Honda WR-V 2019 chega para tentar melhorar seu custo-benefício

Honda WR-V EXL 2019

Honda WR-V EXL 2019

Quando ele foi lançando, eu disse que não valia sua compra, especialmente pelo preço de compra e conjunto da obra. Agora, o Honda WR-V 2019 chega às concessionárias neste mês tentando melhorar o seu custo-benefício. Ele realmente melhorou, mas o “Fit aventureiro” ainda precisa evoluir ainda mais para se uma compra bem mais atraente.

O WR-V, disponível nas versões EX e EXL, passa a contar, em ambas, com descansa-braço central com porta-objetos e abertura e fechamento dos vidros com função “um toque” para motorista e passageiro.

A dupla recebeu ainda ar-condicionado digital e automático touchscreen e com uma nova central multimídia, desenvolvida no Brasil, que traz conectividade com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto, com direito ao Waze, reprodução de músicas via Bluetooth, serviços de streaming, reconhecimento de voz e mais.

Painel do Honda WR-V EXL 2019

Painel do Honda WR-V EXL 2019

Honda WR-V EXL 2019

Na versão EXL, a central multimídia traz ainda navegador GPS 3D integrado enquanto o sistema de áudio é complementado com dois tweeters na parte frontal, ampliando a qualidade sonora.

O topo de linha conta agora também com bancos revestidos em couro, com costuras na cor laranja, e retrovisores com rebatimento elétrico, tanto pelo alarme, como por meio de um botão na parte interna.

Seis airbags do Honda WR-V EXL 2019

Seis airbags do Honda WR-V EXL 2019, mas faltam controles de tração e estabilidade em toda linha

Falha na segurança continua

Desde o acabamento EX, o WR-V tem equipado ainda com banco do motorista com regulagem de altura; coluna de direção ajustável em altura e profundidade; piloto automático (Cruise Control); volante multifuncional com acabamento em couro e ajustes de áudio; quarteto elétrico (direção, trava, vidros e retrovisores), entre outros.

Todas as versões do WR-V trazem airbags frontais e laterais, além de freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD), além da exclusiva estrutura de deformação progressiva ACETM (Advanced Compatibility Engineering) e barras de proteção nas portas. A versão EXL traz ainda airbags laterais do tipo cortina.

Mas a Honda continua insistindo no mesmo grave erro: o WR-V não tem controles de tração e estabilidade. Como pode isso num veículo que custa mais de R$ 82.000? Até um Fit R$ 22.000 mais barato tem. Essa falha precisa ser corrigida na linha 2020!

Ar-condicionado digital dos Honda WR-V EX e EXL 2019

Ar-condicionado digital dos Honda WR-V EX e EXL 2019

Fit bombado?

Muita gente acha que o WR-V, primeiro automóvel desenvolvido pela Honda Automóveis do Brasil, nada mais é do que um “Fit bombado”. É bem por aí, mas ele é mais do que isso.

Em relação ao Fit, o WR-V tem entre-eixos 2,5 cm mais longo, é mais alto, com alterações mecânicas (como na direção e na suspensão) e é mais pesado em cerca de 30 kg.

Na prática, acho o WR-V mais legal de dirigir do que o Fit por passar a sensação de ser mais “parrudo”. Além disso, não parece ter diferença, mas, no teste que eu fiz, o espaço interno “aventureiro” é melhor do que o do “urbano”.

Central multimídia do Honda WR-V EX 2019

Central multimídia do Honda WR-V EX 2019

Não custa lembrar que, assim como o Fit, o WR-V traz, de série, o sistema de bancos Magic Seat, que permite diversas configurações de assentos e a acomodação de objetos de grandes dimensões.

Motorização velha conhecida

O WR-V é equipado com o motor 1.5 16V i-VTEC FlexOne que desenvolve 115 cv de potência a 6.000 rpm e 15,2 mkgf de torque a 4.800 rpm com gasolina e 116 cv e 15,3 mkgf com etanol, nos mesmos giros.

Ambas as versões são equipadas unicamente com a transmissão automática do tipo CVT.

Interior com bancos revestidos em couro do Honda WR-V EXL 2019

Interior com bancos revestidos em couro do Honda WR-V EXL 2019

Preços do Honda WR-V 2019

A linha 2019 elevou o preço das duas versões do WR-V em R$ 700. Confira:

  • Honda WR-V EX 2019: R$ 82.100
  • Honda WR-V EXL 2019 R$ 86.200

Resumo da obra

Proporcionalmente, pelo que ele recebeu como novos equipamentos de série, o aumento de R$ 700 foi até baixo. Com isso, a Honda conseguiu melhorar a relação custo/benefício do WR-V 2019.

Honda WR-V EX 2019

Honda WR-V EX 2019

O problema é que o veículo, não importa a versão, continua caro demais! E, pior ainda, de maneira inexplicável, não conta com controles de tração e estabilidade! Quem tem dinheiro para investir no WR-V quer comprar o que a Honda oferece de melhor para o modelo – e ele sabe que a marca pode fazer mais por ele.

Por isso, por mais que realmente a linha 2019 tenha evoluído e se tornado mais atraente, ainda vale mais investir num Fit do que num WR-V.

ACOMPANHE O DE 0 A 100 TAMBÉM PELO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *