Versão Longitude é a mais beneficiada com a linha Jeep Renegade 2020

Jeep Renegade Limited 2020

Jeep Renegade Limited 2020 tem bonitas e inadequadas rodas de 19″

O Jeep Renegade 2020 chega para se tornar mais atraente para as vendas às pessoas físicas, reduzindo um pouco sua a vital dependência das vendas diretas. Para isso, a marca investiu principalmente na versão Longitude, que é uma das de melhor custo/benefício da linha.

LED atrás e na frente

Segundo a marca, a principal novidade da linha 2020 é a chegada das lanternas traseiras de LED, que passam a ser item de série desde a versão Longitude Flex. “Elas dão um toque mais moderno ao design mas sem perder as referências à história da Jeep, graças ao formato quadrado – herança aplicada também no Wrangler – e ao “X” estilizado, que remete aos traços dos galões de combustível dos antigos Jeep Willys militares, chamados de ‘jerry can'”.

Jeep Renegade Longitude 2020 4x4 diesel

Jeep Renegade Longitude 2020 tem lanternas em LED

As novas lanternas de LED equipam ainda as versões Limited, Longitude diesel e Trailhawk. O Renegade Longitude bicombustível e diesel também contam com conjunto ótico dianteiro de LED, formado pelos faróis principais e de neblina, com fluxo luminoso 50% mais eficiente que as lâmpadas halogenas.

Esse sistema de iluminação havia entrado na linha 2019 do Jeep Renegade como opcional nas versões Longitude e equipamento de série nas configurações de topo Limited (flex) e Trailhawk (diesel).

Lanterna traseira em LED do Jeep Renegade Longitude 2020

Lanterna traseira em LED do Jeep Renegade Longitude 2020

Sport com Uconnect 7”

O Renegade Sport 2020 recebeu alarme perimétrico de série e um novo pacote opcional chamado de Uconnect. Ele é formado por central multimídia de 7″ compatível com Android Auto e Apple CarPlay, ar-condicionado digital dual zone (com opção de controle na tela) e sensores traseiros de estacionamento. Tudo por R$ 4 mil.

Esses três equipamentos ainda se destacam nos outros packs da versão Sport, que não valem a pena pelo custo/benefício: Night Eagle e WSL, esta uma edição limitada a 500 unidades (mais detalhes aqui). O primeiro sai por R$ 7 mil e inclui ainda pintura metálica, acompanhando o acabamento preto em vários itens como rodas, teto, logotipos e molduras internas. Por sua vez, o segundo custa R$ 9,6 mil, englobando pintura perolizada Branco Polar, bancos de couro, os mesmos detalhes escuros do Night Eagle, além de adesivo de capô, emblemas da WSL, barras transversais de teto e rodas do Trailhawk.

Painel do Jeep Renegade Sport Night Eagle 2020

Painel do Jeep Renegade Sport Night Eagle 2020

Nas versões Longitude e Limited, o comprador ganhou mais uma opção para a cabine, com a entrada da cor marrom para os bancos de couro. O novo tom é opcional de R$ 1.200. O revestimento de couro preto continua de série nessas configurações, bem como na Trailhawk.

Diferenciais para o bem e para o mal

De acordo com a Jeep, o Renegade se destaca na categoria por ter a maior tela multimídia do segmento, de 8,4″, já a partir da versão Longitude flex, e a roda com maior diâmetro – aro 19” na configuração Limited. Enquanto o primeiro é interessante, o segundo destaque, embora bem bonito, não é nenhuma vantagem, visto que um SUV não combina com essas rodas, ainda mais no Brasil – sem contar o preço que elas custam.

O Renegade também foi o primeiro veículo nacional a obter cinco estrelas para proteção de adultos e crianças nos testes do programa independente Latin NCAP – esse sim é um aspecto a se valorizar.

Pacote Uconnect do Jeep Renegade Sport 2020

Pacote Uconnect do Jeep Renegade Sport 2020

Motores e câmbios do Renegade 2020

A linha 2020 ainda não trouxe a estreia do motor 1.3 Firefly turboflex, que ficou para o ano que vem. Até lá, os interessadores têm duas opções disponíveis, sendo um sofrível bicombustível e um forte a diesel.

O 1.8 16V E.torQ Evo VIS desenvolve 135 cv de potência a 5.750 rpm e 18,8 mkgf de torque a 3.750 rpm com gasolina e 139 cv e 19,3 mkgf com etanol nos mesmos regimes de giro. Já o propulsor 2.0 16V a diesel desenvolve 170 cv a 5.750 rpm e 35,7 mkgf a 1.750 rpm.

A linha 2020 marca a aposentadoria do câmbio manual do Renegade, antes disponível apenas na versão Sport. Agora, os modelos com motor bicombustível estão disponíveis com transmissão automática de seis marchas, enquanto os com propulsor a diesel contam com o câmbio automático de nove marchas.

Desempenho e consumo do Jeep Renegade 2020

O Renegade 1.8 flex continua com desempenho (no máximo) mediano e bebendo bem mais do que deveria, tudo isso graças à excelente, segura e pesada estrutura do veículo. Veja:

Modelo Motor Peso
Jeep Renegade Sport manual 1.8 16V flex 1.413 kg
Jeep Renegade Sport automático 1.8 16V flex 1.448 kg
Jeep Renegade Longitude automático 1.8 16V flex 1.480 kg
Jeep Renegade Limited automático 1.8 16V flex 1.527 kg
Jeep Renegade Longitude automático 2.0 16V diesel 1.641 kg
Jeep Renegade Trailhawk automático 2.0 16V diesel 1.674 kg

A Jeep poderia ter, pelo menos, colocado o Renegade 2020 uma dieta. Se o aposentado Sport manual já é complicado, imagina a sofrência de quem dirige um Renegade Limited flex…

Preços do Jeep Renegade 2020

A linha 2020 do Renegade teve um aumento expressivo de preços em relação ao lançamento do modelo 2019, chegando a quase R$ 10.000 nas versões a diesel.

Pelo menos os valores praticados nos concessionários costumam ter descontos, chegando a um número mais competitivo.

 Versão 2019 2020
Jeep Renegade 1.8 Flex AT6 (PcD) R$ 69.999 R$ 69.999
Jeep Renegade Sport 1.8 Flex R$ 78.490
Jeep Renegade Sport 1.8 Flex AT6 R$ 83.990 R$ 89.990
Jeep Renegade Longitude 1.8 Flex AT6 R$ 96.990 R$ 104.990
Jeep Renegade Limited 1.8 Flex AT6 R$ 103.490 R$ 109.990
Jeep Renegade Longitude 2.0 Diesel AT9 4×4 R$ 125.490 R$ 134.990
Jeep Renegade Trailhawk 2.0 Diesel AT9 4×4 R$ 136.390 R$ 145.990

ACOMPANHE O DE 0 A 100 TAMBÉM PELO:

Comentários (2)

  1. Temos um e minha esposa adora. Compramos a versão Longitude para incluir o pacote de segurança com 7 air bags. Atualmente rodamos em media 60 km por dia em trechos mistos (urbano e rodoviário). O computador de bordo vem marcando 8.1 no etanol. Esta excelente já que nosso foco foi segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *