Renault apresenta nova picape Duster Oroch na Argentina

Renault-Duster-Oroch-2016-picape

Depois de mostrar o seu novo modelo como um conceito no Salão do Automóvel de São Paulo do ano passado, a Renault apresenta, na Argentina, durante o Salão de Buenos Aires, a versão definitiva da picape Duster Oroch. Segundo a marca, a novidade “cria um novo segmento”.

Para a companhia francesa, o Duster Oroch é um modelo que se posiciona entre as picapes compactas, como a Fiat Strada e Volkswagen Saveiro, e as médias, como a Chevrolet S10 e Ford Ranger – um veículo “ideal para uso misto lazer e trabalho”. De acordo com a Renault, “com a experiência e o sucesso comercial obtidos pelo Duster em todo o mundo, a picape Oroch combina as funções de uma verdadeira picape de cabine dupla com o espaço, dinâmica e conforto de um verdadeiro SUV”. Será?

Renault-Duster-Oroch-2016-picape-cacamba

Com 4 portas e 5 lugares (informação para dar um “tapa de luva” nas picapes compactas com cabine dupla), a novidade tem espaço interno do Duster. A produção já está em andamento na fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná, e chega ao mercado brasileiro ainda neste ano.

O visual da picape Oroch segue o da reestilização recente do Duster. Ficou legal, mas, mesmo atual, parece que a picape, logo, estará ultrapassada. Pelo menos o aspecto robusto do SUV continua lá.

Renault-Duster-Oroch-2016-picape-interior

Como no SUV, a picape será equipada com os propulsores que já conhecemos. O 1.6 16V gera 110 cv de potência e 15,1 mkgf de torque com gasolina e 115 cv e 15,5 kgfm com etanol. O câmbio é manual de cinco marchas e a tração é 4×2.

Mas, por causa do peso, da capacidade de carga e da necessidade de força, é mais recomendável para o Duster Oroch o motor 2.0 16V, que desenvolve 143 cv de potência e 17,1 mkgf de torque com gasolina e 148 cv e 18,1 kgfm com etanol. Serão duas opções de câmbio: inicialmente, só o manual de seis marchas estará disponível por aqui, quando o modelo chegar, no segundo semestre (entre setembro e novembro). Depois chega a ultrapassada transmissão automática de quatro velocidades. Serão duas opções de tração: 4×2 (ainda em 2015) ou 4×4 (em 2016).

Renault-Duster-Oroch-2016-picape-visual

Capacidade de até 650 kg de carga, volume de caçamba de 683 litros, possibilidade de instalar um alongador de caçamba, sistema Media Nav Evolution 2.0 (com GPS) integrado ao painel e sensor de estacionamento são alguns dos outros destaques do Duster Oroch.

Em termos de custo, levando em consideração os valores da Fiat Strada Trekking 1.6 Cabine Dupla (R$ 58.310), do Volkswagen Saveiro Cross 1.6 16V Cabine Dupla (R$ 66.990), da Strada Adventure 1.8 Cabine Dupla (R$ 65.870), do Duster Expression 1.6 4×2 (R$ 59.990), do Duster Dynamique 1.6 16V 4×2 (R$ 65.990), do Duster Dynamique 2.0 4×2 (R$ 72.990), do Duster Dynamique 2.0 4×4 (R$ 76.840) e do Chevrolet S10 LS 2.4 flex 4×2 cabine simples (R$ 81.750), é de se esperar que o Duster Oroch tenha preço inicial na casa de R$ 67.000 1.6 4×2 e R$ 75.000 2.0 com tração 4×2.

Comentários (4)

  1. Talvez até o lançamento da picape Toro da Fiat, este “Frankenstein francês” tenha vendas expressivas a se depender dos empolgadinhos endividados que vivem de aparência, pagam preços absurdos por carros “meia boca” e adoram ser os primeiros a desfilarem nas ruas.

  2. A Fiat Toro tem uma TRASEIRA HORRIVEL, a Renault Desbamcou nesse quesito, assim que estiver na Lojas com certeza farei minha aquisição.
    Beijinho no ombro pros invejosos !!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *