câmbio atualmente, o que há de mais moderno. 4 – e por fim, se quiser um automático, sempre vais ter dúvidas: procure problema em carros de câmbio automático, e verás que podem dar problema. E penso, depois de tantos automáticos que tive, que os problemas são ocasionados por quem não sabe usar o câmbio. Nunca tive problemas com nenhum automático, mas sempre usei certo. Então penso que seja cvt, seja automático com conversor de troque, se usar certo, nunca terás dor de cabeça. Então, vá sem medo. E use bem.

      • Então Patrick,
        Hoje tenho um Corolla 09, modelo XEI, o completo deste modelo, aut. etc…comprei de 2a mão e também nunca me deu dor de cabeça…então resumindo, acho que sei usar o cambio automatico…kkk…mas blz, ainda vou continuar fazendo testes em outros veículos, e assim amadurecer mais as ideias…na verdade não estou com muita pressa….o ideal para se fazer um bom negocio é não ir com muita sede ao pote.De qualquer modo, lhe agradeço a atenção. Quando eu decidir qual veículo comprar, certamente irei compartilhar está noticia com vcs.
        Abraço a todos

    • Comprei um Sentra preto SV 2014 aqui em São Luis e após dois dias viajei para Teresina e na estrada andei forte com ele e o câmbio respondeu bem, só parei para reabastecer o veículo. Meu carro até o momento não tem nenhum problema com o câmbio CVT.

    • Tenho um sentra especial edition, um modelo anterior ao este novo sentra e aconteceu esse problema de aquecimento do fluido cvt, ja estou com ele a 3 dias na nissan aqui de curitiba e nada, parece que vai fazer um raleio e mandar para fabrica, então talvez eles instalem um kit resfriador desse fluido. Quanto ao Lancer, e o Outlander, ambos apresentam o mesmo problema, porem oo lancers fabricados a partir de 2013, ja estão vindo com esse kit resfriador.

  31. Pessoal,

    Tinha um Versa SL e troquei pelo Sentra faz 10 dias, nunca havia dirigido um carro automático, tái um investimento do qual não me arrependo, bonito, confortavel, macio, economico por ser 2.0, a unica observação que eu faria é quanto aos porta objetos que deveriam ser revestidos com feltro ou algo parecido para abafar um pouco mais o barulho.

    Abraço

  32. Há uns 15 dias atrás num feirão, conheci o C4 Lounge. Achei o carro sensacional. Não andei com o carro. Mas fiquei tentado a comprá-lo. Nesta semana fui fazer um test drive no Sentra SL. Meu filho(15 ano)foi junto.
    De primeira meu filho adorou o carro. Mas para mim o C4 estava na cabeça. O vendedor explicou tudo do carro, mostrou o SL e o SV. citou as diferenças, mostrou todas as características dos carros. Achei 100% o atendimento. Fomos ao test drive. Carro excelente! Mas precisava testar o C4. Saí da Nissam direto para Citroen.
    De cara meu filho disse que o Sentra era mais bonito. Ele entrou no banco de trás e reclamou, espaço para objetos nas portas são menores. Insisti e ele disse que o Sentra é mais bonito e mais confortável. Achei interessante o interesse e as observações dele. Então, fomos ao test drive no Tendance THP. Motor é um espetáculo. Mas aí é que percebi a diferença dos câmbios. No C4 você percebe as trocas e os trancos. No Sentra não se percebia a troca de marchas. Nos dois testes, acelerei forte, reduções bruscas e o sentra deu show com seu cambio. Com relaçao a força do carro, c4 é show – vai do que se quer no carro. Outro fator importante a ser levado em consideração é a fama do japonês e do francês. O atendimento da Citroen foi muito ruim. tive que perguntar muito para conhecer o carro., Atendimento muito inferior ao da Nissan .
    Por enquanto vejo o Sentra como o meu próximo carro(falta testar o CIVIC e o Corolla, este último pelo preço e pelo pouco que oferece deve ficar fora). Abraço.

  33. Olá, Renato, obrigado pela avaliação! Depois de ler, na sexta dia 28/11, fui à Nissan daqui de João Pessoa e fiz o test-drive. Cara, foi arrebatador, comprei a versão SL sem teto solar, branco! Estou contando as horas para pegar o carro. A Nissan veio chegando aos poucos na família, já que o ano passado compramos um Versa para minha esposa e adoramos o carro. Eu tive Corolla muitos anos e estava com um Tucson, ambos excelentes carros, mas o novo Sentra, pelo menos no test-drive, bateu todos. Imagino que com o uso vou me empolgar ainda mais!!!!

    • Olá Rucker,
      Também estou namorando o Sentra. O que está achando do carro? Como faz pra ele não descer quando para numa ladeira e precisa continuar,já que ele não tem assistência de partida em rampa?

  34. Amigos, tenho um sentra 2013 CVT e na cidade ele ta fazendo apenas 7.1 km/l (computador de bordo). Será q precisa fazer algum ajuste? Vi o pessoal comentando de fazer pelo menos 9!
    abs

  35. Sua avaliação foi muito decisiva pra mim. Comprei um SV branco, que com o desconto para PJ ficou em 64.500,00. Fiz um test drive no carro e achei muito gostoso de dirigir. Assim que tiver as primeiras impressões volto aqui pra comentar. Valeu!

  36. Realmente o carro é muito bom, sou tão alto quanto você e minha alternativa foi pedir a versão SL sem o teto solar, resolveu o problema da altura. Obrigado pela dica do acionamento dos vidros, vou na concessionária resolver isso já!

  37. Tenho um Sentra CVT 2011.
    Excelente carro, muito mas muito mais barato do que a concorrência.
    Na verdade, com esse preço, ele luta na categoria de baixo e aí ganha de lavada de todo mundo.

    Meu único pedido para a Nissan seria colocar o botão do overdrive off no volante. Aí o carro seria perfeito.

  38. Bem pessoal, feliz Natal e boas festas a todos!

    Voltando à realidade, quem está em dúvida sobre a compra, acho que vou ajudá-los:

    Sou um feliz proprietário de um 2013/14 SL, comprado em outubro de 2013, um dos primeiros vendidos no RJ. Antes de emplacar mandei instalar kit GNV 5a. Geração, pq acho um ROUBO o que nos cobram de IPVA! Antes de caírem matando com aqueles comentários de quem não tem $ anda de carro 1.0, esse é meu 3o. Sentra e nos anteriores não tinha GNV. Compensações? Façam as contas: preço do kit completo instalado = R$3700,00. IPVA pago em 2013 = R$270,00. IPVA pago em 2014 = R$650,00 (o mesmo imposto sem GNV seria, pelo menos, R$3200,00). Irei pagar o próximo IPVA agora em jan2015 e o Kit GNV já deu lucro! O consumo está em média 12 km/m3 (sempre com ar ligado e 70% em rodovia em me preocupar com velocidade e aceleração). O carro está com 17000KM rodados, o GNV custa em média 1,65 e a gasosa está em 3,00, será que valeu à pena?

    Quem andou nos Sentras anteriores, sabe que já era bom. Ficou melhor! O carro é ainda mais silencioso, a suspensão está mais macia (a ponto do carro ficar mais perigoso nas rodovias, aquelas curvas que vc, pé pesado fazia a 120, esquece, no máximo 100 ou vai sair de traseira!). Eles corrigiram o “defeito” que os “tiozões” reclamavam, mas trouxeram esse porém aos mais radicais…

    Realmente o carro está mais bonito e melhor acabado, porém mais baixo e raspa com facilidade em quebra-molas se estiver completo e carregado.

    JAMAIS pagaria 1 centavo a mais para comprar um Corolla, que já tive e nem de longe é melhor que o Sentra, aliás, desde a versão anterior. Quanto às peças de reposição, se faltar alguma, são facilmente encontradas na internet (não é crime importar peças automotivas, incluindo filtros e correia que pode ser adquiridos antes da época de manutenção).

    Outro comentário é para vc que tem medo na hora de revender. Se o seu carro estiver em ótimo estado de conservação, conseguirá vender pelo valor justo de mercado. Os outros custam 5.000 a mais que o Sentra quando usados, mas quando vc comprou o seu Sentra 0KM, vc pagou pelo menos 10.000 a menos, então parem com esse choro de que o carro desvaloriza mais kkk

    FORTE ABRAÇO

    • Comprei um Sentra SV há exatos 9 meses e 19 dias. Com 7 meses a suspensão se foi, a Nissan refez a suspensão alegando defeito de fábrica. Para a minha total surpresa e desilução com menos de 2 meses a suspensão se foi novamente. Para terminar de me desiludir o seguro mais barato que encontrei foi de 4 mil reais. Quebraram a janela traseira do carro e levaram os meus pertences, para a minha também triste surpresa descobri que o carro não veio com alarme sonoro de fábrica. Meu carro tem 13.500 km rodados e não quero mais nem vê-lo devido a tantos problemas. Acho que carro é sorte porque não é possivel. Não vejo a hora de vender esse carro, não vejo a hora mesmo.

  39. Ouvi falar que o problema de alguns importafods é suspensão e a dificuldade e o valor alto das peças de reposição.
    Estou embasando meu comentário nos carros da GM, tenho um Vectra GTX com 105.000 km e nunca tive problema, só troquei amortecedores e penus mesmo.
    Minha intenção e ir para um sedan médio, neste caso o Sentra, um detalhe pertinente é que viajo bastante.
    Alguma consideração ?
    Grato/Abç.

  40. Perfeito Cleber seu comentário. Quando compro meus carros, não penso em quando vender perder menos, compro pra curtir o conforto que pode me proporcionar, a satisfação de poder dirigir, e nem penso em impressionar, quero na realidade curtir o carro. Todos os carros desvaloriza, então comece a juntar um dinheiro para quando da trocar, tenha o suficiente para comprar a vista ou financiar o menor valor possivel. Acabei de comprar meu Sentra SL, estou adorando.

    • Complementando, Diamantei as Rodas, Plastifiquei os tapetes, plastico incolor, coloquei o aerofólio (R$270) mercado livre, (R$ 1400) concessionária, forrei o carpete até a mala (R$300), ficou show de bola..

      abraços

  41. Acabei de comprar um sentra SV branco perolizado. Ainda não retirei da loja. Minha preocupação e com a altura do carro. Falam que e muito baixo. Sera que o aro 17 ajuda? Tenho uma CRV que e bem alta.

  42. O carro é realmente tudo que dizem. Excelentes em todos os aspectos.

    Adquiri um SL (Branco) há duas semanas e estou muito satisfeito.

    Porém, é importante que seja registrado que há, principalmente na cora branca uma diferença gritante de tons de cor entre a lataria e os pára-choques.

    Abri um chamado na Nissan (Protocolo 283065) para pedir esclarecimentos e fiquei bastante chateado com a resposta: “Isto é uma característica do veículo e deve ser observada antes da compra, para que seja decidida a aquisição ou não do produto”.

    Resolvi compartilhar com todos este fato porque achei muito importante!

    Grande abraço a todos!

    • Fiz um test-drive e me incomodei com a saída do carro em aclives, descendo para trás na ladeira.
      Como se faz para contornar isso, já que ele não tem assistência de partida em rampa?

  43. Depois de ler a sobre o Sentra aqui no site decidi comprar um Sentra SL. Comprei o carro no meio de dezembro e logo em janeiro fiz uma viagem Rio-Pernambuco. O carro é muito bom na estrada e atendeu a todos as minhas expectativas.

    Tem alguns detalhes que não ficaram bons (já comentados aqui no site), mas tem uma coisa que não gostei, o rádio, ele não diz o nome da estação e nem o nome da música, hoje em dia qualquer radio faz isso. Vou resolver esse problema colocando uma central multimídia.

    Uma dica boa, pra quem não sabe, tem como colocar o GPS do SL para avisar sobre radar.

    Uma coisa muito importante é instalar a central de alarme, para não acontecer o que aconteceu com nosso amigo Samiris Fonseca.

    No geral o carro é muito bom e se comparado ao concorrentes a relação custo benefício é muito melhor.

    • Como fazer isso? já tive carro em que coloquei o multimidia ficou excelente, mas, não sei caso eu troque para ter o leitor de dvd, a camera de ré não venha com o balizamento, que acho muito bom na tela original.

  44. Enquanto isso………Na terra do Tio Sam anda-se de BMW top por 32.000 e no Brasil os caras querem por um simples sentra sem nada demais. 72.000 e tem gente que paga. É por isso que este País é o que é. Ninguém exige respeito consigo mesmo. Jamais o Brasil será 1º Mundo, pois a população é a primeira pertencer ao 3º Mundo, ou já nem sei se estamos no 5º Mundo de tanto atraso.

    1ª) Lei da Economia. O preço se faz de acordo com a demanda se a demanda cair o preço cai também. Sacaram como funciona, caso queiram pagar por um preço justo é só fazer a Lei da Economia a seu favor.

  45. Cari Renato.

    Acabo de comprar um Sentra SL, metálico prata, 2015/2016, por R$ 77.250,00. Disse-me o vendedor que eu estava levando, aí, um bom desconto. Por isso fiquei muito feliz com seus comentários sobre esse veículo, pois, através deles, vejo que fiz uma boa compra em termos de relação custo-benefício. Ainda tenho comigo meu Citroën C4 Lounge, THP, Exclusive, 165 HP, modelo 2014, comprado quando lançado em outubro de 2013, que está à venda (44 mil km). Sobre esse C4 Lounge, só tenho elogios, não sendo por outra razão que esse automóvel foi eleito pela Quatro Rodas o melhor Sedan médio de 2014 e 2015 e a melhor compra desses anos.
    Estou trocando de carro e de marca exatamente para experimentar o novo, bem na linha do que aconselhas em teus excelentes comentários a respeito do Sentra. Considerei, também, que o C4 Lounge 2016, só chega em 2016 (!) e por um valor que beira os 100 mil.

    Mas, enfim, quero parabenizá-lo pelos excelentes comentários que você vez a respeito do Sentra, em texto que, além de bem escrito, demonstra conhecimento de causa e sobriedade na avaliação feita. Cumprimentos!

  46. Comprei um 13/14 SL e digo: Carro espetacular e confortável. Agora vou instalar o Kit GNV 5 geração por economia no IPVA de 75%.
    Já tive corola, CRV, Cerato etc, e o Sentra realmente ganha disparado no custo beneficio. Recomendo.

  47. Olá gente, assisti a um video Vrun e o apresentador falou de que o consumo do SENTRA 2015 deixa a desejar, em outro video dois apresentadores falaram de que o consumo vai alem da espectativa. em qual devemos acreditar?
    Meu nome é Joao Santana/São Lourenço da Mata.PE.
    Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *