Mesmo com potencial escorrendo pelas mãos, Ford Ka Sedan vai bem no mercado brasileiro

Ford Ka Titanium 2020

Ford Ka Titanium 2020

O Ford Ka Sedan foi o segundo mais vendido entre os sedãs “de entrada” em agosto, pelo terceiro mês consecutivo. De acordo com a Fenabrave, no acumulado do ano, ele é o vice-líder, com 32.051 unidades. Agora imaginem como o carro venderia mais se a marca fizesse um bom trabalho de pós-venda…

Veja como está o ranking dos sedãs compactos e compactos premium de janeiro a agosto de 2019:

  1. Chevrolet Prisma: 56.472 unidades
  2. Ford Ka Sedan: 32.051 unidades
  3. Volkswagen Virtus: 30.108 unidades
  4. Hyundai HB20S: 22.771 unidades
  5. Volkswagen Voyage: 21.234 unidades
  6. Toyota Yaris Sedan: 19.603 unidades
  7. Renault Logan: 16.250 unidades
  8. Fiat Cronos: 14.164 unidades
  9. Nissan Versa: 13.970 unidades
  10. Fiat Grand Siena: 11.400 unidades
  11. Honda City: 10.236 unidades
  12. Chevrolet Cobalt: 9.121 unidades
  13. Toyota Etios Sedan: 8.296 unidades
  14. Chery Arrizo 5: 1.502 unidades

Ford Ka 2019 deu a deixa

Esse desempenho reflete a boa aceitação das mudanças introduzidas na linha 2019. Além de receber nova motorização 1.5 e câmbio, o sedã da Ford teve a carroceria reestilizada, com mudanças no o acabamento interno e na lista de equipamentos.

O novo propulsor 1.5 12V Ti-VCT flex de três cilindros desenvolve 128 cv de potência e 15,6 mkgf (153 Nm) de torque com gasolina e 136 cv e 16,1 mkgf (158 Nm) com etanol. Já o 1.0 12V bicombustível também de três cilindros gera 80 cv de potência de 10,2 mkgf (100 Nm) de torque com o combustível fóssil e 85 cv e 10,7 mkgf (105 Nm) com o derivado da cana-de-açúcar.

Ford Ka Sedan Titanium 2019 automático

Ford Ka Sedan Titanium 2020 automático

Câmbio manual e automático

A partir da linha 2019, a Ford adotou para a família Ka um novo câmbio manual, de cinco marchas, que é cerca de 3 kg mais leve do que o anterior. A caixa MX65 conta com dupla sincronização nas primeira, segunda e terceira marchas, além da ré sincronizada. O que isso significa na prática? Engates mais preciso e redução do nível de ruído – algo perceptível no dia a dia.

A Ford passou a oferecer para o Ka 2019, finalmente (pela primeira vez), a opção do câmbio automático de seis marchas tanto para o hatch quanto para o sedã, a partir da versão SE 1.5 no sedã.

Alguns equipamentos

Na lista de equipamentos, além da possibilidade de quatro airbags, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, do botão de partida Ford Power, câmera de ré e sensor de estacionamento, o Ka Sedan oferece a central multimídia SYNC com tela flutuante de 7″. Compatível com Android Auto e Apple CarPlay, ela permite o espelhamento do Waze e o acesso a vários aplicativos por comandos de voz.

Uma pena que a Ford regrediu a central multimídia para a versão 2.5 na linha Ka 2020, um retrocesso em relação ao Sync 3 dos modelos 2019.

Péssimo pós-venda limita vendas do carro

Segundo a Ford, outro fator responsável pelo sucesso do Ka Sedan é a manutenção econômica: “seu custo total de posse, incluindo preço das revisões, peças e seguro, é um dos menores da categoria. E o cliente também pode optar pelos planos Ford Protect, que permitem incluir as revisões no financiamento e ampliar o prazo de garantia”.

Agora pensem comigo: imaginem quanto o Ka Sedan não venderia mais se o pós-venda da marca tivesse consistência e padronização, mantendo uma boa comunicação com o cliente e dando o retorno adequado a ele? Infelizmente, pela experiência que tive com duas concessionárias da marca em Belo Horizonte, isso não acontece…

Para mim, investir no Ford Protect é uma grande bobagem, pois ele te deixa preso às concessionárias que, aparentemente, não se importante com os clientes, mesmo nas revisões.

Preços da linha Ford Ka Sedan 2020

O Ford Ka Sedan 2020 conta com oito versões:

  • Ford Ka Sedan SE 1.0 2020 – R$ 50.480
  • Ford Ka Sedan SE Plus 1.0 – R$ 53.980
  • Ford Ka Sedan SE 1.5 – R$ 56.530
  • Ford Ka Sedan SE 1.5 automático – R$ 62.030
  • Ford Ka Sedan SE Plus 1.5 – R$ 60.030
  • Ford Ka Sedan SE Plus 1.5 automático – R$ 64.850
  • Ford Ka Sedan SEL 1.5 automático – R$ 69.090
  • Ford Ka Sedan Titanium 1.5 automático – R$ 73.290 (caríssimo)

 Resumo da obra

O Ka e o Ka Sedan são dois carros MUITO LEGAIS! Mesmo! Não são perfeitos (porta-luvas da linha 2019, consumo acima do esperado e desempenho abaixo do previsto nas versões 1.0, alinhamento da tampa do porta-malas etc.), mas estão na média ou acima dela em praticamente todos os quesitos em relação aos concorrentes.

Mas o principal problema da linha Ka no Brasil se chama Ford, que parece não se importar como o seu pós-venda arruína a imagem da marca no Brasil. Aí vemos o potencial ainda maior da família Ka escorrer pelas mãos da montadora…

Deve ser por isso que a Ford desistiu de fabricar carros para se concentrar em SUVs e picapes – diminui o volume de vendas, aumenta a margem de lucro por unidade vendida o que, em tese, pode melhorar a qualidade do pós-venda.

ACOMPANHE O DE 0 A 100 TAMBÉM PELO:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *