Vale a pena comprar um Chevrolet Spin Activ?

Chevrolet-Spin-Activ-2015

Como anunciado e mostrado no Salão do Automóvel de São Paulo, a Chevrolet acaba de lançar no Brasil o Spin Activ, versão “aventureira” da sua legal e feia minivan. O modelo usará o seu  visual “off-road” e o espaço interno para conquistar o consumidor. Mas, será que, depois de encarecer e de ter poucas novidades para a linha “normal” 2015 do modelo, vale a pena comprar um (inédito) Spin Activ por R$ 62.060?

A Chevrolet foi muito feliz ao resumir a nova versão do seu carro: “O Spin Activ caracteriza-se principalmente pelos elementos decorativos da carroceria e pelo interior personalizado”. Não tenho o que contestar. Como o carro não foi feito para o fora de estrada, na prática, a marca pegou o modelo normal e acrescentou novos para-choques, molduras nos para-lamas, saias laterais, rodas de 16 polegadas (205/60 R16 – elevaram a altura do carro em apenas 0,8 cm), rack de teto e o desnecessário estepe na tampa traseira (porta-malas).

Chevrolet-Spin-Activ-2015-Brasil

Visual aventureiro é um dos destaques do Spin Activ

Outros adereços foram incluídos, como a capa dos retrovisores externos e os adesivos que cobrem a coluna central pintados de preto. Em relação ao estepe, por motivo de segurança, a abertura do bagageiro é feita em dois estágios: inicialmente o usuário precisa destrancar o sistema e através de uma alavanca no suporte destrava o braço que fixa o pneu sobressalente – a operação pode ser feita pelo controle remoto na chave. Depois, o suporte deve ser deslocado lateralmente até o final do curso de abertura, para que o compartimento de carga possa ser aberto.

A roda do estepe é idêntica às demais e, como sistema antifurto, um dos parafusos é montado pelo lado interno do suporte e só pode ser acessado após o destravamento eletrônico do conjunto.

Chevrolet-Spin-Activ-2015-estepe

Espaço

Se o visual tornou o feio Spin um pouco mais atraente, o espaço deve ser o grande diferencial do modelo, pois a versão Activ leva até cinco ocupantes e 710 litros de bagagem, sem somar a capacidade do inédito porta-objetos localizado sob o assoalho traseiro. Uma pena que a Chevrolet tenha perdido a oportunidade de, sem o estepe dentro do veículo, criado um Spin com sete lugar com um porta-malas decente – nesse caso o pneu sobressalente teria alguma finalidade do lado de fora, finalmente.

Internamente, a cor dos revestimentos é preta, diferenciando-se do marrom predominante nas demais versões. O velho conhecido sistema multimídia MyLink (de 7″) tem uma moldura prateada no entorno.

Chevrolet-Spin-Activ-2015-estepe-porta-malas

Estepe externo dificulta a abertura do porta-malas (mas não tanto)

Equipamentos

O Chevrolet Spin Activ vem equipado, de série, com volante revestido em couro com controle do áudio/telefone, ar-condicionado, direção hidráulica, retrovisores e os vidros elétricos, computador de bordo; volante cintos de segurança dianteiros e banco do motorista com regulagem de altura, banco traseiro bipartido 60/40 e rebatíveis, airbag duplo frontal, freios com sistema ABS e EBD, entre outros.

Entre os acessórios, destaque para tablet de 7″ polegadas com suporte para encosto de cabeça, módulo de TV e câmera de ré compatíveis com o sistema multimídia Chevrolet MyLink e módulo para ativação da função Tilt Down do retrovisor externo direito faz com que, ao engatar a marcha ré, o espelho incline-se para baixo, facilitando manobras de estacionamento. Câmera de ré e Tilt Down deveriam ser de série para facilitar as manobras de um carro com o estepe do lado de fora, preservando o próprio Spin e os outros veículos.

Chevrolet-Spin-Activ-2015-painel

Interior do Spin Activ praticamente não tem novidades

Em termos mecânicos, o ultrapassado motor 1.8 8V Econo.Flex continua. Ele desenvolve apenas 106 cv de potência e 16,4 kgfm de torque com gasolina e 108 cv e 17,1 kgfm com etanol.

Pelo menos a Chevrolet atualizou o câmbio automático de seis marchas disponível para o Spin (e também para o Cruze, Cruze Sport6, Onix e Prisma). Segundo a marca, a transmissão automática de seis velocidades de segunda geração (GF6-2) proporciona trocas de marchas em tempo 50% menor e reduções duplas e até triplas.

Chevrolet-Spin-Activ-2015-interior

Passageiro central traseiro continua sofrendo com a falta de segurança

O casamento conturbado entre motor 1.8 8V e câmbio fica mais harmônico, embora o “amor” quase exista mesmo entre o propulsor 1.8 16V Ecotec e a transmissão GF6-2. Na prática, as trocas de marcha do Spin estão melhores e o comportamento do carro, de maneira geral, evoluiu.

Devido à nova redistribuição de peso da versão Activ, a GM fez uma nova calibração de suspensão, com molas e amortecedores de acertos específicos. Estruturas adicionais foram aplicadas à parte posterior do veículo para a ideal fixação do estepe na tampa traseira.

Com 3 anos de garantia, a versão Activ está disponíveis nas cores Branco Vintage (sólida), Azul Macaw, Cinza Aztec, Prata Switchblade e Preto Carbon (metálicas).

Chevrolet-Spin-Activ-2015-offroad

Mas vale a compra?

Como você viu no início, o Spin Activ custa R$ 62.060. Vale a compra? Não, não vale. É muito mais vantajoso comprar um Spin LT automático com todos os opcionais por R$ 59.060. Ele entrega o mesmo espaço interno, o mesmo porta-malas, o mesmo motor (o que não é vantagem) e tem o estepe guardado dentro do carro, onde deveria ficar.

Ou, se você preferir um veículo com mais aptidão para o fora de estrada, melhor seria investir no Renault Duster (1.6 16V – R$ 57.390, Expression: R$ 59.390; Outdoor: R$ 61.290; e Dynamique: R$ 65.190) ou no Ford EcoSport (1.6 16V – SE: R$ 63.290 e Freestyle: 67.840) – o modelo francês, além de mais barato, entrega mais espaço e porta-malas do que o norte-americano. Caso necessário, pagando um valor mais alto, Duster e EcoSport oferecem tração nas quatro rodas, que aumenta ainda mais as capacidades off-road.

Comentários (62)

  1. Além dos já citados Duster e Ecosport, caberia muito bem nesse comparativo o Citroën Aircross, uma vez que ele tem o mesmo apelo off-road dos demais, com bom espaço interno e muito bem equipado, oferecendo uma boa relação custo/benefício.

    • Concordo em parte. Tenho aircross 2015, tentando 1.6 com quase 10mil km ainda não me deu problemas mecânicos, a marca françesa perde demais no custo beneficio com dois anos, seu valor cai 50% na revenda dificultando negociação e a falta de peças no Brasil para reposicao. Penso em trocar por uma Ecosport TITANIUM, mas sinto que é mais baixa e perdeu a figura de utilitário e se assemelha aos veículos atuais como o Hb20 E Ónix. Ainda em dúvida!

    • Concordo em parte. Tenho aircross 2015, tentando 1.6 com quase 10mil km ainda não me deu problemas mecânicos, a marca françesa perde demais no custo beneficio com dois anos, seu valor cai 50% na revenda dificultando negociação e a falta de peças no Brasil para reposicao. Penso em trocar por uma Ecosport TITANIUM, mas sinto que é mais baixa e perdeu a figura de utilitário e se assemelha aos veículos atuais como o Hb20 E Ónix. Ainda em dúvida, apesár de ter ido conhecê-lo na CSS chevrolet.

  2. eu não entendo a chevrolet. o spin é um carro bom, mas que nasceu ultrapassado. motor velho e espaço limitado são problemas sérios – sem contar q o carro é monstruoso de feio.

    essa versão activ é muito cara. concordo: não vale a pena de jeito nenhum!

  3. Há 15 dias adquiri uma Spin LTZ automática zero quilômetro. Meu carro anterior era um Cobalt LTZ automático. Faço esse comentário porque me arrependi da troca. Embora esteja satisfeito com a estrutura do carro (ergonomia, espaço, etc.), a programação do câmbio automático da Spin é horrível. No Cobalt as trocas de marchas são feitas a 2.000 giros e o casamento do câmbio e do motor é muito bom. Eu adorava o Cobalt. Na Spin as trocas acontecem entre 2.500 e 2.800 giros, e o isolamento acústico não dá conta de evitar alto ruído na cabine. Além disso, as marchas são curtas (e há muita “indecisão” do câmbio) e o consumo vai às nuvens. No modo automático a média na cidade, com gasolina aditivada é de 4,8 Km/l. Na estrada, melhora um pouco: 11,5 Km/l a uma velocidade de 100 Km/h. Para melhorar o consumo tenho utilizado o modo de trocas manuais (dessa forma o câmbio aceita trocas em 2.100 giros. No modo manual consigo fazer 5,8 Km/l na cidade. Não recomendo a aquisição de Spin automática. Estou arrependido de ter feito a troca do Cobalt pela Spin.

  4. Eu fico indignado com alguns projetos, não seria mais viável se o braço que fixa o pneu sobressalente (estepe), abrisse ao contrário ou seja para a direita pra segurança do motorista! Projeto adaptado, feio e errado!

  5. A única possibilidade que vejo de valer a pena é se o comprador for cego.
    Mas aí não terá CNH e o lindo veículo ficará parado na garagem.

    Pensando bem também pode ser adquirido pelo sujeito que tem uma mulher muito feia. Quando saírem de carro, a feiúra dela certamente será bem menos notada.

  6. Realmente parece que gosto é que nem braço. Uns tem outros não.
    A dupla Zafira Meriva eram infinitamente mais agradáveis ao olhos. Esta Spin deve vender bem pois na garagem do prédio tem várias, quase todas da mesma cor.

  7. Eu sei que gosto nao se discute , mas eu tinha um cobalt lt, muito bom confortável ate demais, não bebe, mas vendi, pois fiz a compra da spin active, que tenho propriedade no que digo , é um ótimo carro, tbm não bebe, espaçoso , confortável, mas entendo que cada um tem sua critica… faz parte….

    • Estou em tratativa para comprar a Spin Activ 2017 zero essa semana , sei que melhoram o consumo , vc pode me informar por gentileza o consumo dela ? Obrigado!

        • tenho uma spin 2014 ltz aut. A 3 meses comprei o carro, bebe um pouco mais que a palio adventure mais o espaço interno dela e conforto valem muito a pena quando entro em carro pequeno novamente ai que fico mais feliz com a compra!! Sim e se o carro fosse ruim nao estaria sendo usado por tantos taxicistas no brasil a fora! É pq muita gente compra algo pra mostrar e nao pra se sentir bem!! Grande mal do seculo por isso que ngm nunca esta satisfeito!! Abraços

    • Concordo, eu adoro a spin active, na cor branca principalmente, queria um carro com designer esportivo e porta-malas grande, gostei, é assim é a vida que bom que nem todos gostam das mesmas coisas, aliás o que seria bem chato!

  8. Se é vantajoso comprar uma LT em relação a uma Activ, então a LT deveria ter computador de bordo, sistema multimídia coisa que a LT não oferece, então como eu entendo de carro prefiro a active do que uma LT

    • sábio comentário!!! Eu comprei um Spin Active por paixão pelo carro mesmo, depois que comprei só tenho elogios. Mas…não tem comparação a LT com a Active nem mesmo com a LTZ.

  9. Odilon
    Acabei de comprar uma Spin activ 1.8 manual com 5 lugares, com
    computador de bordo e sistema mylink. Gostei muito da Spin LT manual 5 lugares com rodas de liga leve, usei 3 anos nunca me deu problemas, econômica, porta mala excelente. Não preciso de motor super potente, pois não temos estradas boas e mesmos os SUVS vendidos no brasil são a gasolina. Se tivesse muito dinheiro compraria um SUV a Diesel. Sou um comprador comum não represento nenhuma marca. Só vejo o custo benefício. Graças a Deus feliz um excelente negócio com a Silcar.

    • Tenho uma SPIN 13/14, manual, LT RX9 e estou plenamente satisfeito. Se tivesse retrovisor elétrico, central multimidia, computador de bordo, cambio automatico compativel com motor, estaria perfeita. Me parece que o modelo ACTIV dispõe desses componentes, minha única dúvida reside na eficácia daquele pneu na porta traseira, principalmente quando manuseado por mulher, dá a impressão de ser pesadão. Alguém pode comentar a respeito.

      • Olha esse pneu na traseira fica legal melhor que embaixo facilita a retirada . Gostei da versão adventure como se trata de um carro família conta o espaço para 7 lugares quem quer um carro de 5 lugares escolhe outro modelo contará com mais conforto e estilo arrojado rsrsr pra mim ficou bonita mas ainda prefiro a zafira é mais carro .

      • Comprei a cerca de um mês uma Spin Activ, e tinha o mesmo receio com minha esposa, de o estepe atrapalhar e ser pesadão. Mas não é. Pelo tamanho é até leve, e ele trava quando totalmente aberto, evitando que bata em alguém ou na tampa do porta malas, e o sistema de abre e fecha vc acostuma em alguns dias. Em tempo, ótimo carro. Na cidade gasta um pouco (Afinal, 1.8, grandona, pesada, automática, a/c ligado…) mas nada demais. Na estrada chega a fazer 13km/l de gasolina. Excelente compra. Abraço!

        • Acabei de comprar uma spin activ depois que comprei fiquei horrorizado com os conceitos pejorativo ao veículo mas apos a compra fiquei satisfeito pois ja tive meriva, ecosport,wekend e acho a spin superior a todas as outras como um homem pacato que usa o carro para transporte familiar nao preciso de nada melhor abraço a todos

          • eu troquei um prisma ltz por uma spin activa 2016 automática 1.8, e pra falar com toda sinceridade estou muito contente com a minha ela faz 9.8 km/lt, e não estou arrependida, e sem contar quem compra a spin é pq tem dinheiro pra comprar, pq barata ela nao é. adorei a compra e estou super contente, afinal chevrolet é chevrolet. abraços

      • Oi Airton!!
        Tenho a Active comprei a um ano atrás, confesso que queria muito um carro esportivo com esse modelo de pneu na porta traseira e não me arrependi, não é difícil de manusear, não é pesado eu só faria uma observação! que o braço que sustenta o pneu abrisse para o lado direito.
        um abraço,

  10. Comprei a Spin Activ. Bom carro. Está atendendo às minhas expectativas e necessidades. Sabia, desde início, que não se tratava de um carro esportivo (onde se esbanja potencia/desempenho), mas sim, de um carro familiar voltado a quem precisa de espaço interno. Quem espera performance, deve pensar em um sedan potente ou hatch esportivo. Sua vocação não é essa. Muitas críticas são desferidas, na internet, contra a Spin, justamente, por consumidores que ignoram a efetiva vocação do carro: espaço e família. Para sua finalidade, ela é muito competente e satisfatória. Peso do pneu na tampa? Uns 20kg, mas o braço do estepe é muito bem elaborado e não pesa praticamente nada, bem equilibrado no conjunto. Consumo alto? Não, comigo. A minha faz, rodando a gasolina, 7,8 km/l na cidade e 12,4 km/l na estrada. Pra mim, está mais que suficiente, de acordo com peso e vocação familiar do carro.

  11. Vou pegar uma em breve…

    Fiz teste drive e atendeu minhas necessidades…

    E pelos comentários aqui, de quem comprou uma, realmente é um bom carro…

  12. Acabei de adquirir uma Spin Activ com cambio automático, essa é a minha segunda aquisição a primeira era uma LT cambio manual que fiquei com ela 3 anos e adorei o carro por isso optei por outra Spin , é um excelente carro com um espaço interno excelente, seu design é bonito pois onde passo as pessoas olham e elogiam o carro, e o custo beneficio é muito bom em relação a outros modelos de outras marcas e o seu porta malas então é fantástico cabe tudo e mais um pouco ainda.
    Quanto ao estepe fora do carro a vantagem é que se furar o pneu e se porta mala estiver lotado vc não precisa tirar nada e ele dentro do carro vc não sente tanto medo de que possa se roubado apesar de hj em em dia existem algumas travas de segurança que podem ser utilizadas.
    A chevrolet deveria melhorar o sistema do som que já vem instalado pois as opções de ajuste são poucas apesar de que o som é bom, também o som do sensor de estacionamento também é um pouco baixo e o rebatimento dos bancos traseiros deveria ser melhor estudado pois o modo de fixação dos dos mesmo não é muito bom.
    Criticas sempre vão haver não tem como vc agradar a todos a única coisa é que para se fazer uma critica seja ela construtiva ou não deve-se primeiro experimentar o produto que vc está criticando e não ficar fazendo comparações idiotas como li algumas aqui.
    Mas no geral é um ótimo carro e atendeu de novo as minhas expectativas, se alguém estiver pensando em adquirir uma faça pois não vai se arrepender.

      • Valeu Carlos. Gostei de suas análises. Estou estudando minha próxima aquisição. Hoje tenho um Citroen AirCross. Tenho visto vários carros: Peugeot 2008, Renegade, HRV, Ecosport e a Spin. Na verdade, todos recebem algum tipo de restrição ou crítica. Nenhum é “perfeito”. Estou entre a Spin e o 2008.
        Em tempo: o AirCross é um bom veículo; só não compro um novo pelo preço. Achei que encareceu demais. Desproporcional.

  13. Comprei o carro em 06/11/2015. Embora esteja pouco tempo como o mesmo, já fiz uma pequena viagem e posso dizer que estou adorando o carro. O câmbio automático é ótimo e foi muito fácil me acostumar com o mesmo. Excelente espaço interno e muito conforto. Antes tinha uma Spacefox, carro que também gosto muito, em relação a conforto e espaço a Spin Active ganha fácil. O consumo na estrada ficou por volta dos 12 km/l e na cidade 5,5 Km/l. Como ainda estou amaciando o motor, pode ser que tenha alguma melhora. Quanto à questão estética, sempre achei a Spin um carro feio, mas a versão active ficou razoável. Pesquisei bastante e não encontrei nenhum carro na mesma faixa de preço com tantos itens de conforto e espaço interno quanto a Spin Active oferece. Para mim é disparado o melhor custo/beneficio nessa faixa de preço.
    PS: Apenas para corrigir alguns erros de digitação do comentário anterior.

    • Fiz uma comparação nos valores dos modelos;na FENASOJA;comparei os valores com os opcionais;Palio Weekend,Spacefox,EcoSport e por fim a Spin Activ.
      Resultado o veiculo mais completo espaçoso e de menor valor é a Spin Activ.Eu tive Palio Weekend e tenho hoje uma Spacefox; Não vejo a hora de comprar a Spin.É um carro para a família. Não dá para correr nas nossas estradas.Espaço é o que não falta na Spin.

  14. caro luciano eu tb tenho a mesma idéia de vc um veiculo com os itens de série que ela tem satisfazem mesmo acabei de comprar uma com medo mas depois de usar me apaixonei abraços

    • Bom dia! Acabei de comprar uma spin activ que chega em 15 dias e fiquei receosa com os comentários negativos. Na concessionária não fiz o test drive deste modelo, pois a chave não estava lá. A minha preocupação é mais com relação a roda que realmente parece pesada para uma mulher….Gostaria de saber a sua opinião como consumidor.

      • Ana, o estepe não é mesmo muito prático para ser retirado por nenhuma pessoa. Mas o sistema de abertura do porta-malas não é complicado, o que vai facilitar o uso do carro no dia a dia. Faça o teste na concessionária para você ver. Um abraço.

  15. Quem fala mal é por que não tem uma. Show o carro, familia, espaçoso, completo, e econômico (média de 9km/l na cidade), ótimo custo beneficio.

  16. Comparando com Ecosport, HR-V, Aircross, duster, etc
    Possui ótimo custo beneficio, maior porta malas, e o melhor: apesar do modismo de chamar carro com visual sóbrio e elegante de feio, este crossover se parece muito mais um SUV que os citados acima e ainda e muito mais agradável aos meus olhos…

    • Ana, segundo o site da Chevrolet, a terceira fileira é um item de série apenas da versão LTZ do Spin. Não está disponível para o Activ.

  17. Tenho uma Spacefox;em uma feira fiz a comparação da Spin Activ com os lançamentos da palio weekend,Spacefox e EcoSport. Comparei os acessórios,espaco e valor dos veículos. A spin ganhou de goleada em todos quesitos. Não vejo a hora de comprar a Spin Activ.

  18. Estou para comprar um carro e estou pesquisando. Estava em duvida entre a spin e a duster, mas hj cheguei a conclusão de q a spin oferece muito mais. Já decidi. A spin será meu carro.

    • gostaria de saber se o controle da abertura do estepe da spin active e fraca, me disseram que se usar demais logo o pino que sustente o estepe quebra ,como eu sou taxicista,estou com medo de adquirir uma , alguém posa me dar um exemplo

  19. Tem gente que comenta apenas para extravasar suas frustrações. A mais de doze anos com a VW tenho uma Spacecross imotion que é um excelente carro, mas a zero Km gira em torno de 80.000,00. Fiz pesquisa com quase todas as montadoras e nenhuma possui todos os opcionais pelo preço de 67.000,00 que a Activ tem, incluindo direção com regulagem e piloto automático. Com relação a suposta feiura este problema é de interesse de quem estiver olhando, eu como motorista procuro espaço interno, conforto e economia.

  20. Olá!

    apesar de não possuir uma SPIN, estou aqui justamente porque estou pesquisando as opiniões diversas, uma vez que estou pretendendo adquirir a SPIN ACTIV. Esse modelo para mim, ainda é mais bonito do que a SPIN LT/LTZ justamente pelo pacote de acessórios externos que melhoraram sua aparência. Dizer que o carro é a ultima palavra em beleza, também é forçar a barra, mas concordo com alguns comentários acima, tipo o que você quer, aparecer, carro esporte, sedan, etc., ou um carro familiar? Bem, SPIN é um carro para quem está pensando na família, viagens, etc. Eu tinha uma Eco Sport e o estepe, é aonde? Fora. Troquei por uma caminhonete Frontier, o estepe é aonde? Embaixo. Troquei por um Corola e o estepe é aonde? No porta malas. Troquei por uma Duster Dinamique automática. O estepe é aonde? Embaixo. Então vamos lá para quem relamente já passou por todas as situações e fala com propiedade, o estepe interno é o mais bonito, mas é o pior de todos. Viaje com a família toda, porta malas lotado até o talo e precise trocar um pneu? Você pensa mil vezes e reclama, reclama, reclama…. Estepe embaixo, pedi a uma mulher para trocar? Veja se é fácil. Abaixar o estepe, tudo bem, e depois? Tirar, trocar, empurrar de volta para o compartimento e erguer. Menos pior do que o estepe dentro, mas também não tem nada de cômodo. Imagina o ocorrido, eu de paletó e gravata, saindo do serviço às 20 horas, no estacionamento interno da empresa, pouca luminosidade, pneu da Duster murcho. Vamos trocar ou chama a seguradora? Vamos trocar! Tira o paletó, arregaça as mangas e abaixa o estepe. Puxa para fora, troca e vamos colocar o furado no lugar. Tente erguer!! Primeiro você precisa localizar o “ganchinho” aonde vai prender para depois erguer. Fácil? Pense antes! Detalhe, estepe fora e embaixo, é aquele que está totalmente sujo e neste dia eu estava de camisa manga longa BRANCA. Chora!!! Agora o estepe da Eco Sport. De todos é o mais fácil de acessar, trocar e colocar o outro de volta no lugar e como praticamente todos estão “encapados”, possivelmente estão limpos, exceto uma ou outra poeira. Bem, quis aqui apenas fazer uma breve….rsrsrs… explanação sobre a beleza do estepe na tampa trazeira. Pensem no que querem!!! Abraços

  21. Estou pesquisando minha nova compra e estou bastante propenso a adquirir a Spin Active. Possuo um Citroen Aircross Aut. há quase três anos e posso dizer que estou satisfeito, pois é muito confortável e bonito, com bom espaço interno e porta-malas – eu diria – razoável (410L).
    Estou em dúvida entre um novo Aircross, essa Active e, talvez, um Duster. Eco Sport não gosto!
    Aberto a sugestões!

  22. Tive uma LT 2013 automática e não gostei da troca de marchas, pois o motor não conversa com o câmbio. Em subidas muito acentuadas ela não trocava de marcha e eu tinha q trocar manualmente muitas vezes. Tb ocorreu q o amortecedor dianteiro esquerdo estourou com apenas 16.000 quilômetros. Não deram garantia do amortecedor. Ocorreu um problema na q controla a subida e descida dos vidros e não fechava o carro nem travava as portas, na concessionária não conseguiram concertar. Pois o carro saiu bom e em 3 dias voltou o defeito q foi sanado por um profissional de uma loja de som. Mas recomendo o carro, acho q defeitos e qualidades todos carros tem. Esse ano vou comprar outra Spin, por causa co espaço e custo benefício. Mas não recomendo pra ninguém a automática, vou comprar a manual. Mas não andei na nova Spin q tem o novo motor e o câmbio tem trocas mais rápidas. Façam um bom test drive e comentem quem puder. Quem critica não andou no carro. Uma boa zafira custa quase ou até mais q muita spin. Zafira não tem muitas peças como latarias e certos detalhes. Concordo q foi um ótimo carro, mas de consumo alto com o motor 2.0 e se for automática, gasta pra valer. Eu trabalho com vendas e preciso levar materiais gráficos e mala, entre outras coisas e não existe no mercado outro carro melhor q a spin. Nessa faixa de preço. A manutenção do carro é barata e peças são fáceis de encontrar. E pra finalizar para quem elogiava a livina, esse carro não tem mais para comprar novo e peças são difíceis e caras. E comparar por exemplo spin com cobalt ou spin com palio weekend é inútil pois são carros diferentes, pesos, relações de câmbios, medida de rodas e pneus. Abço a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *