Honda Civic nacional completa 18 anos e ganhará de presente uma nova geração com motor 1.5 turbo

Honda-Civic-2017

10ª geração do Civic será nacional e terá motor 1.5 turbo

Você deve ter reparado que, em termos mecânicos, o Civic parece ter parado no tempo desde a chegada do motor 2.0 16V FlexOne em 2013. Mas isso tem uma justificativa. O Honda Civic nacional acaba de completar 18 anos e ganhará de presente o motor 1.5 turbo! Além disso, ele será atualizado para a sua 10ª geração no Brasil!

Um dos melhores carros que já tive na minha vida, o Civic foi o modelo que inaugurou a produção da Honda Automóveis no Brasil, há 18 anos, na fábrica em Sumaré (SP).

História

Mas a história do Civic começou antes por aqui, em 1992, quando o governo brasileiro reabriu as importações (por incrível que pareça, obrigado Collor!) e a Honda passou a comercializar o modelo. O carro estava em sua 5ª geração mundial. Em seu primeiro ano de importação, foram apenas 280 unidades, mas em 1993, o volume subiu para 3.285 veículos.

Honda-Civic-1997

Honda Civic 1997/1998

Passados cinco anos e superando 12 mil unidades importadas, a Honda decidiu construir a fábrica em Sumaré, iniciando as atividades em outubro de 1997.

Para começar a ser produzido no país, o modelo passou por algumas mudanças, com a tropicalização de itens como pneus, suspensão e sistema de injeção eletrônica para gasolina com etanol. Naquela época, o Civic estava em sua 6ª geração mundial e era considerado pela marca como um dos veículos nacionais mais completos de fábrica, equipado com vidros elétricos em todas as portas, ar-condicionado, direção hidráulica, airbag e ABS em algumas versões. Essa geração ainda trouxe para o mercado o motor VTEC com comando de válvulas variável.

Honda-Civic-2001

Honda Civic 2001/2002

Nos três primeiros meses de comercialização do Civic nacional, foram vendidas 867 unidades. Em 1998, primeiro ano completo de vendas, a Honda totalizou 14.959 veículos. A demanda pelo modelo aumentou e, gradativamente, a capacidade produtiva da fábrica também cresceu.

O auge de vendas do Civic foi atingido em 2008 com a 8ª geração, fechando o ano com mais de 67 mil unidades comercializadas – na ocasião, a fábrica já produzia também o Fit e começava a linha do City. Nessa geração, foi introduzida a tecnologia flex e, na seguinte, houve a extinção do “tanquinho” de gasolina para partida a frio. Até setembro deste ano, somou mais de 590 mil unidades produzidas.

Honda-Civic-2006

Honda Civic 2006/2007

PRESENTE

A Honda confirmou que trará o seu motor VTEC Turbo para o Brasil. A estreia da tecnologia no mercado nacional será na próxima geração do Honda Civic por aqui, que terá uma versão equipada com o 1.5 VTEC Turbo – modelo recentemente apresentado nos Estados Unidos.

A linha Honda VTEC Turbo com injeção direta de gasolina foi lançada no Japão no final de 2013. Os motores 2.0, 1.5 e 1.0 foram projetados para equipar automóveis de pequeno e médio porte e fazem parte de uma nova geração de powertrain da marca que visa conciliar performance a economia de combustível.

Essa geração de motores compactos combina a base dos motores Honda com sistema VTEC e novos componentes para aperfeiçoamento do desempenho: comando variável de válvulas com redução de atrito, turbocompressor com respostas rápidas e injeção direta de gasolina para obter um equilíbrio entre potência e torque, oferecendo, na teoria, boa performance tanto em baixas como em altas rotações.

motores-honda-1.0-1.5-turbo

Motores Honda 1.0 e 1.5 VTEC turbo

De acordo com a companhia japonesa, os novos motores conseguem uma redução no gasto de combustível na ordem de 5% a 10% (só não informaram em relação a qual propulsor).O 1.5 VTEC Turbo, que equipa a nova geração do Civic apresentada nos Estados Unidos, desenvolve 174 hp (176 cv).

Superior a esse é o propulsor 2.0 de 4 cilindros, com sistema de injeção direta de gasolina, comando de válvulas variável, turbocompressor e refrigeração de alta performance, que pode atingir a potência de 280 hp, mantendo, segundo a marca, baixo consumo e emissão de poluentes, em conformidade com as normas europeias EURO 6, em vigor desde 2014.

1.0 turbo de 130 cv para Fit e City

Além do motor 1.5 turbo do Civic, a Honda prepara uma motorização 1.0 turbo que deverá fazer a sua estreia no Brasil até 2017, primeiro no Fit, depois no City. Mas não fique desanimado com a notícia, pois esse propulsor, além do turbocompressor, tem injeção direta de combustível e comando de válvulas variável (i-VTEC), permitindo que o “milzinho” atinja 130 cv de potência e 20,39 mkgf de torque – números superiores aos 115/116 cv e 15,3 mkgf do 1.5 16V atual.

Se o Civic terá o motor 1.5 turbo e a dupla Fit e City contará com o 1.0 turbo, qual será o propulsor do HR-V? Essa dúvida ainda não foi respondida, uma vez que o SUV  usa a mesma plataforma da dupla e motor 1.8 16V FlexOne do Civic atual.

Outra dúvida sem resposta: qual motor do Civic morrerá 1.8 ou 2.0? Acho que o 1.8 sairá do mercado, deixando apenas o trio 1.0, 1.5 e 2.0.

Comentários (2)

  1. Por esse motivo venho adiando a compra de um HR-V ou do Renegade, este ultimo deverá ganhar um novo motor também. Atualmente são meus veículos preferidos. Recentemente fiz um test-drive no Renegade e seu motor é fraco devido ao seu peso. Nos EUA ele já usa o 1.4 Turbo.

  2. Prezados bom dia, tenho um Honda Civic 2013-2014 e gostaria de saber se ele vem com o farol de milha de fabrica, quando comprei o carro os faróis de milha já estavam instalados.

    No aguardo e obrigado.

    Att.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *