Chevrolet Onix e Prisma 2017 evoluem onde precisavam e ficam ainda melhores, mas muito caros

Chevrolet Onix e Prisma nas versões LTZ 2017

Chevrolet Prisma e Onix 2017

Recentemente, descobri o segredo do Onix ser o carro mais vendido do Brasil nesse ano até o momento. Agora, a Chevrolet foi além e evoluiu o seu hatch, que conseguiu ficar ainda melhor na linha 2017. O mesmo vale para o Prisma. Mas, assim como no Cruze, foi uma pena a marca ter chutado o balde completamente, deixando a sua dupla dinâmica muito cara.

Mesmo com valores salgados, variando entre R$ 44.890 (!!!) e R$ 59.590 (!!!) para o Onix e entre R$ 53.590 (!!!!) e R$ 64.690 (!!!!) para o Prisma, a General Motors fez o suficiente para manter o hatch na liderança e o sedã brigando na parte de cima da tabela. Para isso, ela atacou exatamente onde os seus dois modelos mais penavam: economia de combustível e ergonomia. Além disso, a GM aproveitou para acrescentar mais algumas coisas.

Foto do Chevrolet Onix LTZ 2017 automático

Dianteira do Chevrolet Onix 2017 ficou bonita

Visual

A primeira alteração que chama a atenção é o visual do Onix 2017 e do Prisma 2017. A dianteira foi completamente reformulada, com faróis maiores, novos para-choques e grade, que segue a linha de design mundial da Chevrolet. O capô lembra um pouco o do Peugeot 208.

Na traseira, as lanternas foram redesenhadas e o para-choque é novo. O sedã tem ainda um aerofólio de gosto bastante duvidoso (mas melhor do que o do Cobalt). Nas laterais, destaque para as novas rodas cinzas.

Na prática, o conjunto melhorou, dando a atualizada que o Onix precisava. O mesmo vale para o Prisma, que foi, intencionalmente, influenciado pelo Cruze 2017. A traseira de ambos mudou pouco, mas para melhor, enquanto a dianteira foi alterada de maneira mais expressiva, reduzindo o estilo mais norte-americano e adotando um visual mais europeu, o que é bem-vindo.

Chevrolet Onix Prisma LTZ 2017 automatico

Traseira do Chevrolet Prisma 2017 quase não mudou

Boas melhorias internas

Por dentro, as melhores novidades são a correção do grosseiro erro de ergonomia da porta do modelo, que agora conta com puxadores das portas dignos, e a atualização da central multimídia MyLink, que conta com uma tela melhor e novos botões (mais eficientes). Os modelos têm ainda alterações de acabamento e do revestimento dos bancos.

Toda linha Onix e Prisma 2017 sai de fábrica agora com o sistema OnStar, que varia de função de acordo com a versão. Mas um dos pontos que mais me agradou foi a adoção da direção elétrica em todas as configurações. Além de facilitar a vida do motorista, pois a direção fica mais leve, esse sistema poupa o motor, pois elimina a bomba hidráulica, o que ajuda na redução do consumo de combustível.

Painel dos Chevrolet Onix e Prisma LTZ 2017 automáticos

Painel do Onix e do Prisma LTZ 2017: MyLink e câmbio automático

Finalmente mais economia de combustível

O fato de, no passado, a Chevrolet se recusar a participar do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, do Inmetro, era um claro sinal de que seus carros tinham média de consumo ruim. Mas, agora, com a proximidade da chegada do ano de 2017 e das novidades que envolvem o Inovar-Auto, a marca resolveu se mexer. Depois do Cruze, que deixou de ser um beberrão e ganhou um motor 1.4 turbo bem mais eficiente, a novidade agora chegou aos carros menores.

Onix e Prisma são os primeiros da linha Chevrolet no Brasil a adotar o “sistema ECO”, que consiste em um conjunto de soluções adotadas pela marca para melhorar a performance, as emissões e a eficiência energética (consumo).

Chevrolet Onix LTZ 2017 1.4 ECO

Traseira do Chevrolet Onix 2017 mudou muito pouco

As mudanças englobam motor, transmissão, suspensão, freio, aerodinâmica e até o uso de materiais mais nobres para redução de peso. Junto com o Onix e o Prisma 2017 estreiam a atualização dos propulsores 1.0 8V e 1.4 8V, agora SPE/4 ECO, com powercell (peças internas móveis) e acessórios mais modernos.

O conjunto de pistões, bielas e anéis, por exemplo, foi redesenhado e ficou mais leve, enquanto o tipo de óleo lubrificante (0W20) também sofreu alterações. O módulo eletrônico, responsável por controlar as diversas funções do motor, está 40% mais rápido e potente. Novos sistemas de arrefecimento e de gerenciamento de cargas elétricas completam o pacote.

O time de engenheiros da GM se dedicou para reduzir o peso e elevar a rigidez estrutural do Onix e do Prisma. Com isso, mais de 100 componentes foram retrabalhados, aumentando a aplicação de aço de alta resistência em painéis e reforços, o que reduziu o peso da dupla, em média, 30 kg.

Perfil do Chevrolet Prisma LTZ 2017

Perfil do Chevrolet Prisma 2017 é bonito

Além disso, toda linha 1.0 e 1.4 do Onix e do Prisma passou agora a contar com câmbio manual de seis marchas (MT6), substituindo o de cinco, o que melhora o desempenho e o consumo. A caixa automática de seus velocidades permanece a mesma (apenas tem nova calibração)

Tudo isso, juntamente com freios mais eficientes energeticamente e pneus verdes, contribuiu para que o a dupla alcançasse, segundo a Chevrolet, até 18% de redução no consumo de combustível e, finalmente, depois de quase toda concorrência, recebesse nota máxima de eficiência energética do Inmetro e o selo verde do Conpet, isso tanto em versões 1.0 ECO quanto 1.4 ECO.

Potências e consumos

O antes ultrapassado e agora atualizado (mas sempre confiável) motor 1.0 8V SPE/4, de quatro cilindros, ganhou o sobrenome ECO e continua desenvolvendo os mesmos 78 cv de potência e 9,5 mkgf de torque com gasolina e 80 cv e 9,8 kgfm com etanol.

Motor 1.4 ECO dos Chevrolet Onix e Prisma 2017

Com a mesma potência, motor 1.4 8V SPE/4 agora é ECO e bebe menos

O mesmo acontece com o propulsor 1.4 8V SPE/4 ECO, também de quatro cilindros, que gera iguais 98 cv de potência e 13 mkgf de torque com gasolina e 106 cv e 13,9 kgfm com etanol.

Compare a média de consumo da linha 2016 do Onix 1.0 manual de cinco marchas, 1.4  manual de cinco velocidades e 1.4 automático de marchas com a linha 2017 (1.0 e 1.4 manual de seis velocidades e 1.4 automático de seis marchas).

Chevrolet 2016 Consumo etanol Consumo gasolina
Cidade Estrada Cidade Estrada
Onix 1.0 manual 7,8 km/l 9,2 km/l 11,5 km/l 13,5 km/l
Onix 1.4 manual 7,9 km/l 9,6 km/l 11,5 km/l 13,6 km/l
Onix 1.4 automático 6,9 km/l 8,5 km/l 9,9 km/l 12,2 km/l
Chevrolet 2017 Consumo etanol Consumo gasolina
Cidade Estrada Cidade Estrada
Onix 1.0 manual 8,8 km/l 10,5 km/l 12,9 km/l 15,3 km/l
Onix 1.4 manual 8,6 km/l 10,2 km/l 12,5 km/l 14,9 km/l
Onix 1.4 automático 7,9 km/l 9,6 km/l 11,7 km/l 13,9 km/l
Onix 1.4 Activ manual 8,3 km/l 9,4 km/l 12,4 km/l 13,8 km/l
Onix 1.4 Activ automático 7,7 km/l 8,6 km/l 11,2 km/l 12,6 km/l

Compare a média de consumo da linha 2016 do Prisma 1.0 manual de cinco marchas, 1.4 manual de cinco velocidades e 1.4 automático de marchas com a linha 2017 (1.0 e 1.4 manual de seis velocidades e 1.4 automático de seis marchas).

Chevrolet 2016 Consumo etanol Consumo gasolina
Cidade Estrada Cidade Estrada
Prisma 1.0 manual 7,8 km/l 9,2 km/l 11,5 km/l 13,5 km/l
Prisma 1.4 manual 7,9 km/l 9,6 km/l 11,5 km/l 13,6 km/l
Prisma 1.4 automático 6,9 km/l 8,5 km/l 9,9 km/l 12,2 km/l
Chevrolet 2017 Consumo etanol Consumo gasolina
Cidade Estrada Cidade Estrada
Prisma 1.0 manual 8,9 km/l 10,8 km/l 13,1 km/l 15,8 km/l
Prisma 1.4 manual 8,8 km/l 10,7 km/l 12,9 km/l 15,4 km/l
Prisma 1.4 automático 8,1 km/l 10,2 km/l 11,9 km/l 14,7 km/l

Equipamentos

A versão de entrada da linha 2017 do Onix e do Prisma, LT 1.0, vem equipada, de série, com OnStar Safe (Diagnóstico, App/Web e Segurança), ar-condicionado, travas elétricas, vidros dianteiros elétricos tipo um toque, painel com velocímetro digital, bússola e alerta de mudança de marcha, sistema de áudio com Bluetooth e entrada USB, chave tipo canivete com controle remoto das travas e vidros elétricos, faróis com máscara negra, banco do motorista e cintos de segurança dianteiros com regulagem de altura, porta-revista no dorso do assento do carona, limpador e desembaçador traseiro, espelho nas sombreiras, sistemas antifurto, aviso sonoro para não afivelamento do cinto de segurança, rodas aro 14” com novas calotas, freios ABS com EBD (distribuição eletrônica de frenagem) e airbag duplo.

A versão LT pode vir com acabamento interno em dois tons (preto e cinza), sistema multimídia MyLink de segunda geração, volante com comandos de áudio e telefone, luz de cortesia no porta-luvas, abertura do porta-malas por controle remoto, retrovisor interno com botões de acesso ao OnStar e o pacote Protect do OnStar (Diagnóstico, App/Web, Segurança e Emergência).

Tela do MyLink dos Chevrolet Onix e Prisma LTZ 2017

Segunda geração do MyLink no Chevrolet Onix e Prisma 2017

Quando equipado com o propulsor 1.4 ECO, os modelos LT somam coluna de direção com regulagem de altura, sensor de estacionamento traseiro com auxílio gráfico, adesivo da coluna B e rodas aro 15” com novas calotas.

Transmissão automática de seis velocidades com função Active Select que permite trocas também no modo manual, controlador de velocidade de cruzeiro e volante com revestimento premium estão disponíveis a partir desta configuração.

A versão LTZ 1.4 agrega detalhes internos e externos cromados, computador de bordo com cinco funções (consumo médio, velocidade média, autonomia, temperatura externa e cronômetro), vidros traseiros elétricos com a função um toque, bancos com revestimento premium e tecido de alto relevo, retrovisores externos com ajuste elétrico, farol com superfície interna cromada e LED, faróis de neblina, rodas de alumínio e OnStar com o pacote Exclusive (Diagnóstico, App/Web, Segurança, Emergência, Concierge e Navegação).

Preços

Prepare os bolsos e confira os preços do Chevrolet Onix 2017:

Chevrolet Preço linha 2016 Preço linha 2017
Onix LT 1.0 manual R$ 43.390 R$ 44.890
Onix LT 1.4 manual R$ 46.690 R$ 49.590
Onix LT 1.4 automático R$ 53.890 R$ 54.790
Onix LTZ 1.4 manual R$ 52.890 R$ 54.490
Onix LTZ 1.4 automático R$ 58.390 R$ 59.790
Onix Activ 1.4 manual R$ 57.190
Onix Activ 1.4 automático R$ 62.290

Agora prepare a cirurgia para retirar um rim para pagar um Chevrolet Prisma 2017:

Chevrolet Preço linha 2016 Preço linha 2017
Prisma LT 1.4 manual R$ 50.250 R$ 53.690
Prisma LT 1.4 automático R$ 57.890 R$ 58.990
Prisma LTZ 1.4 manual R$ 56.590 R$ 58.690
Prisma LTZ 1.4 automático R$ 61.990 R$ 64.690
Foto do Chevrolet Onix LTZ 2017

Chevrolet Onix LTZ 2017

Resumo da obra

Gostei muito mesmo das mudanças efetuadas pela Chevrolet na linha 2017 do Onix e do Prisma. Melhorar a ergonomia, o MyLink e, especialmente, o consumo, além do visual, fizeram muito bem aos modelos, que irão continuar fazendo muito sucesso no Brasil. A versão “aventureira” Activ também é interessante, embora não compense – mas isso é assunto para outro post (por isso não falei muito dela aqui).

Mas a marca exagerou demais nos preços! É caro demais para um Prisma 1.4 partir de R$ 53.690 e para um Onix 1.0 custa iniciais R$ 44.890. Prisma LTZ 1.4 por R$ 64.690? Onix LTZ 1.4 por R$ 59.790? Não, obrigado… Prefiro carros de categorias superiores da própria Chevrolet ou de outras montadoras por esses preços.

Pelo menos esse erro é fácil resolver. Basta reduzir os valores para preços competitivos de mercado.

Comentários (10)

  1. o carro mais honesto desse segmento e o LOGAN/SANDERO ,sao completos, tem excelente espaço interno, portamalas e o motor 1.6. o sandero completo ta saindo por 49mil e o logan por 52mil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *